# # #

Me exibi pra um entregador novinho

1479 palavras | 8 |4.00
Por

Meu nome é Rafael e vim aqui relatar uma historia que aconteceu ontem.
Sou o Rafael e tenho 36 anos sou branco, cabelo preto, tenho 1,76 ,corpo troncudo , tenho musculos ,mas tmb uma barriguinha quase avantajada. Meu pau tem uns 17 cm um pouco grosso, bunda grande mas em fim.
Bom eu sempre me exibi muito pros caras , e sempre gostei muito do assunto “masculinidade” , onde homens podem falar livremente de sexo,punheta em fim coisas de homens.
Sempre na academia gosto de tomar banho com a porta meio aberta , e sempre mijo nos mictorios e bem distante pra mostrar bem meu pau, minha bunda , em fim meu corpo ….mostrar pros caras que ta td bem se mostrar pra outros caras.
Ja cheguei a bater punheta no banheiro do shopping e sempre quando eu bato nao tranco a porta ,e ainda faço bastante barulho ,tipo gemer ou fazer o barulho da punheta , da mao batendo na virilha, as vezes aparece curiosos mas eu nao gosto de sexo , só gosto de que me vejam me masturbar.
No trabalho ,ou na academia , ou ate msm no clube sempre toco no assunto “punheta” ou “video porno” pra puxar assunto com outros caras pra ver o quanto punheteiros eles sao, e desmonstrar o quanto eu sou.
Quando to em casa fico sempre ou pelado ou de cueca ou de short mole sem cueca …ou ate toalha .
Moro numa casa simples em Curitba e sempre quando peço algum delivery eu tento me exibir o maximo o possivel , na minha casa tem aquecedor pois aqui as vezes é bem friu, entao sempre quando o entregador chega eu peço pra entrar e receber dentro de casa …ja que eu ja fico quase sem roupa, e aqui tambem é quentinho, os entregadores sempre gostam porque é quentinho, mas as vezes ficam constrangidos por eu receber assim, de toalha, cueca ou short sem cueca …e é claro sempre de pau duro …entao eu sempre digo que eles chegaram bem na hora da punheta.
Ontem aconteceu algo diferente , pedi um lanche de uma lanxeria que abriu recente no bairro, e chegou um rapaz de longe eu ja via que era um pouco mais baixo, eu gritei da janela que podia entrar que nao tinha cachorro , eu tava completamente pelado, nao sabia que seria um garoto …eu ja tinha visto ele uma vez no bairro indo pro colegio, a familia dele recem abriu a lancheria por isso só tem ele pra ser o entregador ….
Ele chegou e abriu a porta quando me viu pelado até se assustou um pouco, quando eu vi que era meio novinho peguei um lençol que tava no sofá e me cobri, eu levantei e disse …

Eu :Opa piá foi mal te receber assim , é que sempre fico assim em casa.

Ele: Ah nao tiu , relaxa ta de boa . (disse ele sem graça e passando a mao atraz da cabeça)

Aquilo me deu uma sensaçao nova ….caralho esse mlk tem cara de punheteiro, é novinho deve se masturbar todo dia …
ELe era branquinho tmb corpo magrelo mas definido, meio loiro do cabelo grandinho e bagunçado, olho castanho claro, mas a cima de td uma bundinha que era muito bem revelada naquela calça moleton.

Eu: chegue aqui piá coloca os lanche e o refree aqui na mesa da cozinha que eu vou pegar o cartao. (EU disse virando as costas e andando mostrando a bunda pra ele, minha bunda nao é pequena entao ele pode dar uma boa varolizada nela)

Eu busquei o cartao no quarto enquanto ele deixava as comida em cima da mesa, eu joguei o lençol na cama e voltei pelado msm , com o pau meia bomba e meu celular ligado num pornozao , o volume tava baixo mas dava pra ouvir que era porno .
Cheguei na frente dele e disse que era cartao, enquanto ele pegava a maquina eu coloquei o celular na mesa com a tela pra cima e um porno passando, meu pau meia bomba naquela situaçao as vezes dava uma pulada na frente dele.

Ele: é debito ou credito tiu?

Eu: debito por favor .

Ele foi inserir o cartao entao , percebi que ele olhava pro meu celular.

Eu: top né ?

Ele: o que ?

Eu: o porno haha

ELe: é haha da hora

Eu: piá eu fico assim porque é da hora sabe, ficar pelado assistindo porno é muito bom haha (eu disse enquanto colocava a senha na maquina, e fazia neu pau pular na frente dele). ELe riu sem graça e eu dei a maquininha pra ele ,pegando no meu pau. Tomei coragem e disse…

Eu:tu curte bater punheta ? Tu tem cara de punheteiro haha

Ele: as vezes (ele disse rindo)

Eu: piá nao precisa ter vergonha, a gente é homem e homem bate punheta msm , é assim msm, todo homem se masturba é o que une a gente, e vc eu sei que bate muita bronha porque ta escrito na sua testa haha

ELe riu , enquanto eu virei as costas e abri a geladeira, peguei duas cerveja e dei uma pra ele , meu pau ja tava duraço apontando pra cima, e perguntei …

Eu : vc bebe?

ELe : sim mas eu to em serviço.

Eu : Ah pare , tome uma aí é rapidinho, eu nao vou abusar de vc nao haha

ELe riu e pegou a cerveja,

ELe: ta mas tem que ser rapido. Nao ta tao movimentado hj mas é perigoso pela policia.

Eu:é vdd , mas uma só nao faz diferença.

Peguei o celular e aumentei o volume do porno e mostrei pra ele.

Eu: olha aqui piá , essa mulher é muito gostosa né ,pense vc comendo uma bct assim, se em vez de um cara peladao , vc encontrasse uma mulher louca pra tu fuder com ela.

Ele riu e disse

Ele : concerteza seria melhor haha

Eu: bom eu tenho uma bct se vc quiser hahah

Ele me olha assustado

Eu: pera aí , ja volto

Fui até o quarto e peguei minha bct de borracha q uso pra bater aquela gloriosa e mostrei pra ele, ele arregalou o olho.

ELe: caralhoo haha nunca vi uma dessa de perto só nos video

Eu: pia usar isso daí é muito foda eu gozo pra um caralho, melhor ainda com o lubrificante.

Peguei a bct de borracha da mao dele e coloquei no meu pau e comecei a me masturbar na frente dele igual um animal.

Eu: cara isso é muito gostoso é serio, isso me faz gozar rapidao, eu to batendo punheta ja faz horas mas agr me deu uma puta vontade de gozar.
Porra eu vou gozar, eu vou gozar caralho,….aaaii

Gozei olhando pra ele, um mlk novinho me olhando ,ele me olhava ao msm tempo assustado admirado por eu ter gozado na frente dele. Minha porra voou longe que caiu no tenis dele e na barra da calça dele, ele se afastou.

Ele: eita porra tiu

Eu 😮 karalho , foi mal piá , pera aí que vou te limpar . (disse eu colocando a bct de borracha na mesa , td gozada, e saindo pro banheiro pegar um papel higienico)
Quando volto ele ta com a bct na mao olhando a abertura dela.

Eu: foi mal piá é que eu gozo de mais com essa porra ,(disse eu abaixando na frente dele e limpando a calça e o tenis dele)

Olhei pra cima e dou de cara com o pau do garoto, duro bem avantajado talvez sem cueca ou com cueca mole.

Eu: vc tem quantos anos?

Ele:14 mas faço 15 daqui 2 meses (disse ele colocando a bct em cima da mesa e dando o ultimo gole na cerveja)

Eu: ta de piroka dura ne? Se quiser bater uma usando a bct a hora é agr haha

Ele: nao tiu ,foi mal mas eu preciso ir

Eu: se tiver com nojo eu lavo pra vc, até coloco um porno que vc queira .

Ele: nao tiu, outro dia blz, hj eu realmente preciso ir

Eu: mas piá , teu pau ta duro ta dando pra ver daqui, haha, se quiser bater uma fique a vontade , vai la pro meu quarto, ou no banheiro, ta de boa, limpa no papel ou em uma roupa minha , nao fique com tesao atoa nao punheta tem que ser batida .

Ele: agr nao haha mas muito obrigado eu preciso msm ir, deixa pra outro dia.

Eu: haha blz garoto precisando to aqui em , a gente é homem vc saabe que pode contar comigo, eu sei que vc vai bater uma punheta bem gostosa na tua casa msm hahah

Ele: eu vou msm haha mas agr eu preciso ir tiu, tchau em até mais.

Eu : vlw piá amn eu chamo de novo em

ELe riu e foi embora, e foi assim que eu me exibi pra um novinho, mais tarde é claro que bati outra imaginando ele se masturbando em casa lembrando de mim, hj eu nao pudi chamar ….mas amn eu vou chamar de novo pra ver o que rola hahaha.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,00 de 18 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

8 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Novinho-afeminado-pauPequ ID:3ij1za57xij

    Eca

  • Responder Paranóide ID:g3jjxse8l

    Este conto também me fez lembrar que este tal de Nilmar é um esquizofrênico já que comenta em tom de história em tudo que é conto deste site,seja conto gay ou pedofilia

  • Responder Curitibanovo20 ID:40vomrktb0b

    Rafael, sou de Curitiba também.
    Tenho 20 anos e sou louco num novinho dessa idade que você descreveu.
    Que bairro e qual nome dessa lancheria? Kkkkk
    Tbm quero pedir lá agora hahaha
    Deixa um e-mail seu ou Telegram pra eu entrar em contato

  • Responder Nilmar ID:831hpceoib

    Este conto fez eu me lembrar de qdo trabalhava num minimercado, e qdo precisava eu fazia alguma entrega. Um dia, eu estava saindo para o almoço, o patrão pediu pra eu aproveitar para fazer uma entrega, coisa rápida já que eu ia de bike pra casa, e era meu caminho. Era pouca coisa, uma lasanha congelada e um refri. Cheguei no local, toquei a campainha três vezes e nada. Já ia desistir qdo ouvi uma voz pelo porteiro eletrônico. Falei que era entrega, a pessoa falou pra eu entrar, e acionou para abrir o portão. Entrei, deixei a bike no corredor, e bati na primeira porta. Um garoto me atendeu, ele estava com uma toalha enrolada no corpo, e se desculpou dizendo que estava no banho. Entreguei as sacolas, ele pagou e eu vazei. Dois dias depois, a cena se repetiu exatamente igual. Ele se desculpou novamente, dizendo que ia para o curso de inglês, mas precisava tomar um banho antes, pq vinha da escola a pé, e não seria legal chegar no curso todo suado. Virou rotina ele ligar pra fazer algum pedido, e sempre no mesmo horário, e com isso acabamos por fazer amizade, e as vezes eu até perdia a hr do almoço. Ele tinha 13a, morava com a mãe, mas passava o dia todo sozinho, por isso pedia comida congelada direto, dizia que era muito mais prático. Um dia brinquei com ele, dizendo que ele ia engordar muito, comendo só aquilo. Ele riu, e disse que fazia muitos exercícios pra compensar, pedalava todos os dias, nadava, ia a pé pra escola, e voltava a pé tbm, e todos os dias. Mas, uma coisa começou chamar minha atenção. As atitudes dele, qdo não ia para o curso. Ele abria o portão, eu entrava e qdo chegava na porta da sala, a mesma estava só encostada, eu batia, e ele gritava.
    – tá aberta, pode entrar…
    Eu entrava, e já acostumado, levava a encomenda até a cozinha. Porém, o molequinho estava no banho, e o que despertava mais minha atenção, eram as gracinhas dele debaixo do chuveiro. Ele fazia questão de “virar meio de ladinho” pra lavar a bundinha, e fazia isso todo sorridente.

    • Nilmar ID:831hpceoib

      Puxava assunto sempre, como se quisesse me manter ali, e eu respondia td que ele me perguntava. Minha idade, se eu tinha namorada, onde eu morava, td ele queria saber, como se estivesse me pesquisando mesmo. Um dia ele extrapolou, deixou o sabonete cair de propósito, se abaixou pra pegar, e fez isso “daquele jeito”. Pra mim ficou mais que explícito, que fez aquilo pra me.provocar mesmo, e conseguiu. Olhei bem pra bundinha dele, e falei na lata que naquela posição, ele ficava irresistível. O molequinho sorriu, e falou.
      – vc acha ?
      – com certeza !
      – vc gostou ???
      – do que ?
      Ele deu um sorrisinho safado, virou de lado, deu um tapinha na bunda, mordeu os lábios e perguntou.
      – da minha bundinha rsrsrs…
      Respondi que adorei, já fui entrando no banheiro, tirando a rola pra fora. Qdo olhou pra minha rola, assoviou e falou.
      – Nossa !!! Nunca vi uma rola como essa !
      – como assim ?
      – é grande demais Nil…vc vai rasgar meu cusinho rsrsrs…
      – ué…vc já num deu essa bundinha ?
      – lógico que já, mas não pra uma pica desse tamanho
      Falei que era só Impressão, que nem é tão grande assim, e não é mesmo, pois mede somente 16cm. Ele esticou o braço, pegou com gosto, apertou e falou que era sim. Pegou a própria rola, e falou que só tinha dado para garotos da faixa etária dele, e que suas rolas eram iguais a dele, as vezes até menor. Ele desligou o chuveiro, olhou nos meus olhos, falou que era loucura, mas estava disposto a “tentar”. Disse tbm, que desde a primeira entrega, qdo me conheceu, foi tesão a primeira vista. E ele se masturbava sempre, imaginando que eu estava comendo ele gostoso. Puxei pra fora do box, botei a mão na cabeça dele, fazendo ele se abaixar. O garoto entendeu, e deu um show me proporcionando um delicioso boquete. Gozei, o putinho fez questão de mostrar a boca cheia de gala, e ainda fez graça pra engolir, depois passou a língua nos lábios e sorriu. Já haviam se passado mais de meia hr do meu almoço, e eu tinha que ir embora, e ficamos só naquilo mesmo.

    • Nilmar ID:831hpceoib

      Ele não gostou qdo falei que precisava ir, mas entendeu. Me acompanhou até a porta, virou de costas, deu uma olhada por cima do ombro, apalpou a bundinha e todo afetadinho perguntou.
      – jura que vc vai dispensar ?
      Dei-lhe um tapa com vontade e falei que voltava. Surpreso ele perguntou.
      – hoje ?
      Antes que eu respondesse ele falou.
      – minha mãe chega bem tarde, que hr vc sai ?
      – as 17h por causa do meu curso
      Ele fez uma carinha de tarado e falou.
      -faltar um dia só não vai te atrapalhar.
      Concordei, disse que viria, ele abriu um sorrisão, e falou que ia me esperar “peladinha”. Eu voltei mesmo, e ele estava do jeito que prometeu. Já me puxou pro quarto, me ajudou tirar a roupa, e literalmente me atacou. Me lambeu, me beijou, me chupou, me acariciou, e então se preparou para o sacrifício, segundo suas próprias palavras. O menino era preparado mesmo na arte de dar o cusinho. Pegou o gel, passou bastante na minha rola, e em seu cusinho tbm. Pediu pra eu sentar na cama encostado na cabeceira. Falou gostava assim, pq podia controlar. Disse a ele que a melhor posição era de ladinho, pq não doía tanto. Ele disse que sabia, mas não curtia. Gostava de olhar no rosto de quem estava “fodendo o rabinho” dele. Foi difícil, mesmo o molequinho querendo muito, e se preparando até psicologicamente como disse que fez a tarde inteira, desde que fui embora, o molequinho sofreu. Gemeu muito, e até chorou de dor. Mas a vontade de ter o cusinho preenchido por uma rola de verdade como ele mesmo disse, foi maior, e o tesão falou mais alto tbm. Que cusinho delicioso, quentinho e apertadinho. Foi demais fazer aquele garoto gozar, e encher o cusinho dele de gala. Foi tanta gala, que até estranhei, mas adorei meter nele naquela posição. Depois, descansamos por longos minutos pra ele se recompor, e a dor passar. Enfim, ele foi meu putinho por muitos anos(5), a mãe dele me adorava, fazia questão de nos deixar a vontade qdo eu dormia lá. Mas como nada é pra sempre…acabou né.

  • Responder Chama no tel Mil2mil2000 ID:ona2xs920j

    Que delicia… espero que ele volte logo

    • Cadu ID:830xy01pv1

      Delícia Nilmar , volta lá e faça o rapaz feliz , afinal, nesse dia só você teve prazer não é ? Abraços.