#

meu pai apanhou-me a espreitar ,e a masturbar-me na porta do meu tio (3)

1198 palavras | 2 |3.67
Por

o meu pai como veio mais cedo do que o costume, apanhou-me a espreitar á porta do meu tio , e a masturbar-me

sou a Dula de novo, então ,segunda feira , saia ás 17,20 , da escola , moro a 100 metros de casa , 17,30 , estava em casa , quando entrei estava o meu pai ao telefone , dei-lhe um beijo , e ele disse sobe que já vou ter contigo , fui tomar um banhinho rápido , estava eu a sair da casa de banho com a toalha enrolada em mim , e o meu pai estava a subir as escadas , eu entrei no meu quarto , deitei-me em cima da cama de barriga para baixo , ele entrou tirou-me a toalha , e disse , que beleza , assim vou dar em louco , vou tirar uma foto , vou mandar encaixilhar , e vou pendurar no meu escritório , a mãe não vai conhecer , esse corpo lindo , ele tirou os calções deitou-se em cima de mim , beijou-me o pescoço , , eu senti o pau no meu cu bem teso , foi descendo sempre a lamber , chegou ao meu buraquinho do cuzinho , lambeu tanto o buraquinho , que eu estava quase a vir-me , de seguida cuspiu , e enfiou dois dedos no buraquinho e foi mexendo rodando , eu percebi , ele está a tentar a alargar o buraquinho do cu ,será que vai meter o pau dentro do cuzinho , adorava , voltou a cuspir , depois meteu os dedos na pitinha , e o dedo mais grosso enfiado no cuzinho , bem estava de tal ordem , que eu fiz xixi , e eu disse , pai eu fiz xixi , ele continuou , de seguida começa ele a esfregar o pau no cu , eu disse , pai mete , mete dentro , ele tentou meter , eu senti ele quase a entrar , de seguida voltou a meter os dedos dentro do cuzinho , eu voltei a fazer xixi , e de seguida eu vim-me tanto , e meu pai descarregou toda aquela leitada em cima do meu rabo e nas costas , adorei , o meu pai deitou-se ao meu lado estivemos a beijar-mos , eu disse , pai , eu fiz xixi duas vezes , quando tu meteste os dedos dentro do cuzinho , é normal filha , eu disse pai, porque não metes-te o pilau dentro , eu senti ele lá dentro , só a pontinha filha , mais umas tentativas , que tem que ser aos poucos , e como sabes temos muito tempo filha , ele disse, tu és mesmo muito sensível no cuzinho , muito pai , eu fico louca quando me lambes e metes a língua no cuzinho , e tu pai não gostas de meter no cuzinho , gosto e muito filha , a mãe também é assim como eu sensível , filha , a tua mãe nunca gostou muito dessa área , e ainda por cima aconteceu uma coisa , que ainda hoje me acusa de que fui eu o culpado , não quero falar disso filha , ainda estou magoado com isso , eu disse , pai agora fiquei curiosa , não vais me contar , não filha , agora não , se calhar um dia , ele abraçou-me , beijamo-nos muito e reparei que já estava com o pau bem direito , eu comecei a chupar , tentei meter o mais possível dentro da boca , e passado algum tempo ele já gemia e eu pedi , pai , vente dentro da boca , na cara , nos olhos , espalha esse leitinho todo em cima de mim , ele assim fez , eu esfreguei todo o leitinho na cara até secar , ele beijou-me na boca e disse , tu és aquela filha que todos os pais deveriam ter , és um sonho , amo-to tanto filha ,eu fiquei tão sensibilizada , que comecei a chorar , e ele, então filha , eu , desculpa pai , eu sou um chorona , e comecei a beija-lo , e disse pai também te amo muito , adoro-te pai , és o melhor pai do mundo , o meu pai, filha vamos tratar de nos arranjarmo-nos que a tua mãe não tarda nada está aí , de seguida ele foi para o escritório, eu fiquei cá em cima a ver televisão , a minha mãe chegou , sempre muito faladora , e disse filha queres me ajudar acabar o jantar , ela de manha antes de ir para o salão ,deixa sempre o jantar adiantado , depois de jantar claro que estivemos a ver a novela , que todos nós gostamos de ver , a seguir á novela , a minha mãe , ainda ando ensonada , vou dormir , fiquem bem , disse , e nós ficamos mesmo bem , encostei-me ao meu pai , ele estava muito calado , eu disse , pai estás com sono ,não filha não , estou só a pensar , já sei o que estás a pensar , sabes , sei , queres-me contar aquilo da mãe , ele , tu és demais , não era mesmo o que estava a pensar ,tu já lês os meus pensamentos , vês pai , solta cá para fora , só te faz mal , guardar uma coisa que se calhar nem é assim tão importante , és capas de ter razão filha , vez quando eu disse que todos os pais deviam ter uma filha assim , não foi á sorte , faz algum sentido , eu vou contar filha , até porque não é assim tão importante , eu é que fiquei ofendido , aí vai filha , a mãe pelos vistos desde bem nova que tem hemorroides externa no anos , é desconfortável , fás comichão doi , sangra , o problema de tudo isto , é que a tua mãe claro que quis experimentar fazer sexo anal , com todo o direito , eu ainda por cima aprecio bastante , e de seguida aquilo naturalmente ficou bem pior , ela ainda hoje diz que fui eu o culpado , ela padece desse problema desde bem nova , podia-me acusar se eu a ferisse , provocando fissura anal , que isso é bem mais incomodativo , e isso acontece se forçar , se introduzir o penes com alguma violência , o que não aconteceu , pronto só isso filha , ela continua com esse problema , agora vai resolvendo co pomadas com gelo , que pelos vistos se sente bem melhor ,pai , e o que é isso das hemorroides no anos , amanha eu mostro-te , ou melhor , vai buscar o teu portátil que já vais ver , e então vi , são umas bolas de sangue á volta do anos , é mau mesmo , eu disse pai , será que eu vou ter também , não penses nisso filha , tu não te pareces com a mãe em nada , como dizem, tu és a cara chapada do pai , e é verdade , és alta , a mãe também é , és forte como eu ,a mãe é muito magra , tens os olhos do pai , a maneira de ser , é pai até o andar , és pai , da mãe tens só a altura , que afinal somos todos altos , tem calma filha , não sofras por antecedência , demos uns beijinhos , e o meu pai disse ,eu vez , já estou arrependido de te contar , eu pedi desculpa e disse não vou mais pensar nisso , boa filha , assim é que se fala , vamos dormir , eu disse , não queres tentar meter mais um bocadinho no cuzinho , agora eu sei que também gostas e não tens onde meter , filha , a mãe pode acordar , estás esquecida que a mãe está em casa , desculpa pai , tá, vamos dormir , amanha quando vieres da escola , vamos tentar mais um bocadinho , agarrei-me ao pescoço , beijei-o tanto , eu amo mesmo o meu pai . bjs ( continua)

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,67 de 6 votos)

Por #
Comente e avalie para incentivar o autor

2 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Safadinha ID:1dak0j678l

    Já tive várias conversas sobre sexo com meu tio mas sempre foi só conversa ele me explica tudo quando tinha 9 anos ele já falava sobre isso comigo hj tenho 13 e sempre ele me fala explica tudo de sexo até enfia o dedo na minha buceta na primeira vez dói um pouco mas de tanto ele por um dedo já não dói mais tem vez que chega por até 3 dedo e fica se masturbando na hora de gozar ele coloca a cabeça do pau dele na minha bundinha e exguixa sua porra toda no meu vizinho aí tira e soca na minha buceta até o fundo e fica ali até goza outra vez mais isso só acontece nos dias que minha mãe me deixa na casa dos meus tio minha tia trabalha a noite então eu faço a parte de ser mulher dele eu não sei mas quando estou com ele me sinto muito mulher adoro ser penetrada por ele

    • Raphael Shima ID:19p1k6ueh

      Me envia um e-mail querida. Você é uma cachorrinha hein!
      [email protected]