# # #

Capítulo 5 – A volta de Bianca: As Crianças da Casa 8

1932 palavras | 4 |4.80
Por

Sou um outro escritor, mas resolvi continuar o conto das crianças da casa 8. Isso porque tive a sorte de conhecer a Bianca, que tirou o cabacinho do Miguel. Se você não sabe do que estou falando, veja os contos “as crianças da casa 8”, e vai entender. Aqui é a continuação. A Bianca, a babá que cuidava das crianças, estava escrevendo como se fosse outra pessoa, mas depois que as coisas começaram a sair do controle ela ficou com medo de continuar a contar essa história, até pra não dar problema pra ela. Espero que ela não se importe que eu continue a série. O fato é que naquela vila rolava muita coisa. Ouvi dizer que na casa 2 morava um homem alcoólatra, que tinha uma filha de 11 anos, imagina. Na casa 3 tinha uma mulher gorda que vendia geladinho pras crianças, ninguém imaginaria as taras dela…ela curtia chupar os molequinhos com o calção do futebol no joelho, por isso tantos levavam geladinho de graça.

Mas enfim, não sei muitos detalhes das outras casas, o fato é que Bianca, a babá, fez amizade com Gorete, a mãe das três crianças da casa oito, que eram o Miguel, de 13 anos, a Duda, de 9 anos, e o Felipe, de 7, Bianca passou a ser o braço direito de Gorete, uma mãe solteira batalhadora.

Depois de meter com o Miguel pela primeira vez, tirando o cabacinho do menino, Bianca não conseguia tirar as crianças da cabeça, mas com a pandemia Gorete ficava mais em casa, e não precisava de babá. Um dia a saudade que estava do Miguel apertou, e Bianca ligou pra Gorete:
– Nossa já faz quase um mês que não vejo meus lindos! Liguei pra saber como estão, se precisam de alguma coisa! – bianca falou ao telefone
– Oi linda, eles sempre perguntam de você! Não quer vir aqui mais tarde? A gente vê um filme juntinhos todos na minha cama?
– Nossa ia adorar! Posso inclusive ajudar a preparar o jantar !
– Ótimo! Nos vemos lá pelas sete da noite então! Beijos!
O coração de Bianca disparou de felicidade e excitação. Iria ver o Miguel de novo, atiçar ele, mesmo com a mãe perto. Se bem que, provavelmente não teria como meter com o pivete com a mãe lá. Enfim, se arrumou, pôs uma saia curtinha e foi pra casa 8.

Tocando a campainha, Gorete atende de toalha – ai desculpe Bianca, estava saindo do banho. Bianca entrou na sala e pra surpresa dela a Duda e o Felipe estavam peladinhos no sofá.

– É dia de tomarem aquele banho caprichado; comenta a mãe tirando uns grampos do cabelo e gritando – Duda pro chuveiro agora! Caminhando pra cozinha, continua – Hoje é domingo e fazemos uma faxina geral, lavamos todas as roupas e eles lavam o cabelo.

– Eles continuam lindos Gorete.
– Estão mesmo né… Nossa e você, tá uma mulher já!
– E o Miguel?
– Ah, o Miguel se escondeu no quarto. Como hoje é dia de lavar toda roupa, tive que deixar ele só de cueca, aí ele deve tá com vergonha de você. Gorete dá uma risada maldosa.
– Ai Go, acho seu filho uma gracinha… até trouxe uma lembrancinha pra ele.
– Ah ele é mesmo, já tá um rapazinho. Mas nossa, um presentinho pra ele? Não precisava!
– Ah, não é nada demais. É uma cueca boxer infantil que estava na promoção, achei que ele ia ficar bonitinho nela.
– Ahh…. nossa ele precisa mesmo de cuecas novas. Humm vai ficar lindinho sim.
– Quer ir lá no quarto fazer ele provar?
– Vou sim…

Gorete dá uma piscadinha e sorri. Bianca pensa consigo – “nossa, será que a Gorete sabe de algo ou se excita com isso? Não pode ser, deve ser loucura da minha cabeça.” Enfim, Bianca bate na porta, e antes de ouvir a resposta entra no quarto, encontrando Miguel se cobrindo na cama rapidamente enquanto brinca com o celular.
– Oi Gatinhoo… fala Bianca carinhosamente
– Oi. Miguel, seco, continua distraído no celular.
– Eu trouxe um presentinho pra você. Não quer provar?
– Miguel pausa o jogo. – O que é?
– É uma cueca boxer… acho que vai ficar linda em você.
– Ahn?
– Levanta… vamos provar pra ver se o tamanho tá certo.
– Ah…nao…
– Ah Miguel, para com isso, que bobagem ter vergonha! Bianca puxa a coberta de Miguel que já tá de cuequinha, e puxa ele pelo braço, falando: “Vem fica de pé pra mim.”

Bianca deixa Miguel em pé no meio do quarto, ele envergonhado se cobre, ela se ajoelha bem na frente dele e faz uma carinha espevitada, sorrindo ao ver ele vermelho e tenta acalma-lo, alisando um pouco as pernas dele, que se arrepia. Ao ver a reação dele Bianca poe a mão sobre a cuequinha e começa a acariciar sentindo o penis dele ficando duro lá dentro. De repente, três batidinhas na porta dão um susto. É a mãe perguntando do lado de fora:
– E ai a cueca serviu?
Bianca do lado de dentro responde rindo: – Calma Gorete, ainda não entre, ainda vou trocar ele! E enquanto fala com a mãe dele, desliza a mão dentro da cuequinha de Miguel. – Shhh.. fica quietinho.

– Quando ele se trocar me avisa! Quero ver se ficou boa! Diz Gorete.
– Sim pode deixar! Agora estou tirando a que ele está usando pra você lavar! Grita Bianca de dentro do quarto, de joelhos com o pau do Miguel bem durinho saltando fora da cueca na frente do rosto dela.

Bianca sorrindo olhando de baixo, abre a boca pondo a língua pra fora e cochicha – Já te chuparam alguma vez, Miguel? E segurando a cintura do menino aproxima a ponta da língua da cabecinha , olhando de baixo pra ele. Ela se delicia ao perceber ele tremendo, e vai envolvendo o penis lentamente. Miguel sente aquela boca quente molhada…Bianca empurra a bunda do moleque pra entrar todo o pau, acaricia o saquinho ainda com uma penugem bem ralinha, segura na base e enfia tudo na boca, começando o vai e vem, chup chup chup até que em menos de 40 segundos ela sente os jatinhos na boca, vários um em seguida do outro, bem salgadinho, ela engole com gosto, e o menino quase desfalece. Bianca pega a cueca nova na bolsa, e entrega: – veste aí Miguel, vou chamar sua mãe pra ver.

Gorete abre a porta sorrindo pro filho envergonhado de cueca no quarto.
Ficou lindinho né Gorete? , fala Bianca ajoelhada ao lado de Miguel
Filho que cara é essa? A mãe nota que o filho está sem graça, se ajoelha ao lado de Bianca. Ficou bom o tamanho né? e toca na cueca do filho que recua protestando –
– Já chega! Vou por uma calça!

Gorete e Bianca caem na risada e voltam pra cozinha, pra discutir o que fazer pro jantar. Naquele momento Bianca se sentiu estranhamente próxima a Gorete, é como se elas tivessem curtido juntas a vergonha do Miguel, mas sem falar nada abertamente. Aos poucos Bianca começou a ter a impressão que Gorete de alguma forma a tinha escolhido porque sabia que ela ia “se dar bem com as crianças”. Duda e Felipe ainda nus na sala, enrolando pra entar no banho assistiam TV. Bianca então pergunta pra Gorete:
– E esses dois? Quer que eu leve eles pro banho?
– Você diz os dois juntos?
– Não sei, pode ser a duda primeiro depois o Felipe.
– Se quiser pode levar os dois juntos…

Gorete percebe os olhinhos de Bianca brilhando, que num instante já na sala arrastando os dois pro chuveiro. Bianca curtiu a ideia de fazer os dois irmãos tomarem banho juntos. Esquenta a água e manda os dois que já estão peladinhos, pra dentro do box. Na hora do sabonete, sugere:
– Que tal vocês ensaboarem um ao outro? – põe o sabonete na mão do Felipe, e manda ele passar na irmã. Ele obedece passando com carinho nos braços, nas costas, na barriga.
– Agora ajoelha pra passar nas pernas dela Felipe. Assim ele faz, e Bianca vê ele subindo com a mão no sabonete, mas parando quando se aproxima da ppkinha da irmã.

Bianca olha pra porta pra confirmar se a porta está fechada e pega a mãozinha dele – Vai menino, passa aqui também… faz ele esfregar na xoxotinha da irmã..
Abre um pouco a perninha amor, diz Bianca pra Duda. Tem que limpar lá dentro viu Felipe… me dá o seu dedinho… isso enfia lá… – assim Bianca tira o sabonete da mão do Felipe, esfrega um pouco no dedo indicador dele e faz ele enfiar na irmã.
Na inocência Felipe não percebe que Bianca está fazendo ele masturbar sua irmãzinha… e Bianca se delicia com a cena, conduzindo o dedinho dele num vaievem gostoso pra Duda, que sorri sem entender.

– Duda quer lavar o pintinho dele também? – A menina faz que sim com a cabeça. Bianca está realizada, e observa que a menina não perde tempo e já ta tocando as bolinhas do irmão, que já tá durinho.

Então Bianca tem mais uma idéia e fala para Duda:

– Docinho, você não quer ajoelhar pra eu poder lavar o seu cabelo melhor?

Bem quando a menina se ajoelha, para o susto de Bianca, Gorete dá uma batidinha na porta e já vai abrindo: – Tudo bem por aí?

Bianca fica branca, nesse momento Duda de joelhos bem em frente ao irmãozinho, com o pintinho durinnho bem no rosto dela. Mas Bianca disfarça pega o shampoo, e começa a passar no cabelo da Duda, respondendo: – Sim, agora é lavar o cabelo deles né…

Para o alívio de Bianca, Gorete apenas olha a cena, e comenta – Parece que estão se divertindo… bem, o jantar está pronto.

Com o susto Bianca não tem coragem de por em prática o que havia pensado quando pôs a menina de joelhos no lado do irmão. Talvez num outro momento, pensa. Assim, em menos de cinco minutos estão todos à mesa.

Bianca estava ansiosa para o momento de assistir filme. Todos na cama de Gorete, com o lençol por cima, recostados em almofadas e travesseiros. O desenho era o Frozen. Ela já tinha visto, mas não se importava. Estava feliz por ficar ao lado do Miguel, que estava só com um calção, daqueles de jogar bola. Durante o filme, Bianca foi pondo a mão na perna do menino devagarinho, fazendo um carinho, lentamente subindo… será que ele está de cueca? Aos poucos entrando pela lateral do short, tocou com um dedo o saquinho do menino, que se esforçava pra parecer contrado no filme. Com Gorete do lado, Bianca foi pondo lentamente o pau do Miguel pra fora, tudo escondido, por baixo do lençol. Gorete talvez tenha notado um movimento ali…mas não comentou nada.

Apenas acariciou os cabelos do filho e o fez recostar em seu ombro. Enquanto isso, lentamente, Bianca começava uma punhetinha no menino…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,80 de 10 votos)

Por # # #

4 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Anônimo

    Amiga você deve por a Duda e o Felipe para se pegarem, mas para tirar o cabacinho e estourar as preguinhas do cuzinho dela deve ser o Miguel, pois a rolinha do Felipe é mto.pequena e mal ia fazer cosquinha nos buraquinhos virgens dela.

  • Responder Anônimo

    Bianca você devia ter aberto a porta para a Gorete qdo.tava tirando a cueca do Miguel para ela ver o cacete do filho afinal não ia ter mal algum.

  • Responder Dae

    PORRA AI SIM HEIN, CARALHO Q SAUDADE MAN KK, NEM LI MAS JA SEI Q TA FODA

    • Dae

      muito bem,agora eu li.

      eu realmente senti a mudança do escritor,não foi uma queda nem uma subida,ainda tem um tesão envolvido.
      como ouvir uma pessoa descrevendo pessoas transando,ja os outros capitulos era a pessoa q transava descrevendo.

      peço que vá mais devagar,esta acelerado,muito diferente dos outros capitulos,tente contruir a tensão de miguel, o desejo dele pela Bianca, e a luta intrrna dele de se entregar ao desejo e sucumbir a vergonha.

      acelerando assim a historia acaba muito cedo e pode deixar um gosto de quero mais.

      Deixe bianca se concentrar no irmão mais novo agora,não nos 3 de uma vez,Bianca pode tomar banho com o garoto,passar “pomada” etc, sendo assim logo após pode voltar para miguel e depois para a irmã

      sou um grande fã, por favor, mais detalhes como os 4 contos anteriores e calma ao escrever,n indo diretamente ao ponto mas gradativamente ate ele

      apenas um fã que ficou lendo “titia esqueci minha mala” e senti falta da casa 8

      melhor conto desse site.