Minha primeira vez (real)

Com uma mente ingênua e infantil, corpo em formação e sem pêlos algum, com meus 14 anos não tinha malícia em nada. A história que vou relatar acontece no início da minha puberdade, eu tinha cabelos castanhos claros, continuo sendo branquinho e era um pouco gordinho na época. Sempre fui um menino tímido, de poucas palavras e bondoso. Na época eu não tinha muitos amigos, eram apenas dois, um chamado Leonardo tinha 16 anos um menino um pouco solitário com pais separados, tinha cabelos loiros, pele branca e bem magrinho, e Bruno também com 16 anos um menino mais comunicativo e expressivo também, tinha os cabelos escuros e também magro e branco ( nomes fictícios ).
Eu não ligava e nem parava para pensar em qual seria a orientação sexual de ninguém, porém Leonardo já havia dito que era apaixonado por uma menina na escola, enquanto eu e o Bruno só pensávamos em jogos.
Durante um tempo me afastei de Leonardo e assim paramos de nos falar, enquanto isso minha amizade e intimidade com Bruno ficava cada vez maior.
Todos os dias após a escola eu visitava Bruno para jogarmos ps2, um jogo de luta baseado no anime Naruto. Foi assim durante muito tempo, as horas e os dias pareciam muito curtos diante tanta diversão. Mas um certo dia Bruno disse que não queria mais jogar e disse para eu aproveitar e aprimorar minhas técnicas e me deixou jogando contra um personagem automático do jogo.
Eu como me envolvia tanto com aquele jogo demorei a perceber que Bruno passava todo tempo deitado atrás de mim sobre a cama e eu ali sentado a sua frente, sentia carícias em minha bunda, com movimentos suaves e circulares passava horas repetindo os movimentos e abaixando cada vez mais minha calça. Assim que percebi disse para ele parar, mas ele fez uma expressão de desintedido e me questionou o porque daquilo e eu não lhe respondera nada.
Passado mais alguns dias e se repetindo as carícias todas as vezes durante nossas tardes eu comecei a gostar e permitir que Bruno ousasse cada vez mais. Em uma dessas tardes com Bruno deitado atrás de mim e eu sentado na beira da cama fui me mexer para ver se dificultaria as carícias que recebia de Bruno, ao me mexer o pé de Bruno entrou dentro da minha calça e ficava mexendo os dedos em minha bunda, já que meu peso não permitia ele movimentar muito seu pé, eu permanecia estático, naquele momento Bruno foi tomado pelo tesão, levantou ficou de joelhos atrás de mim sobre a cama e encostando seu rosto perto do meu pescoço, me fazendo arrepiar, pediu para que eu abaixasse a calça e assim o fiz. Levantei da cama e abaixei a calça junto da cueca e me apoiei em uma mesa onde ficava o computador de Bruno. Ele veio por trás e encostou seu pau duro e todo babado em minha bunda, tentou penetrar, mas como não tinha nenhuma experiencia e jeito não conseguiu, por varias vezes tentou e não conseguiu, mas como havia babado e melado toda minha bunda aproveitou e começou a esfregar seu pau entre as nádegas e por uma ultima vez tentou penetrar, colocou somente a cabeça, mas pela dor que senti não permiti que continuasse, voltou a fuder minhas nádegas até que gozasse, assim que gozou em minha bunda eu levantei minhas calças porque tinha vergonha da minha nudez e fui embora, bati uma bela punheta e gozei muito. Após isso não falei mais com Bruno e nem Leonardo, atualmente os dois se assumiram gays e eu contínuo no armário realizando minhas fantasias com alguns carinhas que conheço em aplicativos de pegação. Hoje tenho 20 anos, pele branca, corpo magro liso em sua maioria, pernas grossas e peludas, boca carnuda e levemente avermelhada e tinjo o cabelo de ruivo.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,00 de 1 votos)
Loading...