Humilhada no baile funk

Antes de contar minha história vou me apresentar, me chamo Ju, tenho 18 anos, cabelos grandes, castanhos e lisos, seios médios e um traseiro de dar inveja a muitas garotas rsrsrssr. Tudo começou quando minha amiga Sabrina me convidava para irmos num baile funk de comunidade, desses em que quase tudo é liberado e fazem apologia ao sexo, eu sempre dava uma desculpa para não ir, depois de varias semanas eu acabei aceitando. Fomos eu e Sabrina e mais três amigas (Paulinha, Vânia e Marcinha), eu e Marcinha nunca nos damos bem, Mas como ela era muito amiga da Sabrina aceitei numa boa que ela fosse com a gente. No Começo o baile estava muito bom, eu dançava muito estava muito divertido, até que o Dj que animava o baile falou:- Quero ver todas de sainha sem calcinha. Eu estava com uma saia jeans justa um pouco acima dos joelhos, com uma camiseta com um top por baixo e de sandalias de salto, mas ate então ninguem tinha implicado comigo por eu estar de saia, até que Marcinha que estava perto de mim gritou: Olha gente ela esta de saia, vai ter que tirar a calcinha. As pessoas que estavam ali ao redor entraram na pilha e começaram a gritar tira, tira, tira…, tentei sair dali de perto, mas me cercaram, e falaram que eu só ia sair dali se eu tirase a calcinha, que se eu não tirase numa boa, eles iriam me agarrar e tirar não só minha calcinha mas minha roupa toda , eles iriam me deixar nua ali, eu estava muito nervosa e comecei a chorar e pedindo para deixar eu sair dali, ai Marcinha falou : Ja vi que ela não vai tirar por bem, vamos deixar ela nua. E veio um e me agarrou por tras, e veio ela e começou a puxar a minha blusa e eu comecei a gritar ta bom eu tiro e enfiei a mão por debaixo da saia e tirei minha calcinha, e eles pegaram minha calcinha e aproveitei a brecha e sai dali correndo e comecei a procurar as minhas amigas no baile, quando as encontrei chamei elas para irmos embora, elas não deram a minima para mim, então resolvi ir embora sozinha, então sai do baile e comecei andar nas ruas daquela comunidade, quando percebi que estava sendo seguida por um grupo de cinco pessoas, e comecei a correr e eles correram atras de mim e me alcançaram. e me pegaram , quando vi que era Marcinha e mais uma mulher e dois rapazes, me levaram para um beco ali perto, e Marcinha falou: Não terminamos ainda com vc. Um dos rapazes veio e me agarrou por traz, e veio Marcinha e me deu um tapa no rosto, pegou um canivete, e falou para eu me comportar bem , senão eles iriam me espancar e me deixar marcas, então ela falou para me ajoelhar ali no meio deles , eu relutei em obedecela e levei outro tapão no rosto e me ajoelhei, e ela mandou eu beijar e lamber a sola dos pés deles, eu fiquei ali parada, chorando pedindo por favor para eu sair dali, então veio Marcinha puxou o meu cabelo , pois o canivete no meu rosto e disse se eu não fizese o que ela mandou eu iria ganhar uma bela cicatriz no meu lindo rosto, então com medo e muito nojo comecei a beijar e lamber os pés deles, depois de eu beijar e lamber os pés de um por um , Marcinha me perguntou se eu ja tinha beijado alguma mulher , eu respondi que não, então ela disse hoje vai ser sua primeira vez , levanta e dar um beijo na minha amiga , que esta louca para provar os teus labios, eu levantei e pedi por favor para não fazer aquilo, mas vi que iria levar outro tapa de Marcinha e fui e comecei a beijar e sua amiga me agarrava forte, e veio Marcinha e levantou minha saia ficando minha bunda exposta e veios os rapazes e ficaram acariciando minha bunda, enquanto eu beijava a amiga deles, depois que acabou aquela cena, eu falei poxa vocês ja fizeram o que queriam agora deixem eu ir, e Marcinha respondeu: agora não eles querem ver seus peitinhos , mostra seus peitinhos para eles, eu tentei fugir dali, e veio um dos rapazes e me agarrou e Marcinha veio com o canivete e rasgou minha blusa e abaixou meu top, e o que me segurava começou a agarrar meus seios enquanto o outro começou a chupar e as duas riam e davam risada, e me puseram de quatro e levantaram minha saia e começou a Marcinha a bater na minha bunda deixando a bem vermelinha e veio a amiga dela e começou a chupar minha xaninha e meu cuzinho e os outros dois colocaram o pau para fora , e eeu comecei a chorar e falei que se eles me estruparem, eu iria denunciar eles, Marcinha falou para eu ficar tranquila que não haveria penetração, que a intenção era só me humilhar e que se eu denunciase eles iriam me matar, então eles me botaram deitada no chão e começaram se marturbar um gozou em cima do meu rosto e o outro nos meus seios, veio a outra e começou a cuspir em mim, e Marcinha ainda não contente, pediu para os rapazes para me segurarem, se agachou em direção do meu rosto,puchou a calcinha pro lado e começou a fazer xixi. me soltaram e foram embora, me vesti com o resto de roupa que me sobrava e enfim consegui ir embora. Bjuxx

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,60 de 5 votos)
Loading...