# #

A história da Mariana parte 4

1167 palavras | 3 |4.00
Por

Como uma garotinha que perdeu a virgindade começa o apronto no colégio em que foi matriculada

Continuando a parte 3 ….

E assim fui crescendo, matriculada em um bom colégio, frequentado por crianças filhos e filhas de gente classe média alta, então me vi em meio que apesar de ricos, rolava muita putaria entre eles.
Mas euzinha ainda novinha e sendo frequentemente usada pelo meu pai, me senti à vontade naquele novo ambiente.
As regras eram rígidas, como usar roupas bem comportadas, andar com a camisa do colégio, roupas apropriadas para fazer educação física, e os alunos trocariam as roupas no vestiário.
Como dizia era dia de educação física, no fim da aula todos foram se trocar no vestiário que como sempre no vestiário feminino rolavam diversas conversas incluindo sexo.
O papo tão descontraído que eu percebi que eu era a única a estar seminua, todas saíram do vestiário e fiquei sozinha me trocando, eu escutei um barulho na porta, mas não me importei e quando chega por trás de mim me dando um puta susto ele: Diego.
Eu estava de sutiã e short jeans e nem fiquei com a “frescura” que muitas mulheres tem de ficar de sutiã e quando aparece um homem fica se escondendo. Mas então eu perguntei à ele:
-: O que você tá fazendo aqui? Perguntei eu
-:Diego então respondeu…Percebi que tinha alguém aqui ainda e fui ver quem era e vim aqui!
-: E se te pegarem? Retruquei
-: Relaxa bebê (era assim que ele me chamava) ninguém vai me pegar aqui!
-: Então tá! Respondi
-:- Mas, hein bebê, você é mais gostosa do que eu pensei!
-:- :Haha seu bobo! Respondi rindo fazendo uma carinha de safada
-: Quando que eu vou te comer hein?
-: Não sei!
– :Acho que vai ser hoje!
-: Nem…vem que não tem falei sorrindo
– :Deixa-me ver essa bundinha, deixa.
– :Não. Pra ser sincera, tenho um pouco de vergonha, pois eu tenho a menor bunda da sala!
– :Mas é a menina mais bonita da sala!
-: Ain brigada!
-: Não tem de que, agora deixa eu ver esse seu popó , ele falava passando a mão da minha bunda, eu tirava mas ele colocava de novo, eu estava com a minha camisa na mão, ele pegou de mim e falou:
– :Então bebê vai ficar sem camisa!
-: Então bebê vai ficar triste! Continuou ele
-: Mostra a bunda neném!
– :Tá eu mostro, concordei, mas só para uma passada a mão!
-: Ok. – Abri meu short jeans fiquei de costas e abaixei deixando só a bunda empinada à mostra.
Fiquei olhando pra ele e percebi que o desejo dele em mim era grande. Diego não resistiu e meteu a mão, eu tentei sair fora, mas não resisti, mas também, fingi que não queria.
Ele abaixou o meu short até em baixo e ficou atrás de mim roçando seu pau duro na minha bunda suas mãos em meus seios me deixavam louca de tesão, meus biquinhos estavam empinados e minha xoxota estava começando a ficar molhadinha.
Virei de frente pra ele com uma respiração ofegante Diego colocou o meu corpo com o dele sua mão na minha bunda e as minhas nos seus ombros e falei:
-: Pode devolver a minha camisa?
-: Tá mais, vai ter que mostrar seus peitos!
-: Ah não. Vamos fazer algo melhor!
– :Tipo oque?
-: Isso. – Me ajoelhei e abaixei as calças dele que ficou de boca aberta, não acreditava que eu estava fazendo aquilo.
Eu abaixava suas calças devagar, quando eu tirei as calças dele vi aquele caralho dele duro que nem pedra, tinha mais ou menos 15 cm com uma grande cabecinha pontuda.
Eu o masturbei por uns segundos e coloquei na boca, eu tinha adquirido experiencia com as minhas noites com meu pai.
Comecei a mamar naquele caralho devagar e fui aumentando a velocidade, eu chupava com uma fome querendo o pau do Diego me fodendo,
Diego me pega pelos cabelos e enfia seu pau na minha boca pressiona minha cabeça contra o seu pau.
Como não tínhamos muito tempo, ele me levanta e abre meu sutiã deixando meus seios de fora, ele dá uma mamadinha nos meus pequenos seios da época, me deixa com a bunda empinada eu me apoiando nos armários.
Diego coloca minha calcinha de lado e dá uma lambidinha na minha xoxotinha antes de me foder, ele ajeita seu pau e começa a meter devagar e foi aumentando a velocidade da metida.
A dor era pequena, minhas pernas tremulas, de olhos fechados e nervosa sem poder gemer eu conseguia ficar me segurando, começava com dor e depois ficava gostoso.
No momento em que ele metia rápido, sentia escorrer um líquido quente na minha perna, mas não vi o que, era, apenas passei a mão e limpei na calcinha, ele metia com voracidade.
Depois de tanto tempo dele passando a mão na minha bunda e finalmente me comer. Ele anuncia que ia gozar
-:Bebê falou vou gozar na tua xoxota e eu disse
-: Não, quero que goze na minha boca, ele tirou o pau de dentro da minha xoxota e eu rapidamente me ajoelho, ele me puxando pelos cabelos se masturba eu olho diretamente pra cara dele com a boca com sede de porra, quando ele finalmente goza e foram três jatos
O primeiro vai nos meus lábios, o segundo vai dentro da minha boca e o terceiro nos lábios novamente, coloco toda porra na minha cara dentro da boca e engulo tudo.
Logo volto dar uma chupadinha no pirulito dele e para se despedir um beijão de língua. Me arrumo e volto pra sala de aula.
Na troca de professor, eu peço permissão para ir ao banheiro e vou com uma amiga a Juliana que chamarei de Ju.
A Ju ela é lésbica, tem a minha altura cabelos médios e olhos castanhos tinha seios grande pra nossa idade e uma bundinha média lindamente arrebitada.
É uma das minhas melhores amigas ou a melhor amiga que eu tive e foi com ela que tive minha primeira relação lésbica, depois que dona Carmem me ensinou logo depois da primeira noite na minha nova casa.
Mas conto isso depois, mas naquele ano ela diz que não tinha se despertado interesse nas mulheres que eu discordo, sempre que rolava uma oportunidade agente dava um selinho.
Fazer sexo é esvaziar o corpo, fazer amor é preencher a alma. Sexo é apenas sexo, mas o amor ah é phoda
Espero que tenham gostado, desta quarta parte, a quinta será postada, em seguida.
Quem quiser me fazer feliz comente e me deem sugestões, meu e-mail é [email protected]

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,00 de 5 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Rafael ID:3cin5lybt0k

    parabens pelos relatos, tenho algumas historias com Pre Teens, sao as melhores, de repente me escreve @jrafael83

    • mikaela ID:8eez5vj742

      Recado entendido vejo a noite depois que mau Daddy for dormir tipo 22:00 horas

  • Responder Rafaella ID:7xbyxpzfi9

    Delicia.. adoro relatos de sexo rapidinho, e bem descritos !
    Beijos Florzinha !