# #

lembrancas da infancia…

593 palavras | 3 |4.38
Por

Sempre tem um primo que nos comeu, no meu caso foram vários…

Meu nome é boneco. Tenho 55 anos ,casado com mulher mas sempre gostei de brincadeiras com sexo. Meu primo me iniciou muito cedo , nos famosos troca-troca, mas como ele era uns 2 anos mais velho eu sempre levava vara mas quase nunca comia. ou se tentava comer não consegui , eu era bem mais baixinho e não alcançava sua bunda. Já ele não tinha dificuldades de comer. O que eu gostava era que ele sempre elogiava minha bundinha, dizia que eu tinha bundinha de menina. Dizia que não conseguia ficar sem passar a mão. Eu não entendia muito bem , mas a sensação era muito boa.
Eu devia ter uns 7 anos , andava com um calção bem pequeno(anos 70), e sem cueca. Quando ele não passava a mão na minha bunda eu passava a mão na bunda dele e saia correndo. Louco de vontade que ele fosse atrás de mim e me obrigasse e me virar de bunda para ele. Aí ele passava a mão, baixava meu calção e me convidava para o troca-troca, que na verdade era só troca. Eu oferecia minha bunda e ele me comia. Quase nunca fazia questão de pedir para comer ele. As vezes ele dizia que estava vindo alguém. As inventava alguma desculpa e por fim somente ameaçava contar para minha irmãs o que ele fazia comigo.
Eu tenho 3 irmãs , todas mais velhas que eu, então me acostumei a herdar suas roupas, que ficavam pequenas nelas. Calça de brim , casacos. Enfim , principalmente as calças eram de corte feminino, o que realçava ainda mais minha bunda. Elas brincavam de casinha comigo, onde eu era o nenê .Assim comecei a brincar com bonecas também, sem maldade. E me acostumei a ser acariciado e ficar passivo nas brincadeiras.
Daí a ficar passivo no sexo foi quase que uma consequência. Ate Hoje , mesmo transando com minha mulher, ela que vem por cima e eu que fico de frango assado, mesmo comendo ela..
Segundo minha esposa , a primeira coisa que ela reparou em mim foi minha bunda. Redondinha, durinha(depois ela descobriu que é bem branquinha também).
Voltando a infância , meu primo não cumpriu totalmente a promessa. Não contou para minhas irmãs, mas o sem vergonha contou para outros primos. Acho que ele fazia troca-troca com eles também. O detalhe é que quando eu ia fazer troca-troca, eles já vinham com aquele papinho para me enrolar. Tipo eu te como primeiro depois e´ tua vez.
Pior, ou melhor , que sempre caia nesta lábia. Comi poucas vezes e dei bem mais.
Lembro de um primo que me comeu por uns 5 minutos na sacada da minha casa e depois quando fui comer ele, não consegui. Ele empinava a bunda , mas para cima e eu não alcançava. Acabei pedindo para ele se ele queria me comer mais pouco. Adivinha…
Ele me comeu de novo . Depois disso quando ia na casa dele , ele me convidava para brincar de medico : e me examinava todo, principalmente a bunda. Brincava de policia e ladrão , e ele sempre me prendia e fazia eu ficar de deitadinho bem quietinho enquanto ele me revistava.
Agora depois de muito tempo ainda escuto que tenho uma bundinha linda, durinha , continua branquinha e continuo fazendo troca-troca . Quase sempre levo pau na bunda ,mas aprendi a comer também.
Moro em Porto Alegre e gosto muito de brincadeiras com os dois sexos.
Meu email : [email protected]

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,38 de 8 votos)

Por # #

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder wagner broca

    Escreve mais suas historias sao muinto boas

  • Responder wagner broca

    Escreve mais suas historias sao ecitantes

  • Responder Felipe

    Fraco