Caio Raio e o Crush

Primeira vez aki! Me chamo ficticiamente Caio Raio (é uma longa história) sou magro (52 kg) baixo (1,63) tenho cabelo loiro prateado liso (tigido rs) tenho uma tatuagem no peito (규현 (Kyuhyun) me visto num estilo K-popper, e o protagonista dessa história é alguem mto diferente e mim, um funkeiro chamado Guilherme, era um tipico play boy que ostenta nas custas dos pais, até porque a mãe apresenta um programa regional na band, enfim ele era pouco alto em forma tinha aquele cabelo da moda que é respado dos lados e lambido em cima, vestia e usava acessórios caros do tipo que se ostenta, aí enfim, eu e ele tinhamos um grau de diferença muito grande portanto nunca nos falamos, mas um belo dia eu decidi arriscar até pq os parças dele não estavam por perto, fui até ele e disse: ” oi, se lembra de mim a gente estudou junto no 9 ano” – ELE ” é tô ligado!” – EU “então eu tô com problema no meu celular você não poderia dar uma olhadinha?” -ELE ” o que que aconteceu?” – EU ” eu não sei como add o meus amigos no whats (o q era mentira) ” -ELE “é só colocar o num. Nos contatos” -EU ” põe pra mim? (P.S homens adoram ser os mais inteligentes) -ELE “fala o num. Então” – EU “eu não sei de cabeça! Põe o seu aí pra vê se dá certo (Bingo!!) ele meio que estranhou mas acabou colocando, aí eu dei uma de louco “Ah entendi!!” Rs e guardei o num dele, a partir dai passei a cvs com ele com frequência, e notava que ele se sentia a vontade ao concersar cmg, e vice versa, numa conversa eu toquei no assunto sobre o corpo dele disse que o achava mto gostoso, ele sempre ria mas nunca comentava, aí confrontei ele dizendo se ele tinha curiosidade de saber como era ficar com um cara, ele me respondeu dizendo que não era gay, assegurei dizendo que ele não precisava ser gay pra ficar com um homem, ele me pareceu pensativo pois demorou a responder, aí ele me surpreendeu dizendo: – ” Eh pode ser..” Perguntei se era sério e ele disse que era, disse que estava afi de uma coisa nova, e completou depois que seria comigo, eu fiquei super feliz! Combinamos então, ele me chamou pra sua casa, ele sempre tinha um tempo a só, pois sua mãe trabalhava mto seu pai não morava com.ele, e seu irmão menor vivia na rua ( não literalmente) aí eu cheguei lá, ele me chamou pra entrar, estava sem camisa de bermuda e uma corrente de prata no pescoço e um relógio de ouro no braço, (super ostenta) a casa dele era tão grande que parecia hotel, vendo ele sem camisa andand de costas em minha frente me deixou excitado num instante! Ele tinha uma tatuagem no peito, uma frase em inglês que ligava um peito ao outro.. “One Life One Chence” mas estava errada deveria ser “Chance” ao inves de “Chence” mas preferi nao corrigir! Ele me levou até seu quarto (estava uma zona) conversamos um pouco e notei que pra ele tava sendo constrangedor o papo, eu disse se ele quisesse eu fazia o trabalho todo era só ele relaxar! Aí fui eu, pedi pra ele fechar os olhos, estavamos de pé, dei um passo e fiquei coladinho nele e bem devagar pus meus lábios nos seus, ele se asustou, e eu disse: -“Calma, crush!” E ele ” Crush?” Coloquei o dedo em seus lábios pedindo seu silêncio, passei a alisar seu corpo eele ficava arrepiado, logo fui levando ele até sua cama com um beijo de língua bem suave, o deitei e fiquei por cima dele, aí ele ele me olhou nos olhos, e logo sua mão veio a minhas costas tirando minha camiseta, ele passou a me alisar levano sua mão a minha bunda, quando ele pôs a mao naminha bunda e apertou eu fiquei excitado demais que queria morder ele todo, foi tanto que eu acabei arranhando ele algumas vezes, ele começou ofegar alto e já se sentia suor saindo do seu corpo, montei nele e senti um caralho tão duro que quase rasgava a bermuda.. Fui indo pra tras devagar direto pro seu pau.. Abri a bermuda e a cueca dele estava super marcada devido ao grosso menbro que el tinha.. Mordi algumas vezes por cima da cueca e percibi ki cada mordida o pau dele pulava, rsrs quando eu tirei a cueca dele, me surpreendi com o tamanho a espessura, tudo, tinha uns 19 cm e era bem cabeçudo! Passei a língua devagar e o crush gemia, mas ahora que o boquete começou o boy jogou a cabeça pra trás e alisava meus cebelos me forçando a chupar aquele pau! depois duns minutos chupando, perguntei se ele tinha camisinha ele disse que não, na hora eu queria ir embora, mas vendo o crush ali com o pau durinho só pra mim, eu nem pensei, eu disse: “Que se FODA” arrisquei e beijei ele bem forte ele riu e me pediu para mim ficar de quatro pra ele, confesso que eu amo ficar de quatro, fechei os olhos pra curtir melhor o caralho dele mas para minha surpresa ele veio com a língua no meu cu, ele lambia tão bem que eu nem precisava de bater punheta pra sentir prazer, depois ele pôs o caralho bem na portinha do meu cu, eu poderia viver com aquele pau ali para sempre, na hora em que ele começou a forçar entrar, veio uma dor, pedia a ele pra entrar bem devagar, afinal era mto grosso o pau dele.. Depois qe ele entrou por completo pedi pra ele ficar assim um pouquinho, eu queria sentir ele conectado a mim, devagar ele foi de vai e vem, acelerando.. Em pouco tempo meu cu já estava totalmente sob medida para aquele macho! Ele passou a me comer rapidamente que até estalava, depois de um tempo eu coloquei el setado e montei nele olhei em seus olhos e ele disse: – “me deixa louco!!” Na hora comecei a cavalgar e o crush gemia, eu gostava de ouvir a respiração dele, ainda mais sentir o seu suor melando meu corpo!! Cavalgava e beijava ele loucamente, aí depois ele começou a bombar rapidinho que eu não podia evitar gemer.. Era um prazr sem fim, mordi o pescoço dele devagar enquanto ele me fodia, er uma delicia, depois eu deitei de bruços e falei pra ele: -” me come crush!!” Ele me deu um palmada forte e falou: -“Ce nem precisa pedir mlk” enfiou o caralho e metia com muita força!! Enquanto isso eu pensei: ” nossa no início ele tava tão quieto, olha pra ele agora.. Me comend como um cachorro tarado, realmente ele se sentia a vontade cmg” logo voltei a ele, pois em uma das bombadas dele foi tão funda que eu pensei ki o pau ia sair pela minha boca.. Ele me perguntou se eu queria gozar primeiro, respondi que sim ele então me pôs de frango assado e disse pra mim jorra leitinho.. Me mastubava equanto ele me fodia, logo eu gozei num jato tão forte veio até meu pescoço. Ele passou a mão e espalhou leite por tod meu corpo… Pedi a ele que gozasse na minha boca.. Ele então propôs: “só se você engoliram tudinho” aí eu disse que sim, fiquei de joelhos na cama e ele em pé, (eu amo ver homens se masturbar..) Log o crush mirou na minha boca e jorrou leite, foi até a garganta, eu engasguei e ele segurou minha boca e falou-“nem vem vacilão, ce falo que ia engolir agora engole..” Aí eu com nojo acabei engolindo, eu na hora do prazer acho uma coisa depois mudo de idéia rsrs, mas amei ele ter me forçado! como eu estava melado a beça ele me pergunto se eu queria tomar banho com ele, eu não podia recusar, então fomos, o banheiro dele era enorme e tinha uma banheira.. enquanto a banheira enchia, eu me olhei no espelho e ele veio por trás me abraçou e sussurrou no meu ouvido: “curtiu?” Eu sorri nos olhamos através do espelho e eu respondi, “nunca ninguém havia me feito feliz como você me fez” depois ele entrou na banheira se sentou e me pediu: “deixa eu limpar você” me sentei em sua frente, ele passava a mão por todo meu corpo, eu nunca tinha me sentido tão a vontade, até que o irmão dele mais novo chegou em casa , tivemos que nos apressar, e Gui teve que enrolar o irmão para ele não notar que eu ia sair.. Sai depressa que nem eu pude me despedir do Crush! E é isso pessoal, essa foi a primeira vez com o Gui, tem mais, mas fica pra próxima!! Bjos

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)
Loading...