A evolução de uma putinha 10

Autor

Aie meus machos, sou a Mary mais uma vez para contar mais sobre minha vida . Bom é o seguinte , a minha vida ia correndo bem, malhava no gym todos os dias e era currada por uns 3 ou 4 cada dia, ia na escola e brincava com os moleques mamando os paus deles pequeninos em troca de grana e por vezes era “estuprada” pelos irmãos desses moleques quando saía da escola, e por vezes ao fim de semana ia na discoteca com minhas amigas e era currada por uns 10 caras diferentes , mas ficava bêbada não conseguia lembrar bem só deixava eles fazerem fila para mim. Eu adorava essa vida , foder muito, beber muita porra gostosa mas eu queria alguém com quem pudesse partilhar minhas histórias por isso arrumei um namorado, ele na altura tinha 24 anos e eu 16 , ele tinha carro e grana e me comprava muita coisa e eu compensava com meu rabão claro. Mas sem ele saber eu continuava com a minha vida de putinha, adorava ficar a arder da buceta e do rabinho e chegar com barriga cheia de porra, o mais incrível é que ele sabia que eu andava dando para outros enquanto tavamos namorando, ele dizia que lhe dava tesao me imaginando com outro homem. Bom no dia que fiz 17 anos o meu namorado queria fazer uma surpresa a mim , eu não fazia ideia do que era, ele vendou meus olhos e me puxou para seu carro e seguimos, ele disse que a viagem seria longa então propus que me deixasse mamar no pau dele enquanto não chegávamos , o pau dele é muito grosso mas não é grande, é saboroso também não conseguia parar de mama lo, passando uma hora chegamos, saímos do carro e ouvi um portão a abrir , parecia um armazem pq cheirava mal , entramos andamos um pouco e ele conduziu me para sentar numa cadeira , “ tá pronta para sua surpresa Maria? “ “ siiim me dá logo” eu não fazia ideia mesmo o que seria então sinto um pau a pincelar minha cara me ri um pouco e abri a pouca abocanhando ele todo, pude sentir que não era do meu namorado e pensei “ ele arranjou um homem para me comer enquanto nos vê?” Dps de uns minutos a chupar sinto outro pau a pincelar minha nuca e achei que ele se fosse juntar num ménage a trois, pensei errado! Já estaria outro a pincelar meu pescoço e outro e outro e outro, carai fiquei assustada , tratei logo de procurar com as mãos e puseram mais paus na minha mão, de repente alguém me tira a venda dos olhos e vi um monte de homens a minha volta e todos gritaram “Parabeeeens!” Eu me molhei toda ao ver que tava num armazém abandonado muito grande e tava rodeado por pelo menos 500 homens com pau ereto , eu não acreditava naquilo quase desmaiei mas me fiz de forte e me ajoelhei para chupar todos os paus que conseguisse “ façam fila por favor meus amores eu vou cuidar de vcs todos!!!” Foi incrível, era o paraíso de pau, grandes pequenos, lindos feios, altos baixos, tinha todo tipo de homem querendo me comer!!! Só digo uma coisa , foi a primeira vez que fiz dupla penetração no rabo e na xana ao mesmo tempo, sim 4 paus enfiados em mim ao mesmo tempo e ainda tinha dois paus na boca, foi a melhor suruba da minha vida, uns gozavam dentro dos buracos, outros gozavam direto na boquinha , outros faziam repuxo para mim, e havia outros que fizeram um buffet encharcado com porra que eu tratei de provar tudo, feita com porra, pao barrado com porra, tudo e mais alguma coisa. Era aquilo que eu queria como prenda, ficar totalmente preenchida, durou umas 8 horas aquela suruba até ficar o meu namorado para o fim, eu nem levantava, para me mover tinha que me arrastar num rio de porra , o meu namorado ainda não tinha me comido e passou a comer me, ele pegava no meu corpo morto e me fudia como um louco, eu gritava de dor e de tesao, me fodeu de todas as formas, ele sabia mesmo satisfazer me, no fim me deu o pau para beber a porra diretamente da fonte e engoli tudinho ficando cheia e me levou para casa, no caminho ainda mamei mais o pau dele , queria até a última gota, ele confirmou mesmo que eram uns 500 homens fazendo fila para me comer e me deu um beijo de boa noite e me largou na minha cama, no dia aseguir já tinha os buraquinhos fechados e ainda cheia de vontade para ser arregaçada outra vez.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,60 de 5 votos)
Loading...