# #

Meninas de rua parte1

1128 palavras | 15 |4.04
Por

Olá pessoal sou Jonathan tenho 28 anos moreno alto 190 de altura pika de 18 cm vou relatar sobre 2 menina de rua que conheci a uns tempos atraz.

Sempre tive vontade de transar com menor de idade menininhas mas nao tipo abusar ou pega a força fazer a menina senti praser tbm…Tudo começou quando ganhei do meu patrão 2 semanas de estadias em sua residência no litoral tudo pago era só ir como não tinha ninguém em mente pra me acompanhar fui sozinho. Viagem até lá dura 3 hrs fui de carro. Então no primeiro dia quando cheguei lá desfiz as malas e comprei algumas coisas pra casa. No segundo dia fui conhecer a cidade encantadora então sertô ponto parei no sinal . Aguardando quando me deparo com uma mulhes e 3 meninase 1 parentava já ter uns 17 anos e as outras 2 entre 9e10. Ele parecia explicar algo pro motorista. Então o motorista deu dinheiro pra ela não vi quanto era mas assim que ele deu akela menina mas velha entrou no carro. Então ela vem em minha direção pedindo dinheiro. Eu abri só uma freSta na no vidro pra escutar. Então ela conta um monte de história q eu nem do bola fico apenas olhando akelas 2 menininhas. Então perguntei elas fazem programa tbm. A mulher disse não só a outra faz ela volta em 1 hora se vc esperar. Eu pedi a idsde e nome delas. Umas a mas velha tinha 11 anos e se chamava Maria Eduarda e a outra tinha 9 e se chamava Ana leticia. Então já Tava enpolgado com oq poderia acontecer falei senhora posso levar elas pra jantar e dar um banho pelo menos. A mulher pensou pensou e disse tá bom mas me traga ela amanhã cedo aki mesmo tá e me de uns 200 reais ao pra mim comprar droga. Falei ok dei os 200 elas embarcaram e eu saí com elas me cuidando pra ninguem ver. Passei pelo mercado comprei o necessário pra um jantar gostoso comprei umas toalhas tbm. Minha idéia sempre foi comer elas. Então ao pagar vi camisinha na pratileira pedi um pacote com 6. Então entrei no carro e a mais velha estava sentada no banco do caroneiro a maria eduarda. Ela disse tio posso sentar aki eu disse sim pode. Então seguimos para a minha casa no caminho fui fazendo perguntar e brincando e elas se soltando. Descobri que nem sabem a data do aniversário e nunca foram a escola e não tinham documento nenhum tipo praticamente elas não existem. Então pergentei a duda. Se ela já avia ido pra cama ela disse sim falou que fez com um homem por 50 reais . Perguntei mais sobre a irmã dela. Ela disse disse q a lelê de 9 anos nunca tinha ficado com homem nenhum. Já me enchi de tesao. Perguntei se eu podoria ser o primeiro dela.a duda só deu de ombros e sorriu entao perguntei pra própria lelê. Então lele quer q eu seja seu primeiro ela só sorriu tbm. Então perguntei para duda se ela queria pegar no meu pau ela pegou e começou a acariciar pika dura demais perguntei se ela queria foder na hora lá. Ela disse mas alguém vai ver. Eu disse não. Ela é a lelê. Eu falei mas ela vé vc e já vai tendo uma idéia como é. Ela disse tá bom entao eu paro o carro um lugar escura o e com pouco movimento abaixo milhas calças peso pra ela tirar a calça e a calcinha e puxo ela pra cima nossa o mal cheiro era quase insuportável elas tavam mto tempo sen banho. Ageito ela pra não machucar e empurro meu pau en direção a buceta dela q da uma negada mas depois dexa eu ponha entra com um pouco de dificuldade mas entra. Então ficamos uns 10 minútil transando. Daí a lelê pergunta oq vc tá fazendo duda ela respondeu nada não depois eu gozei e limpei com a calça dela kkk. Chégamos na casa entramos elas ficaram pasma com a casa axo q nunca tiveram dentro de uma casa bonita. Então fui arrumei umas toalha e direcionei elas pro banheiro Peguei uns champoo e fui leva pra elas q já estava no banho se lavando. Entrei elas ficaram meio envergonhadas mas eu tranquilizei elas disendo pra ficarem tranquilas e se lavarem direito vendo elas peladinhas me deu um tesão do krlh. A duda era branquinha quadriu pouco grandinho coxas grocinhas bundinha arrebitadinha tetinhas mal fazendi sinal so um carocinho bucetinha carnuda muito beiçuda bem aberta grelao pendurado com uma toceirinha de pelos em cima . cabelos longos pela bunda e castanho escuro seu corpinho lindo seu rosto ela era perfeita de mais pensei em pegar elas pra mim. E a lelê era um pouco mas clara cabelos castantos claro magrinha sem bunda e peito por conta da idsde mal aparecia a buceta dela só o sinal da racha sem pelo nenhum . Fiquei de pau duro já tirei pra fora elas se espantaram tranquilizei elas novamente. Perguntei vcs querem ser minhas amantes. Elas simmmm. Então vamos começar peguei abracei elas beijei seus peitos sempre fazendo brincadeira pra elas se destrairem elas riam muito e eu passava a mão nelas nas bucedilhas delas. Pedi pra elas se abaixarem comecei a esfretar o pau na cara delas. Nesse ponto já távam bem soltas faziam tudo q eu pedia. Então mandei elas abrirem a boca. E fiz elas chuparem a duda se abaixava a lelê ficava em pé pois era da altura do meu pau. Então perguntei na nuca da lelê e tentava socar mal cabia a cabeça e ela já se afogava e na duda dava de por até a metade. Então ensinei elas beijar na boca a duda já tinha noção ponhavá a lingua e eu retribuía. Então puxei a duda e virei ela de costas enquanto a lelê ficou só olhando de novo. Fui procurando seu buraco da buceta até q achei e sem serimonia meti de uma vez soquei sem do até o talo ela só gemia com aiiiiiii aiiiiiii aiiiiiiiii. Aguentei 5 metendo e gozei com umas játodas fortes fiquei parado até meu Pau parar de latejar.então tirei virei pra lelê dise abra a boquinha ela abriu e chupo meu paú umas 2 gotinha ainda foi na boca da lelê. Nisso olho para a buceta da duda e vejo que eta escorrendo porra então limpo com a mão e lambuzo a cara da lelê q faz uma cara de nojo. Entao nos lavamos e dei uma toalha pra cada pra elas se enrolar em quanto esperavam as roupas que eu Pinhei pra lavar. (Continua).

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,04 de 53 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

15 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Allan ID:h5i091gm2

    Tbm já peguei uma menina assim, e que a própria mãe cafetinava ela. O inusitado fica por conta do local onde eu estava, um hipermercado super conhecido, que funcionava 24h. A garota era demais de bonita, e com a roupa que ela usava então, não havia como não nota-la. Fiz questão de segui-las pelo mercado, enquanto fazia compras, e mesmo não tendo o que pegar onde elas iam, eu ia atrás. A mulher notou, e me encarou umas duas vezes, resolvi parar de segui-las. Me afastei, e minutos depois estava escolhendo umas frutas, qdo a mulher se aproximou, sorriu e fingindo escolher alguma coisa falou.
    – ela é bonita né ?
    – sim, ela é linda
    – vc gostou ?
    – quem não gosta de olhar pra uma garota bonita ?
    – então…ela pode ser todinha sua…se é que vc gosta né ?
    Não acreditei no que ouvi, e fiquei cabreiro.
    – como assim ?
    Ela chegou mais perto de mim, e falou.
    – vai me dizer que não entendeu ?
    – não mesmo !
    Sem pudor algum, ela foi mais que direta.
    – ficar com ela moço…fiiicaaaarrr…entendeu agora ?
    Já tinha ouvido muitas histórias de caras que transavam com meninas, mas no meu caso, sequer imaginava levar pra cama uma tão novinha assim.
    – vc ta dizendo que se eu quiser ficar com ela, vc vai deixar, é isso ?
    Ela sorriu, disse que sim, e emendou dizendo que a menina gostou de mim tbm…por isso ela “ia liberar”. Dei uma olhada na menina que sorriu timidamente, e a mulher gesticulando falou.
    – vai moço, se vc não quiser, garanto que tem vários aqui que querem…
    A curiosidade e o tesão falaram mais alto, respondi que sim, e disse tbm que morava longe, que já era tarde, mas ela me interrompeu perguntando onde eu morava, falei só o bairro. Fiquei mais cabreiro ainda qdo ela falou que td bem qto ao horário, que eu podia ficar o tempo que quisesse com ela…era só pagar. Foi aí que caiu a minha ficha. Pra passar a noite com a menina, ia me custar na época, R$250.00…e era muita grana. Mas o tesão falou mais alto, eu ia trepar a noite toda com uma menininha de dez aninhos.

    • Allan ID:h5i091gm2

      Apesar do risco, resolvi arriscar, porém antes mesmo de aceitar a proposta, fiz algumas perguntas pra tentar descobrir que não era arapuca. Se eu notasse qq coisa estranha nas respostas, abortava a missão né. Mas não percebi nada, aceitei a parada, mas falei que tinha que sacar o dinheiro no cx eletrônico, pq só estava com o cartão, mas que em casa eu tinha dinheiro. Ela disse que td bem, que era só eu dar a grana pra menina qdo trouxesse ela pela manhã, e fez questão de dizer que pra eu não machucar a menina, e tbm não forçar ela fazer o que não queria. Falei que jamais machucaria aquela coisinha linda, e tbm não forçaria ela a nada. Já tínhamos andado por toda seção de hortifruti escolhendo uma coisa aqui e ali enquanto conversávamos, então ela foi a menina, falou com ela, e ambas vieram em minha direção. A menina sorriu, me cumprimentou, sorri de volta, cumprimentei ela tbm, e perguntei seu nome. Débora, ouvi-la dizendo seu nome, com aquela voz característica de uma menina dessa idade foi demais. A mulher, ela se chamava Lucinda, passou a mão nos cabelos da garota, sorriu, elogiou ela e perguntou se ela queria mais alguma coisa. A menina respondeu que não, e eu resolvi que não ia comprar mais nada. Fomos para o caixa juntos, e as poucas coisas que haviam no carrinho delas, deu quase R$35.00, e eu paguei. Passei minhas coisas, paguei e saímos. Notei que ao parar perto do carro, a mulher olhou a placa, e sorriu pra mim. Sorri de volta, guardei as compras, perguntei se ela queria carona, e ela aceitou. Ela sentou atrás, e a menina na frente comigo. Perguntei onde ela morava, ela falou, era meu caminho. Quinze minutos depois deixei-a na porta de uma casa, ela desceu, pegou suas coisas, perguntou a menina se estava td bem, ela sorriu e disse que sim. Partimos rumo a minha casa. Durante o trajeto, fiz algumas perguntas pra menina, e descobri o qto a mãe dela era safada. Pois a pilantra cafetinava as três filhas, e à afilhada que ela criava tbm.

    • Waldir ID:830xmr68rc

      Ola Allan. Nos conte a continuação. Só em ler esse trecho já me acabei todo só em pensar em comer essa menininha.

    • Allan ID:1wlytrm3

      Soube por ela que estava naquela vida a uns quatro meses. A irmã mais velha tinha 13a, a prima 13 tbm, e a irmã caçula 8a, não fazia sexo ainda, mas brincava com os homens que a mãe arrumava. Perguntei se a mãe trepava tbm, ela disse que sim. A vagabunda fazia rodízio com as meninas, dia sim dia não, ela saía pra caçar homens. Perguntei se tinham feito juntas, sim tbm, e ouvir aquilo me entusiamou. Fiz ela tirar a calcinha, e fui acariciando a xotinha dela, que ficou molhadinha demais, e a safadinha brincou com minha rola tbm, dando uma mostra do quão boa era no boquete, mesmo mal conseguindo abocanhar minha rola(17cm), mas ela se esforçou. Já em casa, peguei ela na mesa da sala mesmo. Não acreditei qdo a vi nuazinha diante de mim. Não era possível que uma guria tão nova, pudesse ser tão gostosa daquele jeito. Deitei ela na mesa, e caí de boca naquela rachinha deliciosa. Ela começou gemendo baixinho, pensei comigo, ela já estava bem treinada. Mas percebi que era real, qdo ela começou se contorcer, e gemer mais alto forçando a xotinha contra meu rosto. Foi demais sentir o sabor do melzinho que escorria em abundancia da xotinha dela. Foi inacreditável o que aconteceu qdo ela gozou, pensei até que ela tinha urinado. Mas não, a xotinha dela parecia uma mina vertendo água. Os espamos de seu corpo enquanto gozava, e a força que ela fez pra segurar minha cabeça entre as pernas, como se quisesse me impedir de sair dali, me fez crer que a safadinha não estava fingindo. Eu queria meter logo nella, tirei a rola, pincelei a xotinha dela, apontei e dei uma estocada só. A cabeça entrou toda, de uma vez só, e ela deu até um gritinho. Gozei como nunca, e enchi a xotinha dela com muita gala. Aquela foi a primeira de muitas noites com ela. Resumindo, comi “a familia inteira”, inclusive a mãe. Tempos depois, comi a caçula tbm, mas ela já tinha sido “furada”…

  • Responder matico.pan ID:w72i2t0j

    A ortografia não é das melhores, mas pra dar tesão e o cara se masturbar e gozar tem que ser bem escrito e ter continuação.

  • Responder Nanda Santos ID:gsudr9m9c

    Estórias e não histórias
    Eu com 14 anos não acredito em nadíca de nada nesse menino

  • Responder Gaius ID:g3irw0d9j

    Ao invés de contos, você deveria entrar em uma escola e aprender a escrever. Puta que o pariu, você pulou o muro do maternal e nunca mais voltou, não foi? Que merda, não deu para ler nem a metade de tão ruim que esta merda está.

    • Teusão ID:ona0jphfik

      a história descrita pelo Alan nos comentários está melhor do que o conto rs

  • Responder Valmir ID:on93i0uv9k

    Esperando a continuação!
    Muito bom

  • Responder Lilla ID:g3j0j5yd1

    Que merda é essa ?
    Analfabeto funcional…

    • Adriano ID:gqawlfw40

      Vdd
      Até meus contos são melhores

  • Responder Csm ID:8k43a3f2zj

    Camisinha pra que? Kkk!

  • Responder Tarado pelas novinhas ID:19p2eknqk

    Continue q tá gostoso

    • Trans pauzuda ID:fi19tbd9d

      Muito bom

  • Responder Bob ID:81rg0lgzrd

    Continua