Meu dentista me comeu

Autor

Olá amigos de CNN, eu sou a Val de 1,64m, 34 anos, morena cabelos pretos longos até a cintura, olhos castanhos, bundinha redondinha e empinada, pernas torneadas, tenho um belo corpo, sempre sou assediada quando saio, principalmente quando me produzo com roupas curtas adoro ser paquerada, mas vamos ao que interessa vou contar mais uma aventura que aconteceu semana passada, meu corninho resolveu passar uns dias fora pescando, e eu não achei ruim, eu adorei ficar solta uns dias, aprontar alguma coisa e não falar nada para ele, então me lembrei do meu dentista o Dr. Bittencourt, ele e um coroa sarado e bem safado, liguei e marquei o último horário com ele, disse que estava com um dente doendo e que precisava muito da sua ajuda, e avisei também que meu marido estava viajando e que não saberia como iria pagar a consulta, ele como disse é muito safado, nunca me comeu mas sempre me assediou nas consultas, marquei para as 17h30, eu estava muito cheia de tesão e com muita vontade de sentir um macho me penetrando, então me preparei toda para a consulta, depilei a minha xoxotinha, fiquei bem lisinha, coloquei um conjunto de lingerie branca que realçava bem o meu bronzeado, me perfumei e coloquei uma saia curta e bem soltinha, bem leve dessas que quando a gente anda o vento levanta ela, uma blusinha decotada, então fui passear no Shopping onde fica seu consultório, andei cerca de 1h fui cantada por vários homens e aquilo só me deixava mais e mais excitada, então liguei para o doutor e perguntei se ele já poderia me atender e fui bem direta, “quero ser atendida só por você, não quero sua secretária ai para nos atrapalhar”, e perguntei se ele estava me entendendo, ele deu um sorriso , e completou me dizendo que eu subisse em 20 minutos, nisso eu olho pro lado e tem um cara me olhando e quase me comendo com os olhos, isso me deixou mais excitada ainda, então resolvi me soltar e dei mole para esse cara, não deu nem 5 minutos de conversa e eu já estava fazendo um belo boquete nele, foi muito beijo e abraço no estacionamento do shopping perdi até a noção de tempo, então meu telefone toca e eu finjo que e o meu marido e atendo o telefone, e falo que já estou indo, troco telefone com o meu novo amigo e vou para a consulta, chego em seu consultório e me surpreendo com a ousadia do dr. Bittencourt, o coroa é realmente safado, só esperou eu entrar e já me deu logo um delicioso beijo e percorreu todo o meu corpo com suas mãos, me chamou de cachorra, vagabunda, gostosa, que morria de vontade de me comer, que não via a hora de ficar comigo, então eu falei para ele, já que tem essa tara toda por mim, que faça a coisa direito, me leve para um lugar bacana, onde possamos ficar bem a vontade, ele parecia não me ouvir, chupava minha xoxota com tanta vontade que comecei a gozar ali mesmo, em pé e com a língua dentro da xoxota, não teve jeito ele arrancou toda minha roupa e me devorou ali mesmo, nossa quanto tesão e quanta virilidade esse homem tem, me levou para a cadeira dele e deixou ela em uma altura confortável para nós dois e mandou ver, comeu minha xoxota de todas as posições possíveis para aquela cadeira, e eu sentia que quando ele se excitava e via que ia gozar ele rapidamente me mudava de posição, respirava e já começava a me comer de novo, isso durou um bom tempo, eu gozei muitas vezes naquela rola bonita, lisa de cabeça rosada, um pau reto sem defeito, deve medir uns 18 cm, e não é muito grosso, depois de tanto me fazer gozar e se cansar ele enfim anunciou o gozo, então eu abocanhei aquele pau gostoso e deixei ele gozar na minha boca, nossa foi muito gostoso eu fiz bastante pressão na base do pau dele com a mão e retardei ao máximo a sua ejaculação, quando eu aliviei a pressão da minha mão no seu pau ele deu uma jatada forte na minha boca, me lambuzei todinha, ele deu urros de prazer e me disse que nunca havia gozado tão gostoso como desta vez, me lavei e me vesti, ele se apoderou de minha calcinha e disse que seria o seu troféu, eu já estava satisfeita, mas ai veio o meu ponto fraco, ele me serviu um whisky e eu fiquei acesa na mesma hora, então ele vendo que eu queria mais rola, me convidou para irmos para um motel, eu aceitei na hora, mas essa e outra história, no motel ele fez uma coisa muito gostosa no meu rabinho, fico toda arrepiada só de lembrar……

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,22 de 9 votos)
Loading...