# # # #

Com 11 anos estuprei a boca da minha amiga enquanto ela dormia

718 palavras | 6 |4.36
Por

A continuação da história onde eu aproveitei pra me satisfazer da minha amiga enquanto ela dormia na infância

Meu nome é Erick, eu Moro no Rio de janeiro, tenho 17 anos, 1’80 e 19 cm de rola, essa história se passa depois de eu ter usado a bunda enorme da minha amiga Sara pra gozar quando eu tinha 11 anos, ela tinha os cabelos curtos castanhos avermelhados, olhos azuis, peitos médios e uma bunda enorme que eu podia foder o dia inteiro, eu era viciado em bater punheta o dia inteiro, eu masturbava quase sempre usando as fotos que eu tirei de Sara pra bater uma, eu não conseguia parar de pensar naquela delícia de rabo, eu passava as aulas inteiras observando aquela bunda enorme na cadeira da sala, quase que me chamando pra gozar nela, eu mal podia esperar pra poder me satisfazer com o corpo dela de novo, eu tive que ir no banheiro da escola soltar toda a minha porra, no próximo sábado depois dessa semana eu estava denovo na casa de Sara, como era comúm eu visitar ela não tinha nada de errado, ela também estava agindo normal, então provavelmente não reparou em nada, tudo estava normal até que chego a hora de dormir e Sara adormeceu, e foi aí que bateu a vontade de me satisfazer mais uma vez, eu me levantei e fui até a direção dela, eu abaixei as calças e a calcinha dela e ali estava aquela bunda perfeita denovo, eu senti aquele cheiro de suor e daquele cuzinho gostoso, eu já fui enfiando o meu rosto no meio daquela raba e lambendo sem dó aquele cuzinho delicioso e furiosamente batendo punheta, com muito pré gozo jorrando do meu pau, eu lambia pra fora e pra dentro daquele cuzinho, eu chupava, enfiava a língua, que nem um animal devorando a sua presa, a bucetinha dela ficou molhadinha e eu também fui lambendo aquela buceta deliciosa, eu fiquei meia hora só nessa brincadeira, e quando eu senti vontade de gozar eu levantei a minha cara toda melada e segurei com as minhas duas mãos a bunda gordurosa dela e pressionei a cabeça do meu pau contra o cu dela, jorrando porra bem na entradinha do buracinho dela, mas isso não era o suficiente, eu vi a sua boquinha com um pouco de saliva e levantei o corpo dela pra cima, a sua boca carnuda escorrendo um pouco de baba me deixou louco e eu meti a minha boca nela e comecei um beijo molhado e intenso, eu enfiava a minha língua desesperadamente dentro da boca dela e continuei assim até ficar sem ar, eu vi o corpo ofegante e suado dela, oque só me deixou com mais tesão ainda, eu joguei a minha cueca e calça no chão e me sentei em cima do rosto dela, fazendo as minhas bolas caírem por cima dos olhos dela, e a boca aberta dela me fez ter mais tesão ainda, eu tirei uma foto dessa cena extraordinária e troquei de posição, com a minha rola inteira em cima do rosto dela, eu segurei o meu pau e dei uns tapas com ele no rosto dela, então eu peguei a cabeça da minha pica e enfiei de leve entre os lábios delas, oque já era o suficiente pra me deixar sem palavras, e então de uma só vez eu enfiei toda a minha rola dentro da boquinha dela, foi uma sensação espetacular, eu já tinha gozado no fundo da garganta dela nesse momento, eu continuei dando fortes pancadas com a minha rola dentro da boca dela, sentindo a língua dela ao redor da minha rola e o quão molhado e apertado era lá dentro, eu estava completamente dominado pelo tesão e não parava de me movimentar, eu não sei quantas vezes eu gozei, mas eu comecei a me cansar e eu coloquei meu pau pra fora, segurei nos cabelos dela e gozei uma última vez no rosto inteiro dela, eu limpei com o próprio cobertor dela e me deitei exausto na minha cama, cansado mas aproveitando todo o prazer da minha amiga gostosa pra caralho. Então me digam se quiserem que eu continue contando oque aconteceu depois desses relatos.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,36 de 11 votos)

Por # # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

6 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Enzo ID:xlpytbah

    Cadê a contínuação ?

  • Responder lina ID:40vohk9kt0a

    eu tenho vontade de acordar com pau na boca, e gosto de brutalidade meu insta lina_dneve

    • Matias ID:bemv7c3zrk

      Então vamos nos encontrar? Gosto de brutalidade tbm kkkk

    • Matias ID:bemv7c3zrk

      Você tem contos aqui?

  • Responder Mestre2021 ID:1wlykvah

    Sei que vc tinha 11 anos

  • Responder Policia federal ID:g3jqosb0d

    Kkkkkkkkk, toda a brutalidade de um moleque de 11 anos. Kkkkkkkkk
    Fortes pancadas com minha rola na bok dela! Kkkkk canudinho de toddy.