# # #

A filha é neta do caseiro

1496 palavras | 3 |3.55
Por

Como já tinha adiantado no conto anterior vou relatar dia que comi mamãe e filhinha. Meu nome é Francisco tinha 20 anos na época

Tenho corpo Atlético de academia bem definido um mastro de 24 cm . Eduarda e mulata de pernas grossas seios fartos duros de silicone bunda redondinha corpo perfeito para seus 38 anos. Renata sua filha tem 18 anos morena cabelos cacheados pernas grossas de academia seios fartos de silicone bunda linda. Mais vamos lá deixei minhas putinhas descansando na casa sede da fazenda e falei que iria na casa do caseiro arrumar chuveiro pós não estava esquentando e Eduarda tinha ido lá na parte da manhã pedir para alguém ir lá arrumar pós seus país tinha ido viajar não deu tempo deles se encontrar. Pós Carlinhos filho do dono da fazenda deu folga para casal para nós dois curtir final de semana sozinho. Eu tinha me comprometido a ir lá a noite para ajudar ela. Carlinhos meu primo Vargas estavam muito cansado pós tínhamos transado dia inteiro eles estava com bunda doendo de tanto que meu mastro trabalhou deixei eles molinho fraquinho. Rsrsrsrs e assim fui para casa do caseiro arrumar chuveiro da Eduarda mais o que Eduarda queria mesmo era meu mastro na bucetinha dela
Quando cheguei lá estacionei o carro pós casa erra distante da casa sede chamei Eduarda ela veio de vestidinho solto sem sutiã que corpo ligo minha mulata tinha nós beijamos apaixonado beijo de ligua que ela me confessou estar molhadinha com aquele beijo. Eu estava de short de jogar bola branco sem cueca camiseta regata quando entrei vi uma linda jovem no sofá perguntei vc não me disse que não estava sozinha ela me disse relaxa e minha filha Renata tem 18 anos tive ela na adolescência sou mãe solteira pós pai dela não quis assumir. Senti no sofá Eduarda foi para cozinha preparar alguma coisa para gente beliscar em quanto isso eu Renata conversamos na sala ela estava com shortinho de academia curtinho e um top pós estava muito calor. Foi aí que Renata me falou Francisco pode tirar camisa posso lhe chamar de Francisco pós de tio não da pós temos quase mesma idade. Eu respondi pode sim então eu tirei a camiseta foi ai que Renata falou bem que vc mamãe me disse que ele era um gato olha que corpo todo bronzeado. Foi ai que ela me disse vcs deve ter aproveitado bastante hoje a piscina ehhh eu falei vc nem imagina o quanto o Carlos tá lá desmaiado e sua namorada pós mamãe disse que vc tem namorada eu disse não é minha namorada e minha putinha ela está lá desmaiada tbm pós curtimos muito hoje mais vc chama sua companhia de putinha sim ela adora quando a chamo assim só estou respondendo o que ela pediu. Nisso falo para Eduarda vc tem uma filha linda puxou a mamãe gata e mordi os lábios nisso observo Renata reparando no meu mastro então eu ajeito o mastro tampo com almofada do sofá ela me pergunta quer ajuda eu não ela fala mãe bem que vc falou que colega tinha mastro enorme.
Eu me levanto vou para cozinha deixando Renata sozinha na sala chego na cozinha abaixo tiro calcinha da Eduarda pelo vestido esfrego na bunda dela ela geme baixinho calma eu falo já tá molhadinha né safada ela tô doida para ter este mastro dentro de mim. Nisso Eduarda grita posso colocar uma música mãe dela fala pode minha filhinha eu volto para sala vejo um violão do falo da TV e pergunto que toca violão lá Renata me responde meu avô então pergunto se posso tocar começo cantando Jota Quest Renata me confidência que é sua banda preferida. Nisso para agradecer Renata vem do meu lado começa me beijar no rosto quando derepente beija minha boca nisso coloco violão no sofá dou um beijo gostoso de língua na Renata que ela me confidência que nunca ninguém tinha beijado ela assim foi quando mamãe dela chega na sala nós fala vocês já estão começando sem mim .
Nos chamou para cozinha para labiscar tomar umas cervejas. Nisso sentamos todos na mesa foi quando Eduarda propôs um jogo de verdade desafio que teríamos que tirar roupas todas durante jogo topamos na hora vamos para jogo.
Eduarda rodou garrafa caiu na Renata filha tio beija bem sim mamãe me deixou molhadinha caímos na gargalhada foi ai que Renata tirou top revelando seus lindos duros seios meu mastro parecia que ia explodir dentro do short Renata rodou garrafa caiu em mim ela né perguntou vc comeu Carlos hoje dia td pós aqui na fazenda todo mundo comenta que ele é viadinho sim acabei com cuzinho dele tá lá desmaiado minha putinha tirei meu short relevando meu grande mastro Renata mamãe que mastro e esse bem que vc falou que não da para engolir tudo. Rodei garrafa caiu na Eduarda eu perguntei quanto tempo vc transa com sua filha nunca transamos só dividimos macho eu mais hoje eu vou ensinar vcs transar ela tirou vestidinho relevando aquele corpo escultural lindo olhei para Eduarda acareciei meu mastro ela disse podemos chupar fomos para sala sentei no sofá elas soboreava meu mastro como duas gata no cio eu mandei às duas sentar no sofá uma do lado da outra fui chupando Eduarda os seios grilinho mordendo falando quero seu melzinho falei para Renata tá apreendendo ela sim nisso Eduarda começa gritar tremer de tesão eu coloco um dedo no cuzinho dela aumento chupadas no grilinho dela ela fala nunca tinha gozado tanto na vida nisso eu falo para Renata ficar de quatro chupar sua mãe em quanto eu chupo seu cuzinho coloco um dedinho no cuzinho da Renata ela grita de tesão eu começou chupar ela inteira morder grilinho dela ela desfalece de tanto tesão fala mamãe nunca dei cuzinho mais hoje ele é do Francisco nisso meu tesão explode viro um animal beijando Renata foi ai que demos beijo tripulo falei para elas vou dar leitinho para vcs duas quero mastro limpinho elas tomou tudinho sem deixar uma gota cair vamos tomar um banho todos juntos. Quando voltamos mandei Eduarda fazer 69 com sua filhinha que eu ia ficar assistindo. Nisso vendo às duas ali meu mastro de vida de novo eu fui por trás da Eduarda coloquei só cabecinha na porta da sua bucetinha iniciei um vai vem bem devagarinho nisso Eduarda estava gozando de novo aumentei ritmo até ela para de gozar sua filhinha chupando mamãe foi quando coloquei mastro no cuzinho apertado da Eduarda ela gritava vai de vagar eu fui devagarinho aumentando ritmo ela estava gozando pela terceira vez fala que me amava que eu seria dela para sempre. Sentei no sofá mandei Renata chupar meu mastro só cabecinha ela foi obediente foi então que mandei ela chupar meu cuzinho eu fico com um tesão alucinante. Foi quando Eduarda me perguntou quer que nós colocamos nossa cinta peniana eu disse não isso é mais que eu deixo só chupar acariciar próstata. Foi quando coloquei Renata de frango assado coloquei só cabecinha na sua bucetinha apertada falei para Eduarda vc tem um pluque anal vamos colocar na filhinha para acostumar em quanto arroubo sua bucetinha Renata gritava de tesão tremia no meu mastro foi quando senti minhas bolas doer de tanto tesão aumentei velocidade socando tudo na sua bucetinha Eduarda chupando grilinho da filha que falava te amo mamãe quero vc case com Francisco quero transa sempre com vcs papai e mamãe e filhinha nisso tiro pluque viro ela de quatro começo bem devagarinho comer aquele cuzinho apertado mãe e filha já estava nesta hora arronbadas Renata implorava bate na minha bunda nisso Eduarda pede para cavalgar com meu mastro no seu cuzinho assim eu atendi Eduarda nesta hora pela primeira vez engoliu todo meu mastro Renata não queria perder da mamãe fez mesmo eu já não tava aguentando anunciei que queira gozar foi quando Renata me disse coloca na minha bucetinha meu amor goza lá dentro quero filho seu meu papai lindo nesta hora já para Renata eu tinha casado com sua mãe Eduarda eu gozei como nunca na Renata que escorria para fora foi ai que Eduarda veio por baixo limpou tudinho bucetinha da filhinha. Tomamos outro banho juntos passei meu contato para Eduarda hoje eu ela sua filha somos amantes a 15 anos. Já Carlos quando voltei pra sede falou que iria embora fazer sua transformação pós ele queria se transformar definitivamente numa boneca travesti ficaria alguns anos na Europa mais isso é para outro conto já nós dias atual este conto é verídico só os nomes e fictícios [email protected]

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,55 de 29 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder pedro terra ID:1ejglcziwldp

    Podia ser muito bom, óptimo. Titulo confuso com a narrativa pontuação não existe, fica difícil ler e ao mesmo tempo pontuar para entender e acompanhar.. Não estou criticando, mas ajudando a melhorar as narrativas.

  • Responder Grafit 22cm ID:muiuootwq

    Só fiz eu resumem não dá para entende, o título disse ¿A filha é neta do caseiro?
    Eduarda e mulata de pernas grossas seios fartos duros de silicone bunda redondinha corpo perfeito para seus 38 anos. Renata sua filha tem 18 anos morena cabelos cacheados pernas grossas de academia seios fartos de silicone bunda linda. Para ser filha do Caseiro está bem e muito bem preparada

  • Responder Crypto24 ID:zddcemk0k

    Que dor ler esta confusão