minha namorada e sua irmã 3

Autor

Voltando aos leitores.
depois de um bom tempo metendo no rabinho da menina e ela hora chupando a xota da irmã, hora gemendo, hora me beijando, já estava prestes a gozar, quando minha namorada diz que é pra eu gozar na boca dela, tiro o pau da bundinha daquela bundinha pequenininha, mas com o cuzinho bem abertinho e aponto em direção àquela boca gostosa que adora chupar meu pau. Ela chupa por uns 5 minutos e então gozo, e gozo muito, ela termina de tirar tudo do meu pau, chupa com tanta força que meu pau chega a doer, abre a boca, me mostra com aquela cara de safada que me deixa louco, se vira, levanta a cabeça da irmã que a essa hora está deitada praticamente feito uma boneca de pano de tão cansada, e tasca um beijo nela, onde é retribuído sem esforço, e deposita meu esperma na boquinha da irmãzinha, em seguida só fala: engole tudo putinha. A menina fica meio com cara de nojo mas engole tudo.
Ficamos os 3, deitados na cama quietos, cansados, suados e calados por uns minutos, chega a menina até dormiu, ali nuazinha, de perninhas abertas, com o cuzinho aberto, de tanto levar rola.
Eu e minha gatinha nos levantamos, nos banhamos e ainda tivemos uma boa trepada no chuveiro, coisa que fazemos sempre, é divino, lindo, maravilhoso, carinhoso, nos passando sabonete, nos beijando, nessa hora não trepamos, não transamos, fazemos amor mesmo, puro amor.
Enfim a menina acorda, a irmã a leva pra banhar, e depois de tudo arrumado, ela vem conversar conosco, então simplesmente minha gatinha a pergunta: Ju, vc gostou?
Ju: sim
Manu: Não pode contar pra ninguém.
Ju: tá bom.
Manu: quando eu puder, te trago de novo, se vc quiser, tá?
Ju: tá, eu quero sim.
Já eram quase 12:00 e as duas foram pra casa, a Ju andava até devagar, por causa da bundinha dela, a Manu teve que ir abraçada nela pra menina não cair, mas enfim, depois tiveram mais duas vezes que comi a menina, o único problema é que nem toada vez ela tá de folga da escola e ou eu estou de folga do trabalho.
Mas a minha gatinha sempre que pode vem me ver, aí já sabe…
Foi um prazer relatar um pouco da minha vida.
Obs: Já tive mulheres de muitas idades, mais novas, mais velhas, da mesma idade, mas posso garantir, comer uma menina adolescente é um tesão absoluto, dizem que elas não sabem transar, quem disse isso é louco, quer dizer, louca. Elas tem tesão de sobra, não pedem nem pra parar. E aqui vou ficando. osantomagu@hotmail.com

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,80 de 10 votos)
Loading...