# #

O negro funcionário de meu marido

1034 palavras | 2 |4.26
Por

O negão de 25 anos fez a sessentona gemer, chorar, gozar e pedir mais.

O funcionário de meu marido
Eu, sou Edmara, casada a 41 anos, com um cara que hoje tem 62 anos, eu tenho 60, sou morena clara, mignon, corpo , apesar da idade, em pé, graças ao são silicone e Dr. Giovanni, meu amigo cirurgião plástico. Portanto posso até ser uma senhora, mas longe de ser uma baranga, e só me visto adequadamente, sóbria, na moda, algumas vezes , umas transparências sutis, e adoro sexo em toda sua plenitude, faz bem pra pele e para memória.
Bem, meu marido teve que fazer uma viagem a negócios, e eu teria que providenciar uma poda na grama, e cuidar de algumas plantas, eu tenho muitas, eu mesma gosto de lidar com a terra, com os adubos, humus, minha mão é boa para plantas e outras atividades……pedi ao meu marido o funcionário dele emprestado, já que ele na empresa tinha um faz tudo, que inclusive já tinha feito alguns serviços de em nossa casa.
Meu nome é realmente Edimara e eu dou nomes de aos bois, o funcionário em vc questão é o Jorge, um negro de 25 anos, porte atlético, definido por trabalhos braçais, torneado pela mãe natureza, lembro de que quando o conheci, recém saído da adolescência, o chamava de príncipe de ébano.
No dia seguinte acordei com a campainha tocando, olhei pelo interfone era Jorge, abri o portão e disse para me esperar que já o atenderia. Como inicialmente iria somente passar as tarefas, coloquei um roupão e fui atendê-lo, sei que quando abaixo o tronco geralmente o roupão se abre e dá uma visão de meus seios, eu fingindo naturalidade, não deixava transparecer que sabia que ele estava olhando meus peitos. Mostrei o que inicialmente teria que fazer, fui colocar roupas e já já retornaria para instrui-lo. Enquanto Jorge podava a grama, eu mexia em meus vasos de plantas. Como estava muito calor, optei em vestir apenas um camisão de malha. Jorge concluía o corte da grama, eu observava aquele negro brilhar, de suor, o deixei a vontade se quisesse tirar a camisa e entrar no chuveirão,poderia, o calor estava matando.
Fui na cozinha buscar uma água pra deixar próximo a nós, quando voltei, Jorge estava sem camisa embaixo do chuveirão. Com o tecido tactel molhado, delineou o dote daquele rapaz, desconcertante,minha mente viajou, minha bucetinha umedeceu, logo eu fissurei naquela maravilha, a ponto de fazer lanche, oferecer almoço, que para disfarçar pedi na rua, e perguntei-lhe se gostava de rabada, pois havia esse prato no restaurante de que eu estava pedindo comida.
Ele falou que comeria o que eu pedisse. Eu respondi pra não falar aquilo com uma mulher em processo de tensão, para não ser muito direta no estado de tesão. Quando a comida chegou, falei pra ele se lavar para comermos, novamente contemplou com aquela visão. Como retribuição, eu depois que ele saiu entrei no chuveiro de camisão, como não usava nada além de uma minúscula calcinha, os contornos de meus seios e bundinha foram realçados. Depois do almoço, falei pra ele fazer uma horinha para mais tarde continuarmos o serviço.
Iniciamos um bate papo , Jorge não tirava os olhos de meus seios, para provoca-lo fui no freezer peguei 2 cervejas , tirei a calcinha, e retornei oferecendo a cerva. Novamente entrei no chuveiro, só que dessa fez os traços de minha bunda davam a certeza que eu não usava calcinha.
Nossos papos girou em amenidades, Até perguntar sobre namoradas, ele disse que a muito tempo não tinha nada fixo, segundo ele as garotas estavam muito problemáticas, eu concordei, pois também achava as meninas de hoje em dia, fúteis, e sem muito a oferecer. Que eu mesmo com 60 anos sou mais atualizada mentalmente que muitas de 20/ 30 anos. Jorge não acreditou eu ter 60 anos, eu disse que sim, tinha, se ele quisesse mostraria minha identidade pra ele, ele disse não ser necessário, mas que não parecia mesmo eu ter 60, aparentava 30, agradeci o elogio, mas disse que me cuidava, depois de mais umas cervejas estávamos mais a vontade, e eu com vontade, então entrei novamente no chuveiro molhando bem os seios, destacando os, perguntei-lhe se via meninas com 30 anos com peitos iguais aos meus, ele concordou comigo, disse que nunca tinha visto, perguntei quanto tempo ele está sem namorar, pergunta fatal….ele disse uns 6 meses, perguntei-lhe como ele fazia, já que notei ele ser bem servido, novo e um cara bonito, como ele não respondeu, apenas sorriu, perguntei-lhe se masturbava, ele não respondia, mas seu corpo falava, mesmo sem eu sair do chuveiro, chamei ele pra entrar , pra se refrescar, quando ele chegou bem perto, eu tirei o camisão, ficando totalmente nua, saí debaixo d’água, pode entrar, o volume estava super delineado, parecia um cavalinho (pônei), me aproximei para entrar no chuveiro, perguntei-lhe se queria tocar no meu peito, quando ele levou a mão, eu o segurei na pica por cima do shorts. Pedi para deixar eu ver, pra ficar tranquilo e aproveitar, eu estava com muito tesão, quando a bermuda desceu, libertando toda aquela rola, eu caí de boca. Chamei Jorge para dentro de casa, fomos diretos para o conforto de minha suite, os lençóis ainda desalinhados, eu caindo de boca naquele falo negro, quando me deitei, ele me beijou, veio descendo pelo pescoço, seios, barriga, caiu de boca na minha bucetinha, a língua entrava, mas eu queria era a pica dentro, mandei deitar, e apontei cavalgando naquela piroca, em segundos estava toda tomada por uma sequência de espasmos, e logo depois gozando, como a muito não gozava.
Jorjão me comeu a noite toda, me deflorou o cuzinho, me encheu de porra, me deixando em êxtase. Agora quando vc quero pica, é só chamar.
Ah o corno perguntou se eu havia gostado do serviço do Jorge, eu falei que tinha amado, que roubaria ele pra mim.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,26 de 19 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

2 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Carlos Cézar ID:g3jaxspzm

    Tenho muita vontade em mulheres mais velha que eu, de 60, 70, 80 anos, caso vc queira conversar, meu telegram é @CarlosCAssis.
    Bjos onde vc mais gosta.

  • Responder Lastar23 ID:bemljnovv3

    Nossa que delícia 😋