#

Dan, minha segunda paixão

310 palavras | 0 |3.60
Por

O tempo é algo relativo para quem está fisgado por algo ou alguém. Tive a sorte de apaixonar á primeira vista de um rapaz, a qual chamarei de Dan, com aproximadamente 1.90m, corpo atlético, um sorriso cativante e um olhar que me desmontou por inteira. Ele aparentava ser mais velho que a idade real, devido ao porte físico, contudo nós temos a mesma idade. Fomos apresentados, e após alguns meses de encontros e conversas, fui convidada para ir até sua residência, e lá o que estava evidenciado em mim se consumou. Uma chama ardente espalhou-se no primeiro cômodo, que nos sufocava, ao mesmo tempo que pedia por mais. Fomos para o quarto, nos despimos, e pude notar que seu pênis condizia com seu atributo físico, com pelo menos 17 cm e com as veias bem definidas. Seu gosto me deixava ainda mais excitada, o suor minava sobre nossos corpos e por mais que adorasse lamber aquele membro, eu queria sentir aquele rapaz dentro de mim, e sabia que era recíproco. Dan já era iniciado, e seus movimentos precisos me fizeram gozar em poucos minutos. Ele tentou uma posição diferente, a qual ficaria por cima, como uma vaqueira a cavalgar. O problema era que a minha buceta não se portava da mesma maneira de quando usava posições com o tronco apoiado, e por este motivo, desta vez não obtivemos sucesso. Dan mudou a posição notando que não estava confortável o bastante, e me fez gozar pela segunda vez. Passaram-se 20 minutos e o mesmo continuava, acabou parando por cansaço e devido ao tempo restante que teríamos á sós. Nos encontramos mais algumas vezes, e foi graças a ele que meu lado mais vulgar acendeu, contudo deixarei o restante da nossa história para outro conto.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,60 de 5 votos)

Por #
Comente e avalie para incentivar o autor

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos