# #

Eu minha filha de 13, filha do meu sogro ( 2 )

2800 palavras | 5 |3.81
Por

bom eu não queria que minha filha sofresse o que eu sofri,fui enganada,aos 10 anos parecia gostoso,mas não sabia que quando fosse penetrada fosse doer

Continuaçao, de laydeslene,quero apenas dizer que aqui tudo é fantasia,nada é real,isso que aconteceu,não foi bem assim,alguma coisas são reais outras não,entao quero deixar bem claro,so estou desabafando um pouco.
Bom eu finalmente consegui paz,meu sogro,ficou doente pegou covid 19,e faz 6 meses que so me olha,neste tempo, o que mais deixou com a pulga atrás da orelha,foi tentar saber ,poque minha filha,não entregou o lazarento do meu sogro,eu flaguei ele pentrando ela ou tentando,poque eu não vi sangue,na sua vagina,mas vi muito esperma saindo la de dentro ,e sua vagininha estava vermelha,não sei quanto tempo ele ficou ali tentando entrar,mas eu posso desconfiar,porque ela ganhou uma bicicleta do avô dela,no aniversário,e isso foi quando Cristine tinha 10 anos,me levou a suspeitar que tudo poderia ter acontecido ali,naquela época,lembro que deu uma Assadura na buceta da minha filha,e eu passava pomada,e essa assadura voltava,eu achava que fosse por causa do calor e deixava ela só de calcinha em casa,mas acho que já era pentraçao sexual do velho tarado,nunca vi marca de sangue em suas calcinhas,mas lembro de ter encontrado,algumas manchas branca,achei que fosse normal,ter corrimentos esbranquiçados,diz que é normal.é flora vaginal,eu li sobre isso,mas hoje acho que era esperma,eu fiquei quase doida,como ele conseguia comer ela,e quando isso acontecia,porque ela de manha dormia ate as 10,levantava assistia tv,fazia tarefa,e depois escola a tarde eu cuidava dela o tempo todo.Mas não acreditava,porque o cacete do meu sogro é enorme e acho que não caberia naquela bucetinha branca gordinha.Tudo se passava na minha cabeça,porque sera que Cristine não me conta tudo,porque!!!sera porque ganha pesentes caros todo ano?!!! Fiquei imaginando o que ela estaria passando emcada estrupo daquele velho sem vergonha do meu sogro,era como eu,meu padrasto me violentou quando eu tinha 10 anos,foi terrível,meu padrasto,me levou para carpinar com ele,eu morava no sitio,e meu pai faleceu de acidente,esse padrato nos levou para morar comele e minha mae aceitava tudo que ele falava,eu e meu irmão meu irmão tinha 15 anos,mas era muito meninão e nunca iria desconfiar de nada,era um bobo. Todos os dias íamos,carpinar café,certo dia meu padrasto,pediu para meu irmão ir a cidade buscar,sementes,ele foi de bicicleta, me lembro até hoje,era longe a cidade,e ele só voltaria a tarde,assim que meu irmão saiu meu padrasto pegou as enxadas,e me chamou ,so que minha mãe não deixou,minha mãe disse que eu não iria,sem meu irmão,meu padrasto retrucou,e disse deixa de se besta mulher,sou o pai dela agora eu cuido dela,minha mae ainda nao deixou ir assim,mesmo,e pediu pra mim ir para o quarto fazer tarefa de escola,já que meu irmão iria faltar hoje,e eu fui,so que meu padrasto discutiu com minha mãe,dizendo que ,minha mae então sustentasse,os filhos,pois precisava de todos ajudando ele na roça,minha mãe,disse que ela iria,no meu lugar,ele disse quem faria o almoço,ela disse que faria quando votasse 11 horas ele disse que não,isso não daria certo,ela disse que me ensinaria eu faria o almoço,so que eu me lembro minha mae,veio ao meu quarto,e pediu pra mim trocar o short,e colocar uma calça,eu disse porque sempre ia de short pra roças,mesmo porque tinha córregos e nos nadávamos la.ela disse colaque logo e vai com seu pai ajuda ele,e fui,
Chegando la,ele disse que nós hoje não iriamos carpir,e era pra mim manter segredo,com minha mae,nos iriamos nadar no corrego,porque ele estava muito cansado,daquela vida,e não se divertia,no riacho desde de muito tempo,então eu pensei nunca vi meu padrasto tomar banho no riacho,achei legal a ideia dele,e fiquei com dó,pois so via ele trabalhando.Entao eu disse como eu vou nadar no riacho eu vim de calça hoje, não vim de short,ele falou,vamos tirar as roupas,eu disse que não tinha vergonha,eu já tinha,um biquinho de peito apontando,e um pouquinho de pelos pubianos,pouquinhos mas já tinha,ele nem se importou tirou a roupa ficou so de cueca,e entrou na agua,me chamando,eu fiquei olhando ele nadar,ele insistia,pra mim entrar,eu,não entrei,ele falou pra mim dobrar as barras da calça,e ficar so com os pes na agua, então eu fiz e estava gostoso,ele,jogava agua em mim eu fiquei toda molhada,e acabei tirando a calça,mas não tirei a camiseta,mas dava praver os biquinhos dos peitos a amostra fiquei com vergonha,e cruzei os braços,enquanto a calça secava,ele então saiu da agua e foi ate onde eu estava secando,e me disse que seu entrasse na agua,ele me daria um presente de aniversário o que eu pedir,eu queria uma boneca,que falava,ele disse que daria,mas eu disse que estava com vergonha,ele disse que poderia entrar na agua com a camiseta,ele não liga,eu sou seu pai,e não faria mal,eu acreditei e sonhando com o presente,eu fui,so que a cada vez que eu nadava minha calcinha saia do lugar eu erguia acho que ele deve ter visto minha buceta,varias vezes,enquanto eu tirava agua do olhos e arrumava o cabelo,vi que,ele ficava parado num cantinho,parecia que estava tremendo,olhando pra mim,eu não entendi,e perguntei o que foi porque estava me olhando assim pra mim,chamei ele, vem vamos nadar,ele disse espere so um pouquinho e ficou fazendo movimentos em baixo da agua com a mãos em seu pinto dentro da cueca sei la,depois me falou,que estava cansado,ia sair um poquinho,então,vi que ele ficou deitado na grama,olhando o ceu enquanto eu mergulhava,depois de um tempo,ele falou comigo.Porque vc nao tira essa camista,eu fiquei meio assim ele disse que so nos dois ali,ninguém entra no sitio,e depois era segredo ali,não podeiamos falar nada aninguem senão eu não ganharia o presente,eu tirei,e cruzei os braços,ele disse não fique com vergonha,eu já vi você varia vezes peladinha,dei muitos banhos em você quando mais,nova,eu então,pensei que tudo seria nomal e comecei a ri pular no riacho ele ficou,olhando e vi ele dizer ,acho que aguento a segunda,eu disse o que você falou,ele disse nada não,vem aqui,se bronzear,é bom pra pele.eu sai da agua e fui ate a grama,quando ele se virou de frente seu pau estava enorme na sua cueca,eu assustei,ele disse que era normal ,era so porque estava vendo ela daquele jeito,eu disse que então vou colocar a calça,ele disse nao,não não,eu gosto disto,e fico muito feliz quando te vejo assim você é muito bonita,e vou te dar duas bonecas,eu acreditei e fiquei ali do lado dele tomando sol,e evitava olhar aquela coisa grandona na sua cueca,achei estranho eu fazer aquilo crescer,eu so tinha 10 anos,eu queria perguntar como eu fazia aquilo crescer mas tinha medo.So que meu padrasto ,me fez uma pergunta,você quer saber como ele cresce,por sua causa? Eu fiquei quieta não respondi,eu estava com medo, disse que queria ir pra casa,e levantei,ele me segurou pelo braço,eu corri,ele foi atrás,eu disse para ele soltar,ele soltou pediu desculpa,e disse que se eu fosse realmente amiga dele ,eu e ficaria, sabendo de tudo,eu disse tudo o que,ele disse de tudo isso,eu fiquei curiosa,mas com medo e disse que queria voltar .Meu padrasto me convenceu a ficar,disse que minha mãe desconfiaria que nos não carpinamos hoje se chegássemos,cedo,e tínhamos que ficar ali até dar a hora de voltar,e no mais eu tinha prometido que não falaria nada,e tinha as duas bonecas de presentes,então eu disse que,ficaria,so que eu colocaria a calça e camiseta,ele disse tudo bem,mais ai você não vai saber porque ele cresce,eu disse que não queria saber,ele disse que se eu soubesse ele sempre me daria um presente além das bonecas,eu disse que presente,ele disse te dou uma bicicleta no natal,aquilo fez meus olhos brilharem,então ele foi logo me levando para o galpão de palha ali perto,ele disse assim esta vendo vou te mostrar ,e baixou a cueca,e vi seu pintão mole gigante,ele disse tirar a camiseta e a calça ele vai crecer,mas nem precisou tirar eu vi o pinto dele transformar ficar enorme cheio de veias,ele regaçou a cabeça do seu pinto,e eu ainda nem tinha tirado a calça jeans,pronto fiquei so de calcinha denovo ele disse quer pegar nele um pouquinho,eu disse que não já estava na hora de voltar ele olhou o relógio e disse que ra 9 : 30 ainda,e tínhamos mais de uma hora li,e pegou minha mão levou ate seu pinto,estava quente,e lambuzado,sei la com o que era liguento,e nojento,ele pediu pra mim colocar a boca la,eu não quis ele me ameaçou e disse que o trato seria desfeito era so passar a língua,eu passei a língua e fiz careta,na segunda passada de língua ele enfiou o pinto dentro da minha boca,e eu engasguei,ele ficou segurando,e gemendo,derrepente,alguma coisa encheu minha boca,pansei que ele estivesse mijando na minha boca,eu tossi engasguei,e ele ficou rindo,e me disse ta vendo sua danadinha o que você fez,eu guspia,mas aquele gosto amargo não saia de minha boca,eu queria voltar,e comecei a colocar a calça,e camiseta,ele pediu que se eu colocasse a roupa a brincadeira não teria graça,eu disse que brincadeira você mijou na minha boca,ele disse que não era mijo era,uma coisa que ´so ela faz,eu disse como eu faço isso,ele disse calma eu te explico,tira a calcinha,eu fiquei,paralisada,ele veio e tirou,eu continuei paralisada,ele começou a passar aquele pintao mole e cabeçudo ,na minha fenda,minha buceta,começou a sentir uma cosquinha,era muito gostos,so que eu estava quietinha,não fiz nada para parar com aquilo,ele continuou,ate,ele começar a gemer parecia que estava com dor,e me chamou meu nome LAY,olha olha,vai sair aquilo denovo olha,eu olhei ele esguinchando e começou a jorrar uma coisa esbranquiçada do pau dele,eu fiquei,maginano o que seria aquilo ele falou aahahaahhah isso é porra,é já estou na 3ª gozada hoje com você viu o que voce e faz,sua putinha.Eu não entendi nada,ele disse vamos pra casa estou exausto,já é quase 11 horas ,mantenha segredo,quando seu irmão for pra cidade denono,eu vou te contar outros segredos,mas não se esqueça do que você me prometeu,jura que não vai contar nada pra ninguém jura,eu disse juro,sei que isso eu me arrependo amargamente ate hoje,porque o dia que el realmente conseguiu me penetrar estrupar, não foi nada fácil,ficou das 9 ate ao meio dia pra consegui ainda tivemos que mentir que eu passei mal e aquele dia eu não fui pra escola,fiquei no quarto o dia todo,também não jantei,minha buceta ficou dolorida uma semana, sempre que eu ia mijar doia,ardia,lembro que eu chorrei muito quando ele conseguiu me penetrar,foi como alguma coisa enorme estivesse dentro de mim…bom eu voltei,entrei,em casa minha mãe perguntou se estava tudo bem ,eu disse que sim ela,perguntou se tinha acontecido alguma coisa,pois eu estava estranha,eu fiquei assustada, eu disse que tinha visto uma cobrona, por isso eu assustei,ela disse pra tomar cuidado e ficar perto do seu pai,e não tomar banho no riacho sem seu irmão por perto,mas graças a Deus so foi isso,parece que mãe senti o cheiro de perigo, só que eu queria ganhar os presentes, e tinha prometido que não contaria nada, e no mais foi muito gostoso ele esfregando o Pintão na minha perereca,so achei estranho ele ficar gritando quando saia um negocio branco gosmento,e ficava com a cara feia, será que senti dor…Foi só anoitecer ele veio no meu quarto perguntar se a minha mãe fez perguntas eu disse que sim …Prguntei o que você quer aquino meu quarto minha mae vai desconfiar de tudo, Ele disse que queria passar o pinto na minha perereca,so um pouquinho, bem ligeirinho, que minha mãe esta lá fora eu disse que não ,pediu então pra mim mostrar so um pouquinho,pra endurecer o pinto dele,eu disse que não a mamãe vai pegar,ele disse que não que minha mae estava la fora no quintal,recolhendo ovos no galinheiro e demora um pouquinho,dava tempo,então ele disse abaixa o short so um pouquinho,eu então abaixei meu short e a calcinha juntos,ele ficou olhando parado olhando para minha bucetinha,branca com dois fiapos de pelos grandes,e abriu seu zíper e tirou seu pintão já duro e grande pra fora,e começou umvai e vem bemdevagarinho, tentou passar a mão eu não deixei e ergui o short,ele ficou maluco,começou a esmurar a cama,mandou eu tirar o short ,quero passar meu pau denovo nesta fendinha ate gozar,ele disse isso bem alto,acho até que minha mãe escutou,porque ela apareceu na porta do quarto,e disse o que estava acontecendo ali. Meu padrasto ficou quietinho,e eu disse que ele veio perguntar a cor da cobra,e o tamanho ,e porque eu não contei pra ele,minha mae perguntou porque você esta esmurrando a cama ele falou; E se essa cobra te moder Lay,FIQUEI BRAVO DE ela não estava perto do pai,e que ela não vai mais pra roça com o pai ´so quando eu matar essa cobra. No outro fim de semana meu padrasto deu a boneca,e nem era meu aniversario,eu então comecei a fazer todos os seus gosto, menos deixar ele efiar,dentro de mim so ficou esfregando quando ele forçava pra entrar eu gritava bem alto,eu sempre gritava,porque doia muito,e ele ficava muito nervoso porque não entrava,ele me segura com força,so doía muito mas não entrava,sempre a noite,de madrugada,mais um dia ele conseguiu la no riacho ele usou uma pomada não sei o que era mais entrou com força ,eu chorrei,muito, foi bem de manha cedinho sangrou um poquinho so que ficou dolorido,doendo muito por dentro,foi ligeiro,depois fiquei quietinha na galpão enquanto ele foi trabalhar,na volta ele perguntou como eu estava eu disse que doía ainda,ele disse que vai passar é so na primeira vez que doi e fomos pra casa. chegando la ,meu padrasto naquele dia tinha mandado meu irmão a cidade eu fui ao banho e não fui a escola,minha mae ficou no meu pé perguntando coisas ,eu disse que estava com muita dor de cabeça, . Depois daquele dia ele so foi mesmo consegui o que ele queria quase 1 ano depois eu já tinha 11anos pra terminar esse e o conto da minha filha,minha filha finalmente me confidenciou,a trocas de presentes isso sempre funciona,funcionou comigo,….ate breve, aguarde!!!!( Eu minha filha de 13 filha do meu sogro 3 )

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,81 de 16 votos)

Por # #

5 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder RUBAO

    LEGAL MARA, GOSTO DE LER TEXTOS GRANDE TEM MUITOS DETALHES PARABENS VC É UMA OTIMA ESCRITORA,ESCREVA MAIS VEZES,CONTE SOBRE SUA FILHA,ELA TE CONTOU TUDO SOBRE OS ASSEDIO DO AVÓ,O AVO ESTRUPAVA SUA FILHA TAMBEM DESDE Q IDADE,VC DISSE Q ACHA Q É DESDE 8 ANOS,CONTE TUDO T ESPERANDO

  • Responder Barroso

    Mara,e sua filha conta pra nos,o que ela revelou pra vc. q loucura,se for verdade,vc é bem experiente kkk

    • laylandilene

      sim minha filha contou td sobre o avo,disse que faz oral desde dos aniversario na casa da vovó
      isso foi uma vez aos 6 anos,velho maluco acha q pode comertd mundo,ta certoq ele é pauzudo,eu vou contat td como miha filha relatou.aguarde Barroso,obrigada

    • laylandilene

      minha filha,revelou coisa incrivel dificil de serem flagados,do jeito q o vo dela fez,mas vou contar td !!!!obrigada,por ter gostado do conto

  • Responder Gosto de coroa

    Que loufuts