Passei No Teste da Minha Mulher

sempre que fazemos amor fantasiamos que outro homem esta possuindo minha mulher e ela goza intensamente , mas depois ela me chama de louco, e despista , mas na ultima semana foi diferente , ela aceitava outro homem comendo ela , mas eu tinha que passar por um teste para saber se aguentaria ver ela gozar no pinto de outro homem, e marcamos para o sabado , ela se deixaria ser seduzida , tocada mas não faria sexo , e assim eu saberia se aguentaria.
Sabdo chegou , ela tem 40 anos , corpo delicioso de formas arredondadas e fartos, colocou um macacão fino que sua calcinha minuscula marcava , e o decote enorme abria com facilidade , então ela colocou um soutien com pedras e renda , enfim sempre um dos seiois saiam fora do decote e seu soutien era visto, dançamos e bebemo , mas ela não achava alguem que chamasse a atenção dela , mas achei e mostrei , um cara de uns 50 anos e ela logo se interessou, nos beijamos e ela se vai , dançando ao seu lado logo é percebida e ele logo a pega para dançar , meu coração quase salta em ver outro homem a pegando, vejo ele colocar as mãos na bunda dela , ele beijava seu pescoço, ela então se vira e ele a abraça por traz, ela me olhava com uma cara de safada , e via o tesão que sentia por sentir um pinto dele encostado nela, ele a vira e a beija loucamente, minha vontade era acabar com a brincadeira mas me contive , ele a arrasta para um corredor que dava aos banheiros , e começa a pegar , seus seios fora do soutien eram chupados, eu de longe só olhando, ele então coloca a mão por cima do macacão em sua buceta e ela salta nos braços dele, não sabia onde ia dar aquela aventura , eles se largam e ele vai ao banheiro, vou ao encontro dela e ela fla que a leve logo embora ou ia dar para ele, saimos rápido e fomos pegar o carro , o estacionamento era grande com varias arvores , no carro nos agarramos e começo a beijar seus seios, e ela fa que queria se minha queria ser comida, liguei o carro e saimos , no caminho tem uma estradinha de terra e entro, acho uma entrada de um sitio e paro , el alucinada pelo tesão e bebida , sai do carro e na frente do farol começa a danças e fazendo um strip a ar livre com o risco de ser-mos vistos , ela fica nua e me chama a deito no capô do carro e a penetro , ela gemendo fala que estava sendo comida e queria ser fudida , então a ponho de quatro se apoiando no carro e a como por traz arrancando um grito de dor e prazer e a faço gozar, ela fica deitada no capô , apago os farois e a luz das estrela iluminam seus corpo, a como novamente e quado ela estava gozando escutamos um carro se aproximando , nos escondemos ao lado do nosso , e a agarrando por traz falo que se achassem ela nua ia ser estuprada , ela se exita ainda mais , o carro passa mas ela me faz sentar na gram e senta em cima de mim encaixando meu pinto na entrada da bucetinha e senta de uma vez arrancando um gemido de nos dois , e gozamos juntos, e antes de saimos ela fala que tinha passado no teste e na proxima ela seria comida por outro homem na minha frente e gozaria muito.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)
Loading...