# # # #

Peguei meu filhinho virando mulher do primo

2050 palavras | 25 |4.84
Por

Ola. Me chamo Raul e vim relatar uma historia real. Pessoal. Aconteceu na minha família.
Sou casado há quase 15 anos e tenho 3 filhos. O menino, Iago, é o do meio. E tem duas irmãs, uma mais velha e uma caçula.
Isto aconteceu há aproximadamente 2 anos e envolve a familia da minha esposa. As crianças tem, por parte da minha mulher, vários primos. Um deles, em especial, sempre foi muito próximo ao Iago mesmo com a diferença de quase 15 na idade.
Eram opostos em todos os sentidos mas sempre se deram muito bem! Em reuniões familiares, ficavam sempre juntos. Festas de final de ano e férias, Iago dormia com este primo mesmo quando não havia necessidade como falta de espaço. Eram inseparáveis… E só depois descobri o motivo.
Este rapaz se chama Matheus, foi criado com mãe solteira e sempre foi mais “malandro” do que se esperava para uma criança. Desde muito cedo levava namoradinhas para casa e desenvolveu seu corpo muito rapido. Enquanto Iago era branquinho e alvo, Matheus tinha o dobro de tamanho (quase 1.82m) e a pele preta. Era negro e com a aparência muito robusta. Desde pequeno praticando esportes, na época do acontecido quando tinha 23 anos e meu filhinho apenas 9, ele era um homem imenso comparado ao meu filho que era minusculo, magrinho e frágil.
Sobre o flagra que mudaria minha vida:
Matheus havia se desentendido com sua mãe, irmã da minha esposa, e havia pedido a ela para passar um tempo lá em casa. Minha esposa que era louca pelo rapaz permitiu, dizendo que seria bom que ele ficasse lá até a poeira abaixar um pouco com sua mãe. Disse que poderia dormir no quarto do Iago e que ficasse despreocupado, pois poderia ficar lá até quando quisesse.
Logo no segundo dia já notei algo diferente. Embora fosse comum que o Iago seguisse o Matheus por todo canto, tinha alguma coisa estranha. Percebia que os dois desapareciam por um tempo e depois retornavam como se nada tivesse acontecido. Até na hora do banho o Iago quis ir junto com o Matheus. Trancaram a porta e ficaram mais de 40 minutos tomando banho.
Mesmo pensando várias coisas, não havia acontecido nada de mais e deixei logo de ver coisa onde não tinha. No 3° dia do Matheus na casa, Iago não levantou no seu horário habitual e fui entrar no quarto para ver o que aconteceu.
Ao abrir a porta, vejo Matheus abraçadondo Iago por trás, cobertos por uma manta e literalmente agarrados, como se fossem um casal. Aquela cena me deixou duro mesmo sem entender por quê. Eu vi meu filho sumindo dentro do abraço do Matheus, que era já um homem e cheio de musculos. Meu filho parecia uma mulher sonhando nos braços do marido negão.
Como Iago ainda era apenas uma criança inocente, não vi maldade e encostei a porta. Mas não a fechei. Deixei um vão pequeno que permitisse ver um pouco mais aquela cena linda.
Quando passado apenas alguns segundos, percebo o corpo de Matheus se mexendo de baixo da manta. Quase não era possível ver Iago, que tinha o corpo muito pequeno perto do gigante do Matheus, mas percebia que o primo balançava o corpo num vai e vem e por um segundo, consegui entender o que estava acontecendo:
Matheus estava com sua mão na boca do Iago. Uma mão gigante que cobria quase que o rosto inteiro do garoto. E apertava sua boca na intenção de abafar qualquer voz do meu filho.
Sem que fosse preciso mais, entendi o que estava acontecendo:
Eu pensei que meu filho estava apenas sendo abraçado pelo seu primo mas ele estava era sendo enrabado. Embaixo daquela manta, o Matheus devia estar socando no bumbum do meu menino e por isso tapava sua boca, para que ele gemesse baixo.
O movimento embaixo da manta ficou cada vez mais rapido e o Matheus estava cada vez mais ofegante. Era possivel ouvir baixinho o gemido do Iago, como uma mulherzinha indefesa e quase sufocada nos braços enormes do primo.
Antes de poder ver o desfecho da cena, percebi que tinha melado a cueca e fechei rapido a porta, antes que eles levantassem ou pior, minha esposa nos encontrasse.
Passei o dia todo encucado e sem saber o que fazer. Não sabia se contava a minha esposa o que vi, se falava direto com o Matheus. Meu filhinho lindo então… Não conseguia imaginar como ele devia estar se sentindo. Traumatizado, usado. Isto com certeza deixaria nele cicatrizes para o resto da vida.
Já de noite não conseguia pregar o olho. Afinal o moleque ainda estava dormindo no quarto do Iago e sabe-se lá fazendo o que com ele. Fiquei aflito a noite inteira, me revirando na cama.
Já era de madrugada quando me levantei para conferir as coisas e me deparei com uma cena que mudaria minha vida. O quarto do Iago era o primeiro do corretor, então mais afastado dos outros comodos. Nenhum dos quartos tinha chave além do meu, então eu sabia que se estivesse acontecendo alguma coisa, ia pegar esse maldito no flagra.
Antes mesmo de chegar na porta do quarto do Iago, ouvi gemidos parecidos com de mulher. Chequei o quarto das meninas antes, pensando que poderia ser alguma delas. Mas ao chegar mais perto, percebi que era meu filho. Iago, na epoca com 9 anos, gemia manhoso feito uma garotinha e por um segundo até hesitei em me aproximar.
Confesso que não era só preocupação por meu filho, mas estava sentindo tesão e curiosidade. Mesmo com receio, precisava ver o que estava acontecendo.
Quando me aproximei mais da porta, pude escutar Matheus falando:
– Que saudade que eu senti de você minha branquinha. Você sentiu saudade do chocolate do primo?
Iago não respondeu e Matheus voltou a falar:
– Eu fico loco com a sua boquinha de nenem sabia?
De novo Iago não respondeu.
Quando abri devagar a porta, percebi o que estava acontecendo e porque o Iago não estava falando nada.
Matheus estava sentado na cama dando de mamar pro garoto.
Foi a primeira vez que vi o pau do Matheus e desde então não consegui mais tirar aquele cacete da cabeça. Tinha pelo menos 20cm, era reto e grosso e mal cabia na boca do meu filho. Por isto só o Matheus falava, porque o Iago estava com a boca cheia.
Fiquei assistindo paralisado enquanto o Matheus, um preto caralhudo por quem toda mulher se derretia, estava socando o pau na boca do meu filho- seu próprio primo. Aquela cena mudou tudo, porque percebi que meu filho não estava sendo forçado a nada. Ele gostava de ser a mulherzinha do Matheus.
Percebia a dificuldade do Iago e como o Matheus parecia não estar nem ai pra isso. Segurava na cabeça do menino e empurrava cada vez mais fundo o seu mastro na goela da criança.
Já não estava conseguindo me segurar, de prazer, medo, euforia e preocupação, quando ouço Matheus:
– Primo, eu vou ficar aqui uma semana inteira e vou te dar chocolate a semana toda. Você quer?
Meu filho tenta responder com a boca cheia e não consegue verbalizar nada.
Era desumano o que estava acontecendo. Chegou num ponto em que a rola do Matheus estava desaparecendo na boca do Iago. Não conseguia entender como isto era possivel ja que era um negão de 20 cm de pau pelo menos. Como meu filhote conseguia engolir tudo assim?
Matheus fala:
– Minha bezerrinha gostosa. Fico loco só de lembrar que eu te ensinei a ser putinha assim pro primo.
Nesse momento, varios flashbacks se passam na minha cabeça. De váras vezes em que suspeitei algo entre eles mas que, sem mais razão, deixava passar. Parecia um quebra cabeça e eu pude lembrar de cada brincadeira de criança que eu não entendia e que, agora que eu sabia o que acontecia entre eles, entendia melhor.
– Mama na mamaderona preta do primo Iago. Eu sei que você gosta de mamar amor.
Com certeza aquilo não estava acontecendo pela primeira vez e diante do ocorrido na mesma manhã, acho que Matheus vinha comendo meu guri a muito mais tempo do que eu imaginei.
Ansioso pelo garoto, não via a hora de Matheus colocá-lo de pé e fazer ele entrar na vara. Estava muito nervoso mas ao mesmo tempo muito excitado com tudo o que estava vendo.
Matheus disse:
– Primo, você quer leitinho antes de dormir?
Pude ver meu filho com metade da jeba na boca balançando a cabeça que sim.
Matheus tirou da boca dele e pude ver de novo o tamanho e a grossura daquele membro. Era preocupante pensar que meu filho estava aguentando tudo aquilo e provavelmente desde muito mais novo.
Matheus pergunta de novo:
– Você quer leitinho Iago? Fala que quer beber leite pra dormir bem.
Iago falou pela primeira vez desde que os vi e senti uma sensação estranha quando ouvi sua voz:
Era como a de uma menina, totalmente feminizada. Ele segura com as duas mãozinhas o monstro enorme do Matheus e pede:
– Me dá lete amor. Eu adoro quando você deixa eu tomar.
Matheus bateu o pau na cara dele e pelo barulho eu pude imaginar o que meu filho estava enfrentando.
O pau dele era tão grosso que fez um som alto e oco, como um tapa na carinha branca do meu filho. Matheus era tão maior que o Iago e tão mais forte que fiquei com dó. Ele bateu de novo na cara do meu flho com o pênis e falou:
– Hoje eu vou deixar você tomar de novo nenem. Mas amanhã você vai ganhar no bumbum ta bom?
Meu filho brilhou o olhar. Parecia que um fogo tinha se ascendido só porque Matheus prometeu que ia dar leite na bunda dele.
Percebi ali a fêmea que meu filho se tornou para o próprio primo. Estava estasiado com toda a cena, morrendo de tesão. Parecia que estava alucinando.
Com o pau estourando na calça, quando ia descer a cueca para bater uma, ouvi o Matheus falando novamente:
– Você quer ganhar madeira na bundinha não quer primo? Foi só eu falar que você lembrou de mim né. Como eu monto gostoso em você que nem um marido e como você fica quietinha que nem uma mulherzinha.
Antes que meu filho pudesse responder, percebi que o Matheus agarrou a cabeça do moleque com toda a força e fez ele engolir o cacete preto inteiro. Iago se debatia tentando sair para trás e mais fundo o Matheus ia. Fez desaparecer 20 cm de rola na boca de uma criança de 9. Que eu descobri que era uma verdadeira safada. Minha filhinha viadinha que gosta de negão.
Por ultimo Matheus soltou:
– Amanhã vou engravidar você meu nenem.
Não queria ser descoberto então encostei devagar a porta de novo e fui para o banheiro. Onde bati uma punheta de minutos porque estava babando com as lembranças. A voz do Matheus tratando meu flho como uma menina. O olhar do Iago, entregue aquele preto gigante e feliz de ter sido escolhido como uma fêmea para ele usar. Não consegui ver mas só conseguia imaginar quanta porra deve ter jorrado daquele pênis enorme. E como meu filho deu conta de engolir, ou se havia cuspido… Só de imaginar estes detalhes me gozei inteiro.
Ao acordar no dia seguinte, levantei mais cedo do que eles e fui espiar no quarto de Iago.
Desta vez, sem surpresa nenhuma, encontrei de novo meu filho abraçado por trás daquele macaco preto enorme que era o Matheus.
Desta vez, não suspeitava do que estava acontecendo, ja sabia:
Matheus estava usando meu filho de noite e de manhãzinha logo que eles acordavam.

Continua…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,84 de 119 votos)

Por # # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

25 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Jo ID:g3jguew40

    E muito gostoso eu nunca dei pra ninguem tenho muita vontade de dar mru cuzinho virgem pra uma rola de 20 c. So que tenho 60 anos ja sou casado quero da o cu no sigilo total

  • Responder Baby Boy ID:1dn08tuxucp1

    Todo dia penso nesse conto que não teve a continuação merecida 😔

  • Responder Manga6565 ID:ona0jpj6i9

    Belíssimo conto espero que tenha continuado

  • Responder Baby Boy ID:1e7ncbmc5m1n

    Muito bom esse conto. Merecia uma continuação. Há poucos com essa temática e menos ainda que sejam suficientemente bem escritos.

  • Responder professor30a ID:urgfo2zfp5y

    tesao demais

  • Responder Papai pauzudo ID:6stwykeoib

    Sou um homem negro forte e muito pauzudo meu pau tem 27 cm muito grosso. Tenho 48 anos sou casado tenho um filho de 11 anos. Ele e bem afeminado. Corpinho de menina. Sempre desconfiei que ele era um viadinho. Tenho um ferro velho as margens de uma rodovia. E no ferro velho passa muitos mendingos noias moradores de rua. Ha alguns dias atraz miha esposa tava viajando. E eu sai a negocios. E deixei meu filhinho sozinho em casa. Passei o dia fora. Voltei pra casa a tarde. Quando cheguei notei que meu filho nao estava em casa. Entao fui ate o ferro velho. Quando entrei no galpao ouvi alguns gemidos. Entao entrei . E presenciei uma cena que me deixou pararizado. Vi meu filhinho sendo fodido por dois mendingos. Meu filhinho tava com uma calcinha fio dental. Enquanto um mendingo fodia seu cu. O outro socava o pau na boquinha dele. Isso me deu um tesao louco. Fiquei com muita vontade de foder o cusinho do meu filhino . Nao sei o que faco.

    • Psicólogo dos Fakes ID:gqb5vjkqm

      Primeira coisa é fazer um exame de dst no seu filho. Espero ter ajudado.

    • Pedro ID:gqau2aehm

      Minha história é real. Eu tina 6 pra 7 anos. Era loirinha de olhos claros, bonitinho, todos diziam que parecia filho de rico ou com feições de menina. Um primo dos meus pais de 40 anos ou mais, passou a frequentar nossa casa e punha seus olhos em mim. Às vezes me sentava no colo e mordia os lábios, às vezes puxava meu calção e olhava minha bundinha cheinha. Eu era totalmente ingênuo.
      Um dia conseguiu ficar sozinho em casa e propôs me ensinar uma brincadeira secreta que eu topei. Me levou pro quarto e me ensinou a acariciar seu pau e a punhetá-lo. Depois me deitou de lado, tirou meu calção e disse: “vou botar”. Abriu minhas pernas e foi me pentrando com muito cuidado. Não senti dor alguma e passei a gostar de sentir aquela sensação gostosa dentro de mim. Virei a mulherzinha do meu primo que me comeu por quase 3 anos.
      Parei de dar pra ele quando descobri na escola, em conversa com garotos maus espertos, que eu era “viado” e isso eu não queria ser.
      Na escola me chamaram de “Miss Brasil”. Um dia quando eu já tinha 10 anos, um garoto mais velho e mais forte, me dominou num canto sozinho e me beijou apaixonadamente. Consegui escapar dos seus braços e chorei muito.
      Apesar da vontade de dar para outros.meninos, rapazes e homens só meu primo me comeu.
      Hoje tenho saudade do que ele me proporcionou. Meu e-mail: [email protected]

  • Responder Maduro casado ID:bemlpa6yv2

    Muitos coitados são presos por estarem comendo cu de garotos novinhos , acho que o pai deveria sondar primeiro pra ver se o filho esta gostando, se vc percebeu que ele esta gostando deixa ele realizar seu prazer
    Hoje tenho 72 anos de idade e aos meus 12 aninhos de idade eu fui viadinho de um NEGÃO Kctudo gostoso por quase um ano até que um dia meu pai nos pegou no flagra e foi o maior escândalo da minha vida.
    O pauzão do negão era tão grande e grosso que levou uns 15 dias pra ele conseguir por tudo na minha bundinha.
    Eu adorava ser mulherzinha dele, mas infelizmente deu tudo errado.
    Devido este escândalo eu fiquei 49 anos sem da meu CUUUUUU.
    Só fui voltar a da o cu dia 19 de 2012.
    [email protected].
    Eu quero um negão pauzudo gostoso para me comer

  • Responder Maduro casado ID:bemlpa6yv2

    Única coisa que não gostei do seu conto foi vc chamar o comedor do seu filho de macaco isso é falta de respeito com o ser humano.

  • Responder DOM ORFHEU ID:1duu9ogvt8mj

    Cara ja vi e vivi mtas historias assim nao como pai, tio ou primo mas como um dos mtos machos alfas que encontram no caminho cadelinhas betas assim como seu filho que acabam sendo adestradas como as cadelinhas que sao e viram deposito de porra como deve ser, e sua filhinha putinha so esta sendo o que ela nasceu pra ser uma sissy submissa de um macho negro, espero saber como continuou o adestramento dessa vadiazinha

    • Seu filhinho ID:469ctdio6ic

      Que dlc! Filhinho tem que servir o papai em tudo o que ele pedir

  • Responder Uyv vugyf7bgg ID:on9190lk0a

    Conto bem fantasiso. Mt ruim mesmo

  • Responder DOMO ORFHEU ID:1epdhyde5kun

    Tudo normal, pela descrição que VC fez do seu filho ele é um beta nasceu pra ser uma cadelinha no cio e servir machos alfas negros como deposito de porra, esse macho só identificou e esta adestrando uma Putinha que só tem um propósito servir e VC esta adorando e quer que ele use mto mais essa vagabundinha que VC chama de filho, espero ler a continuação e se quiser chama no telegram DOM ORFHEU

  • Responder Seu filhinho ID:469ctdio6ic

    Não tem coisa melhor que ser filhinho de papai safado ! Papais sempre vão achar um jeito de passar a mao ou colocar no colinho !!!

  • Responder Luiz ID:3v6otnnr6ic

    Papai tambem vai metr a rola ou vai da para Mateus?

    • Seu filhinho ID:469ctdio6ic

      Papai tem que meter a rola também né

    • Seu filhinho ID:469ctdio6ic

      Papai não pode deixar só só Mateus meter nele

    • Cracudo ID:1e814hlh5lbm

      Dlc adoro vós infantil

    • Luizinho ID:mujlcf5d4

      Se fosse meu filhinho eu fazia esse Negrão me comer todo dia também. Quando era criança um negro me comeu e até hoje sinto saudade do seu pinguelao preto que arrancou meu cabaço. Tenho msis de sessenta anos mas não perdi a vontade de dar o cu sou cssado e é muito difícil

  • Responder Seu filhinho ID:469ctdio6ic

    Que dlc

  • Responder Gilmar Santos ID:ona2splv9j

    Posta o restante….conto top

    • Seu filhinho ID:469ctdio6ic

      Muito bom né

  • Responder Popo ID:1dxicmuis3mt

    Por favor continue

  • Responder Anônima ID:wc4jn3d3

    Posta o resto