A chefe que não gostava de mim

Autor

Ola galera, tudo começou quando comecei a trabalhar numa asseguradora, eu era analista de atendimento, eu comecei e já fiz muitos amigos, mas devido o fato de ser carioca e simpático, falo sempre com sorriso na vóz, eu tive um pouco de dificuldade no sistema, mas em relação ao tratamento com clientes eu sempre era elogiado, isso causava sei la, inveja, ou incomodava Rosana, uma das coordenadoras, era nítido a indiferença dela, quando eu precisava de ajuda ela vinha com cara feia, e mesmo sem motivo me chamava a atenção, ai visto que sou massagista eu ficava 3 horas atendendo, e 3 horas na sala de massoterapia, mesmo trabalhando no atendimento menos tempo que os demais eu me destacava, todos gostavam de mim, menos a cordenadora Rosana, e a puxa saco dela, Jessica, certo dia eu estava de folga, e vi Rosana num ponto de ônibus esperando-o para ir ao trabalho, mas ela entrou no ônibus e a bolsa dela ficou no ponto, eu corri e peguei, la estava o crachá dela, o celular, e 1,200 reais, e os documentos dela, sem contar com as coisas que mulher sempre leva na bolsa, ela já tinha me despontuado em tudo, já tinha feito de tudo pra me prejudicar, mas eu mesmo assim resolvi entregar, e fui a empresa, quando estava chegando perto ela ligou no celular dela, eu atendi ela falou, moço por favor eu esqueci essa bolsa com meu celular, por favor me devolva, o dinheiro eu tenho que pagar meu aluguel que já esta atrasado, por favor, eu serei despejada, me devolva, que eu te dou dinheiro quando eu puder, mas esse esta contado, eu já estava subindo nos elevadores, ai falei, sim moça, mas vc tem que me prometer que vai tratar melhor o funcionário Zito, ela falou, sim tudo que vc quiser, ela estava mesmo desesperada, ela era separada, e tinha duas filhas, quando eu cheguei ela logo falou, ninguém te chamou pra fazer hora extra, o que esta fazendo aki? falou muito irritada, eu calmamente falei, calma, eu tive que vir aki, te trazer sua bolsa, seu celular com seu dinheiro, ela ate mudou de cor, conferiu tudo e verificou que estava tudo la, e o dinheiro certinho, ela me abraçou e chorou. ficou falando abraçada a mim, Obrigado, eu estava desesperada, desculpa, por favor, eu falei, calma esta tudo bem, o importante é vc pagar seu aluguel e ficar bem, eu fui embora e no dia seguinte eu fui trabalhar, mas ela mesmo assim me tratando friamente, eu também a tratava friamente, mas eu fui transferido para área de T i, la eu quase nem via Rosana, certo dia estava uma chuva horrível, eu estava de carro, embora um carro velho mas estava em perfeita condição, dua amigas minha iam comigo de carona, e uma das meninas falou, Zito da uma carona a Rosana ela tem que pegar as filhas na escola, se ela se atrasar as meninas vao ficar desesperada, por favor, eu falei, fala com ela pra vir, essa amiga chamou Rosana e ela veio, com cara de merda, pediu licença e sentou, eu levei as meninas e perguntei onde vc vai? ela falou, vou buscar minhas filhas na escola, mas aki esta bom, estava chovendo muito, eu falei, eu te levo la, ela falou onde era e eu a levei, ela pegou as meninas colocou no meu carro e eu as deixei em casa, as meninas dela gostaram de mim, pois eu dei chocolate a elas, mas Rosana não ia mesmo com minha cara, as meninas falavam ela quer a pica, come ela e ela vai ser tua escrava sexual, no dia seguinte a chuva não passou, e eu de novo dei carona as amigas e a Rosana, e peguei as meninas na escola, as filhas dela já vieram e me beijaram no rosto, deixei ela seguras em casa, quando ela estava saindo, eu falei, sorria mais, assim fica mais bonita, ela nem respondeu, no dia seguinte, as meninas foram na informática onde eu trabalhava, eu dei chocolate a elas, depois tive que instalar algumas maquinas bem no setor de Rosana, ela falou com as amigas, onde vcs arranjaram chocolate, eu quero, elas falaram foi ele quem deu, ela virou e nem falou nada, mas eu tirei um chocolate de dentro da caixa de ferramenta onde eu sempre escondo chocolate balas, pois os caras pegam tudo, então eu escondo ali, peguei e dei a ela, ela pegou, agradeceu, as meninas falaram, meu investe nela, ela ta carente, ai eu falei, vou tira um com a cara dela, cheguei perto dela e falei, adoraria tirar o chocolate da sua boca, ela parece que não gostou, quando ela passava em um corredor eu falava, ah isso la em casa, outro dia no elevador eu falei, na frente da amigas, Rosana sorria mais, assim vc fica muito linda, formosa e gos….., eu não terminei de falar, mas deixei ela entender, ela virou a cara, ai teve um dia que estávamos saindo, as amigas não estavam, ela veio e falou, me da carona, por favor ,eu falei, que isso é uma satisfação, ela entrou, eu falei, vamos faço o que quiser, levei-a a escola peguei as meninas, e falei pra filhs dela, sua mae e linda não é meninas? elas falaram, juntas, simmm, ela me olhou serio, ai eu falei, assim eu me apoixono mais, no dia seguinte eu a esperei entrar no elevador, quando ela entrou, eu cheguei perto dela estavamso sozinhos, embora é filmado, mas eu falei, Rosana, ela olhou eu disse, preciso falar com vc, ela falou, fala logo, ai eu me aproximei, e dei um beijo forçado nela, ela não fez escândalo, mas falou, aki é filmado, sai, me empurrou, eu falei, mas vc gostou né? ela falou, gostei tanto que quero te matar, eu falei, bom se for com seu amor, ah seria maravilhoso, ai eu falei, vou esperar ela quando ela sair de casa com as meninas, ela saiu da casa dela e eu estava la, as peguei deixei as meninas na escola, e a levei ao trabalho, ai no estacionamento, eu falei, a ela me da um beijo, ela não, eu falei, ta bom então não destravo as portas, la falou, por favor eu grito, mas eu disse, é só um beijo, ela não vai abre logo, eu fingi que nem escutei, ai quando ela sedestraiu eu a beijei, ela falou, ta bom agora abre, ela não tentou me barrar, eu destravei, e fui do outro lado, ela falou, aki não, ai eu disse, ta bom, quando entramos na sala antes do elevador eu aproveitei e dei outro beijo, ela falou ofegante, para, por favor, não se esquivou, eu levei chocolate pra ela, ela aceitou eu eu disse, deixa eu tirar da sua boca, eal virou, mas no fim do expediente eu falei, vamos buscar as crianças, ela falou, ta bom, eu a levei, mas parei antes na calçada e a beijei, e peguei na perna dela, ela falou, vamos, as vezes passava a mão na perna dela, e ela deixava, ai ela falou, pq vc esta fazendo isso? não quero aventura não, nunca fui disso, eu falei, sim eu sei, também não quero aventura, quero coisa seria, ela falou mas tenho filhas, eu disse, elas são lindas, mas vc é mais ainda, ai ela pegou na minha mão, era uam sexta feira, ai ela falou, tenho que levar as crianças pra casa madrinha delas, eu falei, eu levo, pegamos na escola e a levamos, depois a levei pra casa dela, ela falou, quer entrar, eu falei, sim eu entrei, ela falou, vc é safado, eu já me aproximei e a beijei, e já fui com as mãos nas costas, e fuidescendo cheguei na bunda, sentamso no sofá, eu já fui com a mão na buceta abri o zíper da calça dela, fui abrindo a blusa, ela puxou pra cima dela, e no sofá mesmo eu tirei a calça dela, a blusa tirei minha roupa, e fui introduzindo ela falou, vamos pra cama, e fomos, la eu já introduzi o pau na buceta dela, bombei e gozamos, ela sempre seria, nos recompomos e chupei os seios dela, depois coloquei o pau de novo, e gozamos de novo, ela exausta, falou que queria comer algo, eu pedi uma pizza ,cerveja, comemos e bebemos, ai eu já coloquei meu pa na boca dela, ela chupou muito gostoso, gozei muito na boca dela, e dormimos juntos, transamos muito durante a noite, ficamos assim todos os dias transando, fazíamos rapidinhas na hora do almoço em motéis, as vezes saiamos mais cedo e íamos a casa dela, depois buscávamos as meninas, na empresa ninguém sabia, eu comia também algumas amigas e ela quando ficava sabendo brigava comigo, e assim estamos já a 2 anos, semrpe transando brigando as vezes, nas folga eu a levo pra passear, as meninas me amam, ela briga muito comigo, mas me da de todas as formas, é isso, espero que gostem.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,00 de 1 votos)
Loading...