# # # #

Minha maninha novinha e sua amiguinha

848 palavras | 6 |4.50
Por

Depois de alguns dias chupando que nem louca a bucetinha infantil de clara ela me trouxe uma amiguinha da sala dela

Este conto e continuação do outro minha irma de 9 anos.
Clara nao trás ninguém em casa normalmente, sempre fomos muito reservadas eu minha mae e ela também, mais ainda depois do que aconteceu comigo e com a Clarinha.
Depois disso sempre pedia sigilo para ela, nao contar pra ninguém sobre o que acontecia dentro de casa. Pra gente nao era certo. Mas a carne é fraca e sempre me pegava pensando na Clarinha, no gosto da sua bucetinha na minha boca, no cheiro da sua pele muito bom lembrar.
Era uma sexta feira e a Clarinha nao tinha me avisado que a amiga dela viria pra passar a noite pra elas brincarem. Ela iria ir embora sábado de manhã o nome dela é Pietra.
Ela é baixa pra idade tem olhos castanhos e cabelos muito lisos e pele cor de caramelo
Ja fez a minha mente ir pras lembranças carinhosas no banho com a Clara e começou a me dar formigamento nas pernas, fui pro meu quarto deixei as duas na sala brincando falei: que iria me deitar por que eu nao estava bem pedi pra elas nao botar fogo na casa e subi, me masturbei que nem louca e cochilei. Ja era mais ou menos 19h quando assustei e vi as duas me olhando com cara de espanto, nao lembrava bem o por que estava estava muito zonza e muito molhada.
Elas falaram que ja estavam com fome fui preparar o prato mais fácil de fazer macarrão com queijo preparei dei a elas e comemos vendo um filme do nada a Pietra pergunta a Clara se ela ja beijou algum garoto a Clara responde calmamente que nao garotos não.
Eu fiquei petrificada com macarrão quase saindo pelo meu nariz de tao nervosa que tava. Ai perguntei: porque dessa pergunta Pietra?Ela responde”que pra Clarinha beijar tao bem ela teria que ter beijado varias bocas igual a mim eu ja beijei varios garotos Clarinha foi a primeira garota”
Nesse momento me deu uma pontada de ciúme.
Mas n falei nada, mas a danada percebeu que eu mudei de comportamento e como era sapeca
(e narcisista) ela disse nao liga vc nao eu também posso beijar voce. Eu disse q nao ia rolar mas ela insistiu a por favor eu ja ate mexi na sua xota eu e a clarinha chupamos vc por isso que acordou com a xota molhadinha eu disse q isso nao se faz com alguém que dorme. Por isso estou pedindo pra vc acordada . Mas pensei por um estante e perguntei se isso sairia daqui, ela disse q nao entao planejei minha pequena vingança. beijar ela e negar seu orgasmo por tempo suficiente pra ela implorar pra gozar como já tava na merda mesmo comecei perguntando se elas ja ouviram a expressão beijo triplo elas disseram em unisono não
Entao ia ser o primeiro das 3 coloquei elas no Sofá e falei é um beijo comum mas com um a mais no começo estava desajeitado mas pegamos o ritmo mandei elas continuarem peguei uns brinquedos da sex shop coloquei a clarinha no colo e fui passar o vibrador no corpinho dela eu disse pra pietra q nao era pra parar de beijar ela
assim ela continuou e clara tendo alguns tremores tirei a blusa ela tava confortável e fui passando o vibrador no pescoço braço e as tetinhas começando a aparecer depois na barriga e pedi a Pietra pra tirar tbm a blusa
Ela nao tinha tetinhas formando o que deu mais tesao ainda e deitei ela em uma perna e a clara em outra
Enquanto passava o vibrador em uma passava a mao em outra beijava uma e beijava outra
Falei pra tirarem os shorts as duas obedeceram
E comecei a passar o vibrador nas pernas sem encostar na bucetinha delas tava muito bom so de lembrar ja molho toda
Fiquei passando uns bons minutos sem encostar
Na bucetinha ate q a clara foi a primeira encostei no grelinho dela ela era caladinha mas foi se mechendo e eu falava pra ela segurar a tensão nao relaxa segura firme acabei enfiando o vibrador nela e arranquei seu cabacinho assim q enfiei ela gozou muito e ai foi a vez da Pietra perguntei se poderia fazer o mesmo ela disse q sim então comecei o mesmo processo passar o vibrador sem encostar ela ja era mais escandalosa gemia q nem putinha
Eu disse pra ela continuar relaxada e sentir o vibrador na pele quando cheguei na bucetinha dela ela gemia tanto q calei ela com um beijo mais forte grudei o vibrador no grelo dela segundo ela pra nao mexer eu queria deixar ela implorar por ter feito o q fez mas eu gosto de ver a cara de satisfação ao gozar
Fiz a mesma coisa mandei ela segurar a tensão e nao relaxar enfiei com todo carinho na bucetinha arrancando o cabacinho dela tbm foi a melhor noite da minha vida.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,50 de 24 votos)

Por # # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

6 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Pedófilo de bh ID:8ef2nnmt0i

    Delícia

  • Responder JSS Telegram ID:81rd29tt09

    Nossa estou de pau duro aqui vem ver

  • Responder Dom pedo ID:8efk3eab09

    Caralho que conto delicioso, cheguei a gozar e ainda esta super duro

    • Messin ID:w735kv9a

      Tem twitter ou instagram?

  • Responder Was ID:gstxrpxia

    Nossa gozei sem nem topar no meu pau

    • Paloma ID:5h7lvkxz

      Excelente amei. Beijos!!!