# # #

O Filhinho Novinho de Ana – Parte 3

812 palavras | 15 |4.86
Por

Continuação dos contos anteriores, leiam desde o primeiro, quando iniciei minha putinha filho da minha cozinheira

Continuando:
Comecei a mexer a cintura metendo meu pau extremamente babado naquela boquinha quente. Segurando ele pelo queixo enfiava cada vez mais meu pau naquela boquinha. Eu estava deitado e ele mamando de 4 sobre a cama. Virei a bundinha daquela putinha pro meu lado salivei os dedos, puxei a calcinha de lado e comecei a lacear aquele cuzinho. Enfiava e tirava meus dedos. Até que consegui colocar 3 dedos. Ele já começava a gemer fininho igual moça do vídeo. Deixei ele na cama coloquei uns travesseiros embaixo de sua cabeça. Me posicionei na altura de sua cabeça e comecei a bombar naquela boquinha toda babada. Forçava meu pau naquela boquinha quente e aos poucos fui conseguindo enterrar até um pouco depois da metade. Meu pau já deslizava pra dentro de sua garganta. Fui acelerando as estocadas naquela boquinha gulosa. Ele ia segurando e empurrando minhas coxas qdo eu ia muito fundo. Se engasgado um pouquinho. Foi nesse momento que não consegui mais segurar e me acabei em jatos de porra dentro da boquinha que foram direto na garganta da minha putinha. Pressionei sua cabeça com meu corpo para não deixar ele escapar. Após isso tirei o cacete ele levantou assustado e meio sufocado, fez uma carinha de choro. Eu o abracei. Instintivamente meu pau começou a dar sinal de vida novamente. Comecei beijá-lo naquela boquinha toda babada e com gostinho do meu leite. Ele me agarrou novamente e meus dedos foram de encontro com seu cuzinho que piscava rapidamente. Ele logo estava mais calmo e com tesão. Totalmente entregue novamente. O coloquei de 4 e comecei a lamber e esfregar meu queixo com barba naquele cuzinho infantil. O cheiro era inebriante. A pele macia e muito delicada. O coloquei na quina do colchão, coloquei os travesseiros embaixo de sua barriga o deixando deitadinho na quina da cama bem empinadinho. Tirei o lubrificante da gaveta e lambuzei o cuzinho e o meu pau.

– Lucas o tio vai colocar o pau todinho dentro do seu cuzinho, vai doer um pouco mas vc precisa confiar em mim ok?

– Tá bom tio.

Coloquei meu pau na porta do cuzinho e comecei a pincelar. E roçar o pau na sua bundinha. Meu cacete estava extremamente duro e pulsando e já babava novamente. Me inclinei sobre ele, colando meu corpo no dele e virei sua cabeça de lado e comecei a enfiar toda minha língua naquela boquinha. Lambendo e mordiscando aqueles lábios pequenos e macios. Apontei meu cacete naquele cuzinho e cravei inteiro. Sem dó. Numa estocada só. Tapei a boquinha dele com minha boca e fiquei ali parado sem fazer movimento nenhum apenas segurando ele e beijando enquanto ele se debatia. Após alguns minutos ele parou de se debater. E foi amolecendo. Seus olhos estavam cheios de lágrimas. Comecei a me mexer lentamente. Metendo vagarosamente naquele cuzinho quente igual fogo. Totalmente dilatado na minha pica. Esfregava minhas mãos por toda as suas cotas indo até o cabelo e apertando sua cintura. Aos poucos ele parou de choramingar e começou a gemer. Eu encostava meu peito naquele corpinho e beijava sua boca com meu pai todo enterrado e acelerava cada vez mais as estocadas. E ele gemendo de olhinhos fechados. Fui acelerando o ritmo até não aguentar mais e gozar muito naquele cuzinho. Qdo gozei senti que ele meio que desfaleceu e ficou todo molinho. Levantei ele no meu pau sem tirar de dentro e levei ele abraçadinho pro banheiro.
Entramos embaixo do chuveiro liguei, ao cair a água ele acordou. Nisso meu pau desencaixou daquele cuzinho e senti escorrendo meu sêmen. No chão vi a mistura de porra, sangue e um pouco de sujeira também, foi descendo pelo ralo. Lavei aquele cuzinho que ficou todo vermelhinho e dilatado com um buraquinho bem rosinha avermelhado. Dei mais umas lambidas. Saímos do banho. Lucas estava meio calado. Voltamos pro quarto mandei ele vestir as roupas dele.

– Lucas vamos comer um lanche? – Eu perguntei para quebrar o gelo.

– Vamos tio. Meu bumbum ainda tá doendo vai ficar assim pra sempre? – ele disse meio manhoso.

– Não. Logo vai sarar e vc vai se acostumar. Doeu pq agora vc já é uma mocinha. Virou minha menininha putinha. – eu expliquei.

– Vamos poder fazer assim sempre? -ele perguntou mais animadinho.

– Se você quiser sim! Mas só se você gostou. Você gostou? – falei fazendo carinho em seu rostinho.

– Sim tio Ricardo, gostei muito!

– Só não pode contar pra ninguém. Pois é nosso segredo. Ok?

Dei um beijo nele e depois fizemos um lanche e voltamos para o restaurante.

Se você gostou e quer que eu conte mais deixa um comentário. Conta também se vc já transformou algum novinho em sua fêmea.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,86 de 37 votos)

Por # # #

15 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Estuprarnenem

    Gruupo de abuso de nenenzinhos quem quiser entra me chama no telegram e escreva “eu quero entrar no grupo” aqui esta o contato: @Estuprarnenem

    • H

      Hey. Cade o grupo??

      @heitorcarentener

  • Responder AnônimoJDeere

    Né veado,em vez de ir atrás duma mulher formada parte pra veadagem com um menino inocente,criança ainda por cima em,que lindo!Veado,cuidado,sou o John Deere,estou pelas ruas e comigo veadagem e veado acabam!

    • Maria vera

      Bela porcaria

    • Dijôn diri

      Você vadia

  • Responder Lucas

    algum site novo de sexo.

  • Responder luiz

    porra vc foi demais que conto maravilhoso, como é gostoso comer um novinho ainda mais uma elaçao assim bem defenida o novinho é sua menininha, vc tem pau GG foi bom demais continue escrevendo

  • Responder Fagner

    Deixem o telegram

  • Responder Luis Comedor

    Delicia seus contos. Quando eu era mais novo, com meus14,15 anos, uns novos vizinhos, eles tinham um filhinho de uns 8,9 anos não tinham crianças na rua, e ele logo se apegou comigo, e começou a ficar na minha casa, onde praticamente ficava sozinho. Fui aos poucos fazendo brincadeiras de lutinha, e na pegação aproveitava , passando a mão na bunda dele apertando, fui fazendo com que as coisas ficassem mais quentes dando castigos na brincadeira. Em pouco tempo ele estava chupando meu páu como castigo, tomava toda a porra, e eram varias chupetas todos os dias. Já nem precisava mais as brincadeiras, ele já vinha pra mamar. ai comecei a colocar os dedos em seu cuzinho até ele acostumar, enquanto chupava meu páu. Certo dia pedi pra mãe dele deixar ele dormir em casa, como ficava direto la ela deixou de boa. Nessa noite comi seu cuzinho a noite toda ( nessa epoca 14, 15 anos o cacete não amolece nunca). Choramingou na primeira metida, da segunda em diante rebolava no cacete e gozou pelo cu varias vezes. Viruo minha putinha até seus 15 anos,usava calcinha e tudo. Depois começamos a nos ver menos. Ele continua louco por cacete, mas não demonstra,tá até namorando uma gata pra disfarçar .

  • Responder @Garoto_Sigiloso

    Cara continua muito boa a história, chama no Telegram @Garoto_Sigiloso tesão.

  • Responder @Garoto_Sigiloso

    Cara continua muito boa a história, chama no Telegram @Garoto_Sigiloso

  • Responder Anônimo

    contimua amigo

  • Responder miana

    As meninas também adoram sexo, talvez ★ Adoramos sexo ainda mais do que você … algumas têm vergonha de mostrá-lo .. ★ Suas preferências sexuais .. compartilhe conosco .., acesso gratuito .. (copie o link) ➤ plu.sh/platform

    • Luis Comedor

      oi tud bem ??!! Você pode me explicar o que é esse link copiei tentei ebtrar nas não consegui encontrar. Como devo fazer ??!! Adoro foder com garotas bem safadinhas, e as que fazem o tipo bem comportadas em familia então , são as melhores. Seus pais , amigos e familiares nem fazem ideia, de quem realmente é essa menina mulher . E as mais velhas, namoradas, noivas, Esposas então. Todas recatadas, boas mães, esposa exemplar , membro das suas igrejas. Más entre 4 paredes Verdadeiras putas devassas e Deliciosas . E o Corno , esse !!! Coitado nunca irá saber quem realmente é sua amada Esposa. Bem se puder e quizer , me explica como fazer pra entrar em contato contigo. meu E-mail é [email protected]

    • Adrielle

      Quer saber pra serve esse link ???
      Pra encher o seu celular de vírus…pode acreditar.
      O que vem junto, quando consegue abrir o link, é uma festa.