Meu amigo me sacaneava e eu gostava

Bem como eu contei para vocês eu fui trabalhar com o José vendendo doce acabei me viciando em dar o cu, eu era um garoto bonito, pernas bonitas, corpo lisinho, uma bunda carnuda saliente, cabelos meio compridos, bem gostoso, depois que minha mãe mudou acabei fazendo amizade com Sergio, um cara de 22 anos, mais bem safado, morava perto da minha casa, ele e sua mãe, ela era enfermeira trabalhava um noite sim outra não, um dia sua mãe trabalhando ele me convidou para ir na sua casa e acabou me fodendo, não era uma pica grande mais dava para brincar era gostoso, passei a ir lá todas a noites que sua mãe estava de serviço.

Um dia ele estava me fodendo tocou a campainha ele foi atender, voltou para foder só que percebi que tinha outra pessoa ali, perguntei a ele, ele disse não esquenta o cara e legal só quer foder seu cuzinho eu acabei deixando os dois meteram em mim foi gostoso, eu então não estava fazendo conta do cara que aparecia na hora de foder, um dia o cara meteu gozou e foi embora, ele então perguntou eu tenho um amigo ai fora que quer foder também, posso mandar ele entrar, eu disse manda e o cara veio foder, este sim era um cavalo, tinha uma caçeta grossa para caralho, meteu para caralho, gozou duas vezes,.

No outro dia a mesma coisa, começou chegando um depois outro acabei metendo com quatro caras, eu estava adorando, uma noite sim outra não a gente metia muito, eu chupava a rola deles, eles metiam na minha bunda, eu percebi que não cara novos era coroas, ate que me aparece um negrão que vou falar nunca vi uma caçeta tão grossa, cabeçuda, uma cabeça gigante, eu não estava aguentando, ele então falou pó o teu amigo disse que tu aguenta rola, e eu já paguei, eu fiquei abobado, demorou muito para aquela rola entrar doeu para caralho, me machucou mais o cara gozou dentro empurrando tudo ate o saco, levantei fui me lavar ia embora o Sergio me falou espera um pouco, tem mais cara querendo meter, eu então disse a ele você esta cobrado dos caras para me foder, ele disse não estou cobrando o quarto, e como você gosta de dar o cu, ele então disse olha tem dois coroas ai você fode com eles a gente divide a grana, acabei concordando eles meteram pagaram, já estava para ir embora apareceu outro cara meti de novo, nossa depois disso tinha dia que eu dava para cinco caras, e ganhava um dinheiro eu adorava, saia com o cu ardendo era uma prostituta mesmo. fiquei assim um bom tempo ate que ele se mudou, alguns clientes eu ainda andei dando o chapeleta de vez em quando queria meter comigo, ele dizia que nenhuma mulher deixava ele comer o cu delas, assim eu arrumava um dinheirinho, adoro dar o cu

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 2 votos)
Loading...