# #

Meu primo Desconhecido

1416 palavras | 5 |4.00

Bem o que vou relatar para vocês aconteceu em minha casa, primeiro preciso dizer que sou casado, adoro minha esposa, somos maduros já casados a 30 anos, minha esposa uma mulher bonita, umas pernas bonitas, uma bunda saliente, bem provocante, adora usar roupas curtas, apertadas onde marca bem o volume da bunda, os homens comem ela com os olhos, nossa vida a tempos já vem sofrendo um desgastes, uma rotina, não temos mais tesão, e um dia eu li uma historia onde o marido deixa sua esposa meter com outro homem e fica olhando, nossa aquilo me deu um tesão só em pensar em um outro homem meter nela, comecei então na hora H, a falar sacanagem, um dia pensei alto dizendo que outro homem estaria metendo naquela boceta, na hora ela ficou brava, dizendo que eu era louco, que estava querendo ser corno, fui insistindo na conversa toda vez que transava, ela então começou ate aceitar a brincadeira, mais para ela a coisa era somente ali na hora do sexo, mais um dia ela me perguntou se realmente teria coragem de ver ela dando para outro homem, eu respondi que ate teria, pelo menso se fosse para mudar a nossa situação de vida, mais também não sabia como fazer, ela não tinha coragem principalmente na minha frente, mas foi passando o tempo e a conversa sempre a mesma.
Passaram-se uns meses, eu recebi um ligação de um tia minha de uma Cidade do Interior, que eu mesmo já fazia muito tempo que não há viia, pedindo se eu poderia hospedar um primo meu que precisava passar uns quinze dias em São Paulo para fazer um curso, na realidade eu mesmo nem conhecia este primo, conversei com minha esposa, como moramos sozinhos, e a casa e grande, não achamos problemas, claro que iria tirar a nossa privacidade, pois em casa andamos bem a vontade quasse nus, mais também seria por uns 15 dias, aceitei, um belo dia me aparece em casa um cara de aproximadamente uns 43 anos, um moreno sarado, bonitão, se apresentou como sendo o Alfredo o meu primo, não estávamos esperando tão cedo, e nos pegou der calça curta bem a vontade, ela com uma camisola curtinha, bem a vontade, levou ate um susto quando viu aquele moreno dentro de casa, apresentei ele a ela, ele a tirou de cima em baixo, sentamos conversamos um pouco, e mostramos para ele a casa e onde ele iria ficar, ou seja o quarto, que fica ao lado do nosso quarto, logo ele saiu tinha que resolver alguns problemas, só voltou a noite.
Não comentamos nada a respeito do Alfredo, a noite conversamos fizemos um lanche, ficamos um pouco na sala conversando, logo ele foi tomar um banho para ir dormir, minha esposa foi pegar uma toalha para ele, e fomos dormi, já na cama minha esposa me relatou que foi levar a toalha ele estava de cueca, ela me disse nossa amor o cara tem um volume, e disse mais seu primo e muito saidinho, ele me deu uma risadinha bem maliciosa, nisso atiçou o meu tesão, fiquei de rola dura e acabamos transando, ela gemia muito, eu acabei falando isso sua puta geme na rola do primo geme, e acabamos gozando, chegou o final de semana sexta feira ele não iria para o curso no sábado, resolvemos então dar uma saidinha, levamos ele ate o clube da Cidade onde tem um bailinho, sentamos começamos a beber, logo já estávamos alcoolizados, ela principalmente não esta acostumada beber muito, foi dançar com o Alfredo, eu da mesa estava vendo os dois dançando, me dava a impressão que ele estava se esfregando nela, e ela por sua vez estava aceitando, voltaram para a mesa, ele foi buscar uma cerveja, ela então aproveitando me confessou, amor o cara parece que tem um pedaço de pau no meio das pernas, uma coisa dura grande, esfregava em mim, estou toda molhadinha, eu na hora fiquei de rola dura, continuamos a beber, eles dançaram de novo, trocaram conversa, já estavam bem íntimos, já port voltas de uma 2 horas da manha resolvemos irmos em bora, no caminho de casa no carro a conversa já estava no âmbito de sexo, perguntamos se ele tinha namorada, se ele tinha alguma mulher, ele nos respondeu que já faz um tempinho que não sabia o que era fazer sexo, e que realmente estava precisando, e assim chegamos em casa, minha esposa chegou em casa foi direto para o banheiro tomar um banho, já bem alcoolizada bem descontraída e pelo que eu estava sentindo cheia de tesão também, saiu do banheiro só enrolada na toalha sem nada por baixo, fiquei ate meio surpreso, meu primo tirou ela de cima em baixo deu uma risadinha e foi tomar um banho, eu aproveitei abri a toalha dela ali mesmo na sala e comecei a chupar e boceta dela, nossa quasse que emu primo pega eu chupando ela, mais percebeu alguma coisa, ele também estava só de toalha enrolada na cintura, acabei deixando os dois de toalha na sala e fui tomar um banho, quando eu sai deu para ver bem as pernas dela meio aberta, se mostrando, tomei meu banho, quando eu sai do banheiro já comecei escutar uns gemidos dela, fiquei de longe só observado, eles comeram a se beijar, ela começou a chupar a rola dela, nossa e que rola, quasse duas da minha ela tem 22 cm, e grossa cabeçuda, mal cabia na boca dela, ele também começou a chupar a boceta dela, não demorou muito para ela pedir a ele, vem Alfredo vem aqui vem coloca esta rola aqui dentro vem, quero sentir ela lá dentro, e devagarinho ele foi introduzindo aquela morcela dentro dela, nossa ela gemia, gritava, pedia devagar, ele socou a rola todinha lá dentro, nossa gozei na hora, vendo aquele rolão entrando e saindo da boceta dela, coisa de louco, depois que gozei me deu um sensação de ciumes, mais me controlei deixei ele meter a vontade com ela, ate que ele encheu a boceta dela de porra, fui chegando mais perto, ela então me disse era isso que você queria seu corno vendo eu dar a boceta para outro, e me chamava de corno, nossa me dava um tesão enorme, ele tirou a rola de dentro e eu acabei chupando a boceta dela melada de porra, nossa que delicia, a primeira vez que eu chupo uma boceta cheia de porra sentido o gosto da porra, meu primo acabou ficando de rola dura de novo e meteu de novo, acabamos dormindo os três ali mesmo, logo pela manha eu fui o primeiro acordar deparei com aquela sena meu primo abraçado com ela, de um lado e eu do outro lado, ela com a bunda virada para ele, fui de sendo ate a boceta e comecei a chupar a boceta dela, com aquele cheiro de porra curtido, quando percebi estava passando a linguá na rola do Alfredo que estava dura e saindo do outro lado, ele começou a brincar ela acabou virando de barriga para baixo ficando com a bunda virada para cima, eu peguei um tudo de KIss, lambuzei o cu dela com o creme, ela adora sexo anal, o Alfredo começou a cutucar o cuzinho dela ate entrar a cabeça nossa ela gemeu muito ate chorou, gritou mais ele não perdoou não sem dó mesmo meteu aquela rola para dentro, nossa que delicia, entrou ate o saco, ficaram metendo por um bom tempo ate ele gozar, nossa que delicia, neste sábado e domingo metemos muito, metemos de dia e de noite, nossa que delicia, foi muito maravilhoso, metíamos com ele quasse todas as noites, foi 15 dias de loucuras, minha esposa me agradeceu por lhe proporcionar um prazer tão intenso, meu primo foi embora nossa vida mudou muito depois disso, somos outras pessoas, temos mais vontade de fazer as coisas, hoje estou tentando colocar um amigo de serviço na parada para meter com ela, meu primo as vezes vem em final de semana nos visitar e transamos muito, numa outra oportunidade eu conto como foi acertar com o meu amigo para meter com ela.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,00 de 2 votos)

# #
Comente e avalie para incentivar o autor

5 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder DOMINADOR ID:8ds77kjqrk

    Amei seu conto, adoraria enfiar a rola na sua esposa, fazer ela gozar bastante
    Sou do rio de janeiro e vcs ?

    • carlos ID:8ds77kjoik

      Pois é Dominador, pena que e de longe se não quem sabe a gente iria foder gostoso, iria ver você meter gostoso com ela, sou de Santos/São Paulo

  • Responder dumau ID:8ds77kjqrk

    sim mas sou da paz tbm sou mau mas horas certas

  • Responder Indio safado ID:8ds77kjoi9

    Chamem no zap mulheres safadas e casadas . 6596172215

  • Responder Carlos ID:8ds77kjqri

    Pena que você e de longe, e pelo nome deve ser do mau, nos somos da paz e do prazer,