# # #

a pretexto de me curar um falso terapeuta abusou de mim de todas as formas

1786 palavras | 16 |4.75
Por

sempre gostei de meninas, meus pais qdo eu tinha entre 9 e 10 me pegaram beijando e se agarrando com uma menina mais velha e me levaram pra ser curada

tenho 16 agora, sou morena clara, cabelos pretos, olhos verdes, sou bem decidida e pela minha experiencia acredito que amadureci rapidamente.
Vou contar, alguns fatos não vou falar como o local onde tudo aconteceu, pq ainda existe e funciona normalmente.
Eu tb acredito que não fiquei com nenhum trauma pelo que aconteceu, talvez tenha ficado mais tarada apenas.
Morava com meus pais numa cidade do Paraná, eles tinham um sítio que não era muito afastado da cidade onde estudava.
Era uma vida bem normal.
Com 9 já sabia de algumas coisas sobre sexo e no nosso grupinho de meninas da escola sempre saia algumas besteiras, algumas mais velhas contavam vantagens e falavam coisas que depois eu ficava curiosa pra saber.
Mas apesar de ser bonita e atrair os olhares dos meninos e homens eu não sei pq gostava de ficar com as meninas e algumas vezes me via pensando besteiras com elas.
Meus pais eram bem rigorosos comigo na questão de comportamento e apesar de não serem tão ignorantes ficavam atentos aos meus amigos e minhas conversas.
Quando tava pra completar 10 papai entrou pra um tipo de grupo, tipo uma seita, não sei explicar como funcionava direito, não tinha muita reza nem nada eram mais palestras, misturavam vários tipos de religião. RUAN era o líder, um homem alto, moreno que falava bem e a princípio não parecia que poderia fazer algum mal.
Ai aconteceu de eu estar com uma amiga em casa enquanto meus pais estavam cuidando da roça, era uma amiga da escola que morava perto e sempre vinha pra gente brincar.
Eu me sentia atraída por ela e logo no começo a gente se mostrava uma pra outra. Eu tinha quase 10 e era lisinha, não tinha pelinhos e os peitinhos mal despontavam.
Ela tinha 12 e já tinha pelos e peitinhos e eu adorava brincar com eles.
Só que esse dia a gente se beijava e se pegava no quarto e não vimos papai entrar….bem já sabem, fui uma correria, rss hj eu dou risada mas no dia quase morro kkk
Resumindo tudo, papai expulsou ela e depois de muito discurso e sermão dele e de mamãe ficou resolvido que iriam me levar para o Mestre Ruan. Papai não se conformava que eu tinha beijado uma mulher e feito coisas com ela.
Ruan foi muito compreensivo a princípio, fez uma palestra depois conversou comigo e com meus pais e excumungou nossos tempos de pecado e tudo mais.
Ai papai perguntou se não tinha jeito de me trazer de volta para o normal.
Ele então falou que sim, mas que eu teria que passar finais de semana na sede da associação pra ele me instruir sobre o certo e o errado, sobre homem e mulheres.
Na hora não achei nada de anormal e nem meus pais. Por isso concordaram.
Então na sexta papai e mamãe já me levaram pra lá.
Ruan estava com uma bata azul e nos levou para um salão, onde me colocou no centro sentada numa cadeira fiquei lá ouvindo ele falar para meus pais que o tratamento para tirar esse desejo de mulheres em mim seria feito com medidação, benzimentos e massagens com ervas especiais e que algumas vezes eu teria que ficar sem roupa para purificar totalmente.
Ele falou tudo bem o que for preciso pra tirar essa praga dela. Ruan então fez ele assinar um papel em que autorizava ele a me curar.
Papai perguntou quanto tempo demoraria, Ruan falou uns 2 meses no máximo.
Eu lá sentada, meio assustada e curiosa, mas imaginando como tinha sido gostoso ser beijada e tocada pela minha amiga.
Ruan falou que toda sexta quando ele me trouxesse, eles teriam que e tirar toda minha roupa e levar embora e ele faria uma reza e uma massagem em mim pra tirar todos desejos que vinham comigo.
E então ele me chamou e fomos para outra sala, cheia de luzes coloridas, que deixavam uma penumbra gostosa.
Ele então me fez ficar no centro e pediu pra papai e mamãe tirarem toda minha roupa.
Eles obedeceram cegamente e eu inocente não esbocei nenhuma reação, fui ficando pelada na frente deles e pela primeira vez na frente de meus pais e de estranhos, me senti desprotegida mas ao mesmo tempo poderosa.
Ruan me olhava e dava pra ver seus olhos brilharem.
Ele se aproximou e me girou me observando de pertinho, falou estão vendo, é uma menina perfeita, daqui alguns anos terá tudo que uma mulher precisa pra ser desejada e se casar com um bom homem.
Me diga minha filha o que vc sente sendo observada nua, pode falar o que quiser: eu não estava preparada pra perguntas e fiquei tímida.
Ele então olhando pra meus pais falou: ela provavelmente gostou pq é da essência da mulher, se ela se desviou pra um caminho errado, deve aprender que o desejo dela deve ser direcionado somente aos homens, o sexo oposto ao dela.
Eu já tremia agora de frio, mas sentia uma sensação gostosa, me vendo ali peladinha pra eles.
Então ele chamou uma das moças que ajudavam a cuidar do local e me trouxeram uma bata igual a dele.
Eu vesti e ele falou pra mim aqui vc só vestirá essas vestes, eu sorri e falei tudo bem, vesti e por não ter nada por baixo me senti pelada ainda.
Esse primeiro final de semana lá foi até legal, comi, brinquei e conversei com outras meninas e alguns meninos, na minha cabeça não passava nenhum tipo de medo sobre que poderia acontecer.
Eu era uma da mais novas e às vezes Mestre Ruan me chamava e me apresentava pra outros mestres, depois eu ouvia ele conversando sobre mim com eles.
No próximo final de semana por orientação do Mestre, papai me trouxe só e fomos novamente pra sala com luzes.
Ai o Ruan pediu e ele novamente tirou toda minha roupa, eu sorria e mostrava felicidade.
Adorei ficar peladinha pra eles.
Dessa vez Ruan me perguntou: vc senti falta das mãos daquele menina no seu corpo Aline?
Eu respondi não mestre não sinto falta.
Ele então trouxe um óleo e começou a passar ele no meu corpo, começou pela minhas costas e foi descendo até minha bundinha, alisou ela e passou a mãs no meu reguinho.
Ele falava de forma estranha tipo uma oração e as colocou as luzes pra piscar, eu fui sentindo as mãos dele no meu corpo e adorando.
Papai olhava e parecia em transe, gemia e me via sendo tocada.
então senti as mãos dele tocando minha xaninha lisa, os dedos entrando no buraquinho, eu gemia feito louca mas baixinho e ele falando aquelas palavras que eu não entendia e papai arregalando os olhos e babando me olhando me fazia gostar mais ainda.
Ai acho que gozei e desconfio que ele tb.
Ele parou me trouxeram a bata e ele me mandou ir pro quarto e antes tomar um banho.
Antes me perguntou o que era melhor uma mão de homem ou uma de mulher eu sorri e falei de homem. Ai me despedi de papai e fui tomar banho e dormir.
Nessa noite tive sonhos loucos de putaria com meu pai e mestre Ruan.
E no sábado depois das 18 quase todos foram embora, como teria um tipo de culto em outra cidade ficaram poucas pessoas no local e só eu de menina.
Depois do jantar, Ruan me chamou pra sala das luzes, lá além dele dessa vez tinham mais 3 mestres.
Ruan me explicou que eu estava indo muito bem perguntou o que eu pensava quando ele fez a massagem em mim…eu timidamente falei que não lembrava então ele insistiu…ai eu fui falando que pensei várias coisas, ele perguntou: vc pensou em seu pai, eu respondi que sim e perguntou se tinha imaginado ele pelado, eu fui respondendo o que ele queria e falei que sim que tinha imaginado.
Então ele me pediu pra tirar a bata, eu olhei em volta pros outros homens e tirei fiquei peladinha novamente agora pra 4 homens.
Quando eles levantaram segurando um vidrinho de óleo já me molhei todinha, hj sei que era, mas no dia nem me liguei.
Só vi eles se aproximerem do meu corpinho e comecei a sentir as mãos dele deslizando em todo ele.
Dessa vez eu me entreguei, sentia as mãos deles quente me tocando e gemia feliz.
Ruan vinha até mim e falava : isso goza gostoso minha menina eu olhava pro rosto daqueles homens todos mais velhos, alguns da idade de meu pai e gemia e gozava.
Ai alguns começaram a me beijar e me lamber e eu correspondia, os dedos deles entravam no meu cuzinho e na minha xaninha e beijavam meus peitinhos e minha boquinha.
Quando olher pra Ruan ele tava pelado e o pau duro ereto pra cima, me olhando com cara de doido, Ele movimentava o pau e gemia, eu olhando fixa pro pau dele e os homens me beijando me tocando.
Ai ele pediu pra eles me levarem até ele.
Me fez ajoelhar e falou: vamos dar o remédio que vai fazer ela só querer homem daqui pra frente e se aproximando eles tiraram a roupa e começara a mexer nos paus…eu fiquei ajoelhada os paus deles roçavam minha cara, tinha vontade de colocar a boca neles ma Ruan não deixava.
Eu sentia o cheiro do pintos deles cheiro de sexo, de urina, de gozo.
Então eles aproximaram bem o pau do meu rosto e começaram a gozar nele, me assustei no começo, mas depois abri a boca pra receber os jatos de porra.
Eu não sei como nem onde tinha aprendido mas sabia que tinha que abrir a boca e receber o gozo deles.
Não venho na minha cabeça nenhum pensamento de que eles estavam abusando de mim.
Eu apenas queria ser curada.
Ruan tirou uma foto do meu rostinho todo sujo e falou pra mim : e pra mostrar pro seu papai que vc agora gosta mais de homem e riu.
Eu sorri e lambi a porra que escorria pelo meu rosto.
Isso seria só o começo da minha cura, que deu meio certo, eu gostei de homem sim mas continuei gostando de mulher tv rsss.
Se gostarem eu coloco mais.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,75 de 60 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

16 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Casado muito safado ID:8eez7a6yhk

    Lindo seu cinto muito bem contado parabéns espero continuação

  • Responder Dasilva ID:2ql0b70hm

    Um delicioso relato, bem contado e com desjo de quero saber mais, continue!
    @Silvajsilva

  • Responder Dona Maricota ID:19p3wwt0j

    Minha nossa senhora, essas meninas de hoje em dia já nascem tudo com fogo na periquita! Pelo menos é melhor tu pegar rola do que ficar se esfregando na pepeka de outra menina pra parar com essa machudagem!

  • Responder Eduarda ID:e242a7zr9

    Meninas nessa idade já aguentam vibradores pequenos sim. Chegam até a gozar. Minha filha iníciou com essa idade e hoje com 11 anos é a alegria do meu ficante. Quase não dá conta de nos duas.Damos um calor nele. Kkkkk

    • mikaela ID:8eez5vj742

      Boa noite Eduarda … por coincidência me relaciono com uma garota chamada Duda, caso queira fazer uma troca de experiências e confidencias .. meu mail é [email protected]
      Te aguardo!!

    • Japones_deSantos ID:mujlcet0a

      Oi Eduarda, pode me falar qual o modelo desse ? Estava procurando um pequeno assim

    • A ID:e242a7zr9

      Olá Japanese. Você encontra em casas de sexshop. São vibradores pequenos como se fossem um baton. Meninas de poucas idades pode usar sem problemas, é interessante usar a pomada KY para facilitar a penetracao

    • Wagner ID:2qls5649b

      Foi ele quem tirou o selo dela?

  • Responder Rafaella ID:7xbyxpzfi9

    Bem contado .. Obrigadinha.

    • Samurai yokozunassssssss ID:6z5s1xsld2

      Top seu conto nota 1000 .
      Gostaria de comprar um contos seu por encomenda.
      Quanto custa ? Posso sugerir o tema ? e como Entrar em contato com vc ? .
      Aguardo retorno obrigado.

  • Responder mikaela ID:8eez5vj742

    bom dia Duda, se retornar aqui, queria te dizer que sim porque, porque o que narrei é real e esta garotinha de 8 anos era eu.
    O vibrador de que falo, é pequeno e a primeira vista pode até ser confundido com um batom caso duvide, pode entrar em contato comigo que te envio a foto dele, para você não pensar que estou mentindo.
    Fico no aguardo , tenha um bom dia , a proposito, meu mail é [email protected]

    • Duda ID:g3jjxse8l

      Querida,foto de vibrador não prova nada,a internet ta cheia de foto de todo tipo,melhor você gravar um vídeo curto mostrando ele e me mandar,o que acha??

    • Duda ID:830xmr68rc

      Essa que está se passando por mim é falsa. Não estou pedindo vídeo não e pelo linguajar tá com jeito de ser homem.

  • Responder mikaela ID:8eez5vj742

    Boa noite Aline, não sei se você vai retornar para olhar os comentários, mas eu prefiro mais as garotas do que garotos , aqui vai um trecho do que senti quando “Fiquei” com outra garota na época eu tinha 12 anos e a menina cerca de 8 anos
    Eu deitada e ela ajoelhada na minha frente…a bucetinha quase na minha cara…o vibrador entrando e saindo daquele buraquinho, a xaninha alagada.

    Ela me pediu que tirasse e veio subindo pelo meu corpo…arrastando a buceta melada na minha barriga…nos meus peitos…e finalmente na minha cara.
    Ficou esfregando a pepeka toda melada no meu rosto e eu beijando… lambendo…sugando…metendo a língua, o dedo…até ela gozar de novo….um gozo …muito gostoso.
    Ela então se deitou ao meu lado e eu fiquei me masturbando…troquei a camisinha do brinquedinho e pedi que ela me comesse assim.
    Gozei deliciosamente com ela só passando a lingua no meu grelinho e falando baixinho no meu ouvido que eu era gostosa e que queria mais. Muito mais de mim…. e que nunca, nenhuma uma menina da nossa idade, a havia deixado assim!!!
    Caso queira trocar experiências, meu e-mail é [email protected] te aguardo

    • Duda ID:830xmr68rc

      Oi Mikaela. Você comenta que a menina de 8 anos estava com o vibrador na pepeka. Será que uma menina dessa idade já suporta um vibrador?

  • Responder Lobo ID:gqb6fxzri

    Aline gozei lendo fdp