#

Eu sou uma puta estupida e nojentinha

383 palavras | 8 |3.60
Por

Oi. Eu sou a jessica, sou uma jovem muito gostosa com 15 aninhos, e sou uma puta.

Sim, eu considero-me a mim propria uma puta porque adoro chupar caralhos e ser fodida por varios ao mesmo tempo.

Eu tinha ainda apenas 10 aninhos quando chupei um caralho pela primeira vez, e a partir desse dia eu ja queria cada vez mais ate que comecei a chupar todos os rapazes da escola incluindo os professores tambem.

Em pouco tempo eu desenvolvi uma obcessao tao grande por sexo oral que ate cheguei ao ponto d estar ajoelhada no w.c. masculino da escola a chupar cinco caralhos ao mesmo tempo.

Eu ate ja lambi a rata d uma amiga que tinha acabado d ser fodida e estava ainda cheia d esperma, e repeti isso varias vezes com varias raparigas da escola as quais eu lambia como a nojentinha estupida que eu sou.

Foi entao que aos poucos eu comecei a apercerber-me que me estava a tornar numa verdadeira puta, mas o pior é que eu estava adorando ser assim, e por isso comecei a ir mais longe abrindo as pernas pra ser fodida por qualquer um.

Pra começar fui violada por cinco velhos perversos que me foderam toda ate no cuzinho deixando-me depois toda nua e arrombada na rua.

Mas aos poucos eu fui recuperando do trauma e continuei sendo fodida por todos aqueles com que eu me cruzava na rua.

Eu estava a ficar tao entusiasmada com a ideia d ser uma puta que eu ja nao conseguia voltar atras, e pouco tempo depois eu ja andava a prostituir-me pelas ruas chupando caralhos e sendo fodida que nem uma puta por homens que eu nem conhecia.

Eu ja estava tao perdida que qualquer um conseguia facilmente levar-me pra qualquer lado e fazer o que bem lhe apetecesse comigo, desde os jovens mais tezudos e gostosos ate aos velhos mais nojentos e perversos qualquer um podia usar e abusar do meu corpo ate me deixarem toda fodida.

Eu adoro ser usada e abusada sexualmente por varios ao mesmo tempo enquanto me fodem bem fodida no cuzinho e na ratinha pra depois eu me lambuzar toda a chupar caralhos ate ficar toda lambuzada d esperma.

Eu sou mesmo uma nojentinha estupida e mimada mas adoro ser uma puta.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,60 de 10 votos)

Por #

8 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Moerna

    que bosta, super mal escrito

  • Responder Comentários inúteis

    A vontade de rir é grande mas a de chorar é maior

  • Responder Paizão

    É uma bichoooooooooooonaaaa!

  • Responder EllGatto

    para de ser escrota mulher, uma hora voce tem 26 anos, outra hora vc tem 10 aninhos, outra hora voce tem 18 anos para de escrever essas mérdas que at feio pra caraío !

    • Animal escroto

      Kkkkk essas mentiras me brocham kkkkk

    • Animal escroto

      Tantas mentiras assim até brochó kkk

  • Responder D3kz

    Tenho 16 anos me passa alguma rede social sua?

    • Taras familiares

      Viciei em chupar com meu maninho de 11 anos sete anos mais velho que eu e gozei com ele lambendo minha bucetinha sozinhos no meio das dunas da praia. Voltava pra casa final da tarde cheirando a pau, todos dias. Quando chovia, faziamos na rede da área. Passei a tomar a porra enganando ele. Depois das férias, esperava ele de mini saia e sem calcinha no quarto dele com a porta encostada e de madrugada sempre saia do meu quarto e me metia na cama dele só de baby dol e ele tirava o calção e faziamos 69 por horas. Aos 7 anos a tarde depois dele voltar da educação fisica, fui no quarto dele e chupei seu pau com fimose e ele puxou e tirou a cabeça branca de queijinho e enorme fazendo eu gozar jatos enquanto fazia o pau entrar na garganta e meu nariz cheirando os pentelhos suados e mijados e ele dava esperma ao sentir eu engolir com a garganta contraindo e minha barriga enchia com fortes jatos quentes. A empregada viu entrando e fechando a porta. Baixou sua calça e calcinha e mandou ele chupar sua buceta peluda e ela me chupava e enfiava tres dedos na minha beceta já sem hymen por causa de tubo de creme que eu enfiava todo até empurrar meu utero que eu fazia quando dormia nas minhas primas