#

desejos ocultos

1428 palavras | 1 |4.36
Por

Sempre tive muito respeito pela minha, família passando uma boa imagem dos meus cinquenta anos de idade .
Porem por não seguir os princípios religiosos deles e estar no quarto relacionamento nunca fui visto com bons olhos principalmente pelo pastor Alcebides casado com minha irmã Marli .
Mas quando da minha quarta separação minha esposa expos vários fatos do nosso relacionamento que a levaram a terminar nossa união e fui afrontado e humilhado pelo pastor que conseguiu arrumar mais de mil adjetivos para blasfemar contra minha pessoa.
Sai daquela reunião familiar humilhado afrontado até mesmo moralmente abatido e a dois anos não tinha contato com nenhum parente mais.
E foi com espanto que após este tempo vi Marli minha irmã visitar a chácara onde moro para passar uns dias pois estava precisando espairecer as ideias segundo ela.
Sempre fui libertino e pervertido mas nunca com nenhum familiar então eu a tratei como sempre com respeito e atenção e para ser discreto nem comentei sobre ela estar aqui , porem certamente algo acontecera.
Somente no terceiro dia que ela estava ali foi que ela aos prantos desabafou comigo e disse da sua frustração, após vinte dois anos de casada descobrir a traição do pastor Alcebides que a deixou completamente arrasada .
Ela que sempre lhe fora fiel e com seus quarenta anos de idade nunca teve olhos para nenhum outro homem a não ser seu marido e agora não queria ver ele na sua frente nunca mais .

Deixei ela desabafar e chorar a vontade , e não sei porque mil demônios atentaram minha mente e senti um desejo de transformar aquela mulher pura e casta numa puta devassa , já maliciosamente abri uma garrafa de vinho e ela que sempre abominava o álcool não se fez de rogada e sorveu vários copos enquanto nós conversávamos sobre estes acontecimentos já estávamos na terceira garrafa .
Foi quando aconteceu a deixa que eu estava ansiosamente esperando.
MINHA VONTADE É SE TRANSFORMAR NUMA PUTA E DAR PRA TODO O MUNDO PRA ME VINGAR DESTE FILHO DA PUTA.
Ela proferiu meio grogue caímos na risada e então eu disse em tom de brincadeira que se fosse uma com certeza seria a melhor pois tinha o meu sangue e que eu era muito bom em libertinagem e putaria.
ENTAO VOCE ME ENSINA A SER UMA PUTONA DAQUELAS BEM PIRANHAS MESMO .
Ela falou sorrindo e mesmo que sobre o efeito do álcool estava rubra envergonhada por proferir tais palavras ,pois nunca antes ousara ou imaginara falar algo assim, VOCE ESTA COM TUDO EM CIMA COM CERTEZA SERIA MUITO ASSEDIADA ,eu disse elogiando a sua boa forma.

Marli estava encantada olhava para mim sorridente e logo abaixava os olhos como se estivesse envergonhada, fiquei em pé me aproximei dei um abraço nela por traz ela permanecia sentada fui ousado naquele momento era tudo ou nada se desse errado me justificaria pondo culpa no excesso de vinho e corri minha língua pelo seu pescoço ela se encolheu toda arrepiada.
Então chafurdei minha língua molhada fundo na sua orelha ela gemeu um ai que soou como música para mim levei minha mão por sobre sua blusa afaguei seus seios ela não ofereceu resistência, nenhum protesto aceitando de bom grado minhas caricias cada vez mais atrevidas.
Ensandecido não sei como eu já tinha deitado ela por sobre a mesa rasgando suas vestes ela aturdida estava mole um pouco pelo efeito do vinho e não tive dificuldade nenhuma em a deixar totalmente nua sobre a mesa afaguei seus seios grandes e beijei sua boca senti os biquinhos irem ficando entumecidos pontudos , e o que me incentivava a prosseguir e que em momento algum ela pediu para parar com aquele ataque abusivo que eu estava lhe impondo.
Uns gemidos luxuriosos escapavam dos seus lábios lambi seu umbigo fazendo ela se debater e desci minha boca por suas virilhas e uma imensa mata de pelos cobriam seu púbis abri caminho com os dedos e fiquei admirando a bocetinha rosada dela que mais parecia uma rosa desabrochando e fiquei soprando meu hálito morno por toda a extensão de sua fenda ela segurava meus cabelos se contorcendo e gemendo baixinho eu a vi meneando a cabeça para os lados como se estivesse possessa .
Só então depois de tortura-la com o calor do meu hálito foi que dei a primeira lambida em sua vulva e vi seu clitóris despontar pontudo me concentrei nele chupei aquele grelo em formato de um pintinho de bebe ela deu um grito lascivo delirante puxando meus cabelos cravando as unhas com ambas as mãos na minha cabeça.
Chorou e gemeu igual uma cadela no cio e com a voz entrecortada pelo choro ela dizia do prazer que estava sentindo sendo chupada pela primeira vez na vida , seus líquidos escorriam em abundancia e eu sorvia aquele néctar dos deuses totalmente embriagado pelo olor adocicado que corria de suas entranhas ela teve convulsões como uma epiléptica gozando ensandecida na minha língua que trabalhava avidamente na sua bucetinha cheirosa que se contraia abrindo e fechando com seus espasmos de gozos .

Até ela desfalecer talvez por estar tendo um prazer nunca antes sentido , ficando encolhida totalmente inerte, então eu a peguei no colo e a conduzi em meus braços para a cama.
Ela despertou chorosa soluçante os cabelos emaranhados caminhei levando-a, ela envolvendo meu pescoço com seus braços , e murmurou no meus ouvidos sem nenhum pudor .

ME FODE COMO NUNCA EU FUI FUDIDA, ANTES ME COME ME COME BEM GOSTOSO DEIXA EU EXPERIMENTAR ESTE PRAZER QUE IGNOREI POR TANTO TEMPO .

Contemplei aquela fêmea totalmente no cio que pudicamente cobria os olhos com um braço mas totalmente arreganhada a espera de ser penetrada, pincelei a cabeça do pau na sua racha que transbordava igual uma fonte , uma fonte de prazer com as mãos abri ainda mais suas pernas e fiquei admirando a vulva peluda dela úmida pelos seus líquidos que escorriam misturados ao suor que deixava seus pentelhos molhados exalando um perfume animalesco de sexo .

Toquei a entrada da sua gruta melada com meu pau, sua buceta parecia que mamava na cabeça do cacete fui penetrando curtindo cada milímetro que entrava dentro dela que ofegava ansiosa para ter ele todinho dentro das paredes vaginais que iam se abrindo como um túnel literalmente arregaçando-a como se fosse a primeira vez dela .
Ela gemia chorosa afirmando que meus dezesseis centímetros eram muito grande , eu tive certeza ali que Marli fora mal comida naqueles vinte e dois anos que estivera casada e que só faltava era mesmo dar um trato naquela cadela que ela iria delirar com rolas enormes muito maiores que a minha com certeza .
Senti meus pelos se enroscarem com os dela e fiquei estático deixando somente o pau pulsar dentro dela que se esvaia em gozos profundos que ela afirmava nunca antes ter sentido, seus orgasmos percorriam seu corpo fazendo com que por instinto não por pratica ela peneirasse o pélvis se esfregando insana para sentir o pau todo dentro dela , então comecei uns movimentos lentos Tirando e colocando dentro dela ate que comecei a estocar forte seguidas vezes rapidamente fazendo ela ir ao delírio possessa molhando os lençóis com seus gozos que chegavam a esguichar de tão alucinada que ela se sentia.

Então gozei fundo como se quisesse atingir suas entranhas com minhas golfadas de porra dentro dela que mais uma vez perdeu os sentidos pelo prazer que insana sentia.
Depois de me esvair tombei ao seu lado ficando ofegante pela batalha que travara , após alguns segundos ela esticou a mão tocando meu pau , abaixou a cabeça e ficou admirando aquele nervo que estivera dentro dela começou uma leve caricia, enquanto cheirava e lambia provando também pela primeira vez o gosto da porra proferindo palavras nunca antes ditas por sua boca.
CASSETE ,ROLA, PICA TORA , FERRO , CARALHO PAU, .
Ela sorria e mamava igual uma bezerra faminta repetindo os adjetivos que se lembrava para o caralho que tinha em mãos .
Enquanto eu imaginava tudo o que ainda estava por acontecer , pois com certeza finalmente tinha encontrado a puta que eu tanto procurava e que estava tão perto e eu nunca imaginara. .

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,36 de 25 votos)

Por #

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder lyah

    kkkkkk qualidade só ta caindo nesse site… cada coisa que anda aparecendo