# # # #

Meu pai me estuprou e me viciou em sexo

1927 palavras | 30 |4.13
Por

Olá, hoje eu vou contar uma história verídica de quando meu pai me estuprou e me viciou em sexo.
Desde bem pequena eu sou viciada em porno, mas nunca tive coragem de dar pra ninguém pois tinha medo que meus pais descobrissem, então me contentava em assistir porno e me masturbar pra passar o tesão, mas com o tempo foi piorando e eu queria me masturbar várias vezes durante o dia pois eu tinha um fogo impressionante. Certa vez eu estava em mais uma das minhas sessões de masturbação quando o meu pai entrou no meu quarto sem bater e me viu com a mão na buceta. Ele só fechou a porta e saiu como se nada tivesse acontecido, mas nenhum de nós dois nunca esquecemos essa história e desde então eu senti um tesão enorme em ele me pegar fazendo isso de novo, não queria passar por essa vergonha mais uma vez, mas a ideia de que ele poderia me pegar nessa situação me dava uma adrenalina deliciosa, então passei a ler contos eróticos sobre incesto e minhas gozadas mais intensas eram pensando no meu pai. Nunca achei que algum dia passaria de apenas fantasias, mas algo mudou.
Meu pai trabalha o dia inteiro em uma empresa de empréstimo e minha mãe trabalha embarcada (passa 15 dias em alto mar e 15 dias em casa) e como eu só faço faculdade, fico em casa sozinha das 12 até às 18 da tarde. Nessa hora que eu passo sozinha, minha diversão é me masturbar.
No dia de embarque da minha mãe, meu pai foi deixar ela na base e me deixar na faculdade antes de ir trabalhar, como um dia qualquer, e quando terminaram as aulas eu fui pra casa de ônibus. Assim que cheguei em casa já fui direto tomar um banho e colocar um porno no computador da sala, pois não posso fazer isso quando minha mãe está de folga. Eu estava despreocupada pois era cedo, por volta das 14h, e sabia que tinha todo o tempo do mundo pra me dar prazer. Eu saí do banho e fui pra sala só de toalha, para ficar mais livre para brincar com o meu corpo, coloquei um porno de pai e filha no computador e logo comecei os trabalhos. Eu já estava louca de tesão com dois dedos atolados na buceta quando ouvi um barulho no portão, não dei muita atenção pois achei que fosse as crianças brincado na rua. Com os olhos fechados, me concentrando apenas no meu prazer, não percebi quando o meu pai entrou na sala de casa e me viu naquela situação e ficou me observando gozar enquanto gemia seu nome.
– Pensando em mim, Fernanda? – meu pai disse e eu abri os olhos imediatamente, assustada com a situação. Eu tirei os dedos da buceta rapidamente e tentei me cobrir, mas o meu pai já estava vindo em minha direção no sofá e arrancou a toalha da minha mão e me segurou embaixo dele no sofá.
– Quer dizer que você se masturba pensando no seu pai? Você não tem vergonha?
– Me desculpa, pai, por favor. Me solta.
Eu estava quase chorando. Estava com vergonha e me sentido humilhada e culpada, por que ele tinha que voltar pra casa logo agora?
– Porque está pedindo desculpas, filha? Você só tem tesão em um macho, nada mais normal.
– Pai, por favor me deixa ir pro meu quarto.
– Você não vai. Se divertiu bastante comigo e agora eu quero me divertir com você. Já percebi que você é uma puta que vive se masturbando. Já que você sente tanto tesão no seu pai, não tem problema pra mim se eu te comer né?
Quando ele falou isso eu gelei, não estava entendendo mais nada, ele não estava bravo? Aproveitando a minha confusão, meu pai me beijou na boca. O beijo dele era cheio de tesão, acho que nunca antes tinha beijado alguém assim. Sua língua passeou pelo meu pescoço, deixando minha pele sensível sempre que sua respiração passava pelo caminho molhado que sua língua tinha deixado. Ele então me deu um chupão bem na clavícula e eu gemi baixinho.
– Decidiu parar de fingir que não estava sonhando com esse momento? Você se prepara que a partir de hoje eu vou fazer suas fantasias virarem verdade todos os dias.
Ele então passou para os meus peitos, chupando, apertando e puxando. Ele me mamou como um bebê, e eu já estava explodindo de tesão mais uma vez. Foi quando ele enfiou um dedo na minha buceta, enfiando e tirando sem dó.
– Você gozou tanto pensando no papai né?
Eu não conseguia falar nada, só gemer, ainda sem acreditar que isso estava acontecendo e que minha primeira vez seria com o meu próprio pai.
Ele tirou o a mão da minha buceta e me fez lamber os seus dedos.
– Que linguinha gostosa essa sua, quero ver se sabe chupar pau do mesmo jeito que chupa meu dedo.
Ele sentou no sofá e eu ajoelhei na frente dele enquanto olhava ele tirar seu pau pra fora, não era tão grande, coisa de 14 ou 15 centímetros, mas era grosso igual uma latinha de refrigerante. Comecei tentando fazer igual eu via nos pornôs, lambi a cabecinha e tentei colocar tudo na boca, mas não consegui e acabei arrastando os dentes no pau dele.
– Chupa direito, vagabunda. – ele me deu um tapa na cara e eu senti vontade de chorar e tentei me levantar pra ir embora, mas ele não deixou e me jogou de joelhos no chão. – Não vai embora não, você vai ficar aqui bem quietinha e vai deixar eu fazer o que quiser com você, entendeu?
Ele me deu outro tapa e agarrou meu cabelo, guiando minha cabeça em direção ao seu pau. Ele fodeu minha boca como se fosse uma buceta, enfiava no fundo a minha garganta sem se importar se eu estava sentindo dor ou não.
– Sua garganta é até gostosinha, mas nem dá pra gozar com essa mamada ruim que você tem. Você mama os outros assim na rua, Nanda?
– Eu nunca mamei ninguém, pai, eu sou virgem. – depois que eu falei isso, um sorriso apareceu no seu rosto e ele me beijou de novo.
– Vou roubar sua primeira vez então, e vou fazer você de puta pra aprender que mulher serve só pra receber porra de macho. Levanta e senta no meu pau. Agora!
Eu me levantei e fui fazer o que ele mandou, mas quando seu pau começou a entrar na minha buceta estava doendo muito então parei, mas ele agarrou minha cintura e me puxou pra baixo de uma vez, estourando meu cabaço. Minha visão ficou turva e eu chorei de dor. Pedia pra ele parar mas ele estava frenético, agarrou minha bunda e me fez subir e descer várias vezes.
Depois de algum tempo parou de doer e começou a ficar gostoso pra mim também, e então ele enfiou dois dedos no meu cu sem cuspe nem nada, foi a dor mais desgraçada que eu já senti na vida.
– Depois que eu gozar dentro da sua buceta, você vai chupar meu pau até ele ficar duro de novo e eu vou comer o seu cu sem dó e gozar dentro dele também, e você vai deixar eu fazer isso sem reclamar.
Depois de falar isso ele começou a bombar ainda mais rápido e logo me encheu de porra quente enquanto gemia no meu ouvido. Ele ficou dentro de mim jogando porra por cerca 2 minutos, pra não desperdiçar nem uma gota, depois que eu saí de cima dele, ele me fez ajoelhar na sua frente e chupar seu pau com gosto de buceta e sangue.
Dessa vez eu tomei mais cuidado com os dentes pra não machucar ele, mas ainda não era boa e não conseguia dar uma mamada boa, então ele agarrou meu cabelo e me guiou de novo naquele ritmo agressivo de antes, fodendo minha garganta. Quase vomitei diversas vezes, mas ele tirava antes de eu de fato vomitar e deixava só deslizando na minha boca antes de enfiar na minha garganta de novo. Ficamos por uns 15 minutos assim até ele ficar duro como pedra de novo.
– Tá bom, agora fica de quadro pra eu comer o seu cuzinho.
– Não, pai, vai doer.
Ele me deu outro tapa, dessa vez com mais força. – Eu não tô pedindo, Fernanda, eu tô mandando. É pra doer mesmo, pra aprender a não se masturbar pensando no seu pai.
Quando eu fiquei de quatro no chão, ele empurrou minha cabeça no chão pra eu empinar mais e enfiou de uma vez no meu cu.
Eu dei um grito.
– Para de gritar, filha da puta, se não vai apanhar.
Eu engoli o grito e fiquei chorando baixinho enquanto ele metia feito louco no meu cu. Eu não sentia prazer nenhum quando ele metia no meu cu, então enfiei dois dedos na minha buceta e comecei a me masturbar enquanto ele comia meu cu.
– Então é por isso que você está piscando o cu? Está se masturbando enquanto eu te como por trás? Da próxima vez eu vou trazer um amigo meu pra nós dois te comermos ao mesmo tempo já que você gosta de ter coisa enfiada na frente e por trás, vagabunda.
Ele socava no meu cu e me dava vários tapas na bunda, a dor junto com os meus dedos na minha buceta logo me fizeram gozar e eu gritei gemendo seu nome. Depois de poucos minutos meu pai gozou também, enchendo o meu cu de porra da mesma forma que fez com a minha buceta. Eu perdi a força nas pernas de tão grande que foi meu orgasmo e eu caí no chão com o meu pai por cima de mim. Nós dois ficamos no chão tentando recuperar o fôlego, com o seu pau ainda dentro de mim.
– Eu tô de atestado no trabalho, 14 dias, por estresse. Você se prepara que meu remédio pra desestresssar vai ser sua buceta e esse seu cu. Vai levar muita rola nessas duas semanas. – ele disse no meu ouvido. Quando eu tentei me levantar ele não deixou. – Não vai levantar não, quero ficar com ele dentro de você até endurecer pra eu te comer tudo o que eu não comi nesses 18 anos.
– Mas pai, e a minha faculdade?
– Você vai faltar, te arranjo um atestado também com um meu amigo médico.
– Mas ele vai dar?
– Vai, quando você der pra ele. Vou chamar ele pra te comermos juntos. Eu não tava brincando não quando disse que você ia ser só um buraco pra receber porra.

E esse foi só o começo de duas semanas de muita foda. O amigo dele veio quase todos os dias e me acostumei tanto que hoje em dia sou viciada em fazer DP. Outro dia conto outras histórias com meu pai e seu amigo médico me fodendo gostoso.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,13 de 52 votos)

Por # # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

30 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Lari ID:gsuykap44

    Só queria um papai pra fazer isso cmg 🥺 poxa sou boazinha, gostosa, sem cozinhar e sou super obediente, pq ninguém quer usar e abusar de mim? Rsrs

    • Lari ID:gsuykap44

      Sei*

    • @mgbh31 ID:g3jfpwqrb

      Eu uso

    • Mestre Alex ID:v8runjlgucp

      vem q o papai te usa

      telegram:domalex1720

    • Mestre Alex ID:v8runjlgucp

      chama lá putinha, domalex17 minha outra conta foi banida

    • Cisco ID:1euhef5h4h2w

      Quero ser seu papai

  • Responder Laurinha (•ө•)♡ ID:1e3dcwxp3bje

    O seu pai fez mais do que certo, já fui estuprada também, não pelo meu pai mas por machos da família, meu primo principalmente, me estuprava sempre que podia, cresci no pau deles desde novinha e hj amo ser puta de macho, amo ser humilhada, apanhar, ser usada e abusada, amo mamar em pica grande ou grossa, mas principalmente amo quando gozam na minha cara e esfregam o pau dps, que mulher em sã consciência não gosta disso?

    • Aldacir Piroca ID:1djtzjk2pu02

      sai dai estranha

    • Sadangel ID:dlntx4xzj

      Fiz isso com minha sobrinha mas ela ficou bravinha kk

    • Mestre ID:2ql04gcd0

      Tem emprego?

    • Mestre Alex ID:v8runjlgucp

      isso é pq seu pai foi um frouxo nn era um macho Alfa de vdd, seu primo teve q fazer o trabalho dele e lhe adestrar pra vc ser a puta q vc deve ser e nasceu pra ser. Pra servir e obedecer macho sem questionar e sem reclamar

      chega no tele puta @domalex1720

  • Responder Amandinha ID:1dai1xyxib

    Delicia de conto, eu tenho 27 anos e sou viciada em chupar rola e dar prazer aos homens, nós mulheres somos pra isso

    • Oliveira ID:ona23enxij

      Vamos viver isso em família,real,com nosso futuro filho,me deixa um contato seu,eu topo.

  • Responder inconformado ID:e5ut6flsfoj

    Seu pai é um idiota… Devia ter te estuprado muito antes, desde criança, perdeu a oportunidade.

    • putinhadopapaibbw ID:1e2ug0tdqz6v

      Agora que descobri o quanto ele fode bem, gostaria mesmo que ele tivesse me estuprado bem antes. Minha bucetinha pertence a ele e sempre pertenceu, desde que eu nasci.

  • Responder Helder ID:2pduu2h8rj

    Nossa adorei.meu pau quase estourou de tão duro.continua

    • putinhadopapaibbw ID:1e2ug0tdqz6v

      Deveria vir meter esse pau em mim. Adoro sentir um pau bem duro entrando na minha bucetinha

  • Responder Mestre Alex ID:89csuwp2zj

    teu pai fez certo vc é apenas um objeto de prazer, vc assim como todas as mulheres,viados e kids são apenas seres q nasceram pra obedecer e servir macho Alfa, como eu Mestre Alex,

    vcs devem servir sem questionar,sem reclamar e sem limites

    • Laurinha (•ө•)♡ ID:1e3dcwxp3bje

      É como eu falo, somos mulheres, fêmeas e somos inferiores aos homens, se nascemos com buceta já nascemos propriedade do macho, servimos pra isso, homens tem direito de estuprar pois pegam o que já são deles por direito

  • Responder Jubileu ID:2ql03bpzm

    Seu pai fez certo
    Animais, mulheres e crianças todos os simples objetos sexuais de machos como nós. Só servem pra serem abusados e estuprados diariamente, e bem caladinhos!

    • putinhadopapaibbw ID:1e2ug0tdqz6v

      Mulheres sim, mas crianças não. Gosto de ser estuprada diariamente pelo meu pai e seus amigos, adoraria levar leitinho seu também, gosto de qualquer macho que me foda com agressividade.

    • Mestre Alex ID:89csuwp2zj

      porra mano concordo plenamente, aqui qm reina somos nós Alfas e esses seres só servem pra nos satisfazer e obedecer sem questionar,sem reclamar e sem limites

  • Responder Paula ID:2ql03bpzm

    E eu que sou a escrava sexual do meu pai! Eu moro com ele na casa dele e tenho que fazer de tudo! Tenho que preparar o café da manhã, almoço e jantar, tenho que limpar toda a casa e lavar as roupas deles e claro…dar a buceta, o cu e chupar o pau dele sempre que ele quiser e ainda tenho que fazer tudo isso caladinha! Se eu der um piu eu apanho. Já tentei mil vezes fazer ele entender que eu sou a filha dele, e não sua prostituta, mas, justamente por ser filha dele ele acha que tem direitos sobre mim e faz comigo o que bem entender. Ele me come toda hora, antes e depois do trabalho, agora ela tá dando pra querer gozar dentro da minha buceta mas eu não vou deixar!!!

    • Mestre Alex ID:89csuwp2zj

      ele tá certo apenas aceite q foi pra isso q vc nasceu e q vc só existe pra isso

  • Responder bruninha putinha ID:1e9wb3kcj2pt

    Amei seu conto. Sou doida pra arrumar um papaizinho da rola grossa pra me estuprar também e me fazer de deposito de porra
    Conta detalhes da DP

    • ANJOTARADO249 ID:1doh1s2kvgru

      E EU LOUCO PRA TER UMA FILHA, QUER SER MINHA FILHA, BRUNINHA????

    • putinhadopapaibbw ID:1d4cv7k9fpn6

      Vou escrever mais contos sim, sobre a primeira DP que eu fiz com meu pai e seu amigo. Cada vez que minha mãe está embarcada é uma aventura diferente.

    • Mestre Alex ID:89csuwp2zj

      só vem Bruninha, bem ser do papai Alex, faço vc de escravinha, chama no telegram e se apresente

      tele:domalex1720

  • Responder Dom Klaus ID:5l4cxa7k6xo

    Agradeça, pois graças ao teu pai você agora sabe que seu propósito de vida é satisfazer o Homem. Dar prazer para nós é o que te da sentido na vida, é o que lhe torna mulher de verdade, com muito valor que somente poucas reconhecem pois ficam molhadas só de imaginar em ser usada o tempo todo, como uma boa Puta sedenta por pau e leite de macho.

    Telegram: @domklaus

    • putinhadopapaibbw ID:1e2ug0tdqz6v

      Sim agora sei disso. Desde que aprendi isso, sou doida para ser estuprada na rua por um grupo de desconhecidos.