Dei meu cuzinho aos 10

Oi, sou Luan tenho 19 anos, moreno, 1,70 e 65 kg… Bom quando criança sempre que tinha oportunidade mamava meus primos, vizinhos e colegas… Mas nunca tinha dado… E certo dia… Estava com 10 anos na época… um primo, de 17 anos na época, veio passar as férias na minha cidade e ficou no meu quarto, na minha cama que era de casal… Toda as noites ele dava um jeito de passar a mão na minha bunda, e fingia que estava dormindo, mas com o coração quase saindo pela bica… até que começou a ficar mais impolgado e delicadamente tocava meu cuzinho com o dedo e a sensação era gostosa, pois até então desconhecia. Foram várias noites assim… e ele continuava e colocar dedinho no anel do meu cuzinho… Não resisti e abri os olhos e ele perguntou se podia me dar um beijo e me pegou no rosto e beijou minha boca, pegou na minha mão e levou até seu cacete que estava muito duro, pediu para que eu batesse uma punheta, o cacete dele era bem grande, devia ter uns 17 cms (tinha aproximadamente 1,75, uns 65kgs, pardo)…. Ficamos naquele amasso, ele passando mão no meu cuzinho, beijando minha boca e eu masturbando ele… Pediu para que eu ficasse de 4 e se poderia tirar meu short, ingenuamente perguntei para que tirar??? Ele respondeu que queria me chupar. Obedeci e já senti a língua dele na minha bundinha e no meu cuzinho, aquilo me provocava arrepios, cócegas, ele me lambia todinho, subia pelas costas, pescoço, orelha, se concentrou no meu cuzinho e começou a colocar o dedo, eu reclamava muito de dor, pois era totalmente virgem, ele com muita paciência lambia, me mimava e dava muito carinho. Aos poucos fui relaxando e o dedo dele já entrava com mais facilidade em meu cuzinho, doido de tesão ele me lambeu mais um pouco e foi subindo pelas minhas costas, quando senti o cacete dele tentando entrar em meu cuzinho, era estranho aquela coisa grande tentando entrar em mim…. Começou a me masturbar e a sensação era gostosa, mas tentava me penetrar sem sucesso, pois faltava lubrificação. Pediu para que eu mamasse ele e assim o fiz… Deixei bem lubrificado… Ele pois o cacete e aos poucos meu anelzinho foi cedendo até que entrou um pouquinho da cabeça, mas a dor era muito forte, pedi para tirar, massageava meu cuzinho e lubrificava.. .Enquanto tentava me penetrar, chupava meu pescoço e me masturbava, me deixando com muito tesão e bem molinho. Aos poucos e com muito carinho foi entrando em mim, não sei definir o que sentia , era gostoso sentir um cacete no meu cuzinho enquanto era bolinado ,mas esquisito, a dor era grande, mas meu amante era experiente e foi fazendo gostoso até eu começar a sentir prazer, ele dava estocadas leves para que eu sentisse ele todinho e me perguntava se estava gostando, entrava novamente e metia tudo, disse que não estava aguentando e precisava gozar, acelerou um pouco mais e gozou gostoso no meu cuzinho. Continuou a fazer carinho e beijar meu pescoço. Sentia o cacete dele latejando dentro do meu cuzinho ardido e o coração disparado. Continuou a meter gostoso, pois seu cacete não havia amolecido, as vezes ia lentamente, as vezes mais rápido, ficou alí feito cachorrinho, engatado no meu cuzinho, dizia que iria fazer isso sempre comigo, que ele seria o primeiro e único da sua vida… Ficamos ali um bom tempo, eu de quatro e ele me fudendo gostoso, sentia aquele cacetão entrando e saindo bem gostoso e jamais imaginei que pudesse fazer aquilo, estava perdendo minha pureza e virgindade do meu cuzinho, sem nem saber o que estava fazendo, apenas sentia que era gostoso sentir aquilo tudo. Ele se regalou de tanto meter no meu cuzinho, disse sempre que quissesse iria me fuder gostoso, começou a me masturbar e acelerar o ritmo da metida, meteu bem fundo, me provocando muita dor, senti que iria gozar novamente, pois gemia de prazer e me pegava forte e com vontade, senti uma gostosa sensação no cacete pois também estava gozando com a masturbação que ele me fazia… Ele tirou o cacete todinho pra fora me causando dor, pois estava ardendo muito, se masturbou um pouco encostou a cabeça do cacete no meu anelzinho e quando a porra começou a sair foi enfiando novamente em mim e depositou todo seu leitnho no meu cuzinho. Gritou de tesão e meteu bem gostoso até esgotar a porra. Exaustos, nos beijamos e dormimos abraçadinhos e isso durou mais 2 anos… Bjs… Se gostatem tem mais…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,00 de 1 votos)
Loading...