# # #

Lembranças da adolescência 2

871 palavras | 2 |1.80
Por

Dando continuidade algumas historia do meu passado, em uma época que sexo entre primos não era tão incomum e de certa forma até normal.

Casa 01 – Karla 17/18, Carlos 16 (Descritos no conto 01) e Kátia 14 morena mais clara que os irmão, boca bem carnuda e com sorriso largo, mais gordinha que a irmã o que fazia os peitos já se destacar, bunda redonda e delicia como a irmã
Casa 02 – Eu (Fábio) 15 (Descritos no conto 01), Lucia 13
Casa 03 – Pedro 11 João 10
Vizinho – Luiz +/- 14 anos, (Conto 01)

Todos nós nos envolvemos em algum momento, à medida que os outros forem entrando na história faço a descrição física.

Tentar colocar os acontecimentos em ordem, já faz um bom tempo

Como relato anterior, acabei descobrindo o sexo no famoso troca x troca, ja tinha uns dois meses que todas as oportunidades nós aproveitavamos pra fazer sexo, Luiz estava cada vez se mostrando um putinha, com o tempo descobrimos que outros colegas da rua estavam comendo ele, mas derrepente o Carlos começou a não ter mais tanto interesse e até evitando levar o Luiz ou autro garoto pra casa (Chegamos a comer mais uns 3), o que estava me prejudicando kkk, visto que precisava da casa dele pra fuder, afinal ele ficava a trade toda sozinho em casa ( Karla trabalhava em uma padaria e a Kátia estudava a tarde e eu muito pouco, até que de tanto eu perguntar o que estava acontecendo ele acabou me contando que um dos garotos contou pra Karla que o Carlos estva fazendo troca x troca com outros garotos, Karla no primeiro momento fingiu não ligar, mas quebrou o pau com o irmão não querendo que ele virasse viado etc.., no meio das brigas foram várias, ela acabou tendo a BRILHANTE ideia de mostrar ele como era transar com mulher, ela aproveitou uma noite que a tia iria dormir fora e foi pro quarto dele, pelo que me contou, ela já chegou quase pelada, ela primeiro começou a beijar a boca com desejo, lembra que nessa época a gente mal sabia beijar, depois ele começou a chupar os peitos gostosos dela, aí veio a melhor parte, ele chupou a primeira buceta na vida, ela gemendo gostoso e depois ele começou a meter na buceta molhada dela, disse que gozou como nunca, depois que ele me contou duas coisas aconteceram, primeiro fiquei louco de tesão em comer ela também e não dava pra conter, acabei dando uma enrabada no Carlos como nem imaginava. Combinei com ele de achar um jeito com a Karla, a sorte sorriu para mim uns 30 dias depois, ela saiu da padaria e passou a ficar em casa, combinamos do Carlos contar pra ela que eu também estava na putaria, imaginamos que ela faria a mesma coisa comigo kkk, não foi bem o que aconteceu, ela ficou puta por eu ter enrabado o irmão dela, um dia chegando da escola ela me chamou na casa dela e começou a pagar sermão, me chamando de FDP etc, que eu não tinha vergonha de fazer isso com o primo etc, que a vontade dela era contar pra minha mãe, nessa hora o sangue subiu e apelei com ela, no meio da briga chamei de puta e disse que seria ótimo ela contar que enrrabei ele e ela poderia aproveitar e contar que deu a buceta pro irmão, parecia que eu tinha dado um tapa nela pela reação. Aproveitei o momento e falei que não precisava brigar, que somos família e que nos 3 podíamos continuar fazendo sexo, ela me chamou de safado e disse que não nebreconhcia afinal eu era o tímido e inocente, não perdi tempo e dei um beijo gostoso passando a mão nela toda. Fui tirando a roupa dele e chupando os peitos como um bezerro, ela ensinando como fazer certo, já na cama dela ela mandou eu descer dos peitos a buceta, beijando e lambendo o corpo dela, cara quando cheguei a buceta, não vou mentir na hora fiquei na dúvida, ela pegou minha cabeça e segurou e mandou chupar e lamber, senti o gosto meio ocre, de buceta que deve ter mijado e só secou com o papel, mas fodas, fui pegando o jeito e ela rebolando na minha boca, passou um pouco ela trava minha cabeça com as pernas e começa gemer alto, líquido começa escorrer, descobrir que tinha feito ela gozar na minha boca, depois fiquei sabendo que foi a primeira vez que ela gozou na chupada, ela me puxou pra beija minha boca e meter na buceta dela, que sensação maravilhosa aquela buceta quente e molhada.
Fui metendo com vontade e não demorou eu gozei muito, quando sai de cima dela estava suado e exausto, nem imagina que seria tão gostoso, ficamos um tempo relaxando e ela me fez gozar na boca dela com um boquete perfeito, nos vestimos e combinamos que iríamos continuar nosso amor de família, continuamos transando entre nós, ate que certa vez fizemos os 3 juntos, eu ela e o Carlos, mas outra história e ainda falta a entrega da Kátia e da minha irmã Lúcia

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 1,80 de 5 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

2 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Legolas ID:bf9sybyb0k

    tu publica a parte 2, sem ter a parte 1 ? serve de nada

    • Lobo45 ID:8efh52w20a

      Lembrança da adolescência 1