Dando pro papai no sítio.

11-08-12 75 ★ 5.00
Meus pais estavam separados já algum tempo, e meu pai estava vivendo com outra mulher no seu sítio quando tudo veio a acontecer. Sei que a separação se deu devido meu pai ser um mulherengo incorrigível… A última dele foi quando minha mãe o flagrou travado na empregada dentro da cozinha.  Depois que perdi minha virgindade após meus 18 anos passei a pensar em sexo quase 24 horas por dia, e quando terminei com meu namorado me masturbava usando até cabo de escova pra cabelo… Andava subindo pelas paredes só pensando em ter um pau duro na minha bucetinha; mas, na esperança de voltar com o namorado ia ficando só na masturbação solitária. Sou loirinha, baixinha (1,60 mts) e corpo normal. Muitas vezes; principalmente quando precisava de dinheiro, ia passar o final de semana com meu pai no sítio. Eu e sua outra mulher (Dora) fingíamos gostar uma da outra, mas no fundo sabia que ela me odiava enquanto o meu problema era o ciúme que eu sentia dela com meu pai. Num domingo, acordei no sítio, e quando saí do meu quarto indo na direção da cozinha tive a impressão de que meu pai discutia com Dora quando ouvi meu pai: – “Porra; ela é minha filha… Qual o problema entrar no quarto enquanto ela está dormindo?”. E Dora com voz debochada: – “Só que sua filhinha dorme praticamente pelada; eu já vi!”. Realmente gostava de camisolas curtas e largas, e muitas vezes lá na minha casa dormia até sem calcinha… Mas não imaginava que meu pai entrava no quarto. Meu pai: – “E daí? Pior é você que já deve ter ficado pelada pra mais de centenas de homens”. Dora: – “Mas nunca fiquei pelada na frente do meu pai”. Meu pai: – “Você está ficando doida; a Claudia nunca ficou pelada na minha frente”. Sai de fininho e deixei os dois ainda batendo boca. Quando voltei pra tomar meu café e vi pela janela Dora saindo de carro, falei pro meu pai o que tinha ouvido e que não queria jamais ser motivo pra eles brigarem. Meu pai ficou surpreso e me revelou que já vinha a muito tempo ficando de saco cheio com o mau humor constante de Dora, e, que eu era muito mais importante pra ele do que ela… Minha curiosidade me fez perguntar se já tinha me visto dormindo pelada, e ele rindo: – “Ainda não; por quê? Você já dormiu alguma vez pelada?”. – “Aqui não! Mas em casa costumo dormir muitas vezes sem roupa”. Ele sorriu: – “Mas aqui também você pode dormir sem roupa se quiser!”. – “Eu heim? Vai que a Dora me pegue dormindo pelada… Vai azucrinar no seu ouvido!”… Depois desse dia, só voltei ao sítio três semanas depois (sexta-feira a noite) e fiquei sabendo que Dora tinha ido passar alguns dias na casa dos seus pais. – “Mas está tudo bem entre vocês?”. – “Não filha… Está cada vez pior nossa convivência!”. Foi quando ele me pedindo segredo, me contou que Dora tinha sido garota de programas e que ele sendo muito amigo do pai dela resolveu deixa-la vivendo no sítio com ele; mas que, apesar de ter dado tudo a ela, ela parecia não ter um pingo de consideração… Ela devia ter uns 30 anos, enquanto meu pai tinha 46. Fiquei na minha, e, quando estávamos na sala assistindo TV e disse que ia dormir; ele: – “Hoje, se quiser, vai poder até dormir peladinha; né?”. Andava fazendo calor, mas eu levantando e lhe dando um beijo de boa-noite: – “Hahahahaha! Só se você jurar que não vai entrar lá no quarto”. – “Pô filha… Nem uma olhadinha só lá da porta?”. Fiz como se estivesse pensando: – “Se for só da porta eu deixo; Hahahahaha!”. 
No quarto sem coragem de ficar totalmente nua; pois sabia que do jeito que meu pai era ia logo aparecer, fiquei sem calcinha e deitei com o bumbum virado pra porta com a camisola toda pra cima, deixando o abajur ligado. – “Posso entrar?”. Com certeza ele tinha visto toda minha bunda… Fui virando meu corpo e arrumando a camisola: – “Pode pai… Ainda estou acordada!”. Ele sentou do meu lado e rindo: – “Que decepção filha… Achei que ia te ver pelada!”. – “Mas eu estou pelada!!!!”. – “Tá nada… Estou vendo é você de camisola!”. – “Hahahahaha!!!!!… Mas debaixo da camisola não tem nada!”. Tinha certeza que ele sabia que eu estava sem calcinha… Ele segurando a bainha da camisola: – “Posso ver se é verdade?”.  Só consegui balançar a cabeça consentindo e ele levantando e olhando direto pro meio das minhas pernas; – “Que coisa linda filha… É a primeira vez que vejo uma xoxota raspadinha!”… O problema que minha xoxota estava ficando cada vez mais molhadinha, e fiquei gelada quando ele passou o dedo molhando a ponta e levando a boca: – “Hummmm!!!!… Tem um gostinho delicioso!”. – “Paiiiii???… Hahahahaha! Não tem vergonha, não?”.  Ele abrindo minhas pernas e vindo deitando entre elas: – “Vergonha de quê, filha? Papai só quer fazer um pouco de carinho”. Ele meteu a boca na minha buceta e começou a lamber: – Chuuuuup, chuuuup, chuuuup… Slap, slap, slap… Mesmo não querendo, comecei a gemer e a me contorcer na cama: – “Ai, ai, ai, ai… Oooooh minha mãe do Céu; não para… Não para… Chupa mais… Mais…”. A boca do meu pai estava me dando um prazer jamais sentido antes que cheguei a ter um prolongado orgasmo… Estava tentando ordenar meus pensamentos pra ter certeza que aquilo tudo não era um sonho, quando ele me empurrando: – “Chega um pouco pra lá, que o papai vai deitar com você!”. Só fui me dar conta do que estava prestes a acontecer quando senti algo duro encostando na minha bundinha: – “Levanta um pouco a perna, levanta!”. Levantei com ele me ajudando e ao sentir já na portinha da minha buceta. – “O que vai fazer pai?”. Ele empurrando e parando com mais da metade do seu pau enfiado em mim: – “Só vou enfiar um pouquinho e tirar!”. Só que ele enfiou aquele pau todo; que não era nada pequeno, e começou a puxar pra trás e tornar a meter gostoso: – “Quer que eu pare filha?”. – “Nãããããoooo… Mete tudo pai; tudo… Oh, oh, oh!…”. Ele socando de baixo pra cima com uma das suas mãos enfiada por dentro da camisola apalpando meu peitinho: – “Como você é gostosinha… Hummm! Que delícia sua bucetinha apertando meu pau!”. Mesmo com medo tinha que confiar no  meu pai de que não ia gozar dentro da minha buceta. Gritei escandalosamente que estava gozando e ele após dar outras tantas socadas na minha buceta: – “Fica de quatro pro papai, fica!”. Ainda com as pernas bambas fiquei de joelhos sobre a cama e ele com seu pau todo lambuzado com meu líquido vaginal encostou no meu ânus e foi forçando até que entrou a ponta: – “Aaaaiiiii, Aaaaiiiiii… Não pai; nããããoooo!”. – “Calma Cláudia; calma!… Só falta mais um pouquinho!”. Já tinha dado a bundinha algumas vezes, mas a pica do meu pai entrando parecia que era minha primeira vez… Mas logo estava aguentando suas socadas fortes e sentindo nitidamente gozando dentro da minha bundinha. Levantei no dia seguinte e fui ao banheiro… Quando cheguei na cozinha a mesa do café estava pronta e meu pai estava só de cueca lavando algumas louças. – “Deixa ai pai, que daqui a pouco eu lavo”. Tomei meu café, e estava na pia quando ele veio me abraçando por trás beijando minha nuca. – “Tá de calcinha ou sem?”. – “De calcinha pai!”. – “Quer ficar peladinha pro papai?”. – “Aqui na cozinha?”. Sua mão já levantava minha camisola. – “Aqui no sítio podemos ficar pelados o tempo que quisermos!”. Eu pelada, ele tirou sua cueca e sentou numa cadeira me fazendo sentar no seu colo de frente pra ele… Seu pinto duro ficou entre nós dois e ele passou a mamar nos meus peitinhos segurando minha bunda com suas mãos. – “Senta no cacete do papai, senta!”. Era uma posição que eu nunca tinha feito antes… Apoiando meus dois pés no chão e segurando seu pau duro fui abaixando e ao colocar minha bucetinha encostada naquela ponta roliça fui descendo lentamente sentindo a piroca que parecia ser de ferro entrando lentamente dentro do meu corpo… Eu uivava como uma cadela no cio, e depois de minhas nádegas sentarem sobre suas coxas ele segurou meu rosto e antes de dar-me um louco beijo na boca: – “Caralho Claudia… Fazer sexo com você é muito bom!”. Aos poucos fui aprendendo a cavalgar subindo e descendo com minha buceta naquela vara grande e dura até vir aquele delicioso orgasmo… Depois, ele colocou-me apoiada de barriga sobre a mesa e novamente enfiou seu pau na minha bundinha socando por mais de dois minutos, parar e ficar gozando dentro do meu cuzinho. Naquele sábado, até no quintal sobre um banco de madeira meu pai socou gostoso na minha bucetinha… Adorei ficar peladinha ao ar livre e ser fodida pelo meu pai como se fossemos dois animais. A noite, meu pai saiu do banho e foi pro seu quarto… Como ele estava demorando pra vir pra sala, fui até seu quarto e o vi deitado de barriga pra cima com seu pau já bastante duro. – “Ué Pai? Vai dormir mais cedo?”. Ele sorriu. – “Que bom filha; deita um pouco aqui comigo”. Deitei e olhando pro seu pau duro fiquei imaginando como um homem que tinha feito sexo comigo já três vezes naquele dia, ainda podia estar excitado daquele jeito. – “Você já chupou um pau antes, Claudia?”.  Acho que nunca tinha feito porque meu namorado nunca pediu… Minha boca encheu d`água. – “Nunca pai; por quê?”. – “Quer chupar um pouco o pinto do papai?”. – “Hahahahaha… Deixa ver se eu consigo”. Adorei colocar a boca no pau do meu pai e ficar chupando e passando a língua… Meu problema foi quando ele começou a gozar e muito assustada acabei engolindo e engasgando: – “Isso filha… Pode engolir tudo; vai!”. Em retribuição, ganhei uma chupada na buceta que fez ter dois orgasmos simultâneos. Dora voltou pra sua vida de prostituta de luxo e seis meses depois meu pai montou um apartamento no centro da cidade onde passamos a morar juntos.
Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)

75 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. eu

    alguma filhinha aqui em curitiba mandem email para [email protected]

  2. Janete souza

    Delícia de conto fiquei excitada
    Parabéns
    Beijos

  3. Anônimo

    Explicado pq seu namorado n te quis mais. Vc é puta tb, só que pior, do próprio pai.

  4. Jhony

    Eu transei com meu pai aos 13 anos depois disso decedimos viver como um casal em casa mas durou só 3 meses nosso casamento pois ele voltou com a ex mulher dele

  5. anonimo

    ja transei com minha filha no aniversario dela de 15 anos

  6. castiel Baltazar

    Sou novo aquu adoro esse contos e tclr com meninas que fazem isso estou solteiro a um tempo já meninas mim chamei no whatsapp 092988041531 quero goza gostoso com voces meninas

  7. Beto

    Novinhas safadas que gostam de incesto e querem conversa me chama no WhatsApp 8399051033
    Obs:só mulheres homens nn

  8. Junior

    Caralho essa Claudia é uma puta safada, nunca tinha gozando tanto com contos de mulher que geralmente são muito melosos!!

  9. Ana

    Tô louca pra transar,quero ser toda fudida.
    Tem algum macho que aceita?
    Deixa o seu zap que eu adiciono

    • Anônimo

      Deixa vc o seu zap. .

    • Fernando

      Tem delícia 5511952907703 me chamá

    • castiel Baltazar

      092 988041531

    • Vando

      Ana meu zap 981630148

    • anonimo

      pode ser eu 092994025706

    • Alex

      33 999052880 alex

    • neno

      Me adiciona e vamos fuder gostoso 998203492

    • Vitr

      Oi

  10. Thay

    Apenas interessada em novinhos com menos ou máximo de 18 anos, branquinha, cabelos castanhos arruivados, olhos castanhos, traços angelicais interessados entrar em contato

    • 16

      7481223164

    • luciano

      eu aqi gata

    • castiel Baltazar

      092 988041531

  11. anonimo

    Tudo puta

  12. Anônimo

    Que delicia de conto queria muito uma rola grande grossa e bem dura agora pra meter na minha bucetinha a rola iria entrar fácil de tão molhada que eu to depois fuder meu cuzinho virgem e depois fuder minha boquinha e gozar no fundinho da minha garganta pra eu engolir a porra

    • Anônimo

      Chama no whats3496311731 tbm to loucoooo

  13. ezequiel

    daniele me adc vai 7791611186 so chamar la

  14. ezequiel

    mikaela te chamei vc me bloqueou aceita la vai

  15. ezequiel

    quem quiser ser fudida por um coroa roludo me chame no zap 7791611186

    • Anônimo

      Oi gostoso

  16. ezequiel

    meu zap 7791611186

  17. Indio safado

    Só para safadas chamem no zap 6596172215

    • gayveloso

      Numca olhei um penis dr indio me add 098987341058

  18. mikaela

    11981332233 so chamar

  19. mikaela

    oi me chamem no whats posha rsrs

    • Anônimo

      Marca ai mikaela 011 973960869

  20. Gomes

    Ontem a noite fiquei com minha filha sozinho em casa… nossa foi muito bom só não fiz penetrar ela… mai ela me chupou até eu encher a boca dela de leite quente, rsrsrs…. nossa ela esta muito taradinha, a buceta dela ta muito inchada tem completa 10 anos sabado acho que vou tirá o selinho dela antes dos 12 anos, não vai dar pra aguentar mais ela ta loca pra ser comida…… nossa que buceta inchada ela tem, bem maior que da minha esposa…..

    • Anônimo

      pedófilo fdp

Ver mais comentarios