# #

Carlinhos, com quinze anos, estréia como menina

875 palavras | 10 |4.29
Por

Eu Carlinhos com quinze anos, adorava fingir que era gay, mas só para meninas, pois adorava ver o olhar de deboche delas. Gostava de ir à praia onde era ponto de LGBT, quando conversava com umas garotas e surgiu minha prima Eliane e me viu pela primeira vez na versão viado e sorrindo disse: você até que fica bem assim! Fiquei surpreso e chocado com o flagra da minha prima, mas aquilo me excitou. Expliquei a ela que não era gay, apenas gostava de fingir para as garotas. Ela disse que ser gay, é um estado de espírito e que se eu me sentia bem assim, deveria seguir em frente, mas dando atrás, que ela acha que eu iria gostar e que além disto, estou vendo alguns olhares masculinos em você.
Disse que ela e duas amigas iriam passar 20 dias em Salvador e que como era Carnaval iria ser muito divertido. Me convidou para ir com elas, e disse que eu poderia fazer “minha estréia” nesta viagem. Disse que queria ir sim. Ela iria falar com a amiga que conhecia a dona da cobertura em Salvador e que voltava a falar comigo.
No dia seguinte me ligou e disse que a amiga achava ótimo eu ir junto, e depois que me descreveu a amiga disse que era bom eu parecer uma menina, pois a dona da cobertura, tinha imposto uma condição: homens não poderiam dormir lá, só visitar. Eliane me falou que como nós temos o corpo parecido, ela me emprestaria, vestidinhos, shorts e biquinis. Aquela situação me deixou animado, quando minha prima me chamou para passar um fim de semana na casa dela em Ipanema, para me preparar para a viagem.
Chegando lá, uma das amigas, linda por sinal, disse que eu tinha muito poucos pelos e que ela iria me depilar todinha e cortar meu cabelo para ficar bem feminina.
Me depilaram e cortaram meu cabelo “corte Chanel” e que eu poderia disfarçar em casa, usando um elástico. Em casa meus pais não perceberam nenhuma mudança em mim.
Chegou o dia da viagem e fui encontra minha prima na casa dela na véspera da partida. Minha prima que morava com a mãe, tinha explicado a minha situação para a mãe que me recebeu muito bem e ajudou a me arrumar para a viagem, vestidinha de garota. Até que eu fiquei bem bonitinha e ainda ouvi da tia um elogio sincero: – Nem parece um viadinho, está um garota muito linda! Aproveitem bem a viagem pois dizem que os baianos são muito quentes.
Fomos de carro e fiquei nervosa com a idéia de descer do carro de “menina”, quando paramos na estrada, mas que nada, foi um barato, tive até paquera de um rapaz na lanchonete. Chegando em Salvador, a dona da cobertura nos recebeu e disse, bem vindas, vocês meninas e o viadinho lindo que vcs trouxeram para alegria dos baianos. Descansamos da viagem e fomos à praia e eu de biquini oncinha e saída de praia também igual. Deitamos nas toalhas para pegar um sol, quando começa a azaração. Vieram uns surfistas e começaram a conversar com as meninas e puxaram conversa comigo: -Estás gostando de Salvador? Eu disse que tínhamos chegado ontem, mas que estava adorando a cidade e as pessoas. Eles sentaram ao lado de nós e um deles parecia que estava interessado em mim. Fiquei conversando com ele e contei tudo, que estava em Salvador para “minha estréia”, quando ele me sapecou um beijo de língua, estremeci com aquela lingua dentro da minha boquinha, mas fiquei muito excitado, quando ele disse para irmos na casa dele, eu disse que preferiria ir na na casa em que estávamos.
Fomos para a cobertura eu, ele e as meninas com outros rapazes. Chegando lá, fui com o surfita para a sauna que estava desligada. Lá chegando sentou do meu lado tirou a peça de cima do biquini e começou a chupar meus pequenos peitinhos e me deu outro chupão na boca. Fiquei doida, quando ele tira o calção e aparece aquela pica linda, grande, grossa e toda lisinha. Eu pega naquela rola e começo a bate uma punhetinha, quando ele pressiona minha cabeça em direção aquele pau que estava duro e brilhando. Dou uns beijinhos e logo começo a chupar pela primeira vez uma rola. Chupei muito, muito até ele encher minha boquinha de semem, que engoli todinho. Depois ele me manda ficar de quatro, dá uma cuspidinha na mão e começa a lubrificar meu cuzinho, enfiando dois dedos nele, segundo ele, para já ir acostumando a uma nova bitola. Encosta aquela pica dura em meu cuzinho e sem cerimonia, vai entrando, aos poucos, mas enfia tudo, me fazendo sentir as bolas na bunda, quando começa a por, tira, por tira, me enlouquecendo, gozando muito e eu também. Foi maravilhoso.
Chegando na sala, minha prima e amigas perguntaram: e aí? Já és uma de nós? Sorrindo e feliz, disse que sim e queria agradecer muito o que fizeram por mim.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,29 de 17 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

10 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Claudia ID:8efbxrsk09

    Parabéns Carlinhos, você experimentou em grande estilo. Se preparou, ficou uma gatinha e o baiano resolveu te namorar, com beijão e tudo o mais. E é muito bom ver uma garota como você, depois da primeira transa, achar que foi maravilhosa.

  • Responder luiz ID:dlns5khrd

    Ta velho que li um conto tao ruim igual a esse

  • Responder Julio ID:g61why20k

    Eita mentirada …um novinho aguuentar uma rolona dessas 29cm grosso que só vemos em videozinhos..
    Kkskskskskskskskkssksksk!!!!

    • Carlinhos ID:8efbxrsk09

      O meu conto não tem nem as medidas da piroca, foi um comentário do Ivinho. Concordo com vc de que uma piroca de 29 cm, seria desastrosa para um iniciante. O máximo que já encontrei, foi uma rola grossa de 24 cm de um gaucho. Mas apenas chupei bastante e tirei uma selfie abraçado com a majestosa …

  • Responder Ivinho ID:8efegwpxib

    Que vou postar amanhã segunda-feira 12 Setembro de 2022.

  • Responder Ivinho ID:8efegwpxib

    Que vou postar amanhã segunda-feira 12/09/2022.

  • Responder Ivinho ID:8efegwpxib

    Digo: o porteiro bengala de 29cm grosso e de chapeleta descomunal que me foi apresentado pelo Paulinho porteiro da noite que substitui o seu Antônio porteiro do prédio que meus familiares alugavam na década de 90 na Região dos Lagos onde passávamos o Carnaval que foi o meu primeiro macho a comer meu cu.

  • Responder Ivinho ID:8efegwpxib

    Uma lindo início, desejo que você conheça um verdadeiro negro baiano que faça você sofrer e gozar em sua pica grossa e de chape descomunal como o porteiro pengala q)da noite que substitui o seu Antônio (primeiro macho que me início como gay) que vou postar amanhã seIvigunda-feira.

  • Responder Carioca ID:8efbxrsk09

    Gostei da sua experiência. Se preparou para ficar uma garota linda, se depilou, cabelo corte Chanel, biquini de oncinha e logo apareceu um baiano, pronto para te namorar.
    Você recebeu um beijo de língua e gostou muito né? Você transou no primeiro encontro com o rapaz, que deve ter ficado louco de tesão, pegando uma garota como você, tirando o cabacinho e gozando na boquinha …

  • Responder Veronica ID:8efbxrsk09

    Gostei da estória. Você começou sua vida sexual com sucesso, perfeita, sem traumas. Agora é só seguir em sua trajetória, cercada de muitos machos, que vão adorar comer você e você vai adorar dar o bumbum e mamar leitinho quente.