#

Não resisti a minha aluna

965 palavras | 6 |4.28
Por

Leciono nesta instituição desde 2019, então conheço a maioria dos alunos e vi o seu desenvolvimento intelectual e físico. E como aqueles corpos infant

Sou professor da rede na cidade em que moro, tenho 26 anos, 1,75 de altura, corpo malhado, olhos castanhos e careca. A um ditado que diz que é “dos carecas que elas gostam mais”, e vejo atualmente a fascinação que eles tem pela minha cabeça. Mas vamos lá!
Leciono nesta instituição desde 2019, então conheço a maioria dos alunos e vi o seu desenvolvimento intelectual e físico. E como aqueles corpos infantis se transformaram em lindas mulheres.
Tenho uma aluna Jessy, cabelos ruivos, pele branca, de aproximadamente 1,62, um corpo falsa magra, peitos pequenos e bundinha empinada, que me chama a atenção a muito tempo. Ela sempre é carinhosa, gosta de abraçar, dar beijo no rosto, e gosta de sentir a pegada dos meninos. Jessy, tem 14 anos e nessa idade os adolescentes estão transbordando de hormônios, e isso faz com que o fogo se acenda. Vejo nas aulas que ela fica se insinuando para os meninos e os provocando, mas quando eles vão para cima ela não deixa, ela gosta de se sentir desejada.
Um dia desses estava dando minha aula, e ela pede para ir ao banheiro, vejo que ela demorava e depois descobri que estava se pegando com um garoto lá, foi descoberta pela inspetora, mas negou o ocorrido. Como ela seduzia os meninos, acabava me seduzindo também, estava ficando fascinado naquela garota. Nos momentos de carinho que ela vinha me receber aproveitava para segurar forte aquele corpo e me fazer presente ali, passei a fungar seu pescoço de modo a sentir seu perfume e deixar ela arrepiada. Nossos contatos foram sendo assim durante os inícios e finais de aulas.
Certo dia descobri que ela começará a namorar um garoto de fora da escola, e isso passou a mexer com a minha cabeça, pois agora ela teria alguém para saciar os seus desejos, e a minha imaginação ia a loucura com ela. Como tinha intimidade com ela, e era minha última aula naquele dia, pedi a ela que ficasse um pouco porquê precisava falar com ela. Nisso liberei a turma dez minutos mais cedo e ela veio em direção a minha mesa.
Ao chegar ela já veio me abraçando e disse:
– o que foi professor? O que o senhor quer falar comigo?
Eu respondi, estando de pé em sua frente:
– fiquei sabendo que você tá namorando… – Ela confirmou com a cabeça, enquanto eu continuava falando. – espero que e ele te trate como vc merece.
Nesse momento minha mão foi tocando aquele rosto de pele macia, e os nossos olhos foram se encontrando. Meu desejo era beija lá naquele momento, minha outra mão escorreu para sua cintura e nessa hora a puxei de encontro ao meu corpo. Havia até me esquecido que estava em meu ambiente de trabalho, mas pensar em que outro usaria ela sem ser eu, me deixava louco por ela.
O que eu não esperava e que ela corresponderia, e tomou a iniciativa me dando um beijo, nesse momento não resisti e correspondi, já que era isso que eu queria, começamos a nós pegar. Virei ela para onde se encontrava minha mesa, a coloquei em cima e comecei passar a mão no seu corpo, ao mesmo tempo que comecei a beijar o seu pescoço. Ela não resistia e não dizia nada, só se entregava.
Abri seu casaco e percebi que estava sem uniforme, somente de cropped o que me deixou mais excitado, pois sua linda barriguinha estava a mostra. O caminho para felicidade estava na minha frente… Passei as mãos em seus seios por cima da roupa e sentia seu biquinho rígidos, neste momento olhei para e recebi um novo beijo, ela estava entregue a mim, nem ligava mais para onde estávamos…percebi ali que o tanto que eu queria ela queria também…passando a mão és seus seios abaixei o cropped e assim comei a mama-los como um bizarro, aqueles biquinhos rosados me deixava louco, e enquanto eu mordiscava e sugava, Jessy começava a soltar pequenos gemidos. Nisso desci minha mão em direção a sua menina, afastando com meus dedos sua calça e calcinha que me impedia de chegar em seu néctar. Ela tentou resistir nesse momento fechando as pernas, mas eu continue até chegar lá, onde ela já se encontrava toda encharcada o que facilitou a entrada de dois dedos. Nesse momento seus gemidos ficavam mais altos, tive que mandar ela ficar quieta, pois alguém poderia escutar, ela só acenou com a cabeça, não dizia nada.
Sentia meus dedos encharcados, minha vontade era comer aquela aluninha safada ali, minha rola já explodia dentro da calça, mas o meu objetivo ali era dar prazer aquela putinha.
Deixei aqueles bicos maravilhoso e desci de encontro a sua menina, no caminho beijava sua barriguinha. Levantei ela, a coloquei na beira da mesa e abaixei as suas calças, me pus de joelhos em meio as suas pernas sentido o cheiro do seu néctar, a qual em poucos segundos já podia sentir o gosto em minha boca. Eu sugava seu clitores e a fodia com dois dedos, cada vez mais rápidos a ponto dela não aguentar e gozar caindo sobre a mesa, enquanto eu não deixava desperdiçar nenhuma gota daquele líquido a deixei limpa.
Ela sem forças, deitada em minha mesa…me levantei e ajudei a se vestir, dei um beijo em sua boca com o gosto da sua menina e sai, pois o sinal já havia tocado, e em breve a equipe de limpeza estaria ali.
Meu primeiro conto (fictício)

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,28 de 36 votos)

Por #
Comente e avalie para incentivar o autor

6 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Oto-san sensei ID:2ql0b708k

    Uma bela ficção, boa introdução ao que pode se tornar um belo conto, maior e com alguns capítulos, parabéns continue.
    @Silvajsilva

  • Responder Anônima ID:w73mmv9a

    Uma maravilha de conto, eu amei! É tão fascinante, tão sedutor, tão gostoso e tão excitante. Só é uma pena, que o conto acabou e ficou só em dois dedos e no sexo oral. Eu esperava algo mais. Mas mesmo assim, ficou uma Delícia! Porque já é o suficiente para proporcionar prazer, e fazer uma mulher gozar. Parabéns!!! E como eu disse antes, eu amei, ficou perfeito.

  • Responder Escritor mistério ID:5vaq00tfi9

    Professor de quê???

  • Responder Pirocudo ID:8317aphhrd

    Não precisa nem falar que é fictício!! Kkkkk

    • AntoAnna ID:zddcemk0k

      Exacto
      Para professor dá muito erro kkkkk

  • Responder Kleber Ferreira Dos Santo ID:bf9d7bwzrb

    https://www.xvideos.com/amateur-channels/kleber_ferreira_dos_santos