# # #

Eu, minha irmã de 7 e meu amigo de 17

2541 palavras | 9 |3.83
Por

Minha irmã vai fazer 11 anos em dezembro, é gordinha com a bundinha rebitada e redondinha, e os peitinhos bem gordinho e pontudinho, ela é morena com cabelo cacheado preto e olhos cor de mel, ela é uma gata de linda, e tenho tesão nela desde o inicio do ano quando ela Rebolou no meu pau enquanto eu fingia dormir. Tenho um amigo chamado Gabriel (17anos) ele passou as ferias aqui em casa e uma noite após o banho estava se vestindo no quarto enquanto conversávamos e flagrei minha irmã olhando diretamente para o pau de Gabriel (só que ele ja estava de cueca) , antes nunca tinha percebido nada de diferente dela com ele, mas a partir daquele dia não teve mas jeito, meu tesão em ver meu amigo brincando com minha irmã aumenta a cada dia, mas vamos aos fatos.
A uma semana que meu amigo havia pedido para passar alguns dias de suas férias aqui em casa , porque ele não iria poder viajar por conta desse tal corona vírus e segundo ele, ficar as ferias Em sua casa séria muito tedioso. Ai como somos amigos a muito tempo e nossos pais tbm, não víamos problema e disse que tudo bem porque nossa rotina não muda com a presença do Gabriel, então desde segunda Gabriel esta aqui em casa. Minha mãe leva minha irmã para sua aula particular de reforço e depois vai trabalhar, eu como de costume tenho o compromisso de ir busca-la, durmo até as 11:30 e vou buscar as meio dia (e agora Gabriel vai cmg), pois bem, na quarta feira era 15:30 mais ou menos quando minha irmã me chama e me chama para que eu vá ajudá-la pois ela não estava conseguindo ligar o computador, mas me bateu uma preguiça e pedi para que Gabriel fosse ajudá-la, e assim ele foi, só q meu tsao ja gritou qnd eu imaginei que os dois ficariam sozinhos no mesmo cômodo e quando Gabriel saiu da sala, fui atrás sem que ele pudesse me ver, quando chego na sala vejo que minha irmã esta na sala vendo TV com uma sainha rodada e uma blusinha branca, e vejo que Gabriel dar uma olhada bem demorada para sua sainha, só que ele passa direto e vai até o móvel do computador e liga-o, ele estava fora da tomada, ele chamou minha irmã e perguntou o que ela ia fazer no computador, ela queria jogar um daqueles joguinhos de meninas online, e ela o chamou para jogar com ela, onde ele aceitou e disse q iria pegar outra cadeira, e ai foi onde eu fui surpreendido, ela disse q n precisava, pois ela poderia sentar em seu colo e ele nem pensou duas vezes, aceitou e ela levantou da cadeira, ele sentou e ela sentou em sei colo… ai eu ja estava pegando fogo e meu pau ficou em ponto de explodir, aquela cena era oq eu queria ver a muito tempo atrás, tratei logo de colocar meu pau pra fora e bater uma ali mesmo, atrás da porta do quarto, onde eu tinha vista de tudoo. Eu vi q ela estava sentada entrando no site e não parava quieta no colo dele, aquilo foi fazendo eu ficar louco de tesão e fui surpreendido quando escutei ela falando q iria no quarto falar comigo e voltava ja, nisso eu dei um pulo pra cama, e so deu tempo de colocar uma almofada para em cima do meu pau para ela n ver, ela apenas entrou no quarto e disse que iria tirar a calcinha pois estava com muito calor e jogou a calcinha na cama e voltou para a sala. Ao ver essa cena, fiquei mas louco ainda a putinha veio no quarto para tirar a calcinha e sentar no colo do meu amigo para sentir melhor o pau dele, [email protected]@lh0 q deliciaa (só em pensar fico de Pau duro novamente) Quando ela saiu eu corri para a porta e vi Gabriel em pé e para minha surpresa ele tava de pau duro tbm, pois dava para ver seu pau totalmente marcado em seu short (samba canção) quando ele a viu chegando correu pqra sentar novamente na cadeira e ela sem nenhuma cerimônia sentou seu colo. Quando ela sentiu que o pau dela tava durão cada vez mais duro, ela parou por um momento sem nada falar olhando para a tela do computador, deu uma mexidinha pra um lado e para o outro fazendo com que o pau do meu amigo se acomodasse melhor ainda no seu reguinho, parou novamente, deu uma levantadinha sem desencostar e sentou novamente, movimentou novamente sua bundinha e parou, virou o rosto para Gabriel e falou:
(Irmã) -Biel, eu to sentindo uma coisa dura no seu colo, o que é isso ?
(Gabriel) – É o meu pinto que acordou por você estar sentada nele e se mexendo muito.
(Irmã) -Como assim, ele acordou? Mas ele dorme ai dentro do seu short?
(Gabriel ) – Sim, ele fica dormindo ali, e só acorda quando tem uma mulher bonita perto dele.
(Irmã ) – Mas ,eu não sou uma mulher ainda, porque ele acordou então.
(Gabriel) – Você é sim uma mulher e muito bonita, por isso que ele acordou, se você não fosse bonita ele não acordava não.
(irmã) – você me acha bonita?
(Gabriel) – Vocẽ é a mais bonita que já vi vc. Você é muito linda.
(Irmã) – A, não sou não, sou muito gorda e ninguém me acha bonita.
(Gabriel) – Você é sim, levanta um pouquinho e para aqui na minha frente, agora da uma voltinha, isso, você é muito linda mesmo, você é perfeita,
(Irmã ) – Não sou não, olha só, eu não tenho nada de bonito, nem seios eu tenho,
(Gabriel) – você não tem seios ainda, mas eles vão crescer e serão os mais lindos seios que uma moça pode querer, com certeza, olha só, levanta a tua blusa para me ver…
ela parou um pouco, ficou pensativa e não demorou dois min… levantou a blusa e disse que ela tinha vergonha de ficar sem blusa perto dele, porque ela não tinha peito grande, ele ainda sentado e com uma mão em cima do pau disse que não tinha nada de errado em ela mostrar os peitinhos dela, porque ele só iria ver para poder dizer a ela como ela seria, como ia ser os seios dela, ela concordou e levantou a blusa, depois tirou toda a blusa ficando só de sainha, (eu ja estava louco de tesao cheirando a calcinha que ela tinha tirado e batendo uma, e para completar vendo aquela cena deliciosa eu tava quase gozando), quando ele viu que os peitinhos dela, disse que eles iriam se formar em forma de pera, e seriam muito lindos, ela ficou muito contente mas queria saber como é que ele sabia como ia ser os seios dela, ele deu uma enrolada, falou uns ngc de formação do corpo dela , tipo de cintura e barriguinha dava para saber, ai ela perguntou se ele sabia ver se ela iria ser bonita de corpo, ele disse que só olhando ela totalmente sem roupa para que podesse ter noção das medidas e proporções, ela fez uma carinha de pensativa e disse:
(Irmã) – se eu tirar minha roupa, você não vai falar pra minha mãe nem para meu irmão né, porque eles podem ficar bravos.
(Gabriel) – não te preocupa, vai ser um segredo só nosso, prometo não contar pra ninguém
ela tirou a sainha e ficou peladinha e disse para que olhasse bem e falace como ela seria quando crescer, ele olhou, olhou pedi que ela desse uma viradinha, olhou a bundinha dela pediu que ficasse de frente, olhou os olhinhos dela e disse,
– você é muito linda mesmo, mas quando você crescer você vai ser tipo mulherão porque você vai ser muito gostosa, você vai ser um tesão de gostosa, e ai aproveitou e disse que para ela ficar mais gostosa e linda teria que beber leite de pinto, e perguntou se ela queria experimentar, minha irmã nem pensou duas vezes e disse que queria experimentar o leite de pinto perguntando onde comprava e se ele tinha em casa, ele explicou para ela que leite de pinto tem que ser mamado no pinto, que só assim funciona e não tem onde comprar leite de pinto, ela então perguntou como ela poderia tomar leite de pinto se não tinha onde comprar, ele então disse a ela que deixaria ela tomar do pinto dele mas ela não poderia contar pra ninguém, ela concordou e perguntou onde tava o pinto para ela poder mamar, disse a ela só um pouquinho, foi quando eu o vi ele ficando em pé em sua frente, abaixou seu short e sua cueca expondo seu pau,
(Gabriel ) – esse é o meu pinto, quer tocar e mamar nele?
(irmã)_ Eu posso mamar ai?
(Gabriel) – sim, toda mocinha que quer ficar muito lindo e mulherão, mama num pinto quando tá do seu tamanha.
Ela se aproximou, olhou de um lado e do outro, abriu a boquinha e levou até o pau encostando os labios na glande, deu uma sugadinha e passou a língua em volta da grande, sugou novamente e levantou a cabeça, (Ao ver essa cena eu dei uma gozada farta em sua calcinha que melou todinha e ainda continuei de pau durão, cheio de tesão e continuei escondido para ver tudo que ainda ia acontecer). Foi quando escutei:
(Irmã ) – biel, não saiu nada de leite do seu pinto.
(Gabriel) – calma, você tem que fazer assim por algum tempo, ai ele te da leitinho, e vc tem que beber todo o leitinho dele.
Então ela começou a mamar o pau dele, e ele ia explicando que tinha que ser só com os labios e a língua , que não podia usar os dentes, e assim ela fez,(foi tão gostoso ver ela mamando q eu ja estava batendo uma novamente, era só a grlande que ela colocava na boca mas era maravilhoso aquela cena), até que ele disse q tava vindo a vendade de gozar, e disse a ela pra se preparar que já ia ter leitinho para ela, ele segurou a cabeça dela e deu uma punhetada com o pau na boca dela e começou a esporrear, encheu a boca dela de porra e ela engoliu tudo, com um pouco de nojo mais engoliu tudinho, limpo os cantos da boca e ficou toda sorridente
(Irmã) – agora eu você ser muito bonita biel?
(Gabriel) – sim, você vai ser a mais bonita da mocinhas, mas tem que continuar mamando meu pinto e só pode ser o meu ou o de quem eu trazer e ninguém pode saber que você mama em um pinto.
(Irmã) – tabom biel, não conto pra ninguém, e quando eu tenho que mamar de novo?
(Gabriel) – o ideal é sempre que você puder. Mas você só pode tomar leite no meu pinto ou quando Quando eu trouxer outro pra você se você vai ficar feia, não pode contar para ninguém também porque você fica feia também, e ela concordou prometendo não falar nada pra ninguém.
Depois disso eu corri para o quarto, ainda de pau duro, e me deitei Gabriel entrou no quarto e disse q iria tomar banho e foi para o banheiro, logo em seguida minha irmã entrou no quarto perguntando pela calcinha q ela tinha deixado na cama eu a entreguei e ela viu q tava melada, eu disse q era para ela vestir assim mesmo, e enquanto ela tava vestindo, eu levantei, tranquei a porta do quarto de chave e abaixei meu short com meu pau durão e disse q era pra ela ajoelhar e mamar meu pinto tbm, e assim ela fez, sem questionar chupou bem gostoso até eu gozar e jogar tudo na boquinha dela. Coloquei meu pau pra dentro da bermuda e como ainda era cedo e minha mãe só iria chegar mais tarde, mandei ela ficar só com a calcinha (q estava melada com sminha porra), fiquei so de cueca dentro do quarto, abri a porta e coloquei ela sentada em meu colo, quando o gabriel saiu do banheiro, e entrou no quarto olhou diretamente pra gentee pude ver um volume se formando em sua cueca. Resolvi aproveitar mais um pouco e disse para ela sentar direito no meu colo para agente jogar no meu celular, assim que ela ajeitou senti aquele calor da bundinha dela em cima do meu pau e fiquei duro novamente ela começou a rir, e Gabriel perguntou o porque ela estava rindo e ela disse na lata, o pinto do meu irmão tbm esta acordando igual ao seu la na sala, nisso eu e Gabriel olhamos rapidamente um para a cara do outro, ai eu levei minha mão até meu pau tirei da cueca e encostei na perereca dela, ela estava olhando meu pau, enquanto eu ia tirar a calcinha dela, Gabriel tirou sua cueca, subiu na cama e mandou ela chupar o pinto dele enquanto eu ia esfregando a cabeça do meu pau na perereca dela, ela tava começando a melar a bucetinha e acho que gostou da sensação começando a movimentar os quadris, roçando a bucetinha no meu pau, ai Gabriel pediu para ela sair de meu colo e deitar na cama e abrir as pernas q eu e ele iriamos sarrar na bctinha dela juntos e assim fizemos ele na frente e eu atrás, me deu muito tesão quando nosso pau se encontrava na bctinha dela e notamos q a respiração dela começou a mudar, Gabriel trocou de lugar cmg e pediu para q eu segurasse ela e quando à segurei, ele enfiou a cabecinha do pau no cuzinho dela equanto ela abriu a boca para gritar eu enfiei meu pau tdinho na boca dela e segurei a cabeça, fiquei fodendo a boca dela até ela vomitar o chão do quarto todo, mas so parei qnd dei leitinho na garganta dela e gabriel mandou ela fechar bem as perninhas apertado seu pau, e com seus dedos precionava a cabeça do pau contra sua bucetinha, até que a cabeça ficou bem no meio do buraquinho de seu cuzinho, e ele não teve como me conter e Colocou a cabecinha no cuzinho dela novamente e ficou metendo e quando viu q ia gozar meteu o pau tdinho no cuzinho dela e encheu aquele cuzinho com o leitinho dele.depois ele tirou o pau do cuzinho dela e fomos arrumar o quarto pois estava quase na hora de minha mãe chegar, só q ela estava toda dolorida, então demos banho nela, colocamos ela deitada no quarto dela, arrumamos o quarto e fomos assistir tb até minha mãe chegar e agirmos como se nada tivesse acontecido.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,83 de 42 votos)

Por # # #

9 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Nude

    [email protected] chama lá

  • Responder Trans loirinha

    Delícia de conto.

    • Tarado por novinha

      Oiê tran vc mora onde? Quero te comer todinha

    • Márcio

      Deixa o contato no email [email protected]……

    • Márcio

      Deixa o contato no email [email protected]……manda um oi

  • Responder Pachecao

    Delícia de conto na próxima me convida para eu comer a sua irmãzinha também. Continue não demore a publicação

  • Responder FELICIDADE H

    Que merda de conto. Aprenda a escrever cara.

  • Responder Meuzovo

    Volta pra escola!

  • Responder Tarado pelas novinhas

    Que delícia hein conta mais