Minha mulher disse e provou 3

Autor

Após Gui ir embora, eu e Sonia continuamos conversando dentro da piscina. Eu estava enebriado. Ela sorria e cochichava, gostou ? você viu ? Confirmei que sim. Pedi que contasse os detalhes da foda. Ela me pediu, espera um pouco. Saiu, pegou o ky escondido embaixo das toalhas, cobriu o corpo com uma, colocou a outra no braço e entrou. Meu corpo algumas vezes tremia e não era por causa da água. Ela demorou um tempo, tirou a toalha, entrou, encostou a bunda em mim, enfiou a mão na bermuda e começou a me alisar suavemente. Falando baixo, comentou, deixa ele sair, vai a praça com os colegas. Virou o rosto, me beijou com calor. Ainda me alisando, sussurrava, que foda gostosa, muito gostosa. Pegou minha mão e levou até sua xoxota. Dedilhei, enfiei o dedo, puxei seu corpo até colar no meu. Ficamos assim mais alguns instantes. Meu filho veio, falou onde iria, perguntei se queria algum dinheiro, ele sorrindo disse, mamãe já me deu pai e saiu. Pensei rapidamente, caralho essa minha mulher pensa em tudo. Ela deu um tempinho, saiu e falou vou me certificar que não seremos incomodados. Foi na frente da casa, voltou, entrou na piscina e disse tranquei o portão, depois me lembra de ir lá destrancá-lo pra ele entrar. Não me contive. Você pensa em tudo não é ? Ela sorrindo, em tudo não sei mas pro nosso prazer não vou dar mancada. Despiu-se, tirou minha bermuda, encostou em mim e disse, o que você quer saber? Falei, algo que não vi, suas conversas com ele, o que você sentiu? Ela começou a discorrer. Foi uma bela foda, eu estava doidinha por aquela vara. Chupei, mamei, disse a ele que sua pica era muito gostosa. Ele estava nervosíssimo mas a vara não descia. Disse a ele, você está querendo, não se reprima, vamos aproveitar. Ele olhava preocupado. Disse pra ele, não se preocupe, vamos foder, vamos foder. Subi nele, vibrei com a pica, falei, que vara gostosa, mete, mete. Saí de cima, mandei me chupar. Ele resmungou que estava perigoso, puxei a cabeça dele e enfiei na minha boceta, falei de novo tá perigoso mas chupa porra. Eu comentei, eu vi. Ela, claro que viu, mandei até um beijo pra você, lembra? Dei duas gozadas, uma com a chupada dele e outra quando subi. Ele perguntou se podia comer meu cu, eu disse a ele, se você perder o medo quem sabe. Comentei, você falou comigo lá dentro. Ela, eu já estava decidida, só queria que ele não perdesse o pique. E depois perguntei. Ela, você não viu? Passamos ky e me esbaldei, mandei ele entrar, elogiei a vara e mandei gozar. Ele me encheu o cu. Aí você veio, falou do gol e eu dei a entender a você que nós também tínhamos marcado um. No que disse, observei. Quando você entrou, deitei ele de costas, enfiei no cu de novo e falei no seu ouvido, tem mais? Ele disse que sim. Então eu mandei, goza de novo pois eu quero gozar. Rebolei, sambei em cima gozei e não demorou muito ele também. Eu estava excitado, ela me beijou, me alisou e disse quer gozar? Eu disse quero. Ela botou a cabeça na água e abocanhou. Subiu a cabeça, me beijou, riu e surpreendentemente falou, espera um pouco. Saiu, voltou com o celular, entrou encostou em mim e ligou. Vai falar com que? E ela, o Gui. Chamou, chamou, chamou ela desligou. Falei, Sonia, Marta vai ouvir. Ela que nada, ela está na igreja essa hora. Ligou de novo, chamou, chamou. Ele atendeu. Ela maliciosamente colocou no viva voz. Ela melosa, oi tá sozinho, ele tô e você, ela eu também. Gostou, disse ela, ele caramba Sonia, tu é muito gostosa. Voltei com as pernas tremendo de aflição. Ela, cara tu é muito gostoso. Ele gostosa é você. Ela pegou minha vara, apontou no cu e empurrou. Ele, onde você está? Ela, no banheiro me alisando. E eu metendo nela. Ele, e agora Sonia, o que vamos fazer? Ela, não pensa nisso agora, vamos ficar satisfeitos. E eu bombando. Ela, fala do que você mais gostou? Ele, posso falar sem receio? Ela. claro não perguntei? Ele, sem medo, mulher tu tem um cu muito gostoso, apertadinho, quentinho, gozei duas vezes. Ela ri, nesse momento eu gozei, gozei muito. A danada aproveitando o momento, eu estou sentindo sua vara e seu gozo até agora. Ele riu e completou, vamos repetir? Ela maliciosa, quem sabe. Ele então quer dizer que sim. Ela riu e terminou, tchau sinta-se chupado por mim. Ele, tchau gostosa. Sonia virou de frente, enfiou na boceta e pediu me faz gozar, eu quero. Meti, ela apertou a xana na minha vara, rebolou, não demorou e gozou. Me beijou, sugou minha língua e falou, ainda vou te convencer a participar. Nada disse ela abaixou deu mais uma rápida mamada, subiu e disse, gostou? Eu disse, muito. Ela satisfeito, fiz ele falar pra você ouvir. Eu respondi, podia ser mais. Ela calma, vou te satisfazer muito, muito mesmo. Outra hora eu ligo pra você ouvir mais. Me beijou e pediu, vamos sair? Amanhã eu conto como nos encontramos em um bar na segunda-feira, marcado por ela.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 5 votos)
Loading...