# #

Mulatinha 2

1050 palavras | 1 |4.93
Por

Olá pessoal essa e a continuação do meu chamego com Marilia uma linda menina.
amigos vamos a continuação após nosso agarra agarra tive q ficar uns dias fora quando voltei na segunda já estava maquinando uma forma de estourar aquele cusinho e aquele cabacinho.
9 horas da manha Marilia estava na porta da padaria de bermudinha e camiseta realçando aquelas carocinhos pude ouvir aquela voz macia tio tio achei que o senhor tinha se mudado .
Haaaa gatinha eu estava louco de saudade enchi o seu ego de elogios Marilia brilhou os olhinhos fis ela se sentir especial perguntei e ai não ganho um beijinho ? ela olhou para um lado e para o outro e veio deu um beijo na boca abracei ela coloquei a ligua naquela boquinha que delicia só de sentir o alito dela o pau já começou a dar sinal de vida .
Como era sedo não dava para fazer nada pedi para vim no final da tarde que teria um presente ela acenou que sim e saiu.
8 horas eu to fechando baixado a porta nada de ela aparecer eu já estava achando que não ia brilhar nada quando vejo ela linda perfumada de sainha sanfona e uma tiarinha na cabeça parecia uma princesa da Disney chega pertinho e fala tio tenho uma hora a mãe foi na igreja e só volta as 9 horas … qual e o meu presente?
Rapidamente peguei ela pela mão e puxei para dentro baixei a porta de correr e falei tira a roupa que trago o presente.
Ela meio envergonhada foi tirando ficou so de calcinha da minie .
Pude apreciar aqueles carocinhos que um dia serão melões lindos e gostosos.
Peguei uma sacolinha tirei um celular na caixinha um moto 7 olha esse e o presente eu sabia que o sonho dela era ganhar um celular .
ela não acreditava estava muito feliz mas para ganhar tem uma condição vai ganhar mas o tio tem que brincar igual namorados ela ficou em duvida mostrei vídeos no celular
a loirinha estava com uma jeba gigante mamando
Marilia fez uma carinha se safada e com a mão tirou o meu pau e começou a mamar a cabeça de forma meio sem experiência tentando agradar
Ela mamava e assistias o vídeo tentando imitar.

Ela ficou fissurada no vídeo deixei ela assistindo de um cara socando na boceta de uma loirinha novinha ate o saco sem do no depois no cu a menina só gemia na rola.e fui buscar uma bisnaga de kay que avia comprado anteriormente.
Eu queria aproveitar comecei dando beijinhos nas orelhas e fui descendo pelas costas ela assistindo o vídeo que durava uns 10 minutos.
Segui com calma lambendo cada pedacinho as orelhinhas a nunquinha peluda fui descendo baixando aquela calcinha com calma apreciei aquela rabo redondo desci lambendo aquele rego abri a bunda pude me deliciar com aquele cusinho com as preguinhas a vista.
Quando a língua tocou o anelzinho ela teve um choque quase deixou o celular cair pois parecia hipnotizada pelo vídeo.
Coloquei ela de frango assado bem aberta e lambi com força aquela boceta que exalava um cheiro azedinho e sabonete que me enlouquecia o pau estava doendo de tao duro lambi as nadegas fui para o cu e subi pela bocetinha o cabacinho era fundo cabia quase meia língua.
Marilia só gemia de prazer .
Uma mão siririquei aquele clitóris e com o dedo médio fui invadindo o cu com calma.
Ela gemia e respirava rápido depois de 10 minutos e muito kay já cabia 2 dedos meio apertado um pouco meu pau e normal 14 centímetro só que e grosso ia ter que caber.
Pois so tinha uma hora e eu não queria causar dor.
já estava na hora penssei tirei o pau lambuzei de kay e coloquei a cabeça na entradinha fui forcando com calma aos poucos a cabeçona foi esticando o anel e deslizando para dentro a cabeça entrou e ela resmungou um pouquinho quando a cabeça entrou ela deu uma reclamadinha ai já tava dentro falei tu quer ganhar presentes aguenta putinha e fui empurrando com cada centímetro que entrava dava para sentir as pregas se laceando esticando aquele cu recebendo um vai e vem cadenciado devagarinho aos poucos foi se afundando cu a dentro quando ela percebeu o saco já estava batendo o vai e vem ficou mais cadenciado e a cada socada ela dava um gemidinho hummmm hummm aumentei a velocidade aos poucos ate que já estava torando com forca marretei aquele cu com forca marilia só gemia hummmm humm virei de quatro e mais so se ouvia o kay flaf flaf vazando pelas bodas do cu.
Meti sem parar do silencio so eraq quebrado pelos gemido hummm hummm hummm e o blaf blaf blaf eu já estava um banho de suor mais queria mais queira entrar para dentro da princesinha.
Foi ate que não aguentei a preção que aquele cu fazia e derramei muita borra no fundo dos intestinos dela fiquei ali parado atolado naquele paraíso aproveitando o momento queria que o tempo congelasse.
Olho para a parede já fazia 40 minutos que estávamos ali eu precisava ser rápido.
Fomos no banheiro tomar um banho rápido vendo aquele corpo ensaboado o pau já deu sinal de vida de novo fis ela das mais uma mamada chupou com força a cabeça ate que dei aquela esporrada na boquinha dela a porra vazou pelos cantos da boca quando sentiu o gosto fez uma cara feia e guspiu no piso reclamando e salgado.
Terminamos banho já era 5 para as nove ela se arrumou entreguei o celular prometi q ganharia mais presentes se viesse outras vezes .
Marilia reclamou que o cu ficou dolorido falei que logo voltava ao normal ela me olhou quero ganhar uma bicicleta ….a putinha sabia o que queria so que a bicicleta custaria muitos litros de porá nesse cu e o cabaço da bocetinha penssei comigo .
Abri a porta não avia ninguém na rua ela saiu rapidinho fechei a porta não acreditando que avia comido aquele cu que tanto desejei .

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,93 de 15 votos)

Por # #

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Apreciador, o original

    Caraca! Muito boa história! Quero ver mais dessa vadiazinha, principalmente ela perdendo o cabaço!