dei para outro macho

Autor

tenho 55 anos sou casado tenho uma otima aparencia sempre me cuidei bem da saude…moro em maringa pr. ano passado fui num sabado levar minha mulher num salao de beleza no jardim moncoes.estava muito quemte deixei no salao e subi ums 100 metros e parei numa sombra..por volta de umas 4 da tarde. subiu um motoqueiro passou e parou atrs do meu carro ficou inerte derrepente deceu passou duas vezes pela frente do meu carro olha dentro assustei achei que ia ser assaltado.fiquei na minha quieto ele olho e viu que eu oobservava ele pelo retorvisor do carro ele colocou a mao do seu membro passou a alisar vi que estava duro seu pau confesso me senti estranho desejo por aquele desconhecido..ele fez gestos para eu o acompnhar de moto eu nao fui fiquei com medo ate ai achei que seria um assaltante…ate que ele veio no vidro do carro e me disse posso entra em seu carro eu disse pode…ele me fez perguntas que fazia ali se eu ja tinha feito sexo com outro homen..disse nao nunca fiz ai ele disse vc tem vontade de experimentar eu disse ate tenho mas tenho medo sou casado tenho medo de tudo..ai ele dise quem era sou mestre de obras de uma construtora que eu conhecia disse coisas que provou que falava a verdade..pegou minha mao colocou em seu cacete duro deus me deu um desejo misturado com medo ai ele me disse vamos na obra que estou fazendo so dar ums amassos la nao tem perigo e espaco fechado…liguei pra minha mulher ela disse vai demorar mais uma hora e meia por ai ele me disse so pra vc mamar no meu pau eu fiquei com desejo daquele macho eu juro.. tocamos ums 5 km chegamos na obra ele abriu o portao a obra estava em fase de acabamento entrei com o carro ele fechou e eu estava so de short e camiseta quando deci do carro senti ele atras me abracando senti aquele cacete duro na minha bunda…ele era bem mais alto que eu tinha 35 anos meio forte me mordeu minha nunca eu disse hj eu quero vc para min eu arrepiei de desejo e de medo pois eu vi que ele nao ia se contentar com uma mamada no seu cacete…tinha uma cama de solteiro na obra aonde um guarda dormia ele me sentou ali tirou um pau enorme duro com a cabeca grande ponte aguda me disse mama e seu eu cai de boca mamando ele socou na minha garganta varias vezes e eu afogava…..ate me dizer eu quero comer seu rabo ai eu gelei e disse nunca dei sou virgem de cuzinho ai ele ficou mais doido disse vou tirar seu cabacinho me deitou na cama meu deus eu tremia de medo era grande grosso nao entrava e eu suando de baixo dele..ate que ela saiu foi numa geladeira da obra trouxa um pote de margarina passou naquele pau passou no meu cu enfiou o dedo dele e eu fiquei morrendo de medo pois sabia que ia entrar…ele posicionou aquele menbro forcou a cabeca entrou rasgando eu dei um grito e ele pediu calma fica quieto que doi menos meu deus como menos eu estava espetado naquele cacete…..ele foi tentando e eu pedindo para ele nao por mais gosar daquele jeito e ele dizendo coisas no meu ouvidofoi quando ele disse hj vc vai ser minha puta vadia..deu uma manda nossa senti o pau no meu estomago..ele tapou minha boca como ele era maior e forte eu nao tinha chance de escapar dele…deu uma fincada so eu senti rasgando meu anus ele passou a mao e mostro tirei sua virginidade estava suja de sangue doia muito ardia..ele meteu ums 20 minutos antes de gosar foi quando ele me bateia na bunda me apertava xingava eu pensei ele vai gosar e gosou mesmo um rio de porra no meu cuzinho aberto arregassado por aquela pica… ele tirou me pos sentado me mandou chupar seu pau deixar limpinho tinha sangue porra coco tinha tudo eu mamei de novo.. ele peggou meu tel..passado ums 10 dias ele me ligou ai foi que me disse que era casado que sua mulher estava de dieta e ele estava na seca e eu fui a puta dele..depois disso saimos sempre hj eu aguento a rola dele mas mesmo assim doi so que hj ele é mais deliccado pra meter em min..eu viajo pelo mato grosso rondonia..ele quer ir comigo pra gente passar uma semana juntos dormir juntos..so penso eu aguentar aquela pica a noite toda por uma semana ter que trabalhar e a noite ser a putinha dele..e eu vou leva-lo comigo…vou morrer de tanto meter com ele..isso nao é como os demais nao que é conto isso aconteceu..mesmo…matei a curiosidade e acabei gostando….da coisa bjs