# # #

Brincadeiras inocentes parte 1

5106 palavras | 23 |4.52
Por

Estou escrevendo a minha versão de um clássico do autor “brunokasalmoderno”. Conto longo com muitos detalhes, então talvez tenha mais do que 3 partes

Vou contar a minha história pra vocês, onde tudo começou quando conheci a minha atual namorada. Eu estava na faculdade e morava em um apartamento com outros amigos, não éramos amigos do peito nem nada assim tão fiel, mas tínhamos uma parceria e fazíamos muitas coisas juntos, e uma coisa que nos aproximou foi o fato de torcemos pelo mesmo time internacional, o Real Madrid. Sempre que tinha jogo nos reunimos para assistir e fazer bagunça, bom bagunça sempre tinha, eram caras que não sabiam a hora de parar. Tinha o Tadeu, o menor da turma, ele era negro e magrelo, mas jogava futebol muito bem. O John era o mais velho e alto, pele parda e um bigode de cafajeste, diz ele que fazia sucesso. Mike era gordinho, pele branca e barbudo, vivia pra jogar truco, por último o Denis, era o único que fazia musculação e era bem musculoso e grande, tinha cabeça raspada e também era negão, só usava aquelas camisetas regatas feias de maromba. Bom, meu nome é Leonardo e eu sou o bonitão do grupo, pele branca e gel no cabelo, sempre me vestia bem, camisetas polo e calça jeans apertada, por isso me chamavam o tempo todo de mauricinho, mas eu não ligava pra isso. Só uma coisa me incomodou nisso tudo, eu não sei que tipo de azar eu tive, mas na primeira vez que a gente saiu de um fut no clube da faculdade e fomos tomar banho, como vocês sabem, normalmente alguns banheiros não tem divisória, então eu me surpreendi quando vi eles pelados, claro que não fico manjando rola dos caras, mas puta sacanagem, eu tinha um pau pequeno de 15cm mais ou menos, pra mim tava bom, mas quando eu vi meus amigos os quatro tinham piroconas, fiquei chateado e acabei falando isso pra eles na hora, que não deixaram de me zuar por ser o único “mindinho” do grupo, Denis tinha a piroca mais grossa e com comprimento mediano, parecia uma latinha de cerveja de 400ml, já o Mike gordo, tinha uma rola maior, um pouco mais fina, mas a cabeça da piroca dele parecia uma maçã, coisa de louco, John o mais velho tinha uma rola grande também, uns 18cm talvez grossa, mas não grossa como Denis, e por último e o que mais me impressionou foi o Tadeu, o cara podia ser baixinho, mas puta rola comprida ele tinha, parecia uma terceira perna, a grossura era normal, mas o comprimento é enorme, uns 30cm talvez? Não sei ao certo, só sei que sai de lá chateado por ser o “menor” da turma.

Um dia eu conheci minha atual namorada, Camila, ela é tudo o que eu podia querer, linda pra porra e gostosa pra caralho. Camila tem 18 aninhos, uma pele branca e com cabelos negros, compridos até o final das costas, e que costas ela tinha, retas e definidas, moldavam qualquer roupa que ela usava, sua barriga era sequinha com um umbigo lindo e perfeito, parece que nasceu em uma buceta de veludo, seus seios não eram muito grandes, mas quem precisa de peitão quando se tem duas tetas redondas e firmes, o suficiente pra fazer decotes generosos nas blusinhas, sabe aqueles peitinhos volumosos? E o principal, sua bunda, gostosa demais, grande e suculenta, que ela mantinha com muitos agachamentos, sério, aquela bunda tinha até RG, se cair no chão era capaz dela quicar de volta, então quem tem bundão tem coxão, duas coxas roliças que são a primeira coisa que você olha com ela de frente usando shortinhos curtos, e infelizmente outros também olham muito pra ela, inclusive pro pacote volumoso da sua xoxota que sempre marca nas calças e shortinhos.

Camila só tem um defeito, ela torcia pro Barcelona, nada de mais, se eu e meus amigos não fossem torcedores do Madrid, mas aquela fofura de menina e o seu corpo espetacular compensavam esse “defeito”. Ela nem era de curtir muito futebol e só torcia pro Barça por causa do Piqué, sabem como mulher é né? Mas não teve jeito, ela não quis virar a casaca pro Madrid por mim. Enfim, nosso namoro ficou firme e eu já levava ela pra todo canto comigo e como ela morava longe eu queria levar ela para a república comigo para dormir lá, passar mais tempo juntos e tal. Nosso AP era pequeno, mas confortável, tinha três quartos, com duas camas cada, como eu dividia um com o Mike convenci o John, que ficava sozinho, a trocar comigo, assim eu ficaria sozinho com Camila e ia ser madeirada a noite inteira.

No primeiro dia, levei ela comigo, Camila vestia um shortinho jeans curtinho e uma camiseta branca por baixo da sua jaqueta jeans e um tênis All Star cano baixo, toda menininha bem descontraída. Chegamos no meu apartamento e por sorte (ou não) estavam todos na sala assistindo tv a vontade sem camisas e com shorts curtos de ficar em casa, assim que viram ela a cara deles era pura surpresa, Camila tem um rosto muito lindo e um corpo gostoso e voluptuoso, não me admira eles babarem ao ver ela. Eles se cumprimentaram com um beijo no rosto de cada um e ficamos nessa resenha. Camila não fazia o tipo tímida e logo se enturmou com a galera. Então para o meu desgosto eu percebi que ela deu uma olhada no peitoral e braços do Denis, eu sei que já devia esperar isso, Denis era forte, pele morena e um cara grande, a mulherada olha mesmo, mas aquilo me incomodou um pouco, mas eu não liguei pra isso, sei que foi no automático.

Quando ela falou que torcia pro Barça, eles foram a loucura e zuaram muito com ela, eu falei pra ela não dizer nada que torcia pro Barcelona, eu sabia que eles não iam pegar leve, mas era tudo brincadeira, não éramos fanáticos, mas ela era a única que torcia para um rival, então prevejo sofrimento por parte da minha gata. Nesse primeiro final de semana, eles só se conheceram e meus amigos gostaram muito dela, não só porque ela era uma moreninha gostosa, mas ela também brincava com eles e não tinha frescura com a zuera deles, fiquei feliz que eles se deram bem, quando eu arrumava uma namorada tímida eles me zuavam que eu trazia um abajur pra me acompanhar, então uma namorada que se enturmou fácil com eles foi o diferencial.

No segundo final de semana que eu levei ela, Camila já bem enturmada com eles, fez amizade fácil e já estávamos bem descontraídos. Dormimos tarde na sexta e Camila colocou uma camisola de algodão branco, ela vestia uma calcinha, mas não sutiã, mas como era só pra dormir não me importei dos bicos do seus mamilos ficaram fazendo volume no tecido.

Era sábado, eu acordei, fui escovar os dentes, mijar etc. Fui comer algo enquanto todos dormiam, daí o Tadeu acordou e foi direto ao banheiro, logo depois escutei Camila saindo do quarto, mas ela ainda estava de camisolinha, bom não tinha ninguém acordado ainda, então tudo bem, pensei. Ela me deu um beijo de bom dia e saiu pro banheiro, daí levei um baita de um susto quando ouvi seu gritinho e lembrei que o Tadeu estava acordado e estava lá.

– Eu: O que foi amor?

Ela saiu rubra de vergonha e com a mão na boca.

– Camila: O Tadeu tava no banheiro, ai meu deus. Peguei ele mijando mô rs.

Gritei pra ele se ele não sabe fechar a porta, que reclamou que ela não sabe bater, tudo na descontração, não ficamos bravos com isso, a gente era tudo moleque, levávamos na brincadeira. Percebi que Camila não parava de sorrir de nervoso, com o rosto e o busto vermelho. Tadeu saiu do banheiro reclamando que ela pegou ele com a mão na massa, na qual ela retrucou dizendo que pegou ele foi com a mão no rolo, os dois riram e eu fiquei pensativo dela dizer isso, até que lembrei da rolona que o Tadeu tinha e que Camila deve ter visto ao vivo e a cores. No automático eu olhei para o samba canção dele e tinha um certo volume que cresceu quando ele saiu, com certeza por ter sido pego pela gostosa da minha namorada, eu olhei pra ela, que também estava olhando pra virilha dele, ainda rindo, mas disfarçou quando se ligou que eu olhava pra ela.

Como éramos sempre nós cinco aqui, ninguém tinha o costume de se trocar e sempre ficamos de samba canção ou cueca em casa, mas agora com Camila por aqui me perguntei se isso seria um problema. Os outros acordaram depois, Mike e John também de samba canção. Estávamos todos na mesa tomando café, me incomodava ver Camila ainda de camisolinha na frente deles, ainda mais que seu decote branquinho com as tetas marcando podiam ser observados por todos eles. O último a acordar foi Denis, e o maldito estava só de cueca branca, sua rola grossa meio de lado e meio pra baixo podia ser vista de longe através da transparência do branco, até a cabeça ficava marcando. Camila olhou na direção dele e seus olhos foram direto pra sua cueca, mulher é um bicho que não sabe disfarçar as vezes, ela ficou totalmente distraída olhando pra ele, Denis pediu desculpa e disse que tinha esquecido da Camilinha aqui em casa, e me surpreendendo, ela disse que tudo bem, a casa era nossa e era pra ficaram a vontade, eu sonso demais só perguntei pra ela se tudo bem mesmo, ela repetiu que por ela não tinha frescura e nem se sentia desrespeitada, por isso de cara meus amigos gostaram dela, Camila tinha a cabeça aberta. Ainda na mesa conversando depois de terminar o café.

– Denis: Se liga, a novata lava a louça haha.

– Camila: Mas vocês homens, não pode ver mulher que já quer colocar ela na pia né rs, safados.

– Denis: Só pra dizer que não, eu te ajudo a enxugar, então vê se não reclama cupcake hehe.

Na hora eu não vi maldade do apelido, era costume nosso chamar uma garota que achamos gostosa de cupcake. O resto de nós ficou na sala jogando videogame, e da sala era possível ver a cozinha toda. Camila de costas pra gente era impossível não olhar pra sua bunda através da camisola, ainda mais quando ela se apoiava na pia pra se esticar e mostrava mais do que devia das polpinhas da bunda branca, todo mundo dava uma boa olhada, com exceção do Denis que estava ao seu lado. Foi aí que os dois começaram a brincar um com o outro na pia, Denis falou alguma bobagem pra ela que riu e jogou sabão nele, e ficaram fazendo guerrinha de jogar água e sabão um no outro, logo Denis colocou o dedo na torneira e fez a água espirrar tudo na camisola da Camila, ela fez aquela cara de assustada com os braços abertos, indignada, mas rindo, ela pra se vingar fez a mesma coisa, só que o tiro saiu pela culatra e Denis fez que ela se molhasse ainda mais, Camila xingou muito o Denis, que gargalhava e olhava seu busto com muita curiosidade. Perguntei prós dois o que era essa bagunça toda.

– Camila: Mô! Ele me molhou toda rs.

– Denis: É, eu tenho o costume de deixar as garotas molhadas.

– Camila: Rs besta.

Realmente, a frente da sua camisola estava toda molhada, do decote até a barriga, a camisola ficou transparente e grudou na sua pele, suas tetas redondas e firmes ficaram praticamente visível atrás do branco, podia ver bem o contorno dos mamilos e os biquinhos durinhos, da água gelada pensei e sua barriga podia ver até o umbigo. Claro que todos devoravam minha mina, gostosa desse jeito e com a camisola molhada ainda, era muito excitante. Denis distraído não reparou que ela enchia as mão com água na torneira e se vingou dele jogando bem na sua cueca, que por ser branca também, ficou transparente, mostrando toda a extensão da sua rola, ela ria e olhava pra sua cueca, seu pau começando a ficar duro, com a brincadeira e sabendo que ela podia olhar o excitava, deixando o pau mais levantado. Em um dia ela já viu duas rolas dos meus amigos, isso era péssimo.

– Denis: Oh sua vaca, molhou minha cueca do primeiro encontro.

– Camila: Bem feito haha… Meu deus, o que isso gente haha. A genética de vocês aqui é boa rsrs.

Perguntei como assim, mas ela só disse “nada não vida”. Ela passou por nós com os peitinhos sacolejando e molhados e foi se trocar. Olhei a cueca do Denis e falei pra ele se trocar também, estava obsceno aquele volume.

Estava Mike e eu sentados na ponta do sofá, Tadeu sentava no meio e John sentava em uma cadeira ao lado. Camila voltou vestindo um shortinho cinza torando de apertado, sua bunda engolindo parte do tecido atrás com sua bunda gigante e uma camiseta grande com a barra enrolada pra mostrar a barriguinha, até eu que já estou acostumado a olhar pra ela fiquei secando sua raba, então não era pra menos ver Mike, John e Tadeu do meu lado olhando para sua bunda suculenta, percebi que logo que viram ela eles colocando almofadas em cima das virilhas. Camila se sentou no meu colo pra ver a gente jogar vídeo game, mas depois ela esticou a perna e colocou em cima das almofadas que eles usavam pra esconder as rolas duras, isso só piorou a situação deles, porque agora eles tinham aqueles pares de pernas com as coxas deliciosas dela na sua frente, eu nem ligava pra isso, eu fiquei com a melhor parte, sua bunda bem em cima de mim, porém eles podiam ver além da suas coxas lisas o volume da sua xota no shortinho, que formava um belo capô de Fusca, além da sua barriguinha linda de fora.

Estávamos jogando o FC24 de boa no sofá e conversando, e meus amigos foram percebendo como Camila era uma mina daora, mas também não era tão santinha como pensavam. Até que de repente vi um movimento na almofada do Mike, onde a almofada deu uma levantada de leve, subiu e desceu, bem onde estava os pés da Camila, ela olhou pra ele curiosa, visto que suas mãos estavam longe da almofada.

– Camila: O que foi isso?

– Mike: Oxi, foi voce que se mexeu aí.

– Camila: Não fui eu não rs.

Eu estava distraído jogando e nem estava prestando muito atenção neles, mas vi quando ela pôs um pé por baixo da almofada dele e depois arregalou os olhos.

– Camila: Eita pô haha.

– Eu: Que foi mô, que não para de se mexer aí.

– Camila: Nada não vida rsrs.

Denis saiu pra academia logo depois, porque era marombeiro e não faltava um dia. A gente já tínha aberto umas latinhas de cerveja, aqui na república a gente começava a beber cedo só pra começar o dia e sobrou pra Camila ir buscar mais cerveja na geladeira sempre que acabava, e sempre rebolando aquela raba gostosa pra gente. Tadeu como era sempre sacana ficava tirando sarro dela a chamando de garçonete tanajura.

– Camila: Não sou sua garçonete, oh Pau de sebo rs.

Todo mundo riu, só que eu não entendi. Com ela de volta no meu colo, uma hora o celular dela que estava na mesinha ao lado do Mike e apitou mensagem, ela se esticou toda por cima deles pra pegar o celular e acabou ficando deitada de bruços com a bunda pra cima.

– Tadeu: Aí fica difícil Camilinha.

– Camila: O que foi agora.

– Tadeu: Sua bunda na minha cara, parece o pão de açúcar esse pandeiro hehe.

– Camila: É só não ficar olhando seu safado, não é pro seu bico.

– Mike: Mas aí você quebra nóis Camila.

Então os dois pra sacanear ela apoiaram as latinhas em cima dela, uma nas costas e outra na sua bunda e falaram pra ela não se mexer pra não derrubar a cerveja.

– Camila: Ah não gente, para com isso rs.

Logo John foi e colocou também a vasilha de salgadinho em cima dela.

– John: Pronto, agora a gente já tem uma mesa haha.

– Tadeu: Que mesa bunduda essa hehe.

– Camila: Aí amor, faz alguma coisa.

– Eu: Eu não, você se estica em cima deles, achou que ia acontecer o que?

Então ela teve que ficar naquela posição até eles deixarem e Tadeu como era mais abusado já deixou a mão dele em cima da sua bunda. Mas logo depois ela, ainda reclamando, se assustou com alguma coisa.

– Camila: Gente, o que isso que fica subindo aqui embaixo?

Mike e Tadeu se entreolharam e começaram a rir. John que estava de fora quis mexer mais ainda com a pobre coitada da minha namorada, eu falei que ela ia sofrer por torcer pra outro time, ele foi e começou a puxar a almofada do Mike, Camila caiu com os peitos sobre a virilha dele e xingando o John enquanto eles riam, na hora nem me liguei disso, mas que gostou mesmo foi o Mike. Estávamos todos com cerveja na cabeça, claro que isso não ia prestar.

– Camila: Vocês são foda meu rs. Mike, tira o controle do seu colo, tá apertando meus peitos.

– John: Oxi, o controle tá aqui comigo haha.

Camila riu sem graça abrindo a boca surpresa. Logo depois John foi e puxou a outra almofada que estava com Tadeu, fazendo a coitada cair com a barriga em cima dele também. Camila ria meio grogue.

– Camila: Para Joohn! Tadeu tira o controle do seu colo, dá pegando na minha barriga.

– John: De novo? Haha. O controle tá comigo. Bêbada é uma desgraça haha.

– Camila: É mesmo, tá muito comprido pra ser um controle haha.

Camila apoiou a cabeça na perna do Mike e aceitou seu destino, percebi que ela ficava se mexendo o tempo todo, como se estivesse se ajeitando. Mike deixou a mão nas costas dela e alisava sutilmente, fazendo um carinho, assim como Tadeu que tinha uma mão na sua bunda e mexia os dedos de leve.

– Camila: Eu quero ver quem vai pegar a cerveja pra vocês agora, seus otários rs.

– John: Eu pego as cervejas, e fica quieta que mesa não fala haha.

– Camila: Parece que tem um braço embaixo de mim.

– Eu: O que amor?

– Camila: Nada mô.

Eles liberaram a minha namorada apenas quando os salgadinhos acabaram. Assim que ela se levantou, as rolas do Mike e do Tadeu se levantaram formando uma barraca, aí me dei conta que ela ficou em cima deles esse tempo todo sentindo as ereções por baixo do seu corpinho. Ela estava bem vermelhinha e se abanava, pegou mais uma cerveja e quase virou toda de uma vez.

Ficamos de bobeira até a noite e resolvemos sair para um barzinho. Voltamos pra casa quase de madrugada, comentando o fato que Camila dançou com todo mundo e Tadeu dizendo que agora ela tinha que ser a namorada da galera, mas ela disse ele tinha que comer muito arroz e feijão pra dar conta dela, eu ria porque sabia que era tudo brincadeira entre a gente, mas aí ela deixou escapar que ele tinha que ser igual o Denis, aí eles zuaram mesmo, inclusive a mim, dizendo que o Denis daria conta e ela não me usou de exemplo. Fomos pra cama dormir, estávamos exaustos, Camila colocou sua camisola que já estava seca e nem pôs calcinha de tão cansada que estava.

No domingo eu acordei primeiro, eu tinha um sono leve e vi minha gata ao lado com a camisolinha torta e levantada até a cintura, sua bunda branquinha a mostra sem calcinha era uma imagem digna do pintor Henri Gervex, e o fato das brincadeiras da minha namorada com meus amigos aludiu ainda mais a isso. Hoje dia 13 de abril era dia de jogo do Real, tínhamos muita cerveja guardada, salgadinhos, queijo e salame.

Denis acordou já apavorado, me perguntou onde que tá a camisa 10 do Real dele, eu disse que devia estar no meu quarto, já que ele dormia lá. Então ele só de cueca foi procurar sua camiseta. Pro meu desespero lembrei que Camila dormia de bruços só de camisolinha com o bundão de fora, mas antes de eu avisar, ele já tinha entrado, agora já era tarde, ele vai ver minha princesa nua da cintura pra baixo. Ouvi a Camila acordando com Dênis lá no quarto e eu só escutando o que falavam da cozinha.

– Camila: Nossa, que susto Denis. Acordo e já vejo tu só de cueca rs.

– Denis: Desculpa aí Camilinha, é uma emergência. E você não tá vendo nada que já não viu ontem hehe.

– Camila: Pois é, tô vendo muita coisa nessa casa ultimamente rs. E eu pelada aqui na sua frente.

– Denis: Hehe, ontem eu vi a parte de cima, agora vi a parte de baixo. Bem que falam que dormir sem calcinha é mais saudável né haha.

– Camila: Sai daqui seu safado hahaha.

Denis saiu e passou por mim rindo, depois Camila veio pra cozinha.

– Camila: Acordei e já vejo um baita negão na minha frente mô rs. Nem pra você falar nada né.

– Eu: Mas eu nem pude fazer nada. Esqueci que você tava dormindo daquele jeito. Foi mal vida.

Camila foi ao banheiro e eu estava fazendo o café pra galera. Tadeu levanta também, com seu samba canção frouxo e a jiromba dele marcando, me cumprimentou e já foi entrando no banheiro, só deu tempo de ouvir um grito da minha namorada e o Tadeu saindo rindo muito. Depois ela saiu, reclamando.

– Tadeu: Pelo menos eu me vinguei hahaha Você viu meu pinto agora vi sua piriquita hehe.

– Camila: Léo, ele me pegou mijando, nem bateu na porta.

– Eu: Mais você ontem também não bateu né amor.

– Camila: Mas môoo, dois amigos seus já viram minha bocetinha hoje, sacanagem isso rsrs.

– Eu: Bocetinha vida? É vagina, piriquita.

– Camila: Mas é boceta, bocetinha rs. Que qui tem Léo?

Tadeu ria muito dela falando sacanagem.

– Tadeu: Xibiu, xoxota, papa pinto, come-come, aranha caçadora hahaha.

– Camila: Aranha caçadora não, a minha é depiladinha rs.

– Tadeu: É eu vi, lisinha, parece um bumbum hehe.

Ela deu um tapinha no braço dele e eu só ouvindo isso sem saber o que pensar, na minha cabeça não tinha maldade essas conversas e tudo foi sem querer. Mas foi suficiente para Tadeu ficar meio excitado e sua rola subir um pouco empurrando a cueca pra frente, não tinha como eu e Camila não reparar, na qual ela ficava olhando diversas vezes enquanto conversávamos.

Denis apareceu e ainda de cueca Boxer, disse que sua roupa do jogo já estava separada. Percebi como o olhar da Camila se direcionou direto pro seu físico e depois pra virilha dele, deu aquela olhada básica antes de disfarçar, era um volume considerável para alguém que tinha a rola ainda em repouso, mas sei que pra mulher tamanho não importa, eu acho. Logo Mike e John também se levantaram. Denis estava tomando café encostado na pia, quando Camila, no pretexto de passar pela mesa e pegar algo do outro lado, passou na frente dele com a bunda virada na sua direção, tinha só um pequeno espaço entre a mesa e a pia e com a bunda grande da Camila ela acabou encostando na virilha do Denis, mas não foi de leve não, ela pressionou a bunda e se espremeu para passar por ele, que nem se mexeu e sentiu aquela bunda cheinha e deliciosa, não sei se ela fez isso de propósito, porque ela podia ter ido pelo outro lado também, mas enfim, percebi que a rola do Denis deu sinal de vida e ficou maior, esticando mais a cueca pra frente. Eis que a danada da minha namorada volta de novo e passa com a bunda novamente colado no pau do Denis, ela devia ter sentido aquela ereção na sua bunda, não tinha como não ter sentido, ela ainda olhou pra trás, olhando pra ele sorrindo e disse “desculpa”, não vamos ficar paranoicos, podia ter sido sem querer mesmo, pensei.

Às 13h nos preparamos para o jogo, Real x Mallorca. Como Camila não tinha camisa do Madrid eu emprestei uma velha pra ela, ficava parecendo um camisão quando ela vestiu, então o que ela fez foi só substituir a camisolinha pela camisa do time, isso mesmo, ela ficou sem sutiã e só pôs uma calcinha, como a camisa parecia um vestido nela que ia até o final da sua bunda e começo da coxa eu não me importei com isso, aliás ela já estava bem “à vontade” nesse final de semana, seria estranho reclamar agora.

Já estava no segundo tempo e cerveja já estava quase acabando, com todos já bem alegres e de fogo, brincadeiras e gozações eram constantes, até que Camila querendo se vingar deles por ficar tirando sarro do Barcelona resolve torcer contra o Real, mesmo ela tendo dito que ia torcer junto comigo. O jogo estava emocionante e acirrado, até que parecia que ia acabar no 0x0 com Camila dizendo que ninguém ia fazer gol, mas todos concordaram que pelo menos um gol ia sair, Camila disse que se o Mallorca ganhasse ou o placar fosse 0x0 eles iam ter que vestir as calcinhas dela, então eles rapidamente perguntaram “ e se o Real ganhar?”, ela pensou bem e disse “eu mostro minha calcinha rs”

– Eu: Amor??

– Camila: Aí Leo é só de brincadeira rs tô usando calcinha grande rsrs. Mas tenho certeza que o Real não leva nada hoje.

Aposta feita com sucesso. Eu agora em silêncio comecei a torcer contra o Real na minha cabeça, essa menina tá me saindo uma libertina de primeira, o que eu arrumei pra minha cabeça. Foi quando faltando 30 min pra acabar o tempo o Real fez um gol, a comoção foi instantânea, eles gritaram e pularam e ficaram pedindo calcinha pra Camila alucinados.

– Camila: Haha pera aí gente, ninguém ganhou ainda.

– John: Nem, o jogo já está ganho bebê haha, e você vai pagar calcinha lindona haha.

Minha princesa já ria de nervosa, vermelha como pimenta malagueta, ela sabia que tinha se ferrado agora. O jogo apitou, 1×0 para o Real e todo mundo comemorando no jogazo, então eu falei pra ela:

– Eu: Amor, não precisa pagar a aposta.

Mas os caras quase me bateram e ficaram tirando sarro de mim.

– Camila: Não mo, aposta é aposta.

Eu não queria nem olhar. Camila se levantou aos gritos e assobios, se virou de costas e levantou a camiseta até a altura dos seios, nem precisava levantar tanto assim, mas lá estava sua bunda branquinha e bem carnuda em toda sua glória, as “bochechas” redondas e bem feitas, e pra piorar sua calcinha não era das grandes, era de rendinha e das pequenas, com o fio bem enfiada na rego e só o triângulo aparecendo e nas laterais apenas duas tiras finas marcando a pele de tão justa, com isso sua bunda inteira ficou a mostra pra eles, que não exitaram em levar as mão em direção as rolas e apertarem, eram uma puta visão do caralho daquela bunda.

Camila já estava querendo abaixar a camiseta, mas eles protestaram vigorosamente, ela tinha que mostrar a calcinha inteira e por um minuto pelo menos, então obrigaram ela a se virar de frente também, na qual ela, mesmo reclamando, fez e…sangue de jesus tem poder, a boceta dela estava toda marcada na frente, a calcinha em si não era transparente, mas justa, sua vagina ficou toda desenhada, podia ver bem os grandes lábios e o risco no meio “mastigando” o tecido, era uma coisa extremamente tesuda de se olhar. Por um segundo eles até fizeram silêncio, minha gata tinha uma xoxota linda e gostosa, e deixava muita coisa pra imaginação. Acabou o tempo ela abaixou a camiseta e colocou a mão na cintura.

– Camila: Tá pago?

Todos falaram quase juntos que estava mais que pago, mas as mão nas pirocas entregaram o tesão deles em ver a gostosa da minha namorada, todos com aqueles shortinhos de jogar bola, as rolas marcaram muito, percebi isso quando vi a Camila parada na frente deles olhando pra baixo na direção das bermudas, mas que logo disfarçou, rindo da brincadeira era cara de tesão deles, principalmente do Mike que parece que ia gozar a qualquer momento.

O final de semana chegou ao fim, no dia seguinte Camila foi pra sua casa, mas já marcamos pra ela vim no próximo final de semana, ainda mais que era um dia importante, era um jogão do Real Madrid contra Barcelona.

julia-ferronato-0126427903144-368549766111270-200362546772573868-n427396738-1079146383391629-5757141484386781589-n427469035-784291523541151-6061738474365196170-n374386400-250511007376466-4739135768175162040-n

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,52 de 27 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

23 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Polo Reis ID:1d96pp6cop3n

    Cadê continuação?

  • Responder Camilinha ID:41ih0tudzr9

    Na brincadeira ela escorregou no pau kkkkkk

  • Responder Nego v ID:vcx6olvk76x

    Se o jumé estivesse lá com certeza já teria passado a rola na Camila kkkk

  • Responder Samurai ID:44odpuyj6ij

    Esse conto é sem graça. Uma gostosa sonsa, um corno e vários bobões. Se o jume tivesse nessa história já tinha comido ela kkkkk

  • Responder Bianca ID:1ct9rsxxk8h6

    Sério?!!

    Gente, chega a ser um horror esse tipo de imaginação kkk

    NUNCA que uma mina ia ficar um ou dois dias em uma REPÚBLICA CHEIO DE MACHO k(kkk(Kkkkk

    Gostei do conto, mas tipo, IMPOSSÍVEL KKKKK

    • Milka ID:1ep2fapfj33t

      Demora muito pra publicar o próximo capítulo.

    • p/ bianca ID:5pbaux7i8r9

      vamos conversar em privado sobre contos kk dx seu contato ai

    • Johnny Silverhands ID:1d6e79axopq5

      Kkkk o conto é fictício, mas se eu de falar que na minha época isso já aconteceu. Melhor ainda quando elas esqueciam as calcinhas na cama hahaha.

  • Responder Argo ID:7r02ts78ra

    Esses contos do personagem principal ser meio que inocente ou ingênuo são meus favoritos. Tem vários outros no site sobre o pai sendo inocente sobre a filha sendo abusada. Sempre quis ver um de corno, onde o marido ou namorado fosse inocente também e não percebesse as coisas acontecendo com a namorada ao redor dele. Continue assim, não precisa ligar pra realidade porque isso não importa, é só um conto, então pode fazer o mais fictício possível. E sem o namorado ficar excitado, porque se ele sentir tesão, perde a graça.

    Já ansioso pelo próximo. Abraço

    • Pedroca ID:5pbbmhgy6ib

      Também adoro esse contos. Gosto dos contos pai ingênuo também que vê a filha sendo abusada, mas não percebe ou acha que é brincadeira. Também acho que quando narrador participa demais aí perde a graça…

    • Aa ID:1dspy0tb6qi9

      Cita alguns bons aí mano

    • C1 ID:81rnlz0k0d

      Excelente, começou a saga já pegando fogo, continua, que eu quero mais é me queimar, kkkkk. Parabéns.

  • Responder Johnny Silverhands ID:1d6e79axopq5

    Brigado Sabrina, se quiser vc pode voltar a ser minha ajudante de meio período kkkkkkk o salário é uma merda e não tem seguro desemprego, mas tem putaria haha.

  • Responder @Radex42 ID:2qln3dk0c

    buceta é pra ser esculachada mesmo todo dia, toda hora. usa-la como deposito de porra.

  • Responder Fapello ID:81rf8ywoib

    Que piranha, mal posso esperar para ver mais das “brincadeirinhas”

  • Responder anonimo ID:8kqtki5v9c

    Kra vc tem o dom para escrever contos, se puder melhora esse conto e faz uma continuação, na minha opiniao ele é um dos melhores q existe, aquele da esposa nudista tambem é muito bom, segue o conto…
    https://www.casadoscontos.com.br/texto/202104343

  • Responder Amauri ID:469ctdinv9b

    Muito bom esse conto, e com as fotos ficaram melhor ainda, continua e posta mais fotos amamos isso tudo, q garota gostosa 😃

  • Responder Skype: ric.silva2014 ID:1e3gvghsucn3

    Delícia de conto, novinhas de Brasília que quiserem ter uma experiência assim, só enviar mensagem para o professor no Skype.

    • Belo do Soweto ID:g3jl2bgzj

      Quem joga fc24 tem mais é que ser corno mesmo

  • Responder junior ID:5jo8na4nqxe

    Poxa.. estava ansioso pela continuação da Kath e da mãe dela kkkk não para a saga delas não cara kkk
    Já até estava imaginando, a filha agora grávida com a barriga já crescendo e cada vez mais safadinha e a mãe cada vez mais envolvida com o jume e se bobear até grávida dele vai ficar.. kkk

    • Nego v ID:vcx6olvk76x

      Pois é família estamos ansiosos para a continuação. Tô imaginando aqui a reação do Fabinho ao ver o jumé comendo a mãe e a irmã dele rsrs

  • Responder Machoincestuoso ID:sjewprw8

    Continua!
    Não perdoava a buceta dessa mulher. Enchia ela toda!

  • Responder Anônimo ID:1epg3n544ha1

    Ansioso pela continuação