Rasgou

Autor

kico– rasgou
Ola leitores , leio sempre os contos publicados aqui e alguns me fazem gosar muito , hoje resolvi contar um fato acontecido comigo a muito tempo ; me chamo wanderson tenho 25 anos e moro no rio de janeiro , isso aconteceu quando eu tinha ….anos e nem estudava ainda , moravamos eu , meu pai e minha mae numa area rural , la nao tinha muitas crianças e eu sempre brincava sozinho , ao lado de nossa casa morava um casal com dois filhos , uma menina de uns 15 anos e seu irmao ivan com 17 anos e foi com ele que aconteceu o que passo a contar ; meu pai saia cedo pra trabalhar e eu ficava com minha mae , ai ele passou a vender produtos da avon e eu sempre ia com ela , um dia ela foi vender na casa desses nossos vizinhos e a dona penha falou que se minha mae precisasse , poderia me deixar com ela , minha mae agradesseu e disse que seria bom, um dia ela me deixou la e quem ficou me olhando brincar foi o ivan,ele me levou pros fundos do quintal , e la tirou seu pau de dentro do calçao e finjiu mijar , eu nunca tinha visto um pau e dei mole com a minha curiosidade , ele ja experiente foi conduzindo a conversa e me enrrolando de tal modo que quando persebi ja estava de quatro e ele esfregando seu pau na minha bunda , esfregou sem forçar e me lambusou de porra,mas eu nao sabia o que era e ele me asplicou dizendo; que assim que a mae dele saisse iria enfiar em mim , eu achei legal ja que gostei dele esfregando enfiar tambem seria gostoso , nesse dia a mae dele nao saiu e ates de eu ir embora ele me ensinou a punheter , fiz e ele gosou lambusando minha mao , pediu pra eu chupar mas eu disse nao , passado alguns dias precisou ir ao centro da cidade e eu fiquei com dona penha , ela foi fazer compras e eu fiquei com o ivan , sua irma foi junto com a mae , assim que elas sairam ele me fez punhetar seu pau , eu gostei e ele nao gosou , me levando pro seu quarto tirou meu chorte e o dele tambem , o ivan ja tinha tudo preparado e pegou uma pomada e passou no meu cuzinho , e foi mandando que eu ficasse de bubum pra cima deitei na cama deixando oss pes no chao e ele veio pr traz esfregando seu pau e sem aviso empurrou tudo,senti muita dor e gritei,mas depois fiquei meio tonto e sem força pra nadaso senti ele saindo de cima e me puxando pro banheiro , la eu comeceia tomar coiciencia mas quase nao ficava em pé , a agua estava fria e ele praticamente enfiava a borrachinha do chuveiro dentro do meu cuzinho , depois me enchugou e me levou novamente pro quarto , eu andava com dificuldade e ele me carregou no colo , la ele me fez ficar de bunda pra cima e passou uma pomada e a dor foi iminuindo mas , ainda ardia muito , mandou que eu ficasse quieto na mesma posiçao , eu com medo obedeci , nos dois ainda estavamos sem roupa e ele me fez andar no quarto , e mandava eu abaixar e levantar isso varias vezes , a dor foi diminuindo mas eu tinha a imprensao que minha bunda tinha ficado maior , acho que pela pomada que ele usou , (ate hoje eu nao sei direito) , acho que era um anestesico forte , ai ele mandou que eu ficasse de quatro em cima da cama pra ele olhar , tentei nao ficar mas ele forçou e acabei cedendo , ele passou um pano limpando minha bunda , quando ele esfregava disse que queria fazer coco e fomos ao banheiro , fiz força e saiu uma gosma vermelha , ele me lavou novamente e voltamos pro quarto , fiquei novamente de quatro e ele passou o pano de novo , ele estava de lado e vi seu pau durao e ele se punhetando enquanto esfregava o pano , ai ele passou para traz e passou novamente a outra pomada , senti seu pau na entrada do meu cu e tentei sair , ele gritou comigo e mandou que ficasse quieto e foi empurrando so que dessa vez mais devagar,senti como se o pau dele fosse sair no meu umbigo , doia mas nao era como antes e ele demorou muito ate gosar , e quando terminou me mandou cagar op leite , nos vestimos e ele disse que nao falasse nada pra ninguem senao eu iria apanhar muito , prometi nao contar e depois disso ele me comia quase todos os dias mas sempre doia um pouco , isso durou quase um ano , ate que ele foi pro quartel e eu nao via ele muito .

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,57 de 7 votos)
Loading...