Brincadeira de primos. A descoberta

Autor

Bom lendo uns contos aqui tomei coragem de escrever que vem acontecendo comigo ,mais precisamente Novembro de 2017 .
desculpe por alguns erros .
Deixe apresentar me .
Sou Paulo tenho 58 anos viúvo pai de um casal .
Minha filha Letícia tem 36 é mãe de um casal tmb Marcelo de 11 anos e Maria de 8 anos .
Meu filho Andre tem 33 e uma filha Inês de 12 anos .
Depois que minha mulher morreu eu já aposentado eu ainda trabalhava mais resolvi parar vender td e comprei uma casa na praia do balneário jequitibá em Mongaguá.
Então quase td final de semana prolongado eu venho e pego meus netinhos e levo para ficar comigo ,e neste feriado de 15 de Novembro como era quase uma semana resolvi levar eles para minha casa .
Como minha casa é grande eu sempre deixo as meninas em um quarto de hóspede com uma cama de casal e o Marcelinho em outro sozinho com beliche .
Durante o dia td normal levei ele para a praia de manha .
Maria estava com um short coladinho do tipo que quando se olha por traz parece uma asa delta aberta por ela ser magrinha e alta para sua idade mais já com curvas de moça fica mostrando suas nádegas ,quando vi ela deitada e Marcelinho passando bronzeador e ela sem a parte de cima bronqueei pois ela já tinha peitinhos e não podia ficar assim na frente do irmão eles riram .
Pô vô só to passando o bronzeador .
Nisto vem a Inês ela tem o corpo de um moça de 16 anos é meio digamos gordinha não muito , tem um quadril largo de mulher só tem menos seios que a Maria ela estava usando um biquini tomara que caia já que quase não tinha seios não aparecia nem volume e na parte de baixo uma tanguinha que perguntei se ela ia de calcinha para praia ela .
Não Vovô é assim mesmo ta na moda .
Eu disse pra mim isto é um safadeza mais se teu pai compro isto pra vc então ta bom .
na praia td corria normal ate apareceu um menino tentando cantar a Inês mais eu cortei a cantada chamando ela para perto de mim quando o moleque me viu sumiu e assim foi .
voltando para casa as 11,00 para almoçar .
Depois do almoço falei que não iria mais só depois que o sol caísse , ele ficassem na piscina ate lá .
Eles brincarem na piscina fiquei na rede olhando já que minha piscina e um pouco funda .
Não demoro muito logo as meninas tiraram a parte de cima do biquini ,como estávamos em casa não mi importei .
Mais converso fiquei excitado vendo as menina semi nua .
Quando via o Marcelinho tentando pegar a Inês minha mente jurava que ele esta encoxando a prima , mais com certeza era coisa da minha cabeça .
A noite cai e como na casa só tem tv na sala e no meu quarto fiquei ali com os meus netinho eu no sofá com a maria e os outros dois ficaram no tapete um chutando o outro e foi assim ate umas 22 horas quando acabou o filme desliguei e mandei dois dormir por que a maria já estava dormindo então peguei ela no colo e levei ate seu quarto .
O Marcelinho queria ficar ali brincando com a prima mais não deixei já era hora de dormir e não queria que eles acordassem a Maria .
Então obriguei o Marcelinho ir pro quarto dele e fui dormir tmb por que cuidar de três crianças é foda .
não demoro muito cai no sono acordando por volta das meia noite fui a cozinha beber água ao passar no corredor onde fica os quartos de hospede no quarto das menina td normal luz desligada abri a porta e vi as duas meninas deitadas cobertas por um lençol e no quarto do menino a luz estava acessa mais td era normal já que o Marcelinho tinha medo do escuro e desde criança não dorme com a luz apagadas nem abri a porta e passei direto para cozinha .
Fiquei ali por uns 10 minuto e voltando para o quarto ouvi uns barulho uns gemidos bem baixinho ¨ahhh hunnn ali no corredor e vinha do quarto do Marcelinho ,abri a porta bem devagar a minha surpresa com a luz acessa dava pra ver direitinho a Inês deitada peladinha e o Marcelinho enfiando a vara na prima na posição de papai e mamãe e a Inês cruzando as pernas puxava ele pro seu corpo onde o corpo do Marcelinho miradinho sumia nas coxas da prima .
fiquei fulo queria matar estes dois mais aquilo me fez lembrar que tmb comecei com minhas primas ,me fez recordar dos meus tempo que tmb aprontei então resolvi deixar eles brincarem um pouco afinal era melhor aprender com o primo que na rua com qualquer um .
Voltando pro meu quarto passei pelo quarto das menina e olhei pra dentro e vi as duas meninas ali dormindo fiquei meio bobo e fui conferir a safadinha da Inês tinha posto almofadas ali nisto olhei bem para maria que estava só de calcinha como estava de pau duro ao ver os meninos trepando não aguentei e passei a mão de leve no bumbum da maria macio com a marquinho de sol acabei não aquentando e bati uma punheta ali alisando o bumbum da Maria .
me curvando eu puxando sua calcinha de lado como ela tava encurvada abraçada ao travesseiro como de se estivesse dormindo conchinha com alguém e vendo sua bucetinha rosada não aguentei passei a linguá de leve quando Maria soltou um suspiro me assustei
eu fiquei imovel , mais como ela voltei a lamber aquela bucetinha com cheiro de xixi .
Quando estava quase gozando ouvi barulho era a Inês que tava voltando sai dali correndo em direção ao meu quarto quando entrei deixando a porta entre aberta vi a Inês se despedindo do Marcelinho com um beijo na boca e de linguá ,pensei o safadinho esta trasando a prima a quanto tempo sera que foi aqui eu já vem a tempo comendo ela .
Os dois se despediram e cada um voltou pro seu quarto quando me dei por mim estava to lambuçado de porra parecia ter mixado porra de tanto que saiu então fui tomar banho e me acalmar mais quem disse que eu conseguia dormir pensando nos dois e pior na barbaridade que eu fiz com minha netinha que só estava dormindo.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,73 de 15 votos)
Loading...