# # #

Curiosas II

1837 palavras | 10 |4.68
Por

Meninas curiosas são as mais deliciosas sempre

A primeira reação das meninas foi de espanto. Elas ficaram paralisadas, embora não desgrudassem os olhos do meu pau. Instintivamente Kascia levou os dedos à boca. Ela devia tá morrendo de vontade de chupar meu pau. Comecei a bater uma punhetinha, bem de leve. Naquela situação meu pau ficou como uma pedra.
– Ta vendo como eu fiquei com tesão em vocês? Olha como meu pau tá duro. Venham mais perto.
Elas de entreolharam. Julia ficou parada, mas Kascia, que era mais atirada, veio e se ajoelhou perto de mim e ficou olhando fascinada.
– Eita tio, como é grande.
– É mesmo meu bem. É por que eu to com muito tesão.
– Vem Julia, vem aqui – disse Kascia.
Julia continuava em pé, parada no meio da sala.
– Vem Julia, fica aqui.
Julia se aproximou e se ajoelhou ao lado de Kascia. As duas estavam com seus rostinhos a uns dois palmos da minha pica dura, com os olhos arregalados, as boquinhas levemente abertas, cheias d’água.
– Que foi meninas, parece que nunca viram um pau.
– A gente já viu tio, mas não tão grande.
– Huum, já andaram pegando no pau dos namoradinhos, né?
Julia ruborizou, mas Kascia logo respondeu.
– Já tio, mas é que seu pau é diferente, parece maior, com a cabeça mais vermelha.
Achei graça de sua observação e perguntei se ela não gostaria de pegar, afinal o rubor de Julia e o atrevimento de Kascia me mostravam que era por ali que eu deveria seguir.
Kascia estendeu a mão e tocou de leve meu pau. Retirei minha mão e pus a dela no lugar, fazendo com ela me punhetasse. Pra isso ela se aproximou e passou a punhetar meu pau devagar, olhando-o em toda a sua extensão. Ela parecia fascinada
– você gosta Kascia ?
– Gosto tio.
– O que tá achando?
– É grande, quente.
Julia só fiava de lado nos observando.
– A cabeça tá ficando melada tio.
– Eu sei. É tesão. Chega mais perto.
– Pra que?
– Chega, você vai ver.
Ela aproximou seu rostinho.
– Sente o cheiro?
– Sinto
– É cheiro de porra de macho. Prova
– Ahnn?
– Prova. Você não queria saber se um homem gozava na boca de uma mulher. Então prova. Vai dizer que você nunca chupou um pau?
– Já.
Julia quase deu um pulo.
– Você já chupou Kascia?
– Já, chupei meu primo umas duas vezes.
– Por que você nunca me contou?
– Sei lá, fiquei com vergonha.
– e quando foi isso?
– Quando fui pra casa dele no interior. A gente ficou umas vezes. Ele queria me comer mais eu não dei de jeito nenhum. Eu só batia punheta pra ele e quando eu tava perto de ir embora ele me fez chupar umas duas vezes. Mas eu só chupava um pouquinho, depois batia uma punheta pra ele gozar.
– Kascia, você é uma puta, sabia?
– Ih, deixa de ser boba Julia, só não te contei por que fiquei com vergonha, mas ia te contar.
Julia tava sentida com a “traição” da amiga. Antes que essa raivinha acabasse coma brincadeira, me meti no bolo.
– É Julia, deixa de bobagem. O melhor é que vocês estão aqui, juntinhas. Você não queria ver a Kascia chupando? Então, ela vai chupar meu pau agora, não vai Kascia?
– Eu chupo pra você ver Julia.
Ela se aproximou do meu pau. A cabeça já tava melada. Kascia lambeu um pouco a cabeça. Julia nem respirava. Ela passou a dar beijos na cabeça. A cada um deles, o meladinho do meu pau lhe melava a boca e ela lambia um pouco os lábios. Eu estava extasiado. Julia perguntou:
– Era assim que você chupava seu primo?
– Não. Ele eu chupava todo, mas o pau do tio é maior.
Vê aquelas meninas falando aquilo como se fosse a coisa mais natural do mundo quase me matou.
– Vai Kascia, tenta colocar na boca.
Kascia foi abocanhando aos pouco. Não cabia dentro de sua boquinha. Ainda mais com aquela falta de experiência. Mas ela conseguia engolir até a metade. Julia já olhava bem de perto a amiga, com os olhos fechados, chupar a cabeça da minha pica, depois engolir até a metade. Kascia chupava bem pra idade, talvez nem tivesse chupado só duas vezes. Com as duas paradas, uma chupando, outra olhando, sabia que não aguentaria muito tempo. Resolvi tomar o controle da situação antes que eu gozasse.
Levantei do sofá e coloquei Kascia sentadinha nele e fiquei em pé em frete à ela, com o pau duro pra fora da bermuda. Julia também se levantou e ficou ao meu lado. Eu a abracei, mantendo-a bem juntinho a mim. Ela tava de blusa e uma sainha bem soltinha. Ela me abraçou, passando um dos braços pela minha cintura e aninhando seu rostinho no meu peito. Ali com o pau duro a um palmo do rosto de Kascia não precisava dizer nada. Ela voltou a abocanhar meu pau.
Aquela chupada tava uma delícia. Kascia chupava com mais gosto agora. Engolia mais o pau. Tava um pouco mais desajeitada é verdade, mas no fim, o saldo era positivo. Ela chupava mais rápido, engolindo e tirando o pau da boca, deixando até um pouco de saliva escorrer pela boca.
Julia ficava aninhadinha em meu peito vendo a amiga chupar. Ela tava adorando aquilo. De vez em quando eu lhe dava uns beijinhos no rosto. Aproveitei que ela tava ocupada olhando a amiga e dei um beijo mais demorado no pescoço, lambi um pouquinho. Vi que ela se arrepiou e me olhou assustada. Afinal de contas, apesar de tudo ela era filha do meu cunhado. Vendo sua reação, dei um beijinho no rosto.
– Tá tudo bem Julia. Esse vai ser um segredinho só nosso.
Ela hesitou um pouco, mas voltou a se aninhar em meu peito e a olhar a amiga. Kascia chupava um pouco, olhava pra nós com um sorrisinho na boca e voltava a chupar. Era quase uma brincadeirinha. Aproveitei a desci a mão cada vez mais pra bundinha de Julia. Quando a toquei ela me olhou mas não disse nada. Com certeza estava morrendo de tesão e suas resistências já estava enfraquecidas. Só voltou a encostar sua cabeça em mim.
Agora sabia que tava tudo livre. Eu alisava livremente a bundinha de Julia. Sua bunda era redonda, firme, quentinha. Uma verdadeira bundinha adolescente. De posse do seu rabinho, resolvi ir mais a frente. Coloquei a mão por baixo de sua saia e passeie por toda a extensão daquela maravilha. Julia não olhava mais. Apenas a força como sua mão apertava minha cintura indicava seus desejos. Quando apertei forte sua bunda, seus dedos também me apertavam. Podia ir em frente. Ela se aninhava mais forte em meu peito.
Passei a enfiar um pouco dos meus dedos por dentro de sua calcinha, percorrendo toda a extensão de sua bunda. Podia sentir seus pelinhos se arrepiarem. Senti que não aguentaria por muito tempo. Estava prestes a gozar. Segurei Kascia pelos cabelos e passei a controlar seus movimentos. Era minha ultima tentativa de controlar mais um pouco se segurar meu gozo. Ela agora chupava de forma cadenciada.
Mergulhei mais meus dedos no rego de Julia e atingi sua buceta. Ela me apertou com força mais não disse nada. Tava morrendo de tesão. Com sua cabecinha no meu peito sussurrei em seu ouvido:
– Manda sua amiga chupar mais forte que eu vou gozar, manda…
Sua respiração se alterou e ela ficou ofegante.
– Chupa mais Kascia, chupa…
Sua ordem veio com um misto de excitação, mais também de raiva. Parecia ainda tá puta com o fato da amiga não ter lhe contado nada. Fiquei surpreso em ver sentimentos desse tipo naquelas menininhas. Mais minha surpresa não foi suficiente pra não ver a oportunidade que se apresentava.
Kascia passou a chupar mais forte, apertando a cabeça do pau dentro da boca. Já usava bem a língua aquela vagabundazinha. Com os dedos mexendo na bucentinha melada de Julia, dei-lhe outra ordem.
– Diz pra sua amiga que eu vou gozar na boca dela e que é pra ela engolir tudo.
– Chupa Kascia. O tio vai gozar na tua boca e é pra você engolir.
Kascia tirou um pouco o pau da boca e ficou me olhando atônita.
– Manda ela chupar Julia, que eu já vou gozar.
– chupa Kascia. Chupa sua putinha safada.
Sua ordem veio dura. Julia tava gostando de dominar, de mandar na amiga. Kascia voltou a engolir meu pau e chupar com vigor renovado. Meus dedos mexiam rápido na buceta de Julia. Ela me apertava ofegante mas sem tirar os olhos de Kascia.
Não aguentei mais. Segurei Kascia pelos cabelos e gozei gemendo no ouvido de Julia e metendo os dedos em sua buceta. Seu mel quase que escorria pelas pernas. Kascia quase engasgava, mas não deixava ela se afastar. Gozei fartamente em sua boca. Podia sentir me meu pau duro os movimentos de sua boca tentando engolir… a maneira e o som da garganta quando ela engole algo.
Julia, com os dedinhos na buceta e vendo a amiga encher o boca de porra quase gozava em pé, me agarrando. Quando soltei os cabelos de Kascia, elas se olharam e Julia lhe acariciou o rosto. Elas riram mutuamente. Com meu pau na mão, já meio mole, Kascia apertou de leve. Uma última gota de porra escorreu pela cabeça. Ela abocanhou de novo me causando um choque no corpo todo.
Logo depois ela se levantou e disse que ia lavar a boca. A sós com Julia, olhei seu rosto. Ela me devolveu um sorriso. Vi o quanto ela era linda. Dei-lhe um selinho. Um dos muitos beijos que ela ainda receberia depois. Kascia voltou.
– Vem Julia, vamos pro quarto. Disse rindo
– Tá bom.
Elas saíram rindo. Antes de desaparecer no corredor em direção aos quartos Kascia me olhou e disse:
– Valeu tio. Eu gostei, depois a gente repete.
As duas morreram de rir e saíram. Chamei por Julia. Ela me olhou.
– Ajeita a calcinha.
Ela se virou, de um jeito despudorado que eu não esperava, e levantou a saia mostrando sua deliciosa bunda. Enfiou os dedos e ajeitou sua calcinha que tava enfiada no rego. Me olhou e trocamos sorrisos. Enquanto ela me olhava mostrei os dedos que estavam enfiados em sua buceta e os levei à boca, chupando-os devagar. Ela olhou ruborizada. Quando parecia que ia dizer alguma coisa Kascia surgiu e a puxou pro quarto.
– Vem Julia, anda…
E as duas se forma casa adentro…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,68 de 63 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

10 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Seupadre ID:1daicwo0m3

    Continuação de Feriadão no Sítio – A Namorada – já publicada.

  • Responder Perverso ID:1wh12n8k

    Interessa o assunto chama no tel
    W.l Vargas💦

  • Responder JHONY ID:1eim07qq8zcn

    Espetacular esse conto, da pra sentir a realidade e imaginar muito claramente a cena…..
    Só pela continuaçao!

    • Seupadre ID:1daicwo0m3

      Valeu. Vai ter continuação

    • JHONY ID:1eim07qq8zcn

      Kd a continuaçao???
      Ancioso…..

    • Seupadre Valeu ID:1daicwo0m3

      a caminho

  • Responder @safado ID:1djp2cmuyu92

    Como maravilhoso ❤️

  • Responder Anônimo ID:gqb091pd2

    😋💦💦continua

    • Seupadre ID:1daicwo0m3

      continuação a caminho

  • Responder Victor ID:w71zduhk

    Muito bom