# # # #

Meu padrasto me comeu enquanto minha mãe estava internada para ganhar o meu irmãozinho

1824 palavras | 30 |4.61
Por

Olá, eu me chamo Luiza, tenho 14 anos e o que vou relatar aqui é 100% real, e eu me arrependo disso, mas não consigo parar, virou rotina.
Eu sinto que preciso contar isso para alguém, mas eu não posso! Todos iriam me julgar, então talvez fazer isso aqui me deixe um pouco melhor. Por favor não me julguem.

Bem, des de que o meu pai faleceu, sempre foi só eu e a minha mãe dentro de casa. Ela trabalhava 12 horas por dia e eu ficava encarregada de cuidar da casa e de estudar. Foi assim por mais ou menos seis meses até a minha mãe arrumar outro cara e enfiar ele na nossa casa, na nossa vida e em tudo o que ele pudesse se enfiar, literalmente.

Eu demorei um pouco para aceitar a ideia de ter outro homem morando na minha casa, mas quando aceitei e comecei a interagir mais com o Lucas, eu percebi que ele me olhava de forma diferente. Quando eu estava de short pela casa eu podia ve-lo mexendo em suas partes intimas e me encarando, já até rolou dele entrar no banheiro enquanto eu tomava banho e dizer que foi sem querer. Mas eu sempre deixei isso passar, nunca pensei em incomodar minha mãe com isso. Bom, então a minha mãe engravidou e era uma gravidez de risco, ela teve que fazer acompanhamento com diversos médicos e ficou internada trezentas vezes, Lucas sempre esteve com ela nesses momentos.
Ah eu esqueci de dizer que Lucas é um homem muito atraente, musculoso, tatuado, barba na médida certa, ele com certeza era um tremendo gostoso e eu entendia minha mãe. Enfim.

Todas as vezes que minha mãe ficou internada, eu sempre ficava na casa dos meus avós ou então na casa de amigas, mas dessa vez ela iria pra ganhar o bebê, então decidi ficar em casa e deixar tudo pronto para quando ela voltasse.

– Eu te amo muito querida, ok? – Ela disse antes de sair com Lucas e ir ao hospital.

Minha mãe era a melhor pessoa do mundo comigo, era amorosa, gentil, me entendia, cuidava de mim e tudo isso.

Bom, enfim. Eles foram e eu fiquei sozinha. Aquela noite foi normal, eu apenas arrumei a casa, tomei um banho completão e fui me deitar para dormir, mas estava muito, muito quente então decidi dormir no quarto da minha mãe, já que tinha ar-condicionado e também me livrei das roupas por estar sozinha em casa. E eu também amava a sensação de me deitar após depilação.
Eu peguei no sono bem facil, mas eu sempre tive o sono bem levinho e então eu acordei bem facil quando senti mãos subindo pelas minhas pernas.

Eu me assustei, me assustei muito! Porém eu fiquei paralisada. Não consegui me mover e sequer abrir os olhos, não sabia nem mesmo quem estava fazendo aquilo. Mas as mãos continuaram, elas viraram o meu corpo que estava de bruços e me colocaram deitada com a barriga para cima, onde meu rosto caiu para o lado e o cabelo na minha cara. Seja lá quem estivesse fazendo aquilo, abriu as minhas pernas de um forma que tudo ficaria avista, abriu tanto que chegou a doer. Eu engoli em seco tentando continuar fingindo que estava adormecida enquanto implorava mentalmente para aquilo parar. Mas obviamente não parou.

Dedos gelados foram de encontro a minha buceta e eu praguejei meltamente quando meu corpo se contrariu sem minha autorização e a pessoa que estava fazendo aquilo riu.

– Sei que tá acordada Luíza. – Meu corpo paralizou ainda mais quando reconheci a voz; Lucas.

Mas ainda sim, não consegui responder e sequer abrir os olhos.

– Sua mãe esqueceu a bolsa com as roupas do bebê e eu vim buscar, mas assim que entrei no meu quarto me deparei com uma linda garotinha completamente nua e deitada na minha cama. Como que resistiria?

As palavras dele pareciam asperas e me dava nojo. Ele riu outra vez e então parou de falar, logo continuou mexendo em minha buceta com seus dedos grandes, grossos e gelados, mas dessa vez sem tanta delicadeza. Ele se aproximou mais do meu corpo e eu engoli em seco sentindo uma aproximação maior em meio as minhas pernas, foi quando senti sua respiração quente na minha buceta e apertei os olhos com força.

Sem um aviso prévio, ele passou a lingua pela minha intimidade e começou a me chupar, o que fez com que um gemido baixo saisse de meus lábios e eu quisesse sumir por isso. Eu não poderia gostar! Ele é o marido da minha mãe e isso é tão errado, eu só tenho 14 anos! Mas meu corpo dizia outra coisa.

Ele continuou me chupando e eu não sei dizer qual foi o momento em que eu perdi o controle de tudo, mas só sei que agora eu estava agarrando o cabelo dele com minha mão e gemendo feito uma cadela no cio enquanto o marido da minha mãe me chupava e ela estava internada no hospital, céus isso era tão errado.

Eu senti minha barriga se contorcer e um tremor passar pelo meu corpo junto a uma onda de prazer quando gemi alto e gozei na boca dele. Lucas se afastou e então sorriu pra mim, pela primeira vez eu abri os olhos e pude ver que o pau dele estava para fora e ele se masturbou durante todo o tempo que gastou comigo. Não pude evitar em arregalar os olhos após ver o tamanho do seu pau, com certeza mais de 20cm.

Não tive tempo de reagir oufazer qualquer outra coisa. Lucas me atacou e começou a me beijar ferozmente enquanto suas mãos davam conta de se livrar da calça dele e em seguida começaram a apalpar todo o meu corpo fragil. Ele chupou meu pescoço e deixou uma marca ali, chupou meus dois seios e também deixou os dois marcados, deixou mais marcas no meu pescoço e então enquanto ele se divertia com sua boca em meu corpo, eu tentava me esfregar em seu pau e tentar aliviar a tensão que sentia e a vontade de gozar outra vez. E acho que ele percebeu porquê o escutei rir e então sem aviso prévio ele se enfiou dentro de mim. O que me fez me arrepender de tudo na mesma hora e gritar de dor completamente alto. Esqueci de avisar que era virgem.

Lagrimas sairam dos meus olhos e eu comecei a chorar ao em vez de gemer, doia pra caralho e Lucas não parecia se importar, porquê ele só riu da minha reação e sequer me deu tempo, ele começou a se mover assim que entrou dentro de mim e ele metia com força pra caralho como se eu fosse a pessoa mais acostumada do mundo com aquilo.

– A essa hora sua mãe tá ganhando o bebê…..E eu tô aqui fodendo a putinha da filha dela. O que seu pai acharia disso? Ham? – tinha divertimento na sua voz.

As palavras dele eram para ter me dado raiva, mas de alguma forma me deixaram excitada. Eu ainda chorava por sentir dor, mas aos poucos aquilo foi se trasformando em prazer. Lucas se movia rapidamente dentro de mim, ele agarrou o meu rosto com força e então me beijou de forma rapida, mas logo se afastou e me deu um tapa forte na cara. A ardencia se misturou com o prazer me fez gemer alto, Lucas riu e me chamou de puta enquanto continuava me comendo.

Em minutos eu estava gemendo feito uma cadelinha e com certeza já havia acordado os vizinhos já que moravamos em apartamento, mas eu não me importava nem um pouco. Lucas me virou bruscamente na cama e me colocou de quarto, mas logo puxou minhas mãos para trás e as agarrou em minhas costas enquanto continuava me comendo, agora nessa posição eu o sentia ainda mais dentro de mim e o prazer era o dobro, também levando em consideração os tapas que ele dava na minha bunda.

De repente ele soltou uma de minhas mãos, mas a outra ele me fez levar até a minha bunda e então ele abriu minhas nadegas, cuspiu ali e levou meu dedo até a entrada do meu anûs e me forçou a enfiar ele ali. Por Deus aquilo era bom pra caralho! Eu gemia cada vez mais alto e ele me batia cada vez mais, estocava mais forte dentro de mim e puxava meu cabelo. Foi assim até ele gozar dentro da minha buceta e eu o acompanhar no ato, nossas porras se misturaram dentro de mim e então ele saiu da minha buceta e me empurrou na cama. Eu caí exausta e sorri.

– Vadia.

Ele deu mais um tapa na minha bunda e então saiu da cama e começou a se vestir. Lucas disse que voltaria para o hospital e eu pedi para que ele ficasse mais um pouco, ele se aproximou do meu rosto e por alguns segundos achei que fosse ficar.

– A minha mulher ta no hospital, Luiza, você é só uma distraçãozinha, um brinquedo pra eu gozar. – Suas palavras novamente deveriam me deixar com raiva, mas só fizeram minha buceta pulsar outra vez. Eu sorri e então agarrei seu rosto antes de beija-lo outra vez.

– Me visita no meu quarto quando minha mãe não estiver afim… – Eu disse após separar-nos. Ele sorriu e me respondeu.

– Eu vou, e acho bom você me esperar assim todos os dias. – Ele falou por último e me deu um tapa na cara antes de se levantar, terminar de se vestir, pegar a bolsa que havia ido buscar e então sair do quarto.

Eu fiquei lá, machucada, gozada e completamente satisfeita. E isso virou rotina de verdade, rola até hoje. Toda noite Lucas vem até meu quarto e me come enquanto a minha mãe dorme. As vezes eu me masturbo enquanto escuto ele fuder a minha mãe, as vezes ele da remedios para dormir para ela e então me come no quarto deles com ela deitada do lado. Já rolou até dele entrar no banheiro comigo e me comer enquanto minha mãe olhava o bebê e fazia a janta.

As vezes eu penso que não deveria fazer isso, mas eu não consigo mais parar, Lucas é tudo pra mim e eu sou o brinquedinho dele. Eu amo isso.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,61 de 88 votos)

Por # # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

30 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder @JVictor0 ID:81re1pbfid

    Transformada em putinha submissa

  • Responder DOM ORFHEU ID:41ih3i0ov9d

    Para de show vc amou ser fodida e perder seu cabacinho assim como uma cadelinha submissa de macho, não ligue para o que os outros vão dizer o que importa é que vc está totalmente feliz e satisfeita de servir a ele como sua putinha particular e quem sabe ele não leve vc pata os amigos dele te fuderen como uma vagabundinha de esquina e vc acabar toda marcada de tapas e com seus buracos arrombado a e escorrendo porra mas feliz por ser a putinha que vc ama ser, útil, parabéns novinha putinha

    • Flor de liss ID:89crg0198l

      Querooo

  • Responder DOM ORFHEU ID:41ih3i0ov9d

    Pra mim vc não se arrependeu nada pq adorou ser a putinha dele na cama, ser fodida e perder seu cabacinho como uma puta de esquina, vc sabe que amou tudo que rolou e que sempre vai querer mais, então para de frescura e vira 100% de vez a putinha submissa dele e seja feliz assim sem se importar com que os outros vão dizer, ele vai te adestrar e talvez te dar para os amigos dele te fuderen como uma vagabundinha e no final vc vai estar tida marcada de tapas, arrombada, escorrendo porra de seus buracos mas feliz por ter gozado horrores e ser util

  • Responder Maria ID:2k3e04qm

    Tenho 13 anos e queria muito dar, mas dar muito, porém, tenho medo de engravidar ou me arrepender. Meninas oq vcs acham q eu devo fazer?

    • Anon BA. ID:gyxsh1mxp72

      Acho que se vc realmente falasse sério deixaria um contato. Vc não tem 13 anos.

    • Nymos ID:1dak5ba4qi

      Vcs dizem q querem dar mas não deixa o contato de vcs pra gente conversar e combinar isso. Me chama no telegram @nymos23

    • @mgbh31 ID:g3jfpwqrb

      Fala de onde

    • Wandinha ID:1e3byaf37ur0

      Primeiro, não tem 13a…e tbm não é uma garota…nem fudendo…

  • Responder Viado ID:1e2fog1v3cjd

    Tudo mentira , mulher

  • Responder s_poncios ID:4ades90sfia

    vc fez tudinho certo, é só aproveitar, parabens

  • Responder Nymos ID:1dak5ba4qi

    Delicia de conto Luiza, amei. Realmente é uma situação complicada mas se vc gostou quem sou eu para julgar né. Me chama no telegram Luiza, queria saber mais sobre vc, vamos nos conhecer. Telegram: @nymos23
    Fico no aguardo. Bjs😘😘😘

  • Responder Ale Casada ID:mujh4jmzj

    Muito novinha… aproveita dele, goza, depois dê o fora. Use ele como ele te usa. Se não fizer isso vai ser usada e descartada. Tem muito macho gostoso no mundo. Não se deixe convencer que existe só ele. Ele te usa e vc usa ele, simples. Adquire experiencia com ele e use seu charme e sedução com outros melhores. Homem valoriza quem ele pode correr atrás e não ter como deseja.

  • Responder Julia ID:7xce1pik09

    eu nao acho que vc deveria se senti mau com isso. se vcs dois quiseram ta tudo certo. se sua mae nao descubrir fica tudo bem. e ninguem deve se meter no que uma homem e uma mulher querem fazer em quatro paredes.

  • Responder @chefeX ID:1cndo9kdopig

    Que conto gosto fiquei de pau duro do começo ao fim que Delícia vou ler denovo e vou gozar gostoso. Quem curte essas delícias mim chama no telegram: @chefeX

  • Responder Lullizinha ID:1cxv6k39dgj1

    Porra será que é real ou Fake galera?
    Meninas de 14 anos descendo até o chão e eu aqui com 22 com preguiça de abaixar quando deixo cair alguma coisa 👍😑

    • 50tao_karinhoso ID:1ctwvbup7v3x

      Kkkkkkk…essa foi boa.
      Me chama no email, te ajudo a superar esta preguiça.

      [email protected]

  • Responder Henry ID:1emnz4ddytse

    Eu fiz filho nas duas, na minha mulher e na minha enteada. Ela tinha 16a qdo engravidei a danada. Aliás fui eu que tirei o cabacinho dela aos 13a. O primeiro boquete que ela fez foi em mim. E fui o primeiro a chupar a bucetinha dela tbm. Depois de tirar o cabacinho, tirar as preguinhas foi questão de tempo. Até pq ela começou menstruar dois meses depois de perder o cabacinho. E ela era uma putinha na cama, daquelas bem devassas. Gostava mesmo de trepar. Qdo meu filho fez três anos, minha mulher já andava desconfiada que tinha algo entre a gente, e as vezes jogava umas indiretas qdo precisava sair. Ela falava com a filha, mas era pra eu ouvir. Mandava a menina sossegar o “facho”, e não ficar desfilando de calcinha e camiseta como estava acostumada, pq conhecia muito bem o marido dela. E antes de sair qdo passava por mim, pedia pra eu cuidar bem da filha dela. Eu falava pra ficar sossegada que eu cuidava sim, e ela dizia que sabia que eu cuidava direitinho. Qdo a menina engravidou, tiveram uma conversa e disse pra filha, que não ia perguntar de quem era o filho, pq já desconfiava quem era o pai. A menina me ligou, contou da conversa com a mãe, e falei pra ela deixar que eu resolvia. Qdo cheguei do trabalho elas estavam no sofá, cumprimentei ambas e minha mulher falou que tinha uma novidade. Perguntei que novidade, e olhando nos meus olhos, ela falou que a filha estava grávida. Não desviei o olhar, e respondi que já sabia. Ela perguntou como eu sabia, mandei na lata.
    – pq o filho é meu…e vc já sabe disso tbm
    Ela olhou pra filha, acariciou seu rosto, disse que estava tudo bem, e que já sabia dos nossos “enroscos” a muito tempo. Não teve treta, e continuamos levando nossa vida “de família feliz”…e bota felicidade nisso. Minha mulher tem 50a, eu 53, minha enteada/amante 28…e vida que segue.

    • Cherry ID:1clg2ddn5loc

      Delicia de relato. Ainda bem que sua mulher aceitou. Meu padrasto foi meu primeiro homem, me fez de filhinha dele por anos mas quando mi ha mãe descobriu acabou tudo. Foi um inferno.

  • Responder Mah18ES ID:16nrho424h2r

    Pra quem diz estar arrependida contou o conto perfeitamente bem… Eu transei com o meu e não me arrependo não. Inclusive ainda transo e sem minha mãe saber.

    • Daniel ID:6styj3f742

      Eita q delícia me chama no telegram pra mim falar o q ei fiz com minha enteada

    • Jef ID:d058krdv1

      Porra será q só eu não consigo comer minha enteada 😡

  • Responder Obito ID:5h618vzi

    o cara é totalmente desprezível é vc é uma completa puta por aceitar essa situação, li com nojo dessa situação

  • Responder Luiza ID:41ih13yhhri

    Amiga! Acontece comigo também! Meu nome é igual o seu, e sou um pouco mais nova! Mas, assim como você.. eu acho isso muito errado e queria parar, mas não consigo, KKKKKK

    • @chefeX ID:1cndo9kdopig

      Cada comentário melhor que o outro telegram: @chefeX mim chama

    • @chefeX ID:1cndo9kdopig

      Delícia

    • Mario ID:1ck6kmkmj34i

      Então Luiza, bacana, isso.
      Vc é de onde? Gostei.

    • Daniel ID:6styj3f742

      Nossa q delícia me chama no telegram com te contar o q rolou com minha enteada @daniellrss

  • Responder Dominador ID:v00ffmm4

    Conto muito bem detalhado, acho difícil que seja verdade, mas se for parabéns. Mulheres amam isso.

    • ApenasATrue ID:1deng4bqmhlv

      Oque me impressiona é em pleno 2023 o povo desse site ainda acha que tem chance de contos assim serem reais. 99% dos contos desse site dão fake, e essa já virou a proposta. São uma delícia porque instigam nossas fantasias mais perversas, mas saiba que não, contos assim não foram escritos por mulheres muito menos por mulheres menores de idade. Eu mesmo já mandei uns dois contos bem sucedidos pro site, todos “relatos reais juro por Deus” de garotas novinhas, sendo que sou um marmanjo de 26 anos.
      Se você acompanha esse site realmente achando que as histórias são reais, você é muito ingênuo.
      Tendo dito isso, conto incrível! 10/10