# # #

Capítulo 01 – estrupo da priminha mais nova

1021 palavras | 7 |3.50
Por

Vou contar uma história que ocorreu a muitos anos atrás. Sempre fui um cara que sentia atração por incesto, mais especificamente por minhas priminhas, que sempre que vinham até minha casa, apareciam com roupas curtas, o que me deixava extremamente excitado!
Então a partir daí, comecei a tentar o máximo possível para me aproveitar delas, desde a encoxalas em um abraço por trás, ou até mesmo tirar algumas fotos delas com roupas curtas ou até mesmo biquínis (quando íamos para a piscina).
Porém a que mais me excitava e me excita até hoje é minha priminha mais nova, Kiany. Uma moreninha, baixinha de olhos verdes, coxas grossas, um bumbum durinho e redondinha, uma boca carnuda e uma bucetinha inchada. Na época do ocorrido, Kiany tinha 8 aninhos, apesar da pouca idade, ela já me excitava demais e me deixava doidinho.
Bom essa parte da história se passa em um mês de junho, estávamos todos de férias da escola e durante o período da tarde, eu ficava sozinho em casa e durante toda a tarde, ficava fuçando sempre na internet e no celular. Então a Kiany me fez um pedido, me pediu para criar uma conta e ensinar ela a postar vídeos no Youtube, mas me pediu para não falar para ninguém. No começo achei estranho, mas criei mesmo assim… Depois de algumas semanas, entrei no canal dela para ver o que ela postava lá e para minha surpresa, a putinha postava vídeos dançando funk com roupinhas curtas. Aquela putinha era uma tremenda cachorra.
E então chegou o dia, quando a mãe da Kiany (que também é uma baita gostosa), tocou a campainha. Ela veio para me pedir para ficar de olho na Kiany enquanto levaria meu primo (irmão da Kiany) ao médico, pois não estava muito legal. Eu logicamente aceitei já pensando em tirar algumas fotinhos da Kiany.
Quando a vi entrar, ela usava um shortinho rosa extremamente curto que mostrava a polpinha da bunda deliciosa dela. Apenas isso já me deixava extremamente louco e entrei em casa já de pau duro e com pensamentos sacanas! Então comecei a tirar algumas fotos dela sem ela perceber, pedia para ela pegar coisas embaixo do sofá para ela ficar de quatro e eu poder tirar uma foto maravilhosa daquela bundinha gostosa. Porém nesse momento acabei não aguentando e fui por trás dela e comecei a encocha-la. Ela não se sentiu muito a vontade e começou a tentar sair e eu a segurava!
Foi aí que tudo aconteceu… Comecei a passar a mão por suas pernas e apertei forte sua bunda! Ela começou a ficar com voz de choro e seus olhos se encheram de lágrimas e disse:
– Por favor primo, não faz nada comigo!
Eu a agarrei pelos cabelos, puxei para perto de mim e disse:
– Escuta aqui sua putinha, eu vou fazer o que quiser com você e você vai aceitar tudo sem falar nada pra ninguém, ou eu vou falar pra todo mundo os vídeos que você posta no Youtube e ainda por cima, te quebro na porrada.
Nessa hora ela acabou se entregando pra mim e sucumbiu…
Eu tirei meu pau para fora e comecei a esfregar ele naquela bundinha deliciosa, meu pau lambuzava ela todinha! Então tirei a roupinha dela e tirei algumas fotos dela de quatro com a bunda empinadinha para mim. Depois das fotos, comecei a chupar aquele cuzinho delicioso e ela começou a gemer… Comecei a chupar e dedar a bucetinha ao mesmo tempo em que chupava o cuzinho e senti seu melzinho escorrer. Ela gemia gostoso, já estava entregue ao tesão que estava sentindo naquele momento.
Então encachei meu pau naquele cuzinho delicioso e comecei a enfiar, bem devagar… Ela gritava e implorava para eu parar, mas isso só me dava mais e mais tesão. Fui introduzindo enquanto uma lágrima escorria do rostinho delicado da Kiany, foi quando em um momento de muito tesão, enfiei meu pau todo de uma vez! Ela gritou e começou a chorar muito… E eu, não parava de socar naquele rabinho gostoso. Ela pedia para eu parar e eu dizia:
– Eu sei que você tá gostando sua putinha, tá com a bucetinha toda molhada de tesão… A partir de agora você vai ser minha putinha e eu vou te comer sempre!
E fui socando nela com vontade, enterrava até as bolas sem nenhuma dó!
Quando estava próximo de gozar, decidi que era hora de experimentar o boquete daquela cachorrinha… Então mandei ela ajoelhar e começar a me chupar. No início ela se negou, então dei um tapa forte e firme no rostinho dela… Na hora ela começou a chorar mais e eu disse:
– Ou tu faz o que eu to mandando e me chupa sua putinha, ou tu vai levar outro desse e bem mais forte.
Ela então começou a me chupar, um pouco sem jeito confesso, porém com o tesão que estava naquele momento, aquele boquete era maravilhoso. Quando finalmente senti que ia gozar, segurei firme a cabeça dela e disse:
– Você vai ganhar leitinho agora sua putinha, e se deixar escapar uma única gota se quer, eu te dou outro tapão!
E então gozei, gozei demais… Ela chegou a se engasgar e chegou a quase vomitar, porém por conta do medo de levar outro tapa, ela se esforçou e engoliu tudinho, sem deixar nenhuma gota!
Depois ainda mandei ela chupar meu pau para deixa-lo limpinho!
Confesso que até o momento, nunca havia sentido nada parecido, foi algo inexplicável e o tesão foi algo absurdo.
Eu então dei um banho nela, pois estava próximo do horário do pai dela chegar!
E foi assim que despertei meu tesão em foder minhas priminhas a força!
Continua…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,50 de 22 votos)

Por # # #

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Buceta meladinha

    Já meteu na bucetinha dela?

    • Josef

      Deixar eu meter na sua bucetinha?

  • Responder Aninha90

    Eu amei conta mais … tem alguma priminha mais nova rs ? Estupra tmb e conta pra gente

    • Amanda666.exe

      Vdd estrupa com força

    • Amanda666.exe

      Vdd adorei o conto

    • pdprv

      mais nova é melhor ainda

  • Responder Anónimo

    É realmente um “estrupo” você estuprar a língua portuguesa desse jeito.