Transando com dois no natal

Meu nome é Thiago, já escrevi alguns contos aqui, ( transando no trabalho I, II e III, transando com um negão, transando com o vizinho, transando com 7 na sauna do hotel, e dando pro Júnior e Cleiton – o homem que vende queijo)
Hoje vou contar, o que rolou na festa de natal que fiz em casa, como minha esposa estava viajando a trabalho e ia passar o natal sozinho, resolvi chamar alguns amigos pra passar o natal comigo em casa, na arrumação durante a tarde, minha amiga Amanda chegou em casa com o namorado dela, o Bill, e um amigo dele, o Carlos, e disse que precisava ir ao salão se arrumar justamente pra festa, então para eu fazer companhia pra eles enquanto ela ia lá, como já tinha terminado tudo concordei de imediato, já que conhecia o Bill a algum tempo ( sempre com ela ) o Bill é um negão, de 1,80M de altura, porte atlético, alto, boca bem desenhada, coxas roliças, bunda meio tímida, mas atraente, e uma mala fenomenal, e, seu amigo Carlos, era um pouco mais baixo que ele, magrelão, branco, e pela cara dele, demostrava ser bem safadinho!
Bom, a Amanda saiu, ficamos nós três ali batendo papo, daí rolou um papo de putaria, como era a transa com essa ou aquela garoto, daí o Bill vira pra me e pergunta:
Bill: – e você Thiago, já levou uma rola grande alguma vez!
Eu: – não sei!! responde meio envergonhado.
Carlos: – ah!! mano vai dizer que você só curti pau menor??
Bill: vai mano só tem agente aqui, pode abrir o jogo, você já sentou num pau bem grande?
Eu: – cara!! essas coisas são pessoais, se já rolou ou não, só eu e o cara sabemos!!
Nesse momento ele pôs o pau pra fora do short e disse:
Bill: – então pega nesse aqui!
No automático, eu fui e peguei, que delicia de pau, tava meio bomba ainda, mas de um tamanho incomum, imaginei ele duro! No mesmo instante o Carlos também colocou o dele pra fora, era um pouco menor, mas igualmente grosso! Comecei a punhetar os dois, o pau do Bill endureceu que parecia uma pedra, pude ver que a piroca dele tinha mais ou menos uns 21, 22 CM e o do Carlos uns 18 CM, eles pediram pra eu chupar!! então nós três trocamos beijos, não perdi tempo, comecei a apalpar os dois, pegando nos seus paus, chupando e apalpando aqueles peitorais lindos e mamilos! Dai o Bill vira e fala:
Bill: – vai mano, abaixa ai e chupa, olha esses paus aqui só pra você!!
Carlos: – vai, olha ai tá no jeito pra você mamar! Do jeito que você gosta, durão!
De imediato me abaixei e comecei mamar, primeiro o pau do negão do Bill, depois o do Carlos, voltava pro pau do Bill, e depois pro pau do Carlos, mamei eles durante uns 15 minutos, até que o Carlos disse que ia gozar, me preparei pra receber o esporro de porra dele, ele soltou uns três jatos de porra na minha cara, em seguida o Bill também gozou, engoli toda a porra dos dois,
Bill: – pelo menos mamar, nós sabemos que você já mamou uma rola grande e deu conta do recado!
Carlos: mas ainda não sabemos se você já aguentou uma dessas nesse rabo ai! Quer nos mostrar?
Eu: – vocês querem descobrir?
Bill: – Claro que sim! Respondeu com um olhar e sorriso safados!
Carlos: – então deixa eu ir primeiro, por você vai estragar o cu dele!! disse pra o Bill, que concordou
e em seguida já me fez chupa-lo, dizendo que não aguentaria ficar apenas olhando! O Carlos segurou na minha cintura me colocando de quatro para chupar a rola do Bill, e nesse momento o Bil se abaixou e deu uma bela mamada no meu cassete, nesse momento o Carlo se abaixou e começou a lamber meu cu, que delicia, uma mamando meu pau e o outro chupando meu cu! Em seguida o Bill se levantou e pediu:
B: vai seu putinho chupa meu pau enquanto levar linguada no cu!! isso, vai Carlos mete logo no cu dele!
C: já estou quase lá!! ( disse enquanto chupava meu cu, o espaço entre meu cu e meu saco, até chegar em meu pau, dando uma gostosa chupada nele e voltando até meu cu passando sua lingua pelo caminho, se levantou e nessa hora ele começou a meter, a rola dele deslizou para dentro de mim! Sentir cada cm entrando no meu cu!
C: porra, caralho, que cu é esse mano? Delicia, quentinho, tá gostando? Tá? Dando pra mim e chupando um negão!! você tá adorando né? Vai rebola essa bunda pra mim vai!! isssso!! ahhh!! delicia de cu!! é um putinho mesmo!!
ao mesmo tempo que ele o bill também falava algumas putarias!
B: isso tá gostando de levar rola tá? Tá gostando de ser nosso putinho? Isso chupa gostoso enquanto o Carlos fode seu cu vai!! isso!! assim!! uhhhhh!!
Fiquei ali de quatro chupando a rola do Bill, que metia como se minha boca fosse um cu! E o Carlos metendo na minha bunda freneticamente, tirava tudo e enfiava de volta em uma única estocada! Eu estava adorando dar para eles, ficamos assim por uns 10 minutos até, que o Carlos, sem tirar seu pau do meu cu, me colocou de frango assado e começou a meter mais forte, e o Bill continuou fudendo minha boca com aquele pau enorme, ( sabia que ia passar o natal com o cu estourado ) depois de mais uns 10 minutos ali metendo no meu cu, o Carlos anunciou que ia gozar de novo, encheu meu cu de porra, tirou o pau, daí foi a vez do Bill vir me comer, antes de meter ele fez questão de chupar meu cu, engolindo toda a porra que o Carlos tinha deixado no meu rabo, em seguida beijou a boca do Carlos e a minha dividindo assim toda a porra do Carlos. Como o meu cu já estava bem relaxado, o Bill já foi metendo o pau pra dentro, senti uma leve dorzinha, mas segundo depois já estava curtindo aquele pau duro no meu cu! Parecia que estava sendo empalado, devido ao tamanho e grossura daquela rola maravilhosa! Ele metia com tanto tesão e força que fazia barulho quando o saco dele batia na minha bunda, literalmente eu estava levando surra de saco! Algum tempo depois veio o Carlos, com a rola limpinha, mas mole, e pediu pra eu chupar, em seguida já beijou minha boca e a do Bill, que estava me comendo, comecei a chupar a rola dele, que conforme eu chupava ia endurecendo na minha boca, uma sensação muito gostosa de ter aquele pau crescendo na minha boca! Alguns minutos depois o Bill fala:
B: – fica de quatro agora, deixa eu enrabar você!! (disse tirando o pau do meu cu, saindo com resto de porra que o Carlos tinha gozado la dentro!)
fiquei de quatro novamente e enfiou de novo aquele mastro duro em mim. Que delicia!
C: – isso mete com força nesse cuzão gostoso!
Depois de um tempo metendo em mim, ele subia em cima e socava com força aquele pau cu a dentro, ele estava em cima de mim quando anunciou que ia gozar, tirou o pau e gozou na minha bunda deixando ela toda lambuzada de porra, nisso ele e o Carlos que tirou a pau da minha boca, lamberam toda a porra e demos um beijos triplo, dividindo novamente a porra entre nós três! Como eu ainda não tinha gozado e Carlos perguntou:
C: – você gosta de gozar com o pau enfiado no cu ou se punhetando apenas?
Eu: – eu gosto de gozar com um pau enfiado no meu, de preferencia cavalgando!
B: – então tá, tu quer gozar levando pau de quem?
Eu: – pode ser dos dois? um de cada vez claro!
C: – você me deu uma idéia!! tu aguenta dois pau no cu ao mesmo tempo?
Eu: – eu já levei, mas o pau de vocês é grande pra caralho mano, vocês vão me rasgar todo!!
B: – vamos tentar então!!
O Bill falou isso já deitando no tapete e segurando o pau na base, e pedindo para eu sentar.
B: – vem putinho safado! Senta aqui no pau de teu macho vem!!
sentei, e fui descendo de vagar até que entrou todo, como havia acabado de levar essa mesma piroka no rabo não tivemos muita de dificuldade, dai o Carlos veio por trás de mim, apoiou a mão sobre minhas costas fazendo com que eu me deitasse sobre o Bill, deixando assim meu cu totalmente desprotegido, e com visão total do pau entrando e saindo, em seguida ele começou a passear com sua língua pelo meu cu e pelo pau do Bill, deixando – os totalmente lubrificado, em seguido ele mirou o pau dele no meu buraco junto com o pau do Bill, começou a forçar a entrada do meu rabo, na terceira tentativa entrou a cabeça, sentir como se algo estivesse rasgando meu cu, parou um pouquinho, depois forçou mais até entrar os dois paus de uma só vez ( cara, senti uma dor dos infernos ) mas tava gostoso, me sentia o maior dos passivos, levando duas pirocas grandes e grossas no meu rabo, dai eles começaram fazer um vai e vem delicioso, dolorido, mas delicioso, guentei eles dois bombando no meu cu juntos por uns 15 minutos, até que eles disseram que iam gozar, quando gozaram, o Carlos tirou o pau dela e enfiou na minha boca mandando eu limpar todinho, comecei a chupar o Carlos enquanto cavalgava no pau do Bill, não senti muito o seu pau, pois estava literalmente arrombado, mas gozei, foi tanta porra, que lambuzei o peitoral e o uma parte do rosto do Bill, depois o Carlos e eu o limpamos com a língua, o Carlos disse que foi a melhor foda dele em anos, o Bill disse a mesma coisa, e que eles queriam me comer sempre dali pra frente, logico que aceitei o convite, depois eu conto mais sobre nossas transas!
Enfim, passei o resto da tarde a noite com o cu todo dolorido e aberto, quando fui tomar banho tive ideia do tamanho do estrago, pois eu enfiava minha mão toda no meu cu sem encontrar resistência alguma, e fiquei até dia seguinte botando porra pra fora, peidando porra, literalmente estava gozando pelo cu!!

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)
Loading...