# # #

Minha doce priminha

691 palavras | 6 |3.45
Por

Vou contar algumas histórias q aconteceram em minha vida

Meu nome é Anderson, tenho 21 anos, um pau de 21 cm, sou alto e magro, cabelos pretos e olhos castanhos, essa história é de qndo perdi minha virgindade junto com a minha prima de 9 anos, na época eu tinha apenas 13.

Naquele tempo a minha tia tinha acabado de sofrer um derrame, ela foi para Curitiba para tratamento, ficou lá uns 3 meses, e nesse tempo sua filha( vou chamar de Jéssica) ficou na minha casa, pois meus pais são padrinhos dela, meus pais trabalhavam fora e eu ficava o dia todo sozinho com ela em casa, e sempre brincava com ela, e no meio das brincadeiras rolava uma safadeza, passava a mão na bundinha dela, colocava ela no meu colo pra ela sentir meu pau duro, entre outras coisas, um dia eu coloquei um vídeo porno no dvd pra assistir, ela ficou vendo as cenas vidrada, até q ela perguntou se eu já tinha feito aquilo com alguma menina, eu disse q não, mas q tinha muita vontade, e perguntei se ela deixaria fazer com ela, ela ficou um tempo em silêncio pensando, até q disse ” tá bom”.

Eu na hora me levantei do sofá e abaixei meu shorts mostrando meu pau pra ela, ela ficou olhando e eu falei pra ela segurar, ela foi com aquelas mãozinhas pequenas e segurou no meu pau e começou fazer movimentos pra cima e pra baixo expondo a cabeça da minha rola, sem eu pedir ela foi com a boquinha em direção do meu pau e começou chupar, estava imitando o q faziam no vídeo, embora meio sem jeito ainda sim estava muito gostoso, era o primeiro boquete q eu recebia na minha vida, e o primeiro q ela fazia, mas aos poucos foi pegando o jeito e melhorando, ficou uns 10 minutos assim, aí pedi pra ela se levantar e tirar a roupa, fiquei doido vendo aquele corpinho lindo na minha frente, peladinha.

Jessica era magrinha, baixinha, branquinha de cabelos cacheados e olhos castanhos claros, tinha uma bundinha empinadinha, a bucetinha lisinha e fechadinha, pedi pra ela sentar no sofá com as perninhas abertas, então me ajoelhei na frente dela e comecei chupar aquela bucetinha , e ela começou a se contorcer, colocou a mão na minha cabeça e empurrava aquela bucetinha mais ainda na minha boca, depois de um tempo ela se virou e ficou de 4 apoiada no sofá, com a bundinha empinadinha pra mim, falou pra colocar no cuzinho dela pq ela não qria ficar grávida, como eu tbm não tinha muito entendimento não falei nada, e comecei forçar meu pau naquele cuzinho apertadinho, mas era muito apertadinho e não entrava, e ela começou falar q tava doendo.

Parei de tentar meter no cuzinho dela, mas ela disse pra tentar colocar na bucetinha dela, ela sentou novamente no sofá e abriu as pernas, eu comecei forçar meu pau, e com um pouco de dificuldade acabou entrando, qndo entrou ela soltou um gritinho alto, e depois começou gemer, eu fui enfiando meu pau até entrar td, qndo entrou eu comecei um vai e vem nela e ela gemendo gostoso, me abraçou e colocou as pernas em minha volta, aí começou arranhar minhas costas, ficamos uns 15 minutos assim, até q senti q ia gozar, tirei meu pau daquela bucetinha e gozei nos peitinhos e na barriga dela, tirei o filme do dvd e fiquei deitado no sofá abraçadinho com ela por um tempo, depois fomos tomar banho e no banheiro ela chupou meu pau de novo, pedi pra deixar gozar na boca dela mas ela não deixou.

Espero q gostem, e desculpe os erros, é a primeira vez q eu escrevo, essa é a primeira história de muitas q aconteceram na minha vida, por perder minha virgindade com minha prima de 9 anos sempre gostei de novinhas até hj, por isso a maioria das minhas experiências foi com meninas novas, embora tbm contarei outras com mulheres até mais velhas, na próxima conto como comi o cuzinho dessa minha prima

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,45 de 22 votos)

Por # # #

6 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder nexus

    quem quiser trocar conteudo chama [email protected]

  • Responder neto

    me pareceu real,esses detalhes ou erros nao tiraram o merito do conto,eu tinha uns 14 anos e estava so em casa,minha irma deixou comigo seu bb,antes estava assistindo porno no DVD,deliguei rapido e ela praticamente jogou o menininho no meu colo e saiu,eu de pau duro ainda acabeu enfiando no cuzinho dele,e ele so resmungou mas nao chorou.

    • Guttinhoo

      Interesse… rs

  • Responder Patrícia

    Estava indo bem…até o momento em que a guria fica de quatro, e pede pra colocar no cusinho, pq não queria ficar grávida.
    Parei.
    Eu tinha 10a, e não fazia nem ideia de como poderia engravidar. Só fiquei sabendo disso, após minha primeira menstruação, que aconteceu três meses antes que eu completasse 12a. No mesmo dia que menstruei, a noite qdo meu padrasto chegou, minha mãe contou-lhe a novidade. Ele se limitou a olhar pra mim e sorrir. No outro dia qdo me levou a escola, ele foi direto ao ponto.
    – amor do tio, temos q tomar cuidado, gozar agora só na boquinha e no cusinho pq na xoxota não pode mais.
    Curiosa, perguntei pq, e ele respondeu.
    – pq agora vc menstrua, e se o tio gozar dentro da sua xoxota, vc pode ficar grávida.
    Na hr que ele falou aquilo, me assustei, mas ele me acalmou, explicando td. Desde então ele passou a usar camisinha, e continuou metendo em mim até os meus 17a qdo fui morar com meu pai por causa dos estudos. Nos vimos quase dois anos depois, e saímos pra matar as saudades. E depois, qdo ia me visitar, a gente arrumava um jeito de sair e fazer gostoso.
    Na 1a vez, eu tinha 10a e ele 33. Fui a garotinha dele até meus 23a, e ele foi meu único homem até então.

    • Magrão

      Eu sei q não faz muito sentido isso , eu até poderia ter mudado pra ficar mais agradável a história, mas preferi contar exatamente o q aconteceu, nós dois éramos criança e não sabia direito das coisas, só sabia q se gozasse na buceta ficava grávida, mas não sabia detalhes de como

    • Ronaldo Venturo

      Vc é safadinha Patrícia, desde os 10 anos já a trepando, só de imaginar já fiquei com tesão