# #

O direito também é dela. 16

3427 palavras | 9 |4.13
Por

Eu achava que sabia de muitas coisas mais era puro engano, Eu na verdade não sabia era de nada da minha família.

A minha mãe estava fazendo declaraçães sobre ela que deixaria qualquer um doído da cabeça.
Bom ela relatava que aquela noite ela ficou a noite toda imaginando como ela tinha deixado as coisas chegar naquele ponto.
Como ele tinha conseguido fazer aquilo colocar a cabeça da rola dele dentro dela ,
aquilo não era pra ter acontecido.
Porque ela não tinha saído fora enquanto era tempo ,
ela ficou fazendo várias perguntas pra ela mesma sem achar respostas.
Isso acabou fazendo ela demorar a dormir.
No dia seguinte aquela Sena dele esfregando aquele pinto nela parou de assustar ela,
Aí começou a sentir tesão denovo ela passou senti até o esperma dele dentro dela.
Mais ela não quis sair naquele dia pra lugar nenhum ficou quieta em casa.
No outro dia aquele sentimento de dúvidas se ela voltava la ou não começou a passar na cabeça dela.
Ela tinha que ir no mercado mais ao mesmo tempo que ela queria voltar lá ela sentia que deveria ficar longe daquele homem.
Ela não tinha voltado nem pra buscar o dinheiro do trabalho dela e do meu pai até aquele dia.
Ela resolveu ir no mercado ,
mais foi condado volta pra não passar na porta da frutaria dele,
ela também tinha ficado com vergonha dele poriso ela queria evitar de passar ali.
Na saída do mercado ela foi até uma distância e deu uma olhada de longe pra ver se ele estava na porta do lado de fora,
mais nem sinal dele do lado de fora era um sinal que ele estava la dentro.
Ela pensou um pouco e falou que teria que pegar o dinheiro com ele pra pagar o meu pai .
Então ela resolveu ir la.
Ela quando entrou na frutaria e ele viu ela chegou a dá um sorriso de tanta alegria de está vendo ela ali na frente dele.
Ele foi ao encontro dela querendo saber se ela estava bem se tinha acontecido alguma coisa com ela porque ela não voltou pra buscar o dinheiro e falar pra ele que ela estava bem que ele estava muito preocupado com ela.
Isso deixou ela de queijo caído porque ela não era acostumada a receber esse tipo de cuidado pelo o meu pai.
Ela falou pra ele que estava bem mais ela tinha ido ali era pra buscar o dinheiro pra pagar o meu pai,
E que ela tinha que voltar logo pra casa porque ela tinha muita coisa pra fazer aquele dia em casa.
ele correu pegou o dinheiro dela e pagou ela chegou da um valor a mais pra ela falando que ela mais o meu pai tinha feito um ótimo trabalho na casa dele e que ele estava muito satisfeito com o serviço deles.
Ele também pegou umas verduras que minha mãe gostava de levar e arrumou pra ela levar pra casa,
quando ela foi pagar ele não aceitou o dinheiro dela,
Ela então agradeceu ele despediu dele e foi pra casa.
Chegando em casa ela passou o dinheiro do meu pai pra ele e agradeceu ele em nome do senhor.
Meu pai gosta muito de dinheiro aquilo vez ele ganha foi o mês.
Minha mãe não tirava oque tinha acontecido com ela da cabeça aquilo ia ganhando força na cabeça dela deixando ela sem reação pra luta contra aquele desejo que ela estava sentindo.
Era um desejo de se sentir possuída pela aquela pica escura dele,
Mais agora ela queria era aquela coisa toda dentro dela.
.com os dias passado chegou o final de semana e ele iria almoçar la em com o meu pai.
Porque o meu pai tinha convidado ele pra almoçar com eles na nossa casa no domingo,
Ele apareceu la em casa a minha mãe já tinha deixado tudo arrumado ela já tinha tomado banho passando um perfume pra ele senti o cheiro dela.
Ela se produziu toda pra esperar ele.
Ele passou o dia la em casa com o meu pai de vez enquanto ele dava uma olhada pra minha mãe ,
Mais a minha mãe também ficava de longe só observando eles ,
O dia passou e deu o horário dele ir embora.
Ele despediu do meu pai e da minha mãe agradeço pelo o ótimo dia que tinha passado com eles e foi embora.
A minha mãe falou que na hora que ele saiu bateu um vazio dentro dela estranho que ela chegou assusta com aquele sentimento vazio que bateu nela ,
Ele ficou meio pelos cantos só pensando no que ela iria fazer com aquele sentimento dela.
Então ela resolveu ir na casa dele no outro dia bem cedinho ,
ela queria saber dele oque ele realmente ele sentia e pensava sobre ela .
Então a minha mãe falou para o meu pai que iria bem cedo no mercado para fazer compras de verduras .
Ela iria bem cedinho pra comprar verduras novinhas bem fresquinha .
e depois ela iria passar la na frutaria pra comprar tempero fresco também antes de colocar na mesa. meu pai falou que o problema era dela que ele não mexia em cozinha .
Ela mal esperou o dia amanhecer.
Ela acordou de madrugada e ficou esperando da o horário enquanto isso ela tomou banho se produziu toda denovo se perfumou toda e saiu.
Era tão cedo que nem o meu pai viu ela saído.
Ela foi pelo o caminho parecendo aquelas adolescente que ia encontrar com um rapaz escondido pela primeira vez na vida.
Muitas coisas passava pela cabeça dela deixando ela cheia de dúvidas sobre oque iria fazer.
Mais ela sabia de uma coisa se ele fosse mexer com ela aquele dia ela não iria fugir dele.
Ela chegou na casa do senhor bateu no portão dele assim que ele abriu ela já foi entrando,
assim que ela entrou ela já foi fazendo um punhado de perguntas pra ele
ela fazia a pergunta uma atrás da outra e não deixava ele responder.
Ela estava muito nervosa com aquilo que estava fazendo e acontecendo ao mesmo tempo com ela,
até que ele falou pra ela se acalma senão ela iria acabar tendo uma coisa nela pra que aquilo tudo ele falou com muita calma com ela,
Ele foi falando com ela pra ela acalmar um pouco porque ela realmente estava muito nervosa.
Ele falou pra ela sentar e esperar ele um minuto que ele iria lavar o rosto.
Mais ele acabou tomando banho também.
Ele saiu do banheiro só de cueca nisso ela Deu aquela olhada no volume dele pra ver como estava aquele coisa escura que estava mexendo com a cabeça dela.
ele colocou a água no fogo e pediu ela pra fazer um café pra eles que ele iria buscar os pães pra eles tomarem café.
A padaria ficava pouco a cima de onde eles estavam.
Ele foi saído a minha mãe falou que foi até o quarto dele e deitou na cama dele pra sentir aquele cheiro de homem deixando na cama ,
ela deu aquela cheirada bem forte e voltou pra cozinha correndo pra terminar o café ,
nisso ele voltou com os pães eles tomaram café aí ele chamou a minha mãe para eles irem conversar no quarto ,
ela falou que não iria entrar ali naquele quarto não que ela queria era umas resposta dele.
Ele falou pra ela que iria responder tudo que ela estava querendo saber.
Que la eles poderiam ficar mais a vontade.
Ele pegou na mão dela e falou pra ela ficar calma, pra que ela fica daquele jeito.
KD aquela mulher inteligente que ele conheceu.
Então ela levantou e foi com ele para o quarto dele, ela foi chegar no quarto dele e ela já começou a tremer toda ,
Aquela situação estava deixando ela muito nervosa ,
ele foi levando ela até na cama dele assim que ela sentou ele abaixou em frente ela e falou pra ela se acalma um pouco que tudo isso iria passar logo.
Então ele foi emburrado ela pra deitar na cama e foi deitando em cima dela nisso ele foi tanto beijos no rosto dela na testa dela até que ele passou a beijar a boca dela ,
A cada toque dele nela ia deixando ela com mais tesão.
ele começou a tirar a roupa dela mais ela não reagia porque no fundo ela sabia que tinha ido ali pra fazer aquilo,
Ela tinha ido ali pra sentir aquela coisa dentro dela pra apagar aquele fogo que ela estava sentindo.
Enquanto ele estava tirando a roupa dela ela ajudava ele até que quando ele foi tirar a calcinha dela ela segurou a mão dele e pediu pra ele não tirar.
Nisso o pinto dele já estava duro porque mesmo ele estando com roupa dava pra ela sentir aquela coisa escura querendo sair pra fora.
ele foi e tirou a roupa dele ficando totalmente pelado ali na frente dela se exibindo com aquela coisa dura que pra ela era enorme porque o único pinto que ela tinha visto na vida até aqueles dias era o do meu pai então ela estava achando ele muito grande pra ela,
Ela chegou a pensar de desistir com medo daquela coisa cheia de véia e dura como rocha na frente dela.
ele abriu as pernas dela subiu em cima dela e começou a esfrega aquele pinto duro e quente pôr cima da calcinha dela ele segurava nele pelo o meio e esfregava com força a cabeça do pinto dele na buceta dela,
Como ela estava ainda de calcinha aquela coisa fazia era dá mais tesão nela,
Ela estava com tanto tesão que ela passou foi sentir vontade de pegar aquela coisa ali no meio de suas pernas e colocar dentro dela logo pra acabar com aquilo.
ele ficava esfregando ele todo nela deixando ela cada vez com mais tesão e mais nervosa com aquilo que ela estava sentindo,
Foi até que ele puxou a calcinha dela de lado e colocou a cabeça do pinto dele na entrada da buceta dela ,
Na hora que ele começou a fazer força pra que aquilo entrasse nela.
Ela sentiu uma pressão na sua buceta,
aí ela falou pra ele que era pra ele ir com calma com ela porque já fazia muito tempo que ela não fazia aquilo com ninguém então era pra ele ir com cuidado porque ela era uma mulher casada e não podia chegar machucado em casa.
Ele falou que jamais iria machucar ela mais se ela sentisse qualquer coisa era só falar com ele que ele parava na hora.
Bom ele deu mais uma forçada e a cabeça do pinto dele entrou.
Ela estava muito molhada poriso não teve muita dificuldade pra entrar apesar dela achar que o pinto dele era muito grande não era aquela coisa toda não.
Ela sentiu um desconforto na entrada da cabeça do pinto dele mas nada pra fazer ela desistir.
A cabeça do pinto dele foi entrando ele parou na hora deixando só a cabeça dentro,
Enquanto isso ela Deu uma gozada tão forte que ela precisou procurar ar.
Ele tirou o pinto dele de novo pra fora e emburrou denovo pra dentro isso ele fazia so com a cabeça do pinto dele.
Ela entrou denovo e ela gozou outra vez naquele ponto dele.
Ela estava com dois probleminha um ela estava com um desconforto com aquilo porque ela nunca tinha ficado com outro homem a não ser o meu pai e o pinto dele era um pouco menor do que o dele.
E também porque já fazia muito tempo que ela não tinha uma relação sexual era muitos anos.
Ela também não tinha experiência de como ficar com um homem.
Ela só deixava ele conduzir as coisas e ela o acompanhava naquela loucura.
E a segunda era que como ela não tinha experiência e fazia muito tempo que não tinha uma relação sexual ,
ela não estava tanto conta de se segurar a cada estocada dele ela acabava gozando deixando ela a cada gozada muito fraca.
Mais a vontade de parar isso nem passava pela cabeça dela.
Então ela pediu ele pra dar uma paradinha pra ela se ajeitar melhor na cama foi onde ela arrumou uma saída pra tomar um fôlego.
Nisso ela pra ganhar mais tempo foi tirar a calcinha dela ficando também tota peladinha.
E resolveu voltar a luta deitou direto na cama e pensou agora só vou sair de baixo dele depois que ele gozar.
Ela se arrumou e chamou ele de volta pra cima dela.
Ele ainda não tinha passado nem a metade da rola dele pra dentro dela ainda isso era um sinal que ela iria passar pelo um maus momentos ainda.
Ele voltou a fazer do mesmo jeito levava a cabeça da rola dele até uma distância e voltava com ela pra trás.
Isso também dava pra imaginar que ele fazia isso era pra não machucar ela.
E a cada estocada dele ele emburrava mais um pedacinho pra dentro dela.
E as coisas repetia ela gozava e gozava até que chegou no final daquela rola quando ele foi puxa pra trás ela falou pra ele ficar quentinho ali um pouquinho.
Que não era pra ele mexer não.
Ela estava gozando e gozando até que ela deu uma paradinha de gozar mais ela já não era mais ninguém ali.
Todas as suas forças tinha ido embora.
Mais era só ele dá uma mexida que ela voltava a gozar denovo.
Ela fez ele ficar quentinho uns cinco minutos só com a rola dentro dela sem ele mexer um músculo.
Toda vez que ele ia mexer ela segurava ele e mandava ele ficar quentinho.
Depois de um tempo ela resolveu terminar com aquilo logo e mandou ele anda logo.
Ela estava tão satisfeita que ela não ficava pra mais nada podia acontecer qualquer coisa com ela que ela não iria ligar.
Ele começou o seu vai e vem entrando e saindo e nisso ele falava pra ela que ela tinha uma buceta muito gostoso que ela era muito apertada que ele nunca tinha comido uma buceta tão deliciosa assim.
Nisso ele fazia ela gozar várias vezes porque o meu pai era muito seco com ela nunca elogiou ela sempre aquele tipo de homem que sobe em cima gozar e desce se a mulher gozou bem se não gozou tchau.
Agora ela estava sendo valorizada se sentindo bem,
Ele estava dando valor nela fazendo ela se sentir uma mulher de verdade.
Ela falou que as coisas entre eles estavam tão perfeito que até a rola dele era de um tamanho perfeito pra ela que não machucava e enchia toda buceta dela como se aquele rola tivesse cinto feita propriamente pra ela.
Era tudo muito gostoso delicioso pra ela.
Mais quando ele gozou ela foi pra outro planeta.
Tudo naquela hora pra ela fez ela sair do seu corpo e ficar viajando no espaço.
Ele falava com ela mas ela mal escutava ele porque ela estava fora de se.
Ela ficou ali deitada tinha esquecido da hora dos compromissos das obrigações de tudo.
Então ela foi melhorando voltando aos poucos até que ela percebeu onde estava que tinha umas coisas pra fazer e já ia dando umas oito horas pra quem tinha saído de casa as cinco horas da manhã.
Ela só passou a mão na cabeça e falou agora eu vou resolver esse problema la em casa do meu jeito e só alguém fala alguma coisa que eu vou jogar tudo na mesa pra todo mundo.
Não vou mais aceitar viver do jeito que eu estava vivendo mais não.
Ela levantou foi no banheiro se lavou vestiu a sua roupa e falou para o senhor que ela iria no mercado e na volta pegava os temperos dela.
Ela deixou ele levantando e saiu pra ir no mercado.
Na volta ela passou la pra pegar os temperos mas ele não aceitava mais dinheiro da minha mãe ele arrumava tudo pra ela quando ela voltava ele entregava e ainda agradecia ela.
Ela foi chegar em casa já era mais de nove horas da manhã.
Meu pai não disse uma palavra pra ela nem perguntou onde ela estava ou porque da demora.
Ela deixou as coisas na cozinha e foi trocar de roupa pra fazer o almoço,
Ela falou que depois desse dia ela ia la pra casa do senhor duas ou três vezes na semana que isso tinha virado um vício para eles,
Ele arrumou um jeito que ela chegava não precisava nem chama mais ele era ela chegando e entrando pra dentro da casa dele porque ela passou a ter a chave da casa dele também.
Bom nisso eu lembrei que tinha que ir buscar a minha esposa mais a minha irmã na casa da neguinha falei pra minha mãe que iria buscar elas que já já eu estava de volta.
Deixei a minha mãe La e fui buscar elas.
Aquela história da minha mãe era nojenta pra mim mas acabou me deixando com tesão.
Da casa da neguinha chamei elas eles estavam la no quarto dos fundos mais pelo jeito eles estavam era conversando já tinha feito tudo que tinha direito.
Nós chegamos perto do curral eu falei pra elas que estava com muito tesão pra não chamar atenção em casa se tinha jeito delas me dá uma ajuda naquele momento.
Elas falaram que estava sujo e muito suja mais elas iriam me dar uma chupada pra mim não fica na mão.
Eu levei a mão na buceta das duas e realmente estava bem suja além de estar bem suja além das buceta dela estarem bem abertas,
pelo jeito o negão tinha comido as duas naquela noite eu avisei que amanhã averia mais.
Porque eu tinha que terminar o meu assunto com a minha mãe.
Elas se juntaram e me chuparam até eu gozar na boca das duas.
Chegamos em casa a minha mãe já tinha arrumado o quarto delas porque a minha irmã não podia dormir com nós aquela noite,
a minha irmã teria que dormir com ela aquela noite pra não chamar atenção da minha mãe.
Elas tomaram banho e nós vamos pra cama.
Eu ainda estava com tesão resolvi dar uma com a minha esposa em silêncio sem fazer barulho pra minha mãe não ouvi nada.
A minha esposa não queria deixar eu comer ela mas eu fiz ela ficar de lado subir o vestido dela e fui procurar um buraco pra enviar a minha pica.
Não foi difícil de achar não mesmo a minha esposa tomando banho ainda tinha porra dentro dela que estava lubrificando ela e o buraco da sua buceta estava bem aberta parecendo que tinha era enviado uma mão dentro dela.
Como o meu pinto e pequeno eu ajeitei no cuzinho dela ela ainda tentou me para mais eu nem quis saber fui emburrado a minha pica naquele cuzinho dela numa boa.
A minha esposa estava era preocupada com o barulho perto da minha mãe.
Eu comecei o meu vai e vem fui aumentando o ritmo até que gozei naquele cuzinho dela só assim eu consegui dormir.
Nós uma vez fizemos uma festa e nesse dia nós tiramos umas fotos não sei se ainda tenho essas fotos se tiver eu vou colocar pra vocês verem.
Vou deixar o resto pra depois até mais da uma olhada porque se eu achar as fotos eu vou colocando pra vocês verem como nós fazíamos.

Screenshot-20240206-185131essa

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,13 de 15 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

9 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Edu ID:2rukytdnh

    Muito bom e detalhado o relato sobre essas experiências da tua mãe com o homem dela. Se o teu pai não quer, ela tem o direito de arranjar um macho para satisfazê-la.

    Acho que vais ter que incluir a tua mãe nas brincadeiras na fazenda. Vai ser muito bom para ela e você ainda vai ficar com mais tesão.

    • Muleque doido ID:h5i705oij

      Mais o meu pai depois que operou ficou em capaz

  • Responder Jalima ID:1e1ncbqut7f9

    Cara ninguém aqui quer saber da estória da sua mãe. Queremos saber quando vc vai por limites na sua relação, como vc percebeu a buceta da sua mulher não presta mais, o rombo que cabe uma mão seu cacete pode dobra fazer um nó dentro que ela não sente nada. Vc viu que nem ela e nem sua irmã quiseram te dar. mais tarde ela não quis te dar o cu vc comeu sem ela deixar. vc percebe que quem manda nelas é o negão. Vc observou que na noite da festa ai na sua casa elas ficaram reclamando querendo ir pra casa do negão, foi só ele chegar elas pularam de alegria. Cara deixa essa puta manda ela ir embora pra casa do negão fica solteiro pra vc será bem melhor. Abandona essa fazenda e vai embora tenha amor próprio. se não deixar e for embora vai ser desmoralizado e virar piada na cidade toda. Cara esse conto está pior que o seu pior conto vida de caminhoneiro, nele pelo menos vc comia algumas putas diferentes.

    • Muleque doido ID:h5i705oij

      Kkkkkkk tudo tem o seu fim um dia nada e eterno.

    • Notade3 ID:8cipcmje42

      Se liga Jalima esse conto é a maior lorota, não perca mais seu tempo questionando o Muleque. E vc, Muleque, esquece a tua mãe e fala da tua mulher com o pretão… Essa cambada de chifrudo que vem aqui ler tuas histórias quer saber é disso… Teus contos são bons, mas fala só da tua chifradeira

  • Responder Caco ID:4aderorrd9k

    Velho não se importe com esses comentários negativos. Acho engraçado o cara não gosta e lê tudo só pra criticar. Se não gosta não lê e também nem precisa comentar, não é verdade? Só uma pergunta porque toda vez que vc escreve que alguém empurrou ou vai empurrar você escreve emburrar com B. Se for um erro de digitação tudo bem, mas se for vício de linguagem, como falar uma palavra errada a vida toda, com bassoura em vez de.vassoura, ou guspir em vez de cuspir, é só corrigir. Um abraço e continue assim, seus contos apesar de um pequenos problemas de português são muitos bons. Mas não é nada que um corretor de texto que todo computador ou celular tem não corrija.

    • Muleque doido ID:h5i705oij

      Eu nunca entrei numa sala de aula tudo que aprendi foi amigo ou amiga que me ensinou a escrever,
      Eu não tive como estudar então eu estou tentando melhorar escrevendo essas histórias pra vocês enquanto isso eu vou fazendo terapia também porque eu figuei impossibilitado de trabalhar e estava entrando em depressão,
      Achei uma válvula de escape e uma ocupação para ir passando o dia.
      Não saio de casa e o dia inteiro aqui em casa as coisas que tinha pra fazer em casa já fiz tudo e não tinha me restado mais nada pra fazer,
      Então eu passei a me pergunta porque eu ainda estava vivo fui procurar ajuda,
      Mais eu não dava conta de mim abrir pra ninguém,
      Um dia eu achei esse Sait e tentei escrever mesmo não sabendo escrever nisso eu fui me soltando mais.
      Eu estou melhorando muito o jeito de escrever,
      Gostaria de escrever melhor mais pra quem já passou oque eu passei essas críticas não me atinge isso só me deixa mais forte porque essa pessoas são doentes.
      Durante a minha vida eu escutei muitas histórias sobre traições pessoas que mexia com as próprias filhas mães que chegaram a ficar grávida do próprios filhos irmãos que ficava com as próprias irmãs tios tias gente que sabia que era corno mas tinha medo de perder as esposas mulheres que foram estupradas e o pior era que eles contava todos os detalhes pra mim,
      Então eu resolvi escrever sobre essas histórias que eu escutava algumas eu aumento um pouco outras eu conto como era me contando.
      Mais elas são verdadeiras mudaram algumas coisas só pra ficar um pouco melhor mas são reais.
      Eu quero lhe agradecer pelo o seu apoio muito obrigado.

    • Edu ID:2rukytdnh

      Parabéns, Muleque doido! Adoro o que você escreve. Pode ter alguns erros mas mostra sentimentos e sexo gostoso. Continua.

  • Responder Jjj234 ID:5ers3n20k

    Meu amigo sabe o problema vc virou um coitado, vc não é mais necessário enquanto tiver o negao vc só vai ser o provedor e nada mais, sua mãe faz isso e seu pai não importa o que ele era ficou na mão, a parceira dele se foi, quando ele.morrer ela.nem vai perder tempo em luto vai cair na rola de outro, e sua esposa tbm, me desculpa mas se vc morrer sua esposa não vai nem perder tempo com luto, o.grande problema é pra.que continuar casado por aparência melhor deixar ser solteira aí vc não tem a obrigação de nada já que o negão arrombou ela é agora vc não vai ser é nunca mais será suficiente. Entendo sua posição mais quando o homem só se torna só provedor melhor vc pagar uma puta pra comer pelo menos vc.sabe o que passa na cabeça dela, me desculpe mas o homem tem que por limites o seu já foi arrombado e sua.esposa só pensa no negro vc virou segunda opção. Se isso te deixa a.ilusão de ela te ama não se engane é só aparência.