#

Depois de iniciado… como resistir a rola dentro do nosso cu

626 palavras | 3 |3.69
Por

A inocência nos leva a viver momentos de tranquilidade,mas quando somos iniciados e gostamos de sentir um a rola dentro do nosso cu…como resistir ao assedio

Na minha adolescência a minha vida era mar de rosas aonde vivia indo a escola,brincando com colegas e tendo momentos de puro lazer,amava jogar futebol e apesar de ser um pouco tímido as coisas corriam bem ,mas certo dia o pessoal resolveu brincar de esconde esconde e me vi entrando nesta e curtia ninguém me pegar ,mas certo dia fui me esconder numa viela e ficava agachado olhando o movimento,e atrás de mim veio um rapaz que queria ver a rua também e para isso precisava se encostar em mim,e senti sua mão se apoiando na minha bunda,e aos poucos ele deslisava e comecei a sentir algo novo,e me senti estático,e ele foi deixando sua mão entrar por baixo do short e senti tocando na minha pele e seu dedo no meu cu.
Nesta época com meus 16 anos tinha um corpo delineado,e uma bunda bem lisinha e admirada pelos amigos que muitas vezes me enchiam o saco,e me vi estático sendo tocado pelo colega,e senti ele tirar sua mão,mas logo ele deslizava meu short,e senti a minha bunda exposta e ele foi encostando seu corpo,e para minha surpresa ele tinha abaixado o seu short,e a sua rola dura roçando o meu rego.
Me vi totalmente sem ação e senti a rola dele deslizando no meu rego e foi em busca do meu anel,e senti ele se posicionando ,e suas mãos me seguraram pelas ancas e sem poder me mexer fiquei a sua mercê e ele me segurou com as suas mãos e pressionou a rola que entrou de pronto a cabeça,que dor mas aguentei calado e logo senti ele tirar a rola e entrar de novo e me vi curtindo ele me comendo e me trazendo uma nova realidade.
Perdi a noção de tempo com ele me comendo gostoso e algo quente jorrou dentro do meu cu e logo ele tirou e ergueu seu short e foi embora e me vi me arrumando e voltando ao pique.
Me lembro que eu o olhava de lado todo cheio de medo e ele sorrindo se achegou e me perguntou se tinha gostado,e balancei a cabeça e ele me convidou a ir a sua casa no outro dia brincar de troca troca e.
Voltei para casa e fui tomar banho e me via diferente e cheio de duvidas,mas no outro dia fui a casa dele e logo fomos ao seu quarto e ele foi me explicando que tudo que ele fizesse eu faria depois com ele e me mandou ficar pelado e de 4 a beira da cama e senti seu dedo no meu cu,e logo ele passou gel na rola e no meu cu e veio com tudo me comendo e disse ao meu ouvido,você tem um cu muito gostoso,e todos os predicados para ser um viado..submisso e aguenta a rola.
Depois de um tempo ele gozou dentro do meu cu e ficou todo arriado sobre o meu corpo,e se levantou e foi tomar um banho e até hoje espero o final da troca.
Depois que me vi sendo iniciado e amava dar meu cu me vi indo a casa dele varias vezes na semana ,mas aos poucos ele foi se esquivando,e me vi com vontade de ter uma rola dentro do meu cu e do nada outro garoto dos seus 18 anos me convidou a brincar de troca troca e me vi nu com ele me comendo e me deixando saciado,mas nada de troca e sabia que a minha sina era de ser viado satisfazendo os machos.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,69 de 13 votos)

Por #

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Primo com saudades

    Delicia de contos com primos me fez viajar sem sair do lugar e relembrar meu primo que me comeu deliciosamente. Hummm parece que sinto aquele leite quentinho nas minjas entranhas ate hoje.

  • Responder Metedor

    Deiciaa de conto adoro viadinho assim

    • Passivo discreto Recife

      Se você fosse de Recife eu mamaria sua pica todos os dias e você ia fuder meu cu bem gostoso