#

Sexo homo é algo maravilhoso

4820 palavras | 1 |4.83
Por

Depois de muitos anos morando na periferia de SP, minha mãe realizou o sonho de comprar um ap popular bem proximo ao metro Conceição, conhecido como POMBAL
São vários predios de 4 andares, sem elevador e sem área de recreação mas bem próximo a um parque.
Nos mudamos para lá, fui estudar em escola publica ali perto e minha mae, que é enfermeira, sentiu-se tranquila para aumentar carga de trabalho e me deixar sozinho, afinal, já tinha 15 anos. Com aumento da carga horária dela, principalmente a noite, nos víamos pouco mas tudo corria normalmente
No começo, chegava da aula e passava a tarde vendo TV ou na internet Logo foi pintando amizade com alguns caras do pedaço e passei a ficar a tarde na rua junto com eles.
Tinha 2 irmãos cm quem mais me simpatizei, Milton e Toninho. Milton mais velho, 17a, mais falante e cutia muito baladas. Toninho tinha minha idade, era mais quieto mas sempre com roupas bem legais e, de vez em quando, ia para baladas  com irmão.
Sabia que os dois moravam com a mãe e avó, com pouca grana, e mantinham amizade com um cara (Manoel) de uns 30 anos que era segurança.
A medida de amizade cresceu, comecei a questioná-los como conseguiam grana para roupas e baladas mas sempre davam alguma desculpa e fugiam da conversa.
Amizade cresceu e não demorou para pintar assunto de sexo. Milton sempre se gabava das minas que pegava, do que fazia e Toninho evitava comentar muito.
Eles já sabiam que eu só ficava na punheta e sempre me zoavam a respeito. Do nada, Manoel começou a conversar comigo e nao demorou me chamou para eu ir no ap dele.
Na primeira vez que fui com ele, foi super-simpático, me deu uma lata de refri e disse que precisava tomar banho rápido pois estava suado. Eu disse que iria embora mas ele pediu para ficar que seria rápido.  Durante o banho,escutei ele me chamar e quando fui ao wc, ele pediu para eu pegar a toalha que estava no quarto na cama dele
Peguei, levei para ele, entreguei e quando ia sair do wc, ele começou a perguntar algumas coisas sem importancia
Estava meio sem jeito e ele deu risada e perguntou se eu nunca tinha visto homem pelado. Respondi que sim, no vestiario do clube mas que nao curtia
Voltei para a sala e nao demorou ele aparece só de shorts e reparei que tinha pernas bem peludas e um volume imenso na frente
Colocou um filme hetero e começamos a ver. Eu estava inibido mas a visão do filme me deixou no tesão e fiquei de pau duro.
Claro que ele reparou e começou a questionar se eu tinha trepado com alguém. Respondi que não. Só punheta.
Parece que foi o sinal, ele colocou a vara para fora e começou a bater uma e disse que eu poderia fazer o mesmo. Respondi que não queria e ele começou a brincar e a dizer que era normal, que eu poderia ficar tranquilo. Estava totalmente inibido e ele então meteu a mao no pau e começou a brincar.
Fiz mençao de sair e ele disse que só viado nao curte que pegue no pau e perguntou se eu era. Respondi que não era e ele disse que então para eu ficar tranquilo
A medida que ele brincava com meu pau, o tesão aumentou e ele tirou o calção dele, começou a bater mais forte e depois colocou meu pau para fora.
Eu estava desorientado,  sem saber o que fazer e ele disse que nao queria que eu gozasse na roupa e abaixou mais meu calção.
Fui me aquietando e comecei a sentir uma sensação gostosa. Ele  tirou todo meu calção, cueca e camiseta e pediu para eu deitar no sofá.
Agora ele batia punheta para mim e lambia a baba que saia do meu pau. Perguntava se eu estava gostando e eu dizia que estava bom
Manoel sabia cuidar bem, começou a linguar meu saco, lamber minha barriga, chupou meus mamilos
Eu estava com tanto tesão que não demorou comecei a gozar sem ele terminar a punheta. Ele foi e começou a lamber toda minha porra, lamber meu pau e, sem que eu esperasse, segurou meu rosto, me beijou e colocou a porra na minha boca. Eu ja tinha experimentado minha porra mas não tinha sido gostoso como do jeito que ele fez.
Depois disso, ele se levantou, colocou o shorts, pediu para eu me vestir.
Disse que ninguem poderia saber desse lance e que seria um segredo nosso. Claro que concordei na hora. Ele pediu nro do meu zap e passei para ele.
Me levou até a porta e pediu para eu ir até a rua e dizer para Toninho ir até o ap dele para terminar um assunto.
Ingenuamente fui até a rua, vi Toninho com uns conhecidos e avisei que Manoel pediu para ele ir até o ap dele
Na hora, perguntaram se eu estava lá e respondi que sim. Pronto, tinha acabado de dar a dica para eles que eu estava sendo iniciado pelo Manoel.
Toninho fez doce e disse que não iria e ficou na rua mas demorou ele disse que precisa ir para casa e sumiu.
Na hora percebi que os caras se tocaram mas ficaram quietos.
Os dias se passaram e esqueci o assunto. Uma tarde estavamos sentados na porta do prédio e chega uma msg no ZAP. Fui ver e era do Manoel pedindo para eu ir ao ap dele. Disse para a galera que precisava dar uma saida, Manoel estava me chamando e que daqui a pouco voltaria.
Percebi que nao falaram nada e fui para o ap dele. Ao chegar no ap do Manoel, ele estava só de shorts, pau duro, entrei e ele me abraçou, me beijou e disse que estava com saudades.
Disse para ele que não poderia demorar pois tinha dito para a galera que já iria voltar. Ele disse para eu ficar tranquilo que seria rápido.
Me puxou para o quarto dele, começou a me abraçar, passar amão no meu pau que já tava durasso  e dizia que sentia muito a minha falta
Eu não estava acostumado com aquilo e, sem pensar em sacanagem,  respondi que estava sempre por ali, bastaria ele ter me chamado.
Ele tirou minha camiseta, minha bermuda e cueca, começou a chupar meu pescoço, meus mamilos, meu suvaco…. Cuspia na minha barriga e lambia e chegou no meu pau.
Eu estava maluco de tesão, ele chupava a cabeça do meu pau, linguava meu saco. As linguadas foram se estendendo até chegar no meu cuzinho. Levantou minhas pernas e começou a chupar meu cuzinho e linguava muito.
Cara, senti um tesão fudido……ele perguntava se eu estava gostando e respondia que estava adorando
Ele levantou minhas pernas, foi se encaixando, e senti que a vara dele roçava minha bundinha. Estava sem reação, ele me beijava, dizia que eu era um tesão e dava uma bombadas leves na minha bunda.
Não sei se era o tesão ou o que era, só sei que estava adorando aquela putaria. Ele pediu para eu balançar a bundinha e sem jeito fiz o que ele pediu
Eu e ele estavamos adorando aquela putaria toda e comecei a sentir a cabeça do pau dele roçando meu cu
Ele passava a cabeça mas nao forçava a entrada e isso me tranquilizou. Ele continuou a morder meu mamilos, me chamar de tesão e eu comecei a dar uma forçada no meu cu na cabeça do pau dele. Foi quando ele disse para eu mexer bem a bundinha e forçar o cu como se fosse cagar
Fiz como ele disse e percebi que agora a cabeça do pau dele entrava um pouco mais. Ele brincou um tempão assim, depois pegou um creme em baixo do travesseiro, passou no meu cu e no pau dele dizendo que era para lubrificar.
Na hora me toquei que ele iria me fuder e disse que não queria dar, ele disse que só iria brincar, só colocar a cabecinha para eu ficar tranquilo.
Fiquei meio tenso mas continuamos a brincadeira e assim foi, ele só brincava na portinha mas nao enfiava e, agora mais relaxado, eu estava curtindo aquilo
Toda hora ele pegava mais lubrificante e passava no meu cu, mas agora já enfiava o dedo dentro. No começo foi incomodo mas depois fui me acostumando com aquele dedo entrando em mim. E ele voltava a bombar a cabeça do pau na entrada do meu cu
Como percebi que ele não colocava mesmo a vara dentro de mim, relaxei e quando ele perguntava se estava gostoso eu respondia que sim
Ele dizia que eu era um tesão, que tinha uma bundinha deliciosa,e bombava bem devagarinho. Sempre pedia para eu abrir bem o cu para não machucar  e eu fazia o que ele pedia. Ele intensificou as bombadas e pediu para eu abrir bem o cuzinho e, numa estoca mais forte, senti a vara dele entrando no meu cu.
Pedi para ele parar, que estava doendo muito, ele mandou eu relaxar e dizia que iria ficar quietinho que logo a dor iria passar. Sem tirar o pau, me beijou bastante, me ajeitou na cama e foi bombando bem devagar. Perguntou se a dor tinha passado e respondi que tinha diminuido mas que ainda estava doendo.
Ele disse que era assim mesmo na primeira vez mas que logo a dor iria passar e que eu iria adorar.
Foi bombando bem devagar, me dizendo sacanagens e fui sentindo aquela vara me rasgando por dentro.. Doia um pouco mas a sensação era gostosa.
Quando entrou tudo ele perguntou se eu sentia o saco dele batendo na minha bunda e respondi que sim e que era gostoso. Ele pegou minha mão e levou até meu cu para eu sentir a vara dele todinha dentro.
Falei : Cara, vc me arregaçou todo…..
Ele respondeu que eu tinha uma bunda pequena e deliciosa, que ele estava louco por ela e que saia que iria me fuder desde a primeira vez que me viu
Não curti o comentário mas fiquei quieto. Agora ele bombava sem dó e dizia que iria me encher de leite
Ele Tirava o pau todinho do meu cu e voltava a enfiar. Como estava esfolado e sangrando, eu sentia dor quando ele fazia isso mas ele dizia que estava adorando ver meu cu arregaçado…..
De repente ele saiu da cama e fiquei frustado. Não senti a sensação dele gozando em mim como tinha dito que faria. Foi quando ele me puxou para a beirada da cama, levantou minhas pernas e começou a socar sem dó. Sentia aquele sacão dele bater na minha bunda e o barulho me deixava num puta tesão.
De repente, ele segurou firme meu pau, começou a bater punheta para mim e disse que iriamos gozar juntos. Senti aquele jato quente dele invadir meu cu. Uma sensação deliciosa. Gozei como nunca tinha gozado na vida.
Ele pegou um pano, limpou o pau dele e mandou eu expelir a porra do meu cu no pano.
Fiz o que ele mandou e ele limpou meu cu, depois me mostrou o pano sujo de merda, porra e sangue que tinha saido do meu cu.
Fiquei assustado e ele disse que iria doer uns dias mas que depois eu iria querer levar vara outra vez. Passou uma pomada no meu cu, mandou eu me vestir e  ir encontrar meus amigos…..
Quando cheguei na rua, Milton olhou para mim e perguntou se eu estava no ap do Manoel. Respondi que sim e ele só perguntou seu eu estava bem. Disse que sim e nao demorou,  Toninho arranjou um jeito de ficar perto de mim e me perguntar se tinha rolado trepada com Manoel. Fiquei sem jeito em responder e ele disse, fica tranquilo, quase todos nós ja demos a bunda para o Manoel. Perguntei se ele já tinha dado e ele respondeu que sim, inclusive que eu mesmo já tinha dado recado pra ele ir trepar com Manoel. Foi quando me lembrei da primeira vez que fui no ap e Manoel pediu para eu chamar o Toninho. Como Manoel não me fudeu aquele dia, Toninho acabou dando para ele.
Como a galera se aproximou, mudamos de assunto mas eu ainda queria perguntar um monte de coisas para ele.
Nos dias seguintes nada do Manoel entrar em contato. Perguntei então para o Toninho como funcionava o esquema e ele me explicou que Manoel escolhia quem queria fuder e chamava no ap. Perguntei se o irmão dele tambem dava para o Manoel e ele respondeu que o Milton já tinha dado muito mas que agora Manoel nao curtia mais ele e que Milton era um tipo de auxiliar para ajudar fuder a molecada. Aquilo despertou minha curiosidade e Toninho explicou que o irmão era bem dotado  e que Manoel adorava filmar Milton fudendo cu de leke.
Fiquei com aquilo na cabeça imaginando Milton fudendo um leke e Manoel filmando e ficava num puta tesão. Gozava sempre imaginando a cena.
Passaram umas 3 semanas e nada de Manoel dar sinal de vida. Eu estava num puta tesão. Pensei em conversar com Milton mas fiquei receoso
Eis que recebo msg de Manoel mandando eu ir no ap dele. Fui na hora. Mal entrei e já disse que estava com saudades, que ele tinha desaparecido.
Ele deu risada e me disse que estava sempre por ali, que sempre fudendo os lekes.
Aproveitei e disse que tinha conversado com Toninho a respeito e ele pediu para eu contar o  que sabia
Disse que fiquei sabendo que ele já tinha fudido quase todos e que Milton agora Milton ajudava ele fuder os lekes
Ele deu risada e perguntou se eu já tinho visto a vara do Milton. Respondi que não mas pelo que o irmao contou, era enorme.
Ele deu risada e disse : Cara, vc nasceu para ser viadinho mesmo, mal foi arregaçado e já quer mais vara.
Respondi que não era nada disso. era só curiosidade Ele respondeu que ainda precisava treinar melhor e abusar mais de mim, depois iria começar a me entregar para os outros caras.
Dessa vez ele não tirou minhas roupas, mandou eu ficar pelado e ir para o wc
Chegamos no box, ele tirou a tampa do ralo, ligou o chuveirinho e disse que iria me ensinar a fazer a chuca.
Mandou eu abaixar e colocou a ponta do chuveirinho na entrada do meu cu. Senti a agua entrar e quando não conseguia mais resistir, tinha que expelir e saia um monte de merda
Ele empurrava a merda para o ralo e voltava a colocar a mangueira no meu cu até que depois de umas 5 vezes a agua saiu limpinha.
Manoel : – Pronto, agora tá limpinho. Hoje eu te ensinei, da proxima vez vc irá fazer sozinho.
Me deu a toalha, mandou eu me enxugar e disse que ira me esperar na cama.
Quando fui para o quarto, ele já estava deitado e com pau durasso.
Manoel : – Vem meu viadinho gostoso, deita aqui do lado do seu macho……
Pedi para ele nao me chamar de viadinho mas ele nem se importou….
Manoel  ; – Deve estar louco para levar vara, não está , meu viadinho ?
Por mais que eu disfarçasse eu estava muito a fim de dar a a bunda para ele.
Ele me abraçou, me beijou bastante e depois mandou eu virar a bundinha para o rosto dele e começar a mamar o pau dele.
Era um tipo de 69 mas eu mamava o pau dele e ele chupava meu cu
Eu tentava engolir a vara dele mas nao conseguia. Ele pedia para eu abrir bem a boca, nao encostar os dentes e tentar engolir inteiro mas a vara dele era grande e eu nao conseguia engolir
Depois de um tempo, ele mandou eu deitar na cama com a cabeça para fora da cama, abrir bem a boca que ele iria me ensinar a engolir vara
Fiz como ele mandou e a medida que ele enfiava mais a vara na minha boca,eu engasgava e empurrava o corpo dele
Ele dizia que no começo seria assim mas que logo eu estaria com vara dele chegando até a garganta.
Por mais que eu tentasse, me sentia sufocar  e nao conseguia engolir inteira. Esse aprendizado  demorou varios dias até que eu conseguisse engolir a vara todinha e claro, com orientações do meu amigo Toninho que me explicava tudo o que deveria fazer.
Nesse dia, ele falou que queria me ensinar a cavalgar numa vara.
Primeiro me encheu de gel, me fudeu de frango assado (que descobri que é a posição que mais gosto) depois ele se deitou na cama e mandou eu sentar na vara dele e ir enfiando a vara no meu cu. No começo foi incomodo mas depois que entro e que sentei em cima dele, a sensação daquela vara todinha dentro de mim foi maravilhosa
Ele pediu para eu cavalgar. Eu não sabia bem como fazer. ele mandou eu ir me levantando e abaixando ate sentir o pau dele entrar e sair do meu cu.
Depois de algumas tentativas, peguei o jeito e ficou mais fácil e gostoso
Manoel :-  Caralho moleque, vc adora mesmo vara. Nasceu para dar essa bunda deliciosa
Esses comentários me incomodavam mas eu queria mesmo dar a bunda para ele. Faria tudo o que ele pedisse para sentir que eu era importante para ele. Coisa de leke que tava começando a levar vara,
Cavalguei ate sentir ele me encher de leite, quando tirei o pau dele do meu cu, senti a porra saindo do meu cu e caindo nele.
Ele me deu um pano, mandou eu me limpar e reparei que agora o pano não tinha mais merda nem sangue, só a porra dele e gel.
Esperava gozar mas ele disse que eu precisava ir embora que ele estava esperando uns amigos.
Fui embora aborrecido com ele por nao me ter feito gozar mas satisfeito em ter levado vara bem gostoso.
A partir desse dia, sempre que ele me chamava, eu ia correndo para o ap dele, fazia a chuca e  sempre aprendia alguma coisa diferente e gostosa.
Ficava aborrecido pq ele sempre demorava para me chamar e eu tinha que ficar só na punheta.
Depois de quase um ano, ele já tinha me fudido de todos os jeitos, de 4, de lado, na beirada da cama, no chao da sala.
Na verdade ele fazia o que bem entendia comigo mas já não deixava mais eu gozar.
Comentei com ele que estava aborrecido com essa situação, que ele sempre me fudia mas nao deixava eu gozar e ele respondeu que entao seria bom eu nao ir mais dar para ele. Se eu quissesse continuar levando vara, seria do jeito dele, senao TCHAU.
Fiquei aborrecido mas concordei que seria como ele estivese a fim
Manoel : Isso meu viadinho, é assim que seu macho quer que vc se comporte.
Eu estava aborrecido com a situação e comentei com Toninho que o que tinha acontecido e ele me explicou que era assim mesmo que Manoel fazia com todos.
A medida que ia perdendo o tesão no leke, começava a menosprezar para ver se o cara sumia.
Respondi que nao ira desistir dele, que continuava muito a fim. Foi quando Toninho me disse que Manoel estava me preparando ara me começar a entregar para os amigos.
Disse que nao iria topar, que só daria a bunda para ele. Toninho respondeu que ele iria me convencer como fez com todos.
Mal eu sabia que tudo o que comentava com Toninho, ele contava para o Manoel.
Passaram quase 2 meses e nada de Manoel me chamar. Passava zap mas ele deletava msg sem ler.
Eu estava super-aborrecido com ele mas com puta tesão, na maior vontade de trepar e nao tinha mais ninguem para trepar alem dele.
Foi quando revebi msg dele me chamando para ir no ap. Fiquei radiante e fui na hora. Mal entrei, ele mandou eu ir no wc me preparar e que iria me esperar no quarto.
Fiz a chuca, me enxuguei e fui para o quarto mas, quando entro, lá estavam ele e Milton na cama se beijando.
Fiquei parado na porta sem saber o que fazer e ele mandou eu ir para a cama. Respondi que não, que iria embora
Ele mandou eu esperar, se levantou, me abraçou, me beijou e me puxou pela mão até a cama.
Manoel : Deixa de ser bobo, vc não disse que tinha curiosidade em ver o pau enorme do Milton?  Seu macho atendeu o pedido do meu viadinho e deixou Milton peladinho para vc.
Eu estava totalmente sem jeito e disse que só tinha curiosidade porque Toninho tinha dito que era enorme e eu fiquei curioso
Manoel : Então, esta vendo ? Não é enorme mesmo ?
Eu : Sim, não imaginei que fosse tão grande.
Manoel então me colocou na cama entre eles, me abraçou, me beijou e me disse : Fique tranquilo, Milton é de total confiança, ninguem vai saber de nada.
Ele voltou a falar comigo daquele jeito amoroso que eu tanto gostava, voltou a me acariciar, a me beijar e senti que Afonso estava se encostando em mim.
Manoel pediu para eu ficar de 4 e mamar o pau dele. Tentei a posição tipo 69 mas ele me fez ficar de 4, mamando o pau dele e deixando a bunda exposta para Milton  que logo começou a linguar meu cuzinho
Fiquei receoso mas Milton sabia linguar bem gostoso e fui relaxando.
Não demorou, Milton  tambem veio perto do pau do Manoel e começou a revezar a mamada no pau do Manoel comigo.
Aquilo me tranquilizou e começamos a dividir aquela vara,hora lambendo, hora linguando.
Manoel me colocou deitado na cama,  e comecou a passar a vara na entrada do meu cu, Milton começou a chupar meus mamilos, lamber minha barriga e mamar meu pau. Agora eu estava totalmente entregue aos dois.
Manoel encheu meu cu de gel e começou e me fuder. Eu gemia de tesão
Manoel : – Isso meu viadinho, se entrega para seus machos…. hoje vc vai levar muita vara
Eu estava louco de tesão e, enquanto Manoel me fudia, Milton dava a vara dele para Manoel mamar
Aquela visão do Manoel mamando Milton e me fudendo, me deixou com mais tesão ainda.
Manoel foi para o chão, me puxou para a beirada da cama e voltou a me fuder. Eu via Milton abraçando Manoel por trás, beijando Manoel e meu tesão disparou
Os dois estava se beijando e Manoel tirou o pau do meu cu. Pensei que fosse parar de me fuder mas ele veio para a cama, começou a me beijar e Milton começou a enfiar a vara em mim. Mesmo com o cu já lubrificado e aberto pela vara do Manoel, senti maior dor quando a vara do Milton começou a entrar
Claro que simulei que não estava aguentando  e Manoel mandou eu relaxar, que eu iria adorar a vara do Milton arregaçando meu cu
Eu : Ai Manoel, meu macho. Milton tá arregaçando o cu do seu viadinho. Ta doendo muito
Manoel.: Meu viadinho, relaxa, aguenta a vara dele. Agora vc será o viadinho de nós 2.
Eu : É isso o que vc quer,meu macho ?
Manoel : Sim, quero seu cu todinho arrombado.
Eu:- Vai Milton, fode esse cu para meu macho ver……
Pronto, agora eu me entreguei mesmo. Estava pronto para ser entregue para quem Manoel quissesse me dar
Milton dava risada e dizia para Manoel : Cara,esse cu nem deu trabalho, vc ja arregaçou  todinho
Manoel pegou o celular e filmava eu deitado levando vara, Milton tirando todinho o pau do meu cu e enfiando todinho dentro outra vez
Não demorou e Milton me encheu de leite. Dava a impressao que a porra iria vazar para todos os lados……
Milton se jogou na cama   ao lado do Manoel e comentava que meu cu era delicioso.
Manoel então mandou eu sentar na vara dele e cavalgar ate gozar.
Sentei na hora e o pau dele entrava e saida sem nenhuma dificuldade. Mandou eu acelerar a cavalgada e quando disse que iria gozar, disse que queria que eu tambem gozasse. Adorei aquilo pois há tempos eu nao gozava mais junto com ele. Mal comecei a gozar, Milton veio e enfiou a boca no meu pau. Chupou toda minha porra tanto do pau como a que  tinha caido sobre o Manoel.
Depois que gozamos, quis deitar no meio deles mas Manoel colocou Milton de um lado e eu do outro
Manoel : Caralho, vcs 2 são dois viadinhos deliciosos. Adoro fuder vcs 2.
Milton beijou Manoel e perguntou : Fiz tudo direitinho meu macho delicioso :
Manoel respondeu que tinha adorado e mandou Milton limpar o pau dele que já estava molenga
Milton começou a linguar aquele pau do meu macho e engolir. Deixou o pau limpinho. Começou a brincar com o pau do Manoel que foi ganhando vida e perguntou para o Manoel : Será que ele aguenta outro cu hoje ?
Manoel deu risada e mandou ele continuar brincando com o pau dele que logo ele iria ver. Começou a me beijar, a apertar meus peitinhos e dizia : Caralho, como é bom ter viadinhos gostosos comos vcs.  Comecei a alisar o peito dele e perguntei se meu macho tinha gostado… : Sim, vcs nasceram para serem viadinhos…..
O pau dele ficou duro e vi Milton enchendo o pau dele de gel e Manoel disse : Cara, nem precisa de tanto gel, seu cu adora vara de qualquer jeito.
Milton deu risada e sentou na vara dele. Se ajeitou e disse : Adora essa vara…… Mandou eu levantar e dar o pau para ele mamar.
Agora era Milton que brincava com vara no cu e chupava meu pau meia-bomba.
Brincamos um pouco e Manoel pediu para parar pois nao queria gozar outra vez pois tinha que ir trabalhar,
Eu e Milton nos vestimos e fomos para a sala. Manoel veio com celular e mostrou o video que tinha feito. Eu deitado, mamando e levando vara.
Fiquei preocupado e disse que era perigoso aquilo vazar pela net
Ele deu risada e disse que só iria mostrar para os amigos mais chegados.
Ele abraçou nós dois, nos beijou e me disse :Tinha certeza que vc ia gostar de levar vara do Milton. Vamos combinar outras vezes e vc vai aprender a levar duas varas juntas (DP) e não se preocupe, Vc já está prontinho para começar a aprender levar muitas varas.
Olhou para o Milton e disse : – Vê se cuida bem do cuzinho meu viadinho. Arregaça bastante para depois ele aguentar nos 2 juntos.
Saimos do ap juntos e Milton me disse que a partir de agora iria me fuder sempre. Prometeu e cumpriu a palavra. Já no dia seguinte ele disse que queria ir para meu ap e ja começou a me fuder. Disse que iria me deixar prontinho para depois ele e Manoel me fuderem juntos para fazer DP (que demorou uns 3 meses para acontecer e foi delicioso). Depois de umas 2 semanas que Milton estava me fudendo direto, eu disse que tambem gostaria de comer um cuzinho. Ele deu risada e disse : Demorou moleque. Vai começar treinar com meu irmão e depois te entrego outros caras. E foi assim que comecei a fuder  um cuzinho. Milton trazia Toninho para meu ap. Abusava de mim e do irmão e depois mandava eu fuder  bundinha do Toninho.
Minha amizade com Milton e Toninho se intensificou muito. Passamos a fazer várias coisas juntos, irmos para baladas, praias. Fui descobrindo um monte de caras dos predios que adoram trepar trepar tambem mas nada que se compare a amizade que tenho pelo Milton e Toninho e lembranças do Manoel (que já nem fode mais)

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,83 de 6 votos)

Por #

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Saulo Batista

    Adorei conta mais