Na fazenda

Autor

Olá amigos de Contos eróticos, estou aqui novamente para relatar a mais nova aventura de minha deliciosa esposa, a Val agora com 38 anos, morena bronzeada com uma marquinha linda de biquíni, 58 kilos e 1,65, cabelos longos e uma bucetinha insaciável, bem vamos ao que realmente nos interessa, semana passada chegamos de uma viagem de férias onde ficamos 10 dias na praia, e logo em seguida partimos para uma fazenda de um amigo do meu primo, o plano era de ficarmos 2 dias na fazenda pescando e relaxando, chegando lá conhecemos o dono da fazenda o Sr. Ivan um coroa de 58 anos bem conservado e de conversa fácil, depois das apresentações fomos acomodados nos quartos e convidados a sairmos para pescar, o Ivan em momento algum tirava os olhos de minha esposa, o cara estava fascinado por Val, e ela sabendo disto começou a se aproximar do Ivan, e ficavam o tempo todo dentro do barco conversando como se fossem velhos amigos, dentro do barco ingerimos muita cerveja e caipirinha, estávamos todos bem animados, voltamos para a sede da fazenda e o Ivan sugeriu que fizéssemos um churrasco e aproveitássemos a piscina, e todos nós concordamos, Val entrou na casa e veio com seu biquíni fio dental que deixava todo o seu corpo a mostra, nessa hora o Ivan ficou de boca aberta e já foi lhe servindo uma dose de uísque, Val bebeu e pulou na piscina, eu fiquei só observando, o Ivan colocou seu short de banho e também foi para a piscina,o Ivan tentando disfarçar as investidas que ele estava dando na Val e ela sempre sensualizando, já era noite quando todos resolveram se recolher para descansarmos para o dia seguinte, pois iriamos sair para pescar bem cedo, Val então me chama para o nosso quarto e toma um belo banho e começa a se produzir toda, tipo mulher fatal, coloca uma lingerie branca bem pequena, se perfuma toda e coloca uma mini saia com uma blusinha sem sutiã, depois de toda essa produção ela me pede para que eu a deixe transar com o Ivan, pois combinaram de se encontrar em um dos quartos da casa que esta vazio assim que todos se recolhessem, eu como bom corno que sou deixo ela ir se divertir, ela vai ao encontro de seu amigo. Val saiu as 11h da noite e voltou as 02h da manhã, chegou com aquela carinha de puta que esta querendo mais, então ela me relata o que aconteceu. Ela disse que entrou no quarto e o Ivan já estava a esperando com um litro de uísque na mão e completamente pelado, disse que desta vez encontrou um homem com um pau grande com mais de 20 cm e que quando viu ele se excitando observou que também era bem grosso, ela disse que aquela cena do pau duro e grosso a deixou completamente molhadinha, Ivan percebendo sua excitação lhe serviu uma dose dupla de uísque e começou a beija-la, e com muito carinho e cuidado tirou a roupa dela deixando-a só de calcinha, deu um verdadeiro banho de língua nela e a fez gozar várias vezes só com as chupadas e dedadas que deu nela, ela disse que ficaram nas preliminares por mais de uma hora, ela disse que fez alguns boquetes nele mas ele não resistia e se excitava muito e ela tinha que parar para ele não gozar, ela me disse que nunca tinha recebido tanta chupada quanto desta vez, e que ele tem uma mão grande e dedos grossos que a fizeram gozar no cuzinho várias vezes, ela adorou gozar na língua dele, então ela toda molhada de tesão não resistiu e sentou na rola do Ivan que colocou ela na posição papai e mamãe e fez ela sentir toda a força daquela rola grande e grossa dentro de sua xoxota, deu fortes estocadas e enfiava ele todo dentro dela e ficava parado e ela rebolava muito e gozava gostoso quando ele fazia isso, pois sentia a rola tocar o fundo do seu útero e a cada rebolada que ela dava sentia um enorme tesão, ela disse que era uma mistura de dor com prazer, ela sentiu realmente a xoxota toda preenchida por aquela rola que apesar de dura e grossa não demorou muito e acabou gozando muito juntinho com ela, então ficaram na cama namorando e ela esperando que o Ivan reagisse para que partissem para o segundo tempo, mas o próprio Ivan pediu para que voltasse no dia seguinte pois iria até a cidade comprar um viagra para poder comer ela gostoso no dia seguinte, ela então volta para o nosso quarto onde eu a esperava e fiz direitinho o meu papel de corno, pude ver também que sua xoxota estava bem abertinha e com aquele cheiro gostoso de gozo , dei uma bela chupada nela e fizemos amor intensamente com Val me relatando tudo, me disse que vai tentar fazer sexo anal com o ivan para ver se aguenta aquela rola toda, o segundo dia conto depois. Tchau….