#

Meu irmão abusou de minha esposa e eu gostei

1236 palavras | 7 |3.81
Por

Já de madrugada senti a falta de minha esposa ao meu lado na cama. Levanto e vou à sua procura. Estou caminhando no corredor em direção à sala, onde minha esposa está sentada bem a vontade conversando com meu irmão. Ele que veio passar o final de semana com agente. Fico atrás da coluna em um lugar escuro, só espiando os dois rindo, talvez das piadas que meu irmão gostava de contar. Ouço quando ele convida minha esposa pra assistir um filme. Ela diz que sim. O filme que coloca parece um romance. Ele senta ao seu lado, sua mão direita vai na direção de seus cabelos acompanhado de um elogio. Ela agradece permitindo que a mão dele faça um carinho no seus cabelos. Meu irmão é um cara malicioso e torna a elogiá-la dizendo que ela é muito atraente. Não acredito mas, meu irmão está cantando minha esposa. E o que é pior, parece que ela tá dando mole pra ele. No inicio fico puto, mas depois de alguns minutos a curiosidade me permite ficar observando pra ver até onde ela pode chegar com isso. Eu sei que meu irmão é mulherengo, se minha mulher der mole pra ele, vai ser fodida. Acredito que ela está só testando ele. De repente ouço na tv um som estranho, fixo o olhar na tv e olha o que vejo, um casal pelado em cima de um sofá numa transa alucinante o ator pegava a mulher por trás socando forte, a mulher geme gostoso com o cara sarado de pau duro metendo na sua buceta. Minha esposa começa a se interessar pelo filme. Meu irmão também se empolga e tira a blusa ficando só de short. Minha esposa se levanta e diz que vai dormir. Ele insiste para ela ficar. Ela fala que não pode assistir esse tipo de filme com ele. Ele pergunta por quê. Ela responde que não é de ferro. Que também tem desejos. Ele muito safado disse sorrindo, qual é esse desejo reprimido que você não quer dividir comigo. Ela começou a contar tudinho que acontece quando agente está transando. Ela disse que quando está comigo na cama as fantasias surgem do nada, cada uma mais gostosa que a outra. Me conta uma dessas fantasias, dizia ele com a cara de safado. Ela dizia que não pode porque eu posso não gostar. Enquanto isso o filme chamava atenção numa cena em que a mulher ficava de quatro em cima do sofá o grandalhão atrás dela apontava seu mastro grosso na direção do seu cuzinho. Minha esposa comenta com meu irmão, será que ela vai aguentar esse caralho todinho dentro dela. Meu irmão se aproxima dela dizendo, vamos assistir juntinhos aqui. Já passando a mão na cintura dela apertando e puxando dando uma encoxada. Ela não fala nada, nem tenta se esquivar dele aceitando a pegada que dá nela. Ele já não fala nada, mas pega suavemente sua mão e coloca para sentir o volume que seu pau fazia no short que usava. Só agora ela tira o olhar do filme dando atenção ao meu irmão. Ela olha nos olhos de meu irmão enquanto mete a mão dentro do short tocando assim o pau dele. Ele vai a loucura, geme de tesão. Ela continua tocando na pica dele com uma mão enquanto a outra ela vai baixando o short dele. Quando o pau dele vem pra fora ela fica surpresa com o tamanho do mastro do safado. Ela dá um sorriso safado e comenta o quanto seu pau é grande e duro. O pau dele deveria ter uns vinte centímetros. Era maior que o meu. Eu já sentindo um maior tesão ao ver aquela cena sensual entre minha esposa e meu irmão. Sem querer faço um barulho, eles olham na minha direção, como a luz estava apagada não me viram. Sair dali e voltei para o quarto. Trinta segundos depois minha esposa foi ver se eu estava dormindo. Finjo estar dormindo. Ela tira a roupa e deita ao meu lado de conchinha, sinto sua pele quente, sua mão passeia no meu peito descendo até minha barriga. Me mexo um pouco como se estivesse acordando. Viro pra ela e digo, você quer foder? Ela com a cara de safada me responde que quer muito ser fodida. Aí pergunto se ela quer realizar uma de nossas fantasias, que era de vê-la foder com meu irmão. Ela com um sorriso me diz que estava lá na sala com ele e quase não resiste e fode com ele. Foi quando falei que estava lá só assistindo louco pra ver meu irmão abusando de sua buceta. Ela já se levantou nua e me pegou pela mão em direção a nossa sala. Meu irmão continuava na sala vendo o filme. Quando ele nos vê toma um susto. Digo a ele, você quer comer minha mulher seu safado. Ele dá um sorriso dizendo que vai realizar todas as nossas fantasias. Meu irmão fode minha mulher de todo jeito, pega ela por trás, chupa a buceta dela, dupla penetração, mas o que eu mais gostei de assistir, foi quando minha mulher ficou de quatro e meu irmão começou a foder seu cuzinho. Minha esposa foi a loucura de tanto tesão. Ela gritava, gemia, chamava palavrões e pedia para ser fodida. Meu irmão chamava ela de puta quando metia forte. Todos gozamos varias vezes nessa madrugada. Meu irmão chegou a gozar duas vezes sem tirar de dentro. As bombadas eram fortes. Ver minha esposa satisfeita me dava prazer. Durante o sexo percebi que meu irmão também gosta de tocar numa pica. Pois, algumas vezes ele tocava na minha pica. Quando eu estava metendo na minha esposa, ela cavalgava em cima de mim. Ele abria com as mãos sua bunda e beijava e metia a boca no cuzinho e na buceta dela com minha pica dentro. Sua boca tocava meu sexo enquanto penetrava a buceta de minha mulher. Isso me dava um tesão imenso. Eu fazia de propósito deixando meu pau sair de dentro da buceta de minha esposa só para tocar na boca dele. Ele chupava a buceta dela junto com minha pica, era muito boa a sensação. Outra vez foi quando eu fodia o cu de minha mulher. Ele estava por baixo chupando a buceta dela numa posição de sessenta e nove. Ela chupava seu pau e eu metia no seu cuzinho. Minhas bolas batiam no seu rosto enquanto dava bombadas na bunda de minha mulher. Quando sua língua tocava no meu saco fazia com que eu deixava meu pau sair do cuzinho dela esfregando assim minha pica no rosto dele. Ele não perdia a oportunidade, lambia, beijava e chupava gostoso meu pau. Que trepada maravilhosa. Quando parecia que já tinha terminado meu irmão me chama para irmos tomar banho. Minha esposa fica deitada no sofá. Eu e meu irmão abusamos muito dela. No banheiro meu irmão faz vários elogios à minha esposa dizendo que sua buceta é muito deliciosa e que seu cu é bem apertadinho.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,81 de 32 votos)

Por #

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Tony Bahia

    Que delicia de conto. Tenho vontade de ver minha mulher no pauzão de outro Cara e depois eu chupar ela toda meladinha de porra do Sacana. [email protected]

  • Responder Pachecao

    Quem dera que eu tivesse um irmão pra Fuder gostoso com minha esposa. Continue não demore a publicação

  • Responder Grafit 21cm

    Muito bom o conto so faltó colocar a edade da safada ela novinha e mais gostoso

  • Responder Alexandre

    Nossa que delícia de conto, adoraria que alguém comesse a minha mulher desse jeito

    • Tonny

      Deixa eu

    • Douglas

      Bom dia amigão…
      Será que posso transar com a sua mulher e vc assistindo?
      Entre em contato [email protected]
      Grande abraço

    • De bem com a vida

      Pede pra ela se abrir com o eletricista da obra de vcs. Ele vai fode-la muito gostopso. Pode ter certeza vai sobrar muita porra pra vc